Domingo, 24 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

RESGATE E DRAMA
CRIANÇA ARGENTINA É RESGATA SOZINHA EM COSTÃO DE SANTA CATARINA.
PAI E IRMÃ SUMIRAM

Uma menina argentina, de 9 anos, foi resgatada na manhã de sábado (23) após
ser encontrada sozinha por pescadores em um costão que fica entre as praias
de Ingleses e Santinho, no Norte de Florianópolis. O helicóptero Arcanjo,
dos Bombeiros, localizou a criança sobre uma pedra, em um local de difícil
acesso.

Ela contou que, no dia anterior, havia saído com o pai, de 42 anos, e a
irmã mais nova, de 7, para fazer uma trilha. A caçula, porém, caiu do
costão. Segundo a menina resgatada neste sábado, o pai desceu para salvar
a filha mais nova e não voltou mais.

O helicóptero fez sobrevoos pelo local, mas não havia localizado ninguém
até o fim da tarde deste sábado (23). As buscas foram suspensas pouco antes
das 19h e devem ser retomadas na manhã de domingo (24), conforme os bombeiros.

A menina resgatada tinha escoriações. Ela recebeu atendimento médico e foi
entregue à mãe.

Fontes:
G1
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha






Sábado, 23 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

KIT DO BEM
SAIBA O QUE É O PMSC MOBILE, UMA NOVIDADE DIGITA QUE
A POLÍCIA MILITAR PROMETE INSTALAR EM TODO O ESTADO

O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC),
coronel Paulo Henrique Hemm, ratificou que o PMSC Mobile será
implantado em todos os municípios do Estado, ao longo deste ano.

A Polícia Militar, em parceria com a Secretaria de Estado da Segurança
Pública (SSP) e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa
Catarina (Ciasc), desenvolveu um sistema de gestão de atendimento, o
PMSC Mobile. O objetivo deste sistema é diminuir o tempo de resposta e
atendimento dos policiais militares nas ocorrências, através de um kit
tecnológico, composto por um tablet ou smartphone, um aplicativo e uma
impressora móvel.

O PMSC Mobile foi implantado na corporação, de forma piloto, em abril
do ano passado, no 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Balneário
Camboriú, sendo que, no decorrer de 2015, outras cidades catarinenses
também aderiram ao PMSC Mobile. A Polícia Militar chega a usar até 11
formulários de papel, em apenas uma ocorrência, mas que agora estão
todos incorporados e sistematizados em um único aplicativo moderno e
informatizado, tornando o processo de atendimento de ocorrências mais
ágil, rápido e eficiente.

Para conseguir atingir 100% dos municípios catarinenses, com a
tecnologia embarcada, a PMSC firmou, em dezembro de 2015, uma
parceria com a SSP e o Tribunal de Justiça do Estado (TJSC), e,
em breve, celebrará um novo convênio com o Ministério Público (MPSC)
, para a expansão do PMSC Mobile em todo o Estado. Estas parcerias
permitirão a aquisição do kit tecnológico para todos os municípios.

Segundo o coronel Paulo Henrique, o PMSC Mobile é destinado aos policiais
militares que atuam na atividade operacional, potencializando o trabalho
desenvolvido pela Polícia Militar em prol da sociedade catarinense.

Em razão desta inovação tecnológica, a PMSC é referência para outras
corporações no Brasil. Tenho certeza que, em breve, papéis e formulários
não existirão mais dentro das viaturas da PMSC”, destaca o comandante-geral.

Outra importante inovação tecnológica da corporação, em 2015, foi a
criação e o desenvolvimento do PMSC Store, um aplicativo, inicialmente
para Android, que possui o PMSC Mobile, PMSC Gestão e SISP Móvel,
disponível para os policiais militares.

Fontes:
Por: Soldado Jorge Luis Sedrez Mendes
Cronograma de implantação do PMSC Mobile:
Municípios já implantados: Balneário Camboriú, Camboriú, Içara, Jaraguá
do Sul, Massaranduba, Schroeder, Corupá, Guaramirim, Itapoá, Lages,
Maravilha, Jupiá e Videira.

Implantação nas próximas semanas: Timbó, Itá, Xaxim, São Francisco do
Sul, São Lourenço do Oeste, Abelardo Luz, Ipuaçu e São Domingos.

Implantação nos próximos meses: Florianópolis (já opera parcialmente),
São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Criciúma, Tubarão,
 Araranguá, Brusque, Itajaí, Navegantes, Guabiruba, Botuverá, Blumenau,
Joinville, Chapecó e Concórdia.

Demais municípios do Estado: receberão a tecnologia ao longo do ano
pelo convênio com o MPSC.











Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESCÂNDALO DAS DIÁRIAS
POLÍCIA CIVIL CONCUI INQUÉRITO SOBRE SUPOSTAS FRAUDES
EM PAGAMENTO DE DIÁRIAS NA CÂMARA DE TIJUCAS
 
Quarenta e sete pessoas – entre vereadores, funcionários públicos
comissionados e particulares – foram indiciadas pelos crimes de
peculato, associação criminosa, falsidade ideológica, concussão e
fraude processual majorada, conforme o inquérito policial concluído
na quinta-feira, 21, pela Polícia Civil, por meio da Diretoria
Estadual de Investigações Criminais (DEIC), a respeito de fraudes
em pagamentos de diárias na Câmara de Vereadores de Tijucas.

As informações foram repassadas durante uma coletiva de imprensa,
 realizada nesta sexta-feira, 22, na sede da DEIC, na capital
catarinense.

O inquérito apurou condutas praticadas por Agentes Políticos
(vereadores) e servidores da Câmara de Vereadores de Tijucas que
estavam associados criminalmente com donos de cursos em Curitiba,
em um esquema criminoso no recebimento de diárias em cursos que
supostamente não eram realizados. Segundo as investigações, na
atual legislatura 2013/2015, foram desviados dos cofres públicos
a quantia de R$ 544.540,00, referente a pagamento de diárias para
vereadores e servidores comissionados, bem como de inscrições em
cursos dos investigados.

As investigações, sob responsabilidade da Divisão de Combate a Crimes
Contra o Patrimônio Público (DCCPP) da DEIC, iniciaram em 2014 e,
após diversas diligências, todos os autores foram identificados,
além de materializar as condutas praticadas pelos investigados. Para
conclusão dos trabalhos foram realizadas três fases que resultaram em
operações policiais, nas quais foram cumpridos mandados de busca e
apreensão e prisões temporárias.

Outros envolvidos

De acordo com as investigações, além de Tijucas, foram identificados
outras 75 Câmaras Municipais dos estados de Santa Catarina, Paraná e
Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro que teriam participado
dos cursos dos investigados. Nos casos de Santa Catarina, outros órgãos
de investigação da Polícia Civil apurarão as condutas de outras Câmaras
Municipais.

Fontes:
Polícia Civil de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FALSA ADVOGADA
POLÍCIA CIVIL PRENDE FALSA ADVOGADA PELO CRIME DE FALSIFICAÇÃO
DE DOCUMENTO PARTICULAR

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações
Criminais (DEIC), prendeu em flagrante, na tarde de quinta-feira,
21, no centro de Florianópolis, uma falsa advogada pelo crime de
falsificação de documento particular. A partir de denúncia proveniente
da equipe de fiscalização da OAB, foi possível realizar flagrante, no
momento que ela tinha acabado de falsificar uma procuração para exercer
a advocacia, além de estar com uma tabela impressa com honorários da OAB. 

A conduzida, uma mulher de 45 anos, passava-se por advogada da cantora
Ivete Sangalo, com escritório em Nova Iorque, na Quinta Avenida, mas
se apresentava com outro nome. A suspeita estava dando o golpe em mais
uma vítima, de quem já havia cobrado R$ 7 mil pelos serviços – quantia
que já havia sido recebida pela conduzida. 

“O estelionato já havia se consumado, mas ela fez uma nova procuração
falsa, razão pela qual foi presa em flagrante. Além disto, será indiciada
por estelionato”, explicou o Delegado Raphael Werling, da Divisão de
 Defraudações (DD) da DEIC, equipe responsável pelo caso. 

Segundo o delegado, a suspeita já foi indiciada em dois inquéritos
policiais da DEIC, em 2013 e 2014, por crimes de estelionato que
causaram graves prejuízos patrimoniais. Após a autuação em flagrante,
Werling representou pela prisão preventiva da investigada. 
 

Fontes:
Polícia Civil de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TEM VAGAS PARA TODO MUNDO
SANTA CATARINA ABRE MAIS DE MIL VAGAS NO SISTEMA PRISIONAL
ATÉ COMEÇO DE FEVEREIRO

A falta de vagas no sistema prisional de Santa Catarina ganhará até
um alívio. Com a inauguração de 1,2 mil vagas em duas penitenciárias
 até o começo de fevereiro, o Estado pretende diminuir a busca por
espaço para detentos condenados. Na próxima terça-feira, um ato
oficial abre o Complexo Penitenciário do Médio Vale do Itajaí.
Depois do Carnaval, com data provável de 10 de fevereiro, inaugura
a nova penitenciária de Chapecó, no Oeste. Ambas têm 600 vagas cada.

Os novos espaços se somam a outros 860 já abertos em outubro e
dezembro do ano passado, em São Cristóvão do Sul, com a segunda
penitenciária do complexo da cidade, e em Jaraguá do Sul, com a
ampliação do presídio. A partir da abertura das penitenciárias de
Blumenau e Chapecó, o déficit de vagas em SC deve cair para 2,7 mil
vagas.

Segundo o secretário adjunto de Justiça e Cidadania do Estado, agora
o foco se volta para a Grande Florianópolis, onde está o maior
problema do sistema prisional catarinense atualmente.

– Com essas três penitenciárias a gente alivia um eixo importante
que é Chapecó, Curitibanos e Blumenau. Agora precisamos focar na
Grande Florianópolis, porque aqui está muito superlotado, está no
limite, precisamos de uma solução logo.

O Estado enfrenta ações judiciais na região para instalar unidades.
Todas aguardam julgamento e o governo faz reuniões constantes para
avaliar as estratégias jurídicas necessárias. A intenção da
secretaria é desativar o Complexo Penitenciário da Agronômica,
em Florianópolis, que já foi interditado pela Justiça. Há projetos
de novas unidades ou ampliação para São José, Palhoça, Tijucas e
Imaruí, no Sul do Estado.
 
A penitenciária a ser inaugurada no Vale é a mais esperada. O
Presídio Regional de Blumenau, no Bairro Passo Manso, é considerado
pelo governo estadual a pior unidade prisional de Santa Catarina.
A afirmação já foi feita até mesmo pelo governador Raimundo Colombo.
A partir da nova estrutura, 400 presos condenados devem ser
transferidos da antiga cadeia, segundo o futuro diretor, Marco
Antônio Caldeira.

— Nossa próxima obra em Blumenau é a construção de um presídio no
mesmo complexo. Está no cronograma para 2016, 2017 e 2018 — explicou.

Em 2018, o Estado se comprometeu que fechará o atual presídio
regional e devolverá o prédio à prefeitura. O secretário Lima
garante que as transferências para o novo prédio começarão no
dia 27 de janeiro. Ele afirma que serão levados para lá detentos
condenados do Vale do Itajaí e descarta que presos da Grande
Florianópolis possam ocupar o espaço. Em Chapecó, Lima diz que
vão ficar os presos condenados do Oeste e Meio-oeste.

Fontes:
Diário Catarinense
Ânderson Silva
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 19 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ONDE ESTÁ VOCÊ
A CADA ANO SÃO REGISTRADOS CERCA DE 3 MIL DESAPARECIMENTOS
EM  SANTA CATARINA

A cada ano são registrados cerca de 3 mil desaparecimentos em Santa
Catarina. A falta de estrutura e de efetivo policial para realizar
as investigações, somada à inexistência de um banco de dados integrado
no país, torna as histórias de desaparecimentos repletas de esquecimentos.

O drama de familiares e as dificuldades encontradas na jornada em busca
de respostas e de apoio das autoridades motivou a elaboração do projeto
de lei que institui a Política Estadual de Busca de Pessoas Desaparecidas
, aprovado pela Assembleia Legislativo no mês de setembro. A iniciativa
tem como diretrizes principais o desenvolvimento de programas e ações de
inteligência articuladas entre órgãos públicos e unidades policiais, além
de apoio e empenho do poder público à pesquisa e ao desenvolvimento
científico e tecnológico voltado à elucidação dos casos.

Elaborado em parceria com técnicos da área, o projeto teve aprovação rápida
na Assembleia Legislativa, mas acabou sendo vetado pelo governo do Estado.
No dia 9 de dezembro, os deputados rejeitaram o veto em plenário e, com isso
, a política se tornará lei.

Fontes:
alesc
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha












Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PARTO HUMANO
GOVERNO DO ESTADO SANCIONA LEI QUE PERMITE PRESENÇA
DE DOULAS NAS MATERNIDADES DE SANTA CATARINA

O governador Raimundo Colombo sancionou nesta sexta-feira, 15,
o projeto de lei que dispõe sobre a presença de doulas nos
hospitais e maternidades de Santa Catarina. Na próxima semana,
o projeto será publicado no Diário Oficial do Estado.

Pelo projeto, sancionado sem vetos, as maternidades, casas de
 parto e hospitais da rede pública e privada ficam obrigadas
a permitir a presença de doulas durante todo o período de trabalho
de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela
parturiente. A lei prevê ainda que não haja ônus nem vínculos
empregatícios com esses estabelecimentos de saúde.

Na rede pública estadual, a Maternidade Darcy Vargas, de Joinville
, oficialmente já garante o acesso de doula e acompanhante da
gestante desde abril de 2015. A exemplo da Darcy Vargas, cada
hospital e maternidade de Santa Catarina deverá se ajustar física
e administrativamente para garantir o acesso desta profissional.

De acordo com o diretor da Darcy Vargas, Fernando Pereira, é
importante que cada maternidade crie um protocolo de condutas
e responsabilidades para as doulas que forem atuar na instituição.

“O médico, a enfermeira e a doula não podem querer interferir na
conduta do outro. Se cada um fizer o seu papel dentro do seu nível
de atuação, a sociedade catarinense só tem a ganhar”, destacou
 Pereira.

O projeto de lei 208/13 foi aprovado na última sessão da Assembleia
Legislativa de 2015, dia 16 de dezembro, e é de autoria dos deputados
Darci de Matos (PSD) e Angela Albino (PCdoB).

Fontes:
Governo de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 17 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA
CORPO DE BOMBEIROS MILITAR ALERTA PARA RISCO EM ACESSAR
COSTÕES NAS PRAIAS CATARINENSES

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina alerta as pessoas que
visitam os costões das praias catarinenses para o risco de acidentes
como quedas e afogamentos. “As vítimas, geralmente, são turistas e
não moram no Litoral. Eles se encantam com a paisagem das costas e
não sabem que podem estar em perigo”, destacou o capitão do 1º BBM,
George Ferreira.

Para Ferreira, o grande problema é quando as pessoas tentam fazer
fotos nos costões e são surpreendidas por ondas. “Na busca de uma
foto legal e mais próximo da água, as pessoas se acidentam. Elas
podem cair ao caminhar pelos costões, encontrar alguma pedra
escorregadia ou ser atingida por uma onda mais forte”, afirmou.

Ferreira orienta que se busque informações nos postos de salva vidas
para saber qual o melhor e mais seguro ponto para acesso aos costões.

“O ideal é procurar o posto mais próximo assim que chegar a praia e
se informar do melhor local para se banhar e para caminhar. O ideal
é não acessar os costões, mas se fizer, tem que tomar muito cuidado
e conhecer os riscos”, concluiu.

Os pontos mais visitados e que apresentam risco estão em Florianópolis.
Ferreira cita como exemplo as praias da Joaquina, Mole, Galeta,
Santinho, Brava e Ingleses, situadas ao Norte da Ilha. Já no Sul, a
praia da Armação e do Matadeiro também pode apresentar pontos de riscos
a moradores e turistas.

Fontes:
Rafael Vieira de Araújo
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Sábado, 16 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ABAIXO DO IDEAL
ESTOQUE DE SANGUE EM SANTA CATARINA PRECISA DE REFORÇO
URGENTE

A doação de sangue é uma atitude importante para auxiliar no
tratamento de alguns pacientes e em casos de acidentes que
demandam transfusão. Para atender esses casos de emergência
e solicitações médicas, o Hemosc precisa manter seu estoque
de bolsas de sangue em bom nível. Em Santa Catarina,

o Hemosc ainda precisa ampliar o seu estoque, especialmente
nesta época ano, quando as doações diminuem.

“Os nossos estoques do tipo negativo estão abaixo do que
consideramos ideal. Já começamos a chamar doares negativos
do cadastro. As nossas doações caíram bastante, geralmente
isso acontece nesta época. Por exemplo, nos últimos dias de
dezembro e início de janeiro, ficamos com a doação média de
70 bolsas por dia em Florianópolis e 300 no Estado. Nós
precisaríamos ter 150 bolsas em Florianópolis e 550 no resto
do Estado para conseguirmos manter um estoque dentro de um
nível seguro”, disse a diretora-geral do Hemosc, médica
hematolgista e hemoterapeuta Denise Linhares Gerent.

Denise explicou que todo o processo de doação leva, em média,
45 minutos e são retirados aproximadamente 450 ml de sangue.
A coleta é feita por pessoal capacitado e sob supervisão de
um médico ou enfermeiro, garantindo o bem-estar do doador.

É preciso que as pessoas venham e doem sangue mesmo nessas
épocas. Doar sangue não dói e pode salvar muitas vidas, diz
Denise.

Fontes:
Governo de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

REI DOS ACESSOS
PORTAL DA TRANSPARÊNCIA DO GOVERNO DE SANTA CATARINA
ALCANÇA 1,6 MILHÃO DE ACESSOS EM 2015

O Portal da Transparência do Governo do Estado de Santa Catarina,
administrado pela Secretaria da Fazenda (SEF), registrou 1,6 milhão
de acessos até 15 de dezembro de 2015 – 300 mil a mais em relação
ao ano anterior.

A média é de 4.790 acessos diários ou 3,3 por minuto.

As consultas se concentram na área de gasto público (68%), onde é
possível pesquisar os salários dos servidores.


Além de dados sobre despesas, o portal também traz informações de
receita pública e gestão fiscal, incluindo análises gráficas que
ajudam a entender as informações. Recentemente, o site recebeu
nota 9,8, conferindo a Santa Catarina a segunda posição no ranking
nacional de portais da Transparência, divulgado pelo Ministério
Público Federal. A nota só foi menor do que a do Espírito Santo,
que levou 10.

“Um novo Portal da Transparência começou a ser desenhado e será
lançado em 2016. O objetivo é tornar as informações disponíveis
mais claras e objetivas para o cidadão,” informa Graziela Meinchem,
diretora de Contabilidade Geral do Estado. A proposta é de uma página
inicial dinâmica, com atualização periódica, linguagem cidadã e
elementos visuais que estimulem a leitura.

Fontes:
Francine Ferreira – Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado
da Fazenda de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BASTIDORES DE UMA GUERRA
LEIA REPORTAGEM IMPRESSIONANTE QUE REVELA CONFINAMENTO
DE 200 PESSOAS EM SANTA CATARINA. DIFERENTE DO QUE ACONTECIA
NA EUROPA, NÃO ERAM JUDEUS, MAS SUSPEITOS DE NAZISMO

Santa Catarina manteve dois campos de concentração durante
a Segunda Guerra Mundial. Num período ainda obscuro da história
catarinense, entre 1942 e 1945, pelo menos 200 pessoas foram
confinadas sob a acusação de "invasores infiltrados", "espiões"
ou "agentes de Hitler" em campos montados em Florianópolis e
Joinville.

Ironicamente, aqui não eram os judeus, mas os nazistas que foram
retidos em campos de concentração. Enquanto Hitler exterminava
milhões de judeus, os alemães - simples imigrantes ou simpatizantes
do nazismo - que moravam no Brasil foram perseguidos pelo governo
Getúlio Vargas, que contava com um eficiente aparelho nacionalista.

Além dos dois campos, delegacias serviram para que milhares de
estrangeiros e descendentes fossem detidos em todo o Estado,
interrogados, e não raras vezes torturados por agentes da Delegacia
de Ordem Política e Social (Dops), simplesmente porque falavam
alemão ou italiano.

Em todo o País, o governo de Getúlio Vargas perseguiu, prendeu e
confinou mais de 3 mil alemães, italianos e japoneses em campos
de concentração criados em oito Estados brasileiros (além de Santa
Catarina, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais
, Paraná e Rio Grande do Sul). Como na época a colônia japonesa
praticamente inexistia no Estado, a polícia catarinense caçou
italianos e, especialmente, alemães. Quando a guerra acabou, os
arquivos oficiais foram lacrados e esquecidos.

A legislação sobre o acesso aos documentos, que proibia consultas
ou pesquisas por 50 anos, foi abrandada em 1988, e o prazo caiu
para 30 anos. Mesmo assim, só em 1996 os historiadores tiveram
acesso ao acervo.

O número correto das áreas de prisões criadas pelo Brasil ainda
é impreciso. De acordo com os documentos, os campos de concentração
brasileiros foram criados a partir de agosto de 1942, quando o País
deixou a neutralidade e passou a lutar ao lado dos Aliados (França,
Inglaterra e Estados Unidos) contra os países do Eixo (Alemanha,
Itália e Japão).

Pelo menos 13 áreas de confinamento já foram mapeadas por um grupo
de historiadores que mergulhou nos documentos oficiais da Divisão
de Polícia Política e Social (Deops) e em prontuários e relatórios
da polícia política, o Dops.

Não há registros de que tenha havido qualquer execução, extermínio
ou morte em câmaras de gás, como na Alemanha, mas os documentos
 mostram que houve trabalho forçado, tortura e, como em todos os
episódios históricos em que o poder é prevalece pela força, prisões
ilegais.

Em Santa Catarina, o interventor Nereu Ramos manteve uma linha dura
 e um regime considerado pelas autoridades militares do governo Vargas
como exemplar. O Estado também teve um brutal sistema de captura.

Sob o comando do chefe do Dops, Antônio Lara Ribas, policiais em todo
o Estado produziram verdadeiras caçadas a nazistas e fascistas, com
tortura em praça pública, invasão de casas, apreensão de objetos e
vingança pessoal.

Na época, nas colônias e cidades mais vigiadas, ninguém saía de casa
ao anoitecer e todos os que falam português com sotaque europeu
silenciaram, com a certeza de que as próprias palavras seriam
utilizadas como prova do subjetivo crime contra a segurança nacional.
O assunto é tema de uma tese de doutorado em história na Universidade
Federal de Santa Catarina (UFSC), defendida pela historiadora Marlene
De Fáveri, e dos livros "O Perigo Alemão e a Repressão Policial no
Estado Novo", de Priscila Ferreira Perazzo, e "O Canto do Vento" (em
alemão, Windhuk, que era o nome de um navio), do jornalista Camões
Filho.

A perseguição era justificada pela presença de nazistas no Brasil. Havia
muitos alemães fascinados por Hitler em Santa Catarina", diz Marlene.A
Notícia passa a contar hoje, numa série de reportagens, parte desta
história, que jamais foi impressa em livros didáticos e ficou silenciada
entre traumas e dramas de consciência.

oQuando o fascismo completou exatos 60 anos, o jornal A Notícia contou
as histórias de quem foi perseguido, torturado e preso nos campos de
concentração de Santa Catarina. Também mostrou que a rotina das cidades
do Estado foi transformada num cenário que reproduzia a guerra que acontecia
na Europa.

Fontes:
Leandro S. Junges
A Notícia  - Joinville - SC
Torque Comunicação e Internet
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Quarta-feira, 13 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

REFÚGIO HUMANITÁRIO

SANTA CATARINA TERÁ UM CENTRO DE ACOLHIMENTO A IMIGRANTES
E REFUGIADOS

 O Ministério da Justiça (MJ), o Governo do Estado de Santa Catarina
e a Prefeitura de Florianópolis assinaram nesta terça-feira (12)
parceria e repasse de recursos para a implantação de um Centro de
Referência e Acolhida para Imigrantes e Refugiados (CRAI) em
Florianópolis (SC).

A deputada federal Angela Albino, ex-secretária de Estado da Assistência
Social, prestigiou o ato e destacou a importância do espaço para que
imigrantes que cheguem ao estado sejam acolhidos e orientados correta
e dignamente.

Somos todos filhos de imigrantes e precisamos apoiar e estender a mão
aqueles que chegam no nosso município, estado e país em busca de melhores
condições de vida. Esse espaço na capital catarinense será vital para
melhorarmos nossa relação com nossos irmãos de outros países”, enfatiza.

Os Centros de Referência oferecem acolhimento e atendimento especializado
a imigrantes e refugiados como suporte jurídico, apoio psicológico e social
, além de oficinas de qualificação profissional. O projeto busca promover
o acesso a direitos e a inclusão social, cultural e econômica dos imigrantes
por meio do atendimento especializado a esta população, da oferta de cursos
e oficinas, além do serviço de acolhimento.

Representando o MJ na cerimônia, o secretário Nacional de Justiça, Beto
Vasconcelos, destacou a contribuição da então secretária e atual parlamentar
para concretização do CRAI. “A parceria da Angela como secretária e agora
como deputada federal foi fundamental para implantação dessa política pública
para imigrantes e refugiados. Ela é a idealizadora e a formuladora deste
projeto”.

Fontes:
Vermelho
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha






Terça-feira, 12 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DEPOIS DO FUMO

SECRETARIA ESTADUAL DA AGRICULTURA INCENTIVA PLANTIO DE
MILHO, FEIJÃO E PASTAGEM APÓS A COLHEITA DO TABACO

Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca e Sindicato
Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) renovam a
parceria para a execução do Programa Milho, Feijão e Pastagem
Após a Colheita do Tabaco.  O Programa, que vem sendo desenvolvido
desde 1985 em Santa Catarina, incentiva a diversificação das
culturas após a colheita do tabaco e este ano apóia ainda o cultivo
de pastagens para a produção leiteira. O secretário Moacir Sopelsa
e o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, assinaram o convênio
para operacionalização do Programa na última quinta-feira (29), em
Florianópolis.

Até o final do ano, as lavouras de fumo desocupam as áreas e os
produtores ficam com espaço disponível para cultivar feijão, milho
e pastagens até o início do inverno.  O secretário Sopelsa acredita
que esta é uma oportunidade importante para os fumicultores, que
podem aproveitar melhor a terra e obter uma renda extra.  Com o
plantio de pastagem e o sistema de Integração Lavoura Pecuária, os
produtores de tabaco podem se tornar também grandes produtores de
leite.

Segundo o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, o aproveitamento
racional da propriedade é uma alternativa sustentável que deve ser
incentivada. “O Programa trabalha três importantes pilares: a proteção
do solo, a otimização de recursos e o estimulo à sustentabilidade. A
indústria entende que o produtor deve ter opções de renda, com o
cultivo de produtos para o consumo próprio ou que sirvam como insumos
para outras culturas de geração de renda”.

As principais vantagens para o produtor de fumo são: proteger o solo
da erosão, aproveitar o residual da adubação do tabaco; evitar a
proliferação de pragas e ervas daninhas e gerar renda extra na propriedade.
A Secretaria da Agricultura oferece a orientação técnica aos produtores,
através da Epagri, e fornece as sementes de milho, por meio do Programa
Terra-Boa. Os interessados em participar do Programa devem procurar os
técnicos da Epagri de seu município.

A Região Sul é responsável por 98% da produção brasileira de tabaco,
sendo Santa Catarina o segundo maior produtor do país. Nos três estados
do Sul, a produção de fumo é realizada em regime de integração com a
indústria e, assim, o plantio se dá de acordo com as necessidades
internas e de exportação. Segundo dados do Centro de Socioeconomia e
Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), em Santa Catarina são 47 mil
fumicultores, com 120 mil hectares plantados, responsáveis pela produção
de 258,2 mil toneladas em 2014.  As exportações chegaram a 75 mil
toneladas, um rendimento de US$ 386 milhões.

Fontes:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa











Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CARNE NOBRE
SANTA CATARINA ESTÁ HABILITADA A EXPORTAR CARNE SUÍNA
PARA A CORÉIA DO SUL

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca comemora a
abertura do mercado sul coreano para a carne suína de Santa
Catarina. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
(Mapa) anunciou nesta semana que o Governo da Coreia do Sul
autorizou a importação de carne suína in natura produzida em
Santa Catarina. Esta será a primeira vez que um estado brasileiro
exporta carne suína para a Coreia do Sul.

Segundo o secretário Moacir Sopelsa, esta é uma conquista importante
para os suinocultores catarinenses e só foi alcançada após dez anos
de negociações.

A Coreia do Sul, assim como o Japão, é um grande importador de
carne suína e compra cerca de 800 mil toneladas do produto por
ano. A expectativa é de que Santa Catarina envie, inicialmente,
33 mil toneladas de carne suína por ano para aquele país, o que
representa uma receita de US$ 108 milhões.

Atualmente, o estado exporta quase 190 mil toneladas por ano e
as vendas para a Coreia do Sul podem incrementar as vendas entre
17 e 20%.

Fontes:
Francine Ferreira
Ana Ceron










Domingo, 10 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TRABALHO E AMOR
MÉDICO E EQUIPE ESPECIALIZADA EM ENGENHARIA DE
SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO LANÇOU CAMPANHA
EM 2015 E ARRECADA LENÇOS PARA VÍTIMAS DO CÂNCER

Um pequeno gesto pode resgatar a autoestima e a qualidade de vida
de mulheres com câncer de mama. Sabendo disso, a ideia do médico do
trabalho, Jean Vieira, foi inspiradora. Ele, em parceria com a equipe
do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do
Trabalho (SESMT), lançou uma campanha de doação de lenços no Grupo
Uninter, onde trabalha, e arrecadou 127 lenços das mais variadas
cores e estampas.

Sei que um simples lenço pode ajudar pacientes que perderam os cabelos
por causa do tratamento do câncer. Minha mãe acaba de se recuperar da
doença, e apesar de não ter passado por quimioterapia, foi um período
em que conheci muitas pessoas nessa situação e ouvi muitas histórias”,
conta Vieira.

Os acessórios foram entregues nesta quarta-feira (04) ao CEPON – Centro
de Pesquisas Oncológicas de Florianópolis (SC), local onde a mãe foi
tratada. Atualmente o CEPON atende mais de 500 pessoas por dia com suas
unidades de internação, quimioterapia e radioterapia.

Na foto, Jean Vieira com Lilian Vaz Martinho, responsável pelo serviço
de terapia ocupacional do CEPON e Sônia Mastella, presidente da Associação
dos Voluntários do CEPON.

Fontes:
Lorena Oliva











Sábado, 9 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CAÇADA EUROPEIA
DEPUTADOS APROVAM AUTONOMIA PARA QUE ESTADOS LEGISLAREM
SOBRE CAÇA. SAIBA COMO SANTA CATARINA FIGURA NO ASSUNTO

Menos de um ano após apresentar o Projeto de Lei Complementar 436/14,
o deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC) já conseguiu aprová-lo
na primeira comissão de mérito. A matéria dá autonomia para os estados
legislarem sobre a gestão faunística em seus territórios.

Um país com dimensões continentais como o nosso precisa de legislações
que respeitem as particularidades de cada região. É injusto nivelar o
manejo da fauna entre os estados do Acre e de Santa Catarina”,
exemplifica ele. O relator na Comissão de Trabalho da Câmara, que
redigiu seu parecer pela aprovação da proposta, é o deputado Daniel
Vilela (PMDB/GO).

Há dois anos o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos
Naturais Renováveis (Ibama) vem fazendo contratos de cooperação para
a transferência da gestão da fauna para alguns estados. Em julho de
2013, foram assinados acordos com Minas Gerais, Paraná, Bahia e Goiás.
Em julho do ano passado, São Paulo passou a integrar a lista. Nesses
acordos, o Ibama tem-se comprometido a transferir conhecimento,
disponibilizar sistemas, compartilhar estruturas e atuar de forma
integrada com as Secretarias Estaduais de Meio Ambiente por um período
de três anos, até que cada estado esteja estruturado para exercer
plenamente suas atribuições.

De acordo com Peninha, o Projeto de Lei Complementar amplia tais
medidas para todas as unidades da Federação, respeitando os cuidados
adotados nos acordos já firmados.

Minha proposta evita a fragmentação de controle e a duplicidade de
esforços. A experiência mostra que houve sucesso nos estados em que
o modelo foi adotado”,complementa o deputado. Daniel Vilela concorda
com o autor do projeto, e acrescenta: “Dada a extensão territorial do
nosso país, o conhecimento técnico regional é fundamental no controle
preciso do manejo e da exploração da fauna silvestre”.

A aprovação do PLP 436/14 permitirá que estados diagnostiquem espécies
invasoras e regulamentem o abate. O caso mais claro é o do javali-
europeu, que tem a caça permitida no Brasil desde fevereiro de 2013.
Presentes em abundância no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná,
os animais causam desequilíbrio ambiental. Além da ameaça à biodiversidade
local, há casos de ataques a humanos e animais domésticos. Os javalis
também são responsáveis por danos às plantações e florestas. A proposta
do deputado Peninha altera a Lei 6.938, de 31 de agosto de 1981. Aprovada
por unanimidade na Comissão de Trabalho, ela segue para a Comissão de Meio
Ambiente da Câmara.

Fontes:
Rafael Pezenti
Assessor de Imprensa
Dep. Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC)










Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2016


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

AGRICULTORES EM RISCO!

FALTAM POUCAS SEMANAS PARA FINAL DO PRAZO DE CADASTRAMENTO
AMBIENTAL RURAL. TODOS PROPRIETÁRIOS DE IMÓVEIS RURAIS
OU URBANAS COM USO AGRÍCOLA, PECUÁRIO OU FLORESTAL SÃO OBRIGADOS A FAZER O REGISTRO

Proprietários de imóveis na área rural ou urbana com propriedades de uso para
agricultura, pecuária ou floresta devem cumprir com a obrigatoriedade. Técnicos
da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri)
têm orientado aos proprietários sobre a importância da regularização.

Quem não atender a legislação terá dificuldades. Um dos exemplos são as operações
financeiras. Os bancos não poderão fazer operações de crédito e liberar
financiamentos sem o recibo do CAR. Também será preciso recuperar áreas de
preservação permanente que foram degradadas.

“No caso de o proprietário não dispor de recursos de informática ou não se sentir
preparado para fazer o cadastro pode solicitar apoio. São declarados os dados
pessoais do proprietário, a localização georreferenciada das áreas de preservação,
de reserva legal e de uso restritos”, explica o engenheiro agrônomo Hector Silvio
Haverroth, da Epagri.

Nos escritórios da Epagri há técnicos treinados para ajudar na elaboração da
declaração. Também é possível baixar o sistema no www.car.gov.br e fazer
individualmente. O Cadastro Ambiental Rural foi estabelecido no novo Código
Florestal (Lei nº 12.651/2012).

Fontes:
Ana Paula Keller
Jornalista MTE 5206/SC
SDR - Joinville










Quinta-feira, 7 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA


VALE A PENA LER
DIÁRIO PUBLICA DETALHES SOBRE PALESTRA COM DIRETOR DA WEG,
QUE DEU LIÇÕES IMPORTANTES PARA CARREIRA E PARA A VIDA
PESSOAL

O evento, de certa forma, foi discreto, se levarmos em conta a importância
do conteúdo exposto. O palco foi a Escola de Governo e Cidadania da AMVALI
, quanado no ano passado promoveu a palestra Capacitação de Lideranças, que
foi ministrada pelo Diretor de Controladoria da Weg, Wilson José Watzko.

O palestrante iniciou destacando a era industrial e a era do conhecimento,
sendo que a industrial trata das teorias da motivação externa, tem foco
nos pontos fracos, vêem as pessoas como coisas e trata de controles. Já
a era do conhecimento aborda as teorias da motivação interna, tem foco
nos pontos fortes, as pessoas estão emocionalmente conectadas e é um
período sem supervisão ou motivação.

Segundo Watzko hoje o ser humano é uma promessa e existem três tipos de
seres humanos. “Aqueles que nascem e morrem piores do que nasceram;
aqueles que nascem e morrem como nasceram; e aqueles que nascem e aceitam
o desafio da evolução. O ser humano evita de ser manipulado, dominado,
pressionado, ser determinado pelos outros, ser mal compreendido” salienta.

Watzko aponta que o mundo necessita de pessoas que sejam desbravadoras;
autodeterminadas; que tenham controle sobre o próprio destino; que determinem
os próprios movimentos; que sejam capazes de planejar, realizar e obter
êxito; que esperem sucesso; que gostem da responsabilidade ou assumam qualquer
nível de responsabilidade com boa vontade; que seja ativo e não passivo; que
seja uma pessoa e não uma coisa.

Destacou o efeito “Lúcifer” dentro das organizações, ou seja, pessoas
consideradas boas, mas capazes de cometer as mais diversas atrocidades.
“O poder e a pressão transformam as pessoas e as empresas estão cada vez
 mais pressionadas para obterem resultados em um  ambiente global de alta
competição” descreve.

A liderança no setor público deve agir como princípios a paz, a democracia
e o desenvolvimento. O centro da liderança pública engloba: a capacidade de
conceber uma visão inspiradora; a determinação de construir times de alto
desempenho; a destreza de lidar com crises, conflitos e de negociar acordos;
a habilidade de mobilizar a opinião pública e a máquina do governo; a
competência de institucionalizar políticas públicas.

Quanto aos perfis de liderança, o palestrante apontou que as mulheres
confiam na intuição; na hora de conseguir o que querem, são mais persuasivas
sem ser diretas; lidam melhor com diferenças, por isso aceitam que um
trabalho executado por outros possa estar perfeito; conseguem trabalhar
com vários assuntos ao mesmo tempo e isso pode, por outro lado, causar
dispersão na hora de executar as tarefas; expressam emoções com mais
facilidade, isso pode ajudá-las a fazer com que o grupo se sinta mais
próximo, mas pode também atrapalhar, já que em alguns casos é visto
como sinal de fraqueza.

Já os homens são mais lógicos; quando querem algo, dão uma ordem, não
estão acostumados a usar de persuasão; gostam de trabalhos executados
com perfeição; a maioria acha que ninguém faria um bom trabalho exatamente
como ele; são muito focados, concentram-se em uma tarefa por vez; tem
melhores resultados em atividades especializadas que exigem alta
concentração; são mais contidos na hora de expressar suas emoções e por
isso, conseguem analisar certas situações mais racionalmente, porém são
menos ligados ao grupo.

As exigências necessárias a um bom líder são: dar bom exemplo, ser
responsável, capitão de equipes, instigador, treinador, árbitro, membro
de equipe, defensor, estudante vitalício, confidente, mentor, inventor,
reinventor criativo, empreendedor, farol de esperança, motivador,
inspirador e tomador de riscos calculados.

São características fundamentais: integridade, visão, sensibilidade
cultural, atitude positiva, entusiasmo, visibilidade, coragem,
autoconhecimento, habilidades em comunicação, orientação para servir,
cuidado diligente, equilíbrio pessoal-profissional, desenvolvimento
de lideranças e justiça.

As oito características de um líder eficaz são: aprender com a vida;
dar prioridade ao entendimento; acreditar nos outros; buscar equilíbrio
na vida; irradiar energia positiva; encarar a vida como um desafio;
servir de catalisador; e praticar a auto-renovação.

Fontes:
Albino Flores
Assessoria de Comunicação










Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2016


 
NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESPERA DE GENTE GRANDE
GOVERNO DE PENHA ESPERA LAUDO PARA PODER CONSTRUIR CRECHE

O prefeito Evandro Eredes dos Navegantes (PSDB) e o secretário de
Educação Adriano Tibeco estiveram na manhã de quarta-feira, 6, na
estrutura da antiga Escola Básica Municipal Laci Simão Correia, na
região do Quati.

Destruída por um incêndio, supostamente criminoso, o governo estuda
revitalizar o prédio e criar um Centro de Educação Infantil (CEI).

"Na próxima semana uma equipe de engenheiros da Amfri (Associação
dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) deve estudar a estrutura que
restou da antiga escola e verificar se é possível reformá-la e
ampliá-la. Se houver tal possibilidade, nossa intenção é criar um
CEI para aproximadamente 50 crianças", explicou o prefeito.

Em 29 de dezembro de 2013, a unidade foi destruída por conta de um
incêndio - supostamente criminoso.  No ano passado, o Governo promoveu
a demolição de parte da unidade. "Não possuía condições de segurança
para continuar a receber crianças e resolvemos tomar essa medida
seguindo recomendações técnicas. Agora temos essa nova linha",
acrescentou Tibeco.

O estudo técnico da equipe de engenharia da Amfri será determinante
para as intenções do Governo Municipal, que afirmou possuir recursos
limitados para investir em tal ação. "Possuímos outros investimentos
planejados para este ano, mas se o estudo técnico nos permitir tal
ação, vamos promover a reforma, ampliação e criar uma nova creche",
finaliza Evandro.

Os cerca de 130 alunos - de 1ª a 5ª série – que estudavam na unidade
foram remanejados para o Grupo Escolar Municipal Antônio José Thiago
e atendidos pelo transporte escolar gratuito.











Terça-feira, 5 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TUDO NORMAL
DEFESA CIVIL ACREDITA QUE JANEIRO TEM CALOR ACIMA DA MÉDIA
COM AS FAMOSAS CHUVAS DE VERÃO

De acordo com o Fórum Climático Catarinense, composto pela Epagri
Ciram, IFSC, UFSC, RBS e AGF, a previsão é de chuva acima da média
para o trimestre em SC.

Novembro foi o mês com maior contribuição de valores significativos
de chuva no Estado, seguindo o padrão observado nos últimos meses,
ou seja, dias nublados com chuva frequente e alguns episódios extremos
de precipitação, devido ao transporte de umidade paraa região Sul do
Brasil.

Para o mes de janeiro, a previsão é mais otimista, com diminuição
gradativa da chuva e períodos mais prolongados de sol. A chuva passa
a ocorrer em forma de pancadas, mais concentradas no período da tarde
e noite, associadas ao aquecimento do dia, característica de verão.

Como já foi dito nos últimos meses, o El Niño tem maior influência no
Sul do Brasil na primavera, favorecendo aumento da chuva e tempestades
severas. No verão, a influência do El Niño diminui.

Em relação à temperatura, a previsão é temperatura acima da média
climatológica, no trimestre, especialmente em janeiro

O Coordenador da Defesa Civil, Jadiel Veigsding, juntamente com o
Secretário de Obras, Pedro Paulo dos Santos (gaúcho), foram em vários
locais da cidade onde podem acontecer alagamentos.

Fonte:
Fonte:
Defesa Civil de Barra Velha
Assessoria de Comunicação
Ciram/Epagri  Jadiel Veigsding - Coord. Defesa Civil Barra Velha


 








Segunda-feira, 4 de janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA
SAIBA COM ALUGAR IMÓVEL NA PRAIA COM SEGURANÇA

Alugar uma casa para as férias não é muito diferente de alugar
 um imóvel para moradia permanente. Mesmo sendo por um curto
período de tempo, é importante firmar o compromisso em contrato
e inspecionar o imóvel na entrada e na saída. Mas o locatário
não deve se assustar caso lhe peçam um cheque-caução para cobrir
possíveis danos, uma vez que esses imóveis geralmente vêm
mobiliados e com aparelhos eletrônicos. Veja a seguir as dicas
do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) para a locação
de um imóvel de temporada:

Escolha um corretor de confiança: tanto proprietários quanto
locatários devem recorrer a um corretor com quem já tenham
negociado antes ou que tenha sido indicado por conhecidos.
Seja como for, é importante checar se os corretores e imobiliárias
possuem número de registro no Conselho Regional de Corretores de
Imóveis (Creci).

Forma de pagamento: é acordada livremente entre as partes.
Normalmente, metade do valor do aluguel é pago no ato da
contratação e a outra metade na entrega das chaves. Em caso
de desistência de qualquer uma das partes deve estar prevista
uma multa no contrato.

Desconfie de preços muito abaixo do valor de mercado: pode ser
sinal de que o imóvel tem algum problema.

Visite o imóvel antes de alugar: se possível, faça uma visita
para conhecer o estado real do imóvel, inclusive de móveis e
utensílios. Se a unidade estiver situada em um condomínio,
verifique se os inquilinos podem usar as áreas comuns, como
piscinas, quadras e churrasqueiras. às vezes, apenas os
condôminos podem usufruí-las.

Contrato é imprescindível: mesmo sendo uma locação para um
período curto, é importante elaborar um contrato, onde devem
constar as datas de entrada e saída do inquilino, o valor a
ser pago, a forma de pagamento, eventuais multas no caso de
atraso, depredação ou desistência de uma das partes, o número
de pessoas que vão se hospedar e a descrição dos utensílios,
eletrodomésticos e eletrônicos à disposição do locatário. O
documento deve ainda especificar quem ficará responsável pelo
pagamento das contas durante o período de locação.










Domingo, 3 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NÚMERO 1
SAIBA QUEM FOI O PRIMEIRO GOVERNADOR DE SANTA CATARINA

Lauro Severiano Müller – 1889 a 1891 1º Vice – Raulino Júlio
Adolfo Horn 2º Vice – Gustavo Richard

Foi o primeiro governador republicano de Santa Catarina, nomeado
em 02 de dezembro de 1889 pelo Marechal Deodoro da Fonseca, para
o período de 1889 a 1890. Foi eleito, ainda, pela Assembléia, para
um segundo período, governado até 1891.

Em 07 de janeiro de 1890, Müller dissolve as câmaras municipais e
cria conselhos, constituídos por intendentes municipais. Em 24 de
agosto do mesmo ano, deixa o governo e toma posse na Câmara Federal.

No dia 16 de setembro de 1890, são realizadas as primeiras eleições
indiretas para governador e vices. São eleitos os republicanos Lauro
Müller como governador, Raulino Horn como primeiro-vice e Gustavo
Richard como segundo-vice.

Em 29 de setembro, um mês após ter tomado posse na Câmara Federal,
Lauro Müller reassume o governo do Estado, pois Deodoro da Fonseca
havia dissolvido o Congresso.

Müller fica no poder até o dia 05 de outubro, quando passa o cargo
ao seu primeiro vice, Raulino Horn, e retorna ao Rio de Janeiro para
assumir como deputado, já que a Câmara havia sido reconvocada por
Floriano Peixoto, que substituiu Deodoro. Raulino governa por apenas
cinco dias, passa o governo ao segundo-vice Gustavo Richard e segue
para o Rio de Janeiro, onde assume como senador.

Em novembro de 1891, Lauro retorna e reassume o governo. Em 28 de
dezembro, renuncia ao cargo e volta para a Câmara. Como representante
do Estado a nível nacional, faz o plano viário para Santa Catarina.
Em 1890, é inaugurada, ainda, a estrada entre Nova Trento e Tijucas
e também de Tijucas a Porto Belo.

Em 29 de dezembro de 1891, Lauro Müller renuncia ao governo, por
pressão dos federalistas catarinenses, que haviam enviado um grupo
para agredir fisicamente Müller, intimidando-o a deixar o governo.
Ainda assim, o governador resiste para evitar derramamento de sangue.
Assim, Müller volta para o Rio de Janeiro, assume seu cargo de
deputado federal e continua defendendo a queda do federalismo











Sábado, 2 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA TERRA DE COLOMBO
EFETIVO DA PM CAI EM GESTÃO DO RAIMUNDO E DEPUTADOS COBRAM
APROVADOS EM CONCURSO

A queda continuada do efetivo da Polícia Militar levou os deputados
a cobrarem do Executivo a convocação imediata de cerca de 600
aprovados no último concurso público.

No início do governo de Luiz Henrique da Silveira havia cerca de 13
mil policiais, hoje temos 10,4 mil e se nada for feito em 2016
teremos pouco mais de 9 mil policiais. Governador, chame os 608
policiais que estão concursados, não vejo porque postergar”, sugeriu
Leonel Pavan (PSDB) durante a sessão da Assembleia Legislativa.

Dirceu Dresch (PT) concordou com o ex-governador. “Com o aumento da
carga horária os policiais ou estão trabalhando, ou estão na escala
de plantão, isso é um crime, estão transformando os policiais em
escravos. Se falta gente, chame os concursados”, disparou Dresch.
Cesar Valduga (PCdoB) declarou apoio aos concursados e se colocou à
disposição para mediar um acordo com o governo. “Para buscar resolutividade
”, informou.












Sexta-feira, 1 de Janeiro de 2016



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LEI DAS ESTRADAS
DEPUTADO CATARINENSE CONSEGUE APROVAR RELATÓRIO QUE
PERMITE  ENTIDADES PRIVADAS EXPEDIREM PERMISSÃO
INTERNACIONAL PARA DIRIGIR

Na sessão da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania realizada no
dia 16, foi aprovada a matéria relatada pelo senador Dário Berger, que
possibilita às entidades privadas habilitadas pelo Governo Federal a
emitir a Permissão Internacional para Dirigir (PID) e o Certificado de
passagem nas alfândegas. O projeto de Lei da Câmara (PLC) é de autoria
do Deputado Federal Mauro Mariani (PMDB-SC).

“Atualmente, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina que o
Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) delegue esses serviços
apenas aos Departamentos de Trânsito dos Estados e do Distrito Federal,
hipótese que o projeto de lei não descarta, apenas acrescenta com o
objetivo de facilitar o acesso do cidadão para obter a documentação
necessária e minimizar a burocracia”, esclareceu Dário.

Em seu relatório, o senador catarinense lembrou que durante a tramitação
da matéria na Casa, a primeira relatoria teve como autor o ex-senador
Luiz Henrique da Silveira, que chegou a apresentar parecer pela aprovação.

Em pronunciamento, os senadores Ronaldo  Caiado e Simone Tebet se
manifestaram favoráveis ao relatório do senador Dário.

Eu solicitei à assessoria do Senado uma análise mais detalhada do projeto
relatado pelo senador, e o encaminhamento foi favorável à aprovação, até
porque a relatoria deixa claro que não há, em tese, nenhuma inconstituci-
onalidade em delegar a uma entidade privada a possibilidade de expedir a
permissão internacional para conduzir veículos e o certificado de passagem
nas alfândegas”, elogiou o senador Ronaldo Caiado.

A matéria segue agora para análise da Mesa Diretora, e se não houver recurso
para votação pelo Plenário do Senado, o PLC 95/2012 será enviado, em seguida,
à sanção presidencial.

Fontes:
Chico Alves












O conteúdo referente ao dia 20 de outubro de 2015 e 31 de dezembro de 2015 está disponibilizado em nossa página do Facebook - Diariodebarravelha - Para ter acesso
ao conteúdo, basta solicitar e aguardar o prazo de até 48 horas.




chamada_mkt_diario_de_barra_velha_x_facebook_Diariodebarravelha






















Terça-feira, 20 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TETO LEGAL
CIDADE DE JOINVILLE PODE TER LEI PARA GARANTIR  PROJETOS DE
ARQUITETURA GRATUITOS PARA FAMÍLIAS CARENTES

A assessoria técnica gratuita de projetos de engenharia e arquitetura
para a população de baixa renda é tema de debate constante dentro do
Núcleo de Arquitetos do IAB de Joinville. Na última quinta-feira (15),
por iniciativa do departamento Santa Catarina do Instituto de Arquitetos
do Brasil (IAB-SC), foi novamente tema do seminário que reuniu
profissionais do segmento, representantes de associações de moradores
e do poder público, na Câmara de Vereadores, para discutir a necessidade
de implantação da lei 11.888.

Segundo a arquiteta Cristina Reinert, presidente do núcleo Joinville do
IAB-SC, a proposta é fazer com que a lei passe a valer de verdade para
que as moradias populares sejam adequadas às condições mínimas de habitação
 e conforto.

“Assim, garantiríamos a segurança estrutural, a regularização da habitação
e evitaríamos a ocupação de áreas de risco. Pensaríamos de forma singular
cada projeto, pois diferentes famílias e terrenos precisam de diferentes
soluções”, esclarece.

Conforme o Censo do IBGE de 2010, grande parte da população joinvilense
ganha menos de três salários mínimos, requisito básico para o atendimento
dos profissionais de arquitetura e engenharia gratuitamente. No entanto,
para que o município tenha direito a receber recurso da União e possibilitar
o benefício a essas famílias é necessária uma legislação local regulamentando
a Lei Federal. “Graças à importância e à atenção dadas pela Câmara de
Vereadores, somos a primeira cidade em Santa Catarina e ainda uma das poucas
 do Brasil a ter o projeto de lei protocolado e carinhosamente nomeado como
‘Morar Legal’”, explica Cristina.

O vereador e presidente da Câmara Rodrigo Fachini foi o responsável pelo
protocolo.

“Não podemos medir a importância desse momento para o futuro de Joinville,
mas no futuro teremos orgulho por termos unido os profissionais da arquitetura
e engenharia e os poderes Executivo e Legislativo em prol do cidadão”, reitera.

Para Vania Burigo, presidente do IAB-SC, os seminários, que ocorrerão em outras
cidades catarinenses, servem para entender o problema dos municípios, apontar
caminhos e adotar estratégias eficazes para resolvê-los.

“O objetivo do Instituto é fazer esta lei acontecer. Estamos muito determinados
e felizes em ver a adesão das prefeituras e de ouvir seus relatos”, diz.

Fontes:
Carolina Spricigo - Jornalista
PalavraCom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha







Segunda-feira, 19 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PERDOADOS
IDOSOS QUE NÃO FIZEREM CADASTRO BIOMÉTRICO EM SANTA CATARINA
NÃO TERÃO CPF CANCELADO, MAS NÃO PODERÃO VOTAR

O idoso com mais de 70 anos que vota em Biguaçu, Blumenau,
Florianópolis, Joinville, São José e Palhoça que não fizer o
cadastramento biométrico não terá o CPF cancelado.

“Maior de 70 anos não é obrigado a votar, mas se quiser votar
terá que fazer o cadastramento, se não fizer o título será
cancelado”, explicou Giovani Pacheco, coordenador do Cadastro
Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina,
acrescentando que os maiores de 70 não terão o CPF cancelado
pela Receita Federal.

Já os eleitores desses municípios que têm menos de 70 anos e que
não fizerem o cadastramento biométrico correm o risco de ter o CPF
cancelado.

“Se houver discrepância de dados entre a Receita e a  Justiça
Eleitoral, a Receita Federal pode suspender o CPF, mas o que sabemos
é que com os idosos não vai acontecer nada”, informou Giovani,
durante entrevista à Agência AL na tarde desta segunda-feira (5).

Giovane Pacheco revelou que cerca de 59% dos eleitores de Biguaçu
realizaram o cadastramento biométrico. “O prazo para os eleitores
de Biguaçu encerra dia 30 de novembro”, lembrou o servidor do TRE.
Já os eleitores de Blumenau, Florianópolis, Joinville, São José e
Palhoça têm até março de 2016 para regularizar a inscrição eleitoral.

No caso de Joinville e Blumenau, apenas 30% dos eleitores fizeram o
cadastramento, enquanto em Florianópolis 45% dos inscritos para votar
compareceram aos postos da Justiça Eleitoral. “Vários postos como o
da Rua Bulcão Vianna (em Florianópolis) e do Supermercado Ideal (em
São José) vão fechar no fim de novembro”, revelou Giovani Pacheco,
que fez um apelo aos eleitores para que não deixem para última hora.

Para cadastrar os dados biométricos basta o eleitor procurar os cartórios
eleitorais ou os postos de atendimento das Justiça Eleitoral munido de
documento oficial com foto e comprovante de residência.

Fontes:
Vítor Santos
Agência AL
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 18 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

QUEREM FALAR
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA QUER DIVULGAR
AÇÕES PARLAMENTARES EM EMISSORAS DE RÁDIO EM SANTA
CATARINA

Desde terça-feira (6), passou a vigorar a parceria entre a Assembleia
Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc) e a Associação
Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), com o objetivo
de divulgar a atuação do Parlamento catarinense. Boletins produzidos
pela equipe de jornalistas da Rádio AL Digital serão veiculados em 242
emissoras de rádio em todo o estado.

O programa Notícias em um Minuto informará os ouvintes sobre leis
aprovadas pelos deputados, além de debates sobre diferentes questões,
como saúde, educação e segurança que acontecem no Parlamento.

O acordo foi oficializado em 24 de junho, durante evento no auditório do
Hotel Castelmar, em Florianópolis. Participaram representantes das
emissoras de rádio, deputados e dirigentes da Acaert.

Para o presidente da Acaert, Rubens Olbrisch, a parceria é visionária.

“As duas instituições deram um passo decisivo na criação de uma política
inovadora e sem precedentes, justamente quando a população aprofunda suas
críticas e cobranças”, avaliou, destacando a facilidade do acesso ao rádio.

Já o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio (PSD),
destacou o fortalecimento da parceria entre as duas instituições.

“Estou consciente da importância desse ato, não é um convênio a mais, mas
um novo marco no relacionamento institucional”, analisou Merisio, que
explicou que o objetivo é levar a todos os municípios informações sobre as
atividades do Legislativo. “O cidadão poderá concordar ou discordar a partir
de informação de qualidade”, observou o deputado. E para levar informações a
todo estado, segundo Merisio, o caminho é a radiodifusão. “Tem capilaridade”,
disse o deputado.

Fontes:
Alesc
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 17 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MANUAL PRÁTICO
EVENTO FOCA PRÁTICAS BEM-SUCEDIDAS EM ÁREAS VOLTADAS A
CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

A secretária de Assistência Social da Prefeitura de Jaraguá do Sul
, Emanuela Wolff, apresentará na Assembleia Legislativa de Santa
Catarina (Alesc), em Florianópolis, o projeto voltado a adolescentes
em cumprimento de Medida Socioeducativa em Meio Aberto – Liberdade
Assistida/ Prestação de Serviços à Comunidade (LA/PSC). A iniciativa
é desenvolvida pelo Centro de Referência Especializado em Assistência
Social (Creas) unidade Baependi.

A apresentação jaraguaense fará parte do Seminário Estadual de Práticas
Exitosas na Área da Criança e do Adolescente que ocorre nesta data no
Auditório Antonieta de Barros da própria Alesc tendo como prerrogativa
espaço de diálogo e ação na busca do fortalecimento das relações entre
o governo e a sociedade para efetividade das políticas públicas voltadas
a criança e ao adolescente.

O serviço do Creas Baependi tem por finalidade prover atenção socioassistencial
e acompanhamento a adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeduca-
tivas em meio aberto, determinadas judicialmente. O acompanhamento aos adolescentes
e suas famílias é realizado pelas equipes técnicas, formada por assistente social,
psicólogo, pedagogo e terapeuta ocupacional.

Já os adolescentes que prestam serviço à comunidade são encaminhados às
instituições cadastradas pelo Creas. Aqueles que cumprem medida de liberdade
assistida são acompanhados pela equipe técnica semanalmente.

O convite para a participação de Jaraguá do :Sul no seminário foi feito pelo
presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente,
deputado Vicente Caropreso. O prefeito Dieter Janssen, também confirmou presença
no seminário.

Fontes:
Prefeitura de Jaraguá do Sul
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 16 de outubro de 2015




NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A LETRA DO SUCESSO
ESCRITORAS DE ITAJAÍ FAZEM SUCESSO EM BIENAL DO LIVRO

Maria Carolina Passos e Patrícia dos Reis lançaram no último mês sua
primeira obra, na Bienal do Livro no Rio de Janeiro, intitulado “Blasfêmia”.

As duas jovens escritoras são amigas desde a infância e frutos da terra
de Itajaí. Maria e Pathy, como é conhecida na internet, trabalham juntas
na produção canal do YouTube de Patrícia e decidiram aliar sua paixão
pela literatura para escreverem juntas o livro. Durante seis meses, as
duas compartilharam suas informações, ideias e histórias em plataformas
online para darem luz à Blasfêmia.

Em setembro, na Bienal do Livro no Rio de Janeiro, Blasfêmia foi grande
sucesso ao vender todos os exemplares. Em dois eventos, as itajaienses
puderam apresentar sua obra e receber o carinho e admiração do público
que esperou por horas na fila para acompanhar o evento. Para Maria Carolina,
a experiência foi recompensadora e inesquecível:

“Estamos orgulhosas! Quem sabe, no futuro, nosso livro é traduzido em outros
países, e Itajaí, que tanto exporta, exportará cultura, gerada aqui mesmo”.

O livro tem como protagonista a jornalista Claire e como fio condutor os
mistérios de dois assassinatos ocorridos em Salina, cidade dos Estados Unidos
, em meados das décadas de 1980 e 1990. Admiradoras das aventuras criadas por
George R. R. Martin em Game of Thrones e inspiradas pelas histórias de terror
de Stephen King, o livro promete um enredo envolvente.

Fontes:
Prefeitura de Itajaí
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha






Quinta-feira, 15 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA HORA DA MORTE
ATUAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO REGULARIZA 13 CEMITÉRIOS

A atuação extrajudicial do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)
resultou na regularização ambiental de 13 cemitérios no Município de
Anchieta que estavam sem licenciamento ambiental. Outros 13 cemitérios
foram interditados para novos sepultamentos.

O procedimento foi instaurado pela Promotoria de Justiça da Comarca de
Anchieta em 2011, após receber uma representação dando conta de
irregularidades ambientais nos cemitérios locais, administrados por
instituições religiosas e pela Prefeitura Municipal. A Promotora de
Justiça Marcela de Jesus Boldori Fernandes requisitou, então, que a
FATMA realizasse vistoria nos 26 cemitérios da cidade.

De posse dos dados das vistorias, que apontaram que todos os cemitérios
operavam sem licença ambiental, a Promotora de Justiça iniciou em 2013
uma série de audiências públicas nas comunidades. As primeiras quatro
audiências foram realizadas para apresentar o problema e propor a
regularização dos cemitérios e outras três para acompanhar a evolução
das soluções a serem adotadas. Foi estabelecido, assim, a data de 25 de
março de 2015 como prazo final para a regularização.

Com o fim do prazo, a Promotoria de Justiça solicitou à FATMA novas
vistorias e também que esta tomasse as medidas legais e administrativas
cabíveis para os cemitérios que permanecessem irregulares. Em resposta,
a FATMA comunicou que 13 cemitérios estavam regularizados.

Os demais cemitérios foram interditados para novos sepultamentos, mas
continuam abertos para visitação, sem necessidade transferências para
outros cemitérios. Nestes, seus representantes consideraram que atendiam
a comunidades com baixo número de habitantes e, por isso, não valeria o
custo da regularização.

Fontes:
mpsc
Edição e Texto:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Quarta-feira, 14 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESTUDO DO ÍNDIO
ESTADO DE SANTA CATARINA QUER PARTICIPAR DE ESTUDOS SOBRE
DEMARCAÇÃO DE NOVAS TERRAS INDÍGENAS

O Estado de Santa Catarina solicitou à Fundação Nacional do Índio
(Funai) acesso e ampla participação nos processos administrativos
relacionados à possível demarcação de terras indígenas localizadas
na Grande Florianópolis: Cambirela e Massiambú, em Palhoça, e Mbiguaçu
e Amâncio, em Biguaçu.

O requerimento encaminhado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) foi
motivado pelo fato de a Funai ter autorizado estudos para verificar
se essas áreas eram ocupadas tradicionalmente por índios, o que poderia
levar à declaração de novas terras indígenas em Santa Catarina.

Em ofício dirigido à Diretoria de Proteção Territorial da Funai, a PGE
pede cópia integral dos processos administrativos relacionados aos
levantamentos na região de Palhoça e Biguaçu. Ao mesmo tempo, solicita
participação efetiva nas fases dos processos, além da notificação de
todos os atos, inclusive datas de estudos e perícias para acompanhamento.

“Santa Catarina defende o cumprimento da Constituição Federal e do devido
processo legal na questão da demarcação de terras indígenas”, disse o
procurador-geral do Estado, João dos Passos Martins Neto, enfatizando que
toda vez que a União ou a Funai procederem em descompasso com as disposições
constitucionais, como é o caso da Terra Indígena Morro dos Cavalos, o Estado
atuará para restabelecer a legalidade.











Terça-feira, 13 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CHEIA DE GENTE
GOVERNO DE SANTA CATARINA PREVÊ 8 MILHÕES DE TURISTAS NO VERÃO

Cerca de 8 milhões de turistas devem visitar Santa Catarina na temporada
de verão 2015/2016, prevê o governo do estado. O número é 30% maior em
relação aos 6,2 milhões que estiveram em solo catarinense no verão 2014/2015.

Para a próxima temporada, serão mobilizados 8 mil profissionais da área
de segurança para cobrir 157 praias catarinenses. Esse trabalho durante
o verão compõe a Operação Veraneio, que será apresentada nesta quarta-feira
(14) em reunião entre o governador e órgãos relacionados ao turismo e à
segurança.

O número de turistas esperado é resultado da soma de visitantes estrangeiros
, moradores de outros estados brasileiros e também de catarinenses de outras
cidades que viajam para o litoral durante o verão, explicou o governo.

"Essa será uma das principais temporadas de verão da nossa história, resultado
de fatores como a alta do dólar, o nosso bom relacionamento com países do
Mercosul e também do trabalho de promoção de Santa Catarina que fizemos dentro
do país", explicou o secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Filipe
Mello.

Ele apontou outros indicadores positivos para a temporada, como a confirmação
de 600 voos fretados contra 433 da temporada passada e o crescimento na venda
de pacotes de turismo para Santa Catarina.

Fontes:
G1









 
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DIA DE LANÇAMENTO
MINISTÉRIO PÚBLICO DE SANTA CATARINA LANÇA CAMPANHA PARA COMBATER NEGLIGÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Na terça-feira (13/10), o Ministério Público de Santa Catarina lançará
a Campanha Pelo Combate à Negligência Contra Crianças e Adolescentes,
em parceria com o Fórum Catarinense pelo Fim da Violência e da Exploração
Sexual Infantojuvenil. O evento será realizado no 1º andar da Procuradoria
-Geral de Justiça do MPSC, às 9 horas.

A negligência é a forma mais comum de violação de direitos de crianças e
adolescentes e também a mais denunciada no Dique100 desde 2012. No primeiro
semestre de 2015, o Disque100 nacional recebeu cerca de 42 mil denúncias de
violência contra crianças e adolescentes. Dessas, 32 mil são de negligência.

Serviço:

O quê: Lançamento da Campanha Pelo Combate à Negligência Contra Crianças e
Adolescentes

Quando: 13 de outubro, às 9h

Onde: Ministério Público de Santa Catarina - Rua Bocaiúva, 1750 - 1º Andar,
Centro Executivo Casa do Barão








Domingo, 11 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PARA TUDO
APÓS UMA SEMANA., ADESÃO à GREVE DOS BANCÁRIOS CRESCE EM
SANTA CATARINA

Uma semana depois do início da greve dos bancários, a adesão ao movimento
é superior a  50% em vários municípios de Santa Catarina. De acordo com o
sindicato da categoria, em Lages, na Serra, 100% das agências estão fechadas.
Em Araranguá, no Sul, 90% das agências paralisaram atividades.

Os rumos do movimento devem ser definidas em plenária nesta semana em algumas
cidades do estado.

Grande Florianópolis
Na manhã desta terça-feira (13), segundo o Sindicato dos Bancários, poucas
agências estão em funcionamento. A entidade estima que 70% das unidades
bancárias da Grande Florianópolis estão fechadas. às 16h30, grevistas promovem
uma plenária na sede do sindicato no Centro de Florianópolis para definir
atividades do movimento.

Em Blumenau, no Vale do Itajaí, a greve dos bancários começou com 90% de
adesão das agências no centro da cidade. De acordo com o presidente do
Sindicato dos Bancários Leandro Spezia, nos municípios da região 80% das
unidades bancárias também aderiram.

Norte
Nas sete cidades da área de atuação do sindicato dos bancários de Joinville,
 56 agências estão em greve. Só em Joinville são 49 agências. “A cada dia,
conquistamos dois ou três novos adeptos ao movimento”, diz o presidente do
sindicato Valdemar Bruno da Luz Filho.

Fontes:
G1








Sábado, 10 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

AFETADAS
CHUVA AFETA CIDADES E DEIXA DESABRIGADOS EM SANTA CATARINA

Novo balanço divulgado  pela Defesa Civil aponta que 28 municípios foram
afetados de alguma maneira pelas chuvas que atingem Santa Catarina desde
a última quinta-feira (8). Neste domingo, foram registrados alagamentos
nos municípios de Três Barras e Rio Negrinho, no Norte do estado.

Em Três Barras, dois bairros ficaram alagados e mais de 100 residências
foram atingidas, deixando 428 pessoas desalojadas e 12 desabrigados. Um
abrigo foi aberto na cidade, informou a Defesa Civil.

Já em Rio Negrinho, os alagamentos foram pontuais, com 8 pessoas desalojadas
e 16 desabrigadas na manhã deste domingo.

No total, em todo o estado, as chuvas já afetaram 3,3 mil pessoas, com mais
de 800 desalojados ou desabrigados.  Um homem morreu em Lebon Régis, no Oeste
, na quinta-feira (8), após ser atingido por um raio. O município foi um dos
mais atingidos pelas chuvas e decretou situação de emergência.


A Defesa Civil informou também  que havia alertas para a subida do nível dos
rios em Rio do Sul, Rio do Oeste e Blumenau, e também no Rio do Peixe, no Oeste.
Em Mafra, o Rio Negro chegava a 5,73 m por volta das 9h, o que fez a Defesa Civil
convocar uma reunião.

Pouco antes das 11h, a Defesa Civil informou que, em Rio Negrinho, também no
norte, o nível do rio subia 9 centímetros por hora.

Também foram registrados alagamentos pontuais em Itajaí, no Vale, por influência
da maré.

Fontes:
G1






Sexta-feira, 9 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ILHA DA MAGIA
DEPOIS DE MORTE DE PODEROSO TRAFICANTE, POLÍCIA FAZ OPERAÇÃO
PARA ENCONTRAR BENS DA QUADRILHA, E FLORIANÓPOLIS RECEBE
OPERAÇÃO

A Polícia Civil faz uma operação na manhã desta quarta-feira (7) com objetivo
de apreender bens da quadrilha liderada pelo traficante Alexandre Goulart
Madeira, o Xandi, executado em janeiro no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

São cumpridas 93 ordens judiciais em Porto Alegre e outras cidades da Região
Metropolitana, em Santa Maria, no interior do estado, além de Florianópolis,
em Santa Catarina.

Entre as apreensões estão 12 táxis usados pela quadrilha. Também houve
apreensão de dinheiro, outros veículos, e sequestro de imóveis, entre eles
um apartamento na praia de Canasvieiras, em Florianópolis.

A ação conta com a participação de 370 policiais, que cumprem 13 mandados de
condução coercitiva para depoimento, 19 de sequestros de bens e 46 de busca.
Uma coletiva de imprensa ainda na manhã desta quarta-feira informará sobre o
balanço da operação.

"O objetivo é descapitalizar, não é nem tanto a questão de prender pessoas
vinculadas à quadrilha, mas coletar evidências, provas relativas ao que a
gente conseguiu em sete meses de investigação. Até o momento [no período
relatado] são 28 prisões", destacou o delegado Emerson Wendt à Rádio Gaúcha.

Somente nesta quarta foram presas 11 pessoas, entre elas o irmão (com drogas)
e a viúva de Xandi. Um carro dela, blindado, foi apreendido.

Xandi foi morto em janeiro em uma casa de veraneio em Tramandaí, no Litoral
Norte do estado. Segundo a polícia, além do tráfico de drogas, que ele
comandava no condomínio Princesa Isabel, bairro Santana, na capital gaúcha,
ele estava envolvido em diversos crimes, como porte ilegal de armas, tráfico
de entorpecentes e homicídio.

Fontes:
G1
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 8 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NOVIDADE SOB RODAS
NOVO FUSION PODE TER SIDO FLAGRADO EM SANTA CATARINA

A Ford vai reestilizar o sedã Fusion usando a mesma estratégia adotada
na Ranger, ou seja, com retoques visuais no exterior e a troca do painel.

Essa não é uma tarefa simples, uma vez que um painel depende de ferramental
específico e caro. Mas o resultado final é muito mais interessante para
modelos que estão chegando à metade do ciclo de vida.

A foto acima foi feita pelo leitor Edvandro Vincensi. Já a abaixo é de
autoria do leitor Eduardo Gamborgi. Elas mostram como a grade dianteira
fica maior sem perder a forma hexagonal. O para-choque e os faróis ganharam
novas formas e, na traseira, as lanternas ficam menores na altura e maiores
 na largura, apesar de a camuflagem sugerir o contrário.

Vincensi e Gamborgi não fotografaram o painel, mas a tendência é que ele
seja inteiramente modificado, com predominância das linhas horizontais,
como na Ranger. O volante, que na versão atual é de três raios, volta a
ter quatro, como na primeira geração.

O novo Fusion deverá ser lançado em meados de 2016 nos Estados Unidos,
durante o Salão de Detroit, e pode chegar por aqui no final do ano, já
como modelo 2017.


Fontes:
Quatro Rodas
Paulo Campo Grande
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha






Quarta-feira, 7 de Outubro de 2015



NOTICIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NOSSA SENHORA
VIGILÂNCIA SANITÁRIA INTERDITA ALAS DE HOSPITAL NOSSA SENHORA
DOS NAVEGANTES

A Vigilância Sanitária Estadual interditou duas alas do Hospital Nossa
Senhora dos Navegantes na terça-feira (22).

A visita foi um pedido da 1ª Promotoria da comarca da cidade. O centro
cirúrgico e a obstetrícia só devem voltar a funcionar assim que forem
feitas as adaptações e reparos físicos.

Segundo o Presidente do Conselho Municipal de Saúde, Francisco Johansen
, no laudo da Vigilância Sanitária consta que a esterilização dos
materiais do centro cirúrgico estava sendo feita de maneira inadequada.
Também diz que as roupas da equipe estão velhas e rasgadas, e que algumas
questões técnicas estavam sendo feitas de maneira incorreta.

Quanto ao centro de obstetrícia, um dos problemas é em relação a equipe
técnica, com menos profissionais do que o necessário. Faltam também as
pulseirinhas que são colocadas nas mães e bebês assim que nascem. Johansen
disse que a identificação estava sendo feita com esparadrapo.

Em nota oficial, o secretário municipal de saúde, Jeferson Belotto,
informou que o hospital está passando por uma grande ampliação – que
inclui uma nova construção do centro cirúrgico, maternidade e centro
de imagens – e, por isso, todos os investimentos estão sendo concentrados
nesta obra.

Belotto disse também que, diante das constatações, estão sendo providenciadas
as adaptações sugeridas pela Vigilância Sanitária. Todas as solicitações estão
sendo avaliadas pelos engenheiros da prefeitura, para que os ajustes sejam
feitos

Fontes:
Vigilancia Sanitaria Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha






Terça-feira, 6 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EM NOME DO PAI
PASTOR EVANGÉLICO É PRESO POR ESTELIONATO POR POLICIAIS DE
PENHA E NAVEGANTES

Um pastor evangélico foi preso na tarde de ontem pela polícia Civil de
Penha e Navegantes. Ele era procurado em Videira, no oeste do estado,
onde enganou vários de agricultores. Ezequiel A., 50 anos, estava atuando
em uma igreja evangélica da Penha.

Ele também usou dinheiro da igreja e os fieis começaram a desconfiar. O
pessoal procurou a delegacia e a polícia Civil foi investigar a ficha dele
, que era procurado justamente por estelionato. Ele foi preso em casa,
ontem, em Navegantes.

Ezequiel, entre os anos de 2011 e 2013, comprou diversos tratores de
agricultores. As máquinas estavam avaliadas entre R$ 45 e R$ 70 mil. O
pastor pagou tudo com cheques sem fundos ou sustados. Desde então, ele
responde pelo golpe.

Ezequiel foi levado para o presídio da Canhanduba e lá ficará à disposição
da justiça. Como os fieis não quiserem registrar queixa na Penha, o caso
daqui não será investigado pela Civil.

Fontes:
Diarinho










Segunda-feira, 5 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CARTAS AO VENTO
TRABALHADORES DOS CORREIOS EM SANTA CATARINA ENCERRAM PARALISAÇÃO NO ESTADO

Os trabalhadores dos Correios em Santa Catarina encerraram  a paralisação
no Estado e retornam na terça-feira (29) às atividades.

O sindicato da categoria em SC aceitou a proposta de acordo coletivo
apresentada na sexta-feira (25), em audiência de mediação e instrução
do dissídio da empresa, conduzida pelo vice-presidente do Tribunal
Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra.

Até o final da tarde de ontem, 15 dos 36 sindicatos de trabalhadores dos
 Correios no Brasil haviam aceitado a proposta, definindo o retorno ao
trabalho a partir de 0h de hoje. Considerando os 16 outros sindicatos
que não haviam aderido ao movimento, o total, até o momento, é de 31
bases sindicais que estarão operando normalmente nesta terça.

A proposta do TST prevê aumento linear dos salários em R$ 150 a partir
de agosto de 2015 e em R$ 50 a partir de janeiro de 2016, a título de
gratificação, incorporável ao salário nos seguintes percentuais e datas:
50% em janeiro de 2016; 25% em agosto de 2016 e 25% em janeiro de 2017.

Também prevê que o plano de saúde dos trabalhadores não poderá sofrer
qualquer alteração que não seja de comum acordo com os trabalhadores,
representados pelos sindicatos, e mantém a criação de uma comissão
paritária referente ao assunto no prazo de 30 dias a contar da assinatura
do acordo coletivo.

A proposta traz ainda reajuste de 9,56% nos benefícios: vale-alimentação/
refeição; vale-cesta; auxílio para filhos com deficiência e reembolso
creche/babá; e redução do compartilhamento do vale-alimentação. Assim
como a proposta anterior que já havia sido formulada pelo TST, a atual
mantém a antecipação da entrega matutina até o final de 2016, conforme
os critérios estabelecidos no Acordo Coletivo de Trabalho 2014-2015.

Fontes:
Diretoria Regional de Santa Catarina
Assessoria de Comunicação – ASCOM












Domingo, 4 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

HOMENAGEM AO SENADOR
CONTRARIANDO IDEIA DE FALECIDO SENADOR CATARINENSE,
GOVERNADOR QUER  QUER SERVIDORES PÚBLICOS TRABALHEM
UMA HORA A MAIS

O governador Raimundo Colombo confirmou na tarde de ontem que o horário de
trabalho dos servidores públicos estaduais será ampliado para sete horas a
partir do ano que vem.

Atualmente, a jornada de boa parte do funcionalismo público é de seis horas
diárias, entre 13h e 19h. Segundo Colombo, a medida vale já a partir de 1º
de janeiro.

— A nossa ideia é que o trabalho comece ao meio dia e (vá até) as 19h. Haverá
propostas alternativas de trabalhar das 8h da manhã ao meio dia ou das 9h ao
meio dia e mais a parte da tarde. Existem várias alternativas, mas será
ampliado o horário de trabalho a partir de 1º de janeiro — disse o governador
em coletiva de imprensa durante a assinatura de contratos do Fundo de Apoio
aos Municípios (Fundam) com prefeituras de 59 cidades.

A ampliação do horário do funcionalismo público ocorre doze anos após decisão
do então governador Luiz Henrique da Silveira, um dos padrinhos políticos de
Raimundo Colombo, de reduzir a jornada de oito para seis horas diárias.

De acordo com a assessoria da Casa Civil, ainda não está certo como o atual
governador fará a mudança, mas provavelmente ela deve ocorrer por um decreto,
assim como foi realizada a redução em 2003.










Sábado, 3 de Outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM MORAL
PRESO QUE FOI LIBERADO POR FALTA DE PROVAS NÃO TEM DIREITO DE
SER  INDENIZADO POR DANO MORAL

A 3ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou sentença que negou indenização
por danos morais pleiteada por um homem contra o Estado, em virtude de ter
sido preso em flagrante por tráfico de entorpecentes e posteriormente absolvido
na respectiva ação penal. O réu sustentou que a droga encontrada no carro não
lhe pertencia, pois estava só de carona. Após responder ao processo criminal
e ser inocentado por falta de provas, o homem pediu indenização no valor de
R$100 mil reais.

Nos autos, contudo, restou demonstrado que autor somente foi absolvido do crime
de tráfico por falta de provas e não porque foi comprovada a sua inocência. O
relator da matéria, desembargador Vanderlei Romer, explicou que a prisão do
autor foi legal, uma vez que foi encontrada substância entorpecente no veículo
em que se encontrava.

"Destarte, a prisão do autor em flagrante delito foi lícita, assim como o período
de segregação, pois, como bem esclarecido pelo sentenciante, por mais que fosse
réu primário, já havia praticado atos infracionais quando adolescente. Importante
esclarecer que, por mais que o Estado responda objetivamente pelo erro judiciário
a que deu causa, na hipótese, a sua existência não estou configurada e, portanto,
a indenização não é devida" concluiu Romer. A decisão foi unânime.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Texto e Edição Complementar:
Américo Wisbeck
Ângelo Medeiros
Daniela Pacheco Costa
Sandra de Araujo






Sexta-feira, 2 de outubro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ENSOPADO PRONTO
EMPRESA PAGA MULTA MILIONÁRIA POR VENDER FRANGO COM MUITA
ÁGUA EM SANTA CATARINA

A empresa Agrofrango, de Ipumirim, depositou, na última semana, a
quantia de R$1.308.998 referentes à indenização à sociedade por danos
materiais e morais coletivos causados por acrescentar água acima dos
limites permitidos no frango comercializado congelado.

Os valores foram cobrados em ação civil pública ajuizada pela Promotoria
de Justiça da Comarca de Ipumirim, em 2008, na qual o Ministério Público
relata que, entre 2004 e 2006, a empresa foi seguidamente autuada por
acrescentar água em excesso no frango congelado, além dos 6% permitidos
pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Para o Ministério
Público, a responsabilidade da Agrofrango ficou evidente pela frequência
com que as irregularidades foram constatadas.

O valor da indenização foi calculado de acordo com a quantidade de frango
comercializada durante o período e o volume de água vendida como se fosse
o produto. Segundo os cálculos, nesse período a Agrofango vendeu quase 17
milhões de toneladas de frango congelado, mas aproximadamente 461 mil
toneladas do produto eram, na verdade, água acrescentada irregularmente.

A sentença de primeiro grau, proferida em 2011, inicialmente estipulou
o valor R$264 mil a título de danos materiais e R$200 mil a título de
danos morais coletivos. Porém, a empresa recorreu e, com a confirmação
em segundo grau e o trânsito em julgado da ação, os valores foram acrescidos
de juros e correção monetária, totalizando R$1,3 milhão.

A indenização será revertida à sociedade através do Fundo para Reconstituição
de Bens Lesados (FRBL). O FRBL financia projetos que previnem ou recuperam
danos sofridos pela coletividade e atendem a interesses da sociedade. O fundo
é administrado por um Conselho Gestor composto por representantes de órgãos
públicos estaduais e entidades civis.

Na área do Consumidor, o Ministério Público atua para proteger a coletividade
, ou seja, quando as relações de consumo ameaçam inúmeras pessoas, uma população.
O Promotor de Justiça não age para resolver problemas individuais que afetem
exclusivamente um cliente e seu fornecedor.

Em Santa Catarina, o dinheiro proveniente de condenações, multas e acordos
judiciais e extrajudiciais em face de danos causados à coletividade em áreas
como meio ambiente, consumidor e patrimônio histórico é revertido ao Fundo
para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL), o qual financia projetos que
atendem a interesses da sociedade.

Fontes:
Ministério Público de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha







O conteúdo referente ao período do dia 16 de setembro até o dia 1 de outubro, será atualizado
neste final de semana, pois tivemos problemas de hardwares durante o último temporal que
atingiu a cidade.







Quarta-feira, 16 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CONVENIANDO
GOVERNADOR ASSINA CONVÊNIO PARA DEMARCAR ÁREAS PARA
CULTIVO DE OSTRAS E MARISCOS EM SANTA CATARINA

A cadeia produtiva do pescado será o tema do Seminário Técnico da
Fenaostra, que acontece nessa quarta-feira, 16 de setembro, no
CentroSul, em Florianópolis. Durante o evento, composto por palestras
e mesas redondas, também acontece o lançamento da demarcação das
fazendas marinhas catarinenses, com a presença do governador Raimundo
Colombo e do secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir
Sopelsa.

A assinatura do convênio entre governos estadual, federal e municipal
está prevista para as 15h.

O evento é realizado pela Prefeitura Municipal e Instituto de Geração de
Oportunidades de Florianópolis (Igeof), em parceria com a Epagri e outras
entidades. O seminário pretende alertar maricultores e técnicos que atuam
na área para diversos aspectos da cadeia produtiva do pescado, entre eles
comercialização, legalização, sustentabilidade e sanidade dos produtos. 

O público alvo é formado por maricultores e técnicos e a participação é
gratuita. Os interessados devem chegar às 8h para fazer o credenciamento.

Santa Catarina é o maior produtor nacional de moluscos. Dados do Centro de
Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca da Epagri (Cedap) revelam que, em
2014, o Estado comercializou 21.553,6 toneladas de mexilhões, ostras e
vieiras, um aumento de 12,95% em relação a 2013. A produção envolveu 610
maricultores e envolveu diretamente 3.388 trabalhadores.

Fontes:
Fabiano Muller Silva
Gerente do Cedap
Gisele Dias
Assessoria de imprensa
Epagri
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha









Terça-feira, 15 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SANEANDO PROBLEMAS
GOVERNADOR DE SANTA CATARINA ASSINA ORDEM DE SERVIÇO
PARA OBRAS DE SANEAMENTO BÁSICO

O governador Raimundo Colombo assinou a ordem de serviço para o início das
obras da primeira etapa de implantação do sistema de esgotamento sanitário
em Araquari. As obras receberão investimentos estimados em R$ 22,5 milhões
do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), com a contrapartida da
Companhia Catarinense de Águas e Saneamentos (Casan). A cerimônia será
realizada no auditório do Instituto Federal Catarinense (IFC), às 9h30.

O principal projeto do pacote que será assinado pelo governador prevê a
construção de duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) ao custo de
R$ 7 milhões. Segundo o prefeito João Pedro Woitexem, oito mil moradores
dos bairros Centro e Itinga serão beneficiados pelo serviço. “É uma obra
importante obra para Araquari e tratará resultados positivos para o futuro
da cidade”, disse.

Ainda de acordo com Woitexem, quando as obras forem concluídas, a cobertura
de esgotamento sanitário de Araquari deve saltar de 4% para 34%.

Além da assinatura de ordem de serviço, o governador irá inaugurar um
reservatório de água no loteamento Santa Fé, com capacidade para dois
milhões de litros. A visita de Colombo também prevê o relançamento dos
editais de licitação para obras de implantação do sistema de esgoto sanitário
no município. Segundo a companhia, o edital, calculado em R$ 15,4 milhões,
será para realização de obras nos bairros Itinga e Centro.

Também está marcada a presença do senador Dário Berger, do vice-governador
Eduardo Pinho Moreira, do deputado federal Mauro Mariani e do deputado estadual
Darci de Matos.

Fontes:
Prefeitura de Araquari
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares







Segunda-feira, 14 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

HISTÓRIA DE TERROR
MINISTÉRIO PÚBLICO INVESTIGA SE ASSESSORES PARLAMENTARES
ERAM FANTASMAS EM BLUMENAU

O Ministério Público investiga a possibilidade de dois homens, que
foram funcionários da Câmara de Vereadores de Blumenau, trabalhavam
no escritório particular de um vereador, e não cumpriam expediente no
legislativo. A investigação deve ser finalizada em novembro.

A suspeita é que eles atuavam em um escritório de advocacia do vereador
Cezar Cim (PP). O vereador alega que está 'com a consciência tranquila'
e acredita que o único erro dele foi não ter avisado a Câmara sobre a
existência de um gabinete político dentro do seu escritório particular.

Mesmo com a investigação, outro servidor da Câmara continua trabalhando
no escritório de Cim. "Não há nenhum problema nisso. As investigações
vão servir apenas para esclarecer o fato", disse o parlamentar.

Paralelamente, a Câmara também apura a possível existência de assessores
fantasmas. O caso veio à tona em julho deste ano, mas só começou a ser
investigado no início de agosto. Os envolvidos devem prestar depoimento
no dia 23 de setembro.

Conforme o presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Vanderlei
de Oliveira, caso provado a irregularidade, Cim pode receber uma advertência
, uma suspensão de trinta dias ou punições mais grave.

A investigação do MP é conduzida pelo promotor Hélio Fiamoncini. à RBS TV,
a assessoria do magistrado informou que nenhuma testemunha foi ouvida até
a quarta-feira (9).

Fontes:
G1
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 13 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PARECE UM MASMORRA!
SAIBA QUEM DISSE ESSA FRASE SOBRE UMA ALA EM PENITENCIÁRIA
EM SANTA CATARINA

Com 29 das 48 unidades prisionais do Estado atingidas por interdições judiciais
total ou parcial, o sistema prisional catarinense volta a conviver com o risco
de agravamento da superlotação a curto prazo em Florianópolis e nas demais regiões.

Por enquanto, estão previstos recursos na própria Justiça para reverter as
limitações e proibições, pois medidas como a construção de novas cadeias seguem
dependendo da vontade de prefeituras para receber as obras.

As interdições judiciais atingem prisões em todas as regiões do Estado como
Grande Florianópolis, Sul, Norte, Vale do Itajaí, Serra e Oeste.

Na Grande Florianópolis está a determinação encarada como a mais preocupante: a
desativação da ala de 25 contêineres (COT) classificada de masmorra pelo Ministério
Público, onde estão mais de 220 presos junto ao complexo da Agronômica.

"Se equipara a uma masmorra", avalia promotor sobre ala de contêineres da
Penitenciária

A Penitenciária e o presídio da Capital também tiveram a limitação para
recebimento de novos detentos, cuja quantidade também já está acima do permitido.

Há ainda na Grande Florianópolis limitações judiciais em outras unidades
importantes como a Penitenciária de São Pedro de Alcântara, onde já houve graves
problemas de superlotação no passado, além de práticas de torturas que geraram
ondas de atentados e a Colônia Penal Agrícola de Palhoça.

Ainda em Palhoça, há pedido da Defensoria Pública à Justiça para a soltura de presos
abrigados irregularmente em delegacias.

Pelo Estado, outras unidades importantes atingidas são a Penitenciária Sul em Criciúma
, a Penitenciária Industrial de Joinville, o Presídio de Joinville e o Presídio de
Blumenau, considerado o pior em infraestrutura.

Há em Santa Catarina 16 mil presos em 48 unidades prisionais. A comissão de assuntos
prisionais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC) acompanha os desdobramentos e
projeta agravamento do quadro caótico.

— A interdição judicial só há se a situação sai muito do controle. Já estamos
recebendo reclamações de superlotação. Mas a partir de agora, com essa mudança
de cenário para a realidade, que é de ciência, vemos a condição de agravamento
no interior — ressalta o presidente da comissão, Victor José de Oliveira Luz
Fontes.

Ele afirmou que a OAB irá acompanhar a ação judicial que envolve a não liberação
da construção da central de triagem da Grande Florianópolis, em São José, para
que haja um desfecho célere a fim de liberar a obra.

Uma das saídas para amenizar a falta de vagas seria o Estado agir novamente com
força política para tentar convencer prefeituras a autorizarem as construções
de cadeias, pensa o professor de Direito Penal e Criminologia, Alceu de Oliveira
Pinto Júnior.

— Uma das maneiras é oferecer mais contrapartidas, como nas áreas de saúde,
emprego e assistência às Prefeituras para que haja a articulação e a instalação
aconteça de fato — destaca o professor.

Alceu alerta para o risco de descontentamento da massa carcerária ligada ao crime
organizado diante da piora do quadro de superlotação à vista, o que geraria prejuízos
a toda a população.
efeituras como as de Imaruí e São José e alerta para a necessidade da consciência
da sociedade e boa vontade política.

Fontes:
Diogo Vargas
Diário Catarinense
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha.com.br





Sábado, 12 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PEDE PRA FICAR
BOPE DE SANTA CATARINA RECEBE VISITA DE INSPEÇÃO DO EXÉRCITO
BRASILEIRO

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) recebeu na tarde de quinta
-feira (10) a visita do comandante do 63º Batalhão de Infantaria do Exército
Brasileiro (EB), tenente-coronel EB Wagner Alves de Oliveira.

Durante o encontro foram apresentadas as missões peculiares do Bope, o emprego
operacional, recursos humanos, financeiros e materiais, além das ações
desenvolvidas no campo da segurança pública e de cunho social.

As atividades tiveram a intenção de proporcionar a atualização da situação e
das possibilidades de emprego operacional nas ações de segurança integrada e
na defesa territorial, identificando os planejamentos elaborados pela Corporação,
tendo em vista as missões de operações especiais.

O comandante interino do Bope, major Andre Luis Binder, iniciou sua apresentação
enobrecendo o estreitamento dos vínculos entre o Exército Brasileiro e a PMSC,
nas mais diversas missões de garantia da lei e da ordem, especificamente em relação
a seleção de operacionais, adestramento, treinamento e equipamento de tropas de
operações especiais, com demonstração dos equipamentos diferenciados (fuzis armalite
, equipamentos anti e contrabomba), além da viatura edge e do esquadrão antibomba.

Além disso, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer a expertise do Bope
na formatação de cursos, estágios e treinamentos de capacitação em situações de
crises com reféns, bem como no atendimento de ocorrências envolvendo artefatos
explosivos.

No final, visando demonstrar o alto grau de especialização e adestramento da tropa,
os integrantes do Comando de Operações Busca Resgate e Assalto (Cobra) apresentaram
uma simulação de entrada tática explosiva de resgate de reféns no Centro de
Treinamento Urbano do Bope, dominando o ambiente em menos de oito segundos.

Fontes:
PMSC










Sexta-feira, 11 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TODOS PELO VERDE
ÓRGÃOS DE FISCALIZAÇÃO AMBIENTAIS DEBATEM TRABALHO EM
EQUIPE NA CIDADE DE JOINVILLE

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) deu continuidade nesta
quinta-feira (9/9) à série de encontros regionais com o intuito de
aprimorar a atuação integrada das instituições de defesa do meio ambiente
catarinense. O evento foi realizado em Joinville.

O evento serviu para estreitar ainda mais as relações entre os órgãos de
defesa do meio ambiente, de modo a dar mais efetividade à atuação dos
Promotores Justiça na área ambiental. Durante o encontro, os participantes
apresentaram a sua estrutura de trabalho, discutiram os temas mais recorrentes
da área ambiental na região e traçaram metas para atuação integrada e efetiva.

O evento é promovido pelo Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (CME)
do MPSC e Promotorias Regionais, com apoio da FATMA e PM Ambiental. Os
primeiros encontros foram realizado em Lages e Herval d'Oeste e os próximos
ocorrem nos municípios de Criciúma, Blumenau e Florianópolis.

Participaram do "Diálogos Interinstitucionais" em Joinville, o Coordenador o
Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (CME), Promotor de Justiça Paulo
Antonio Locatelli, os Promotores Regionais do Meio Ambiente André Barbuto
Vitorino (Canoinhas) e Alexandre Schmitt dos Santos (Jaraguá do Sul), e os
Promotores de Justiça Marcelo Mengarda (Joinville) e Glauco José Riffel (São
Bento do Sul).

Fontes:
MPSC






Quinta-feira, 10 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CHUVA DE PEDRAS
EM SANTA CATARINA, CIDADES SÃO ATINGIDAS POR TEMPORAL DE
PEDRAS DE GELO MAIORES DO QUE OVO DE GALINHA

Dezenove cidades catarinenses foram atingidas por uma chuva de granizo na
madrugada de terça-feira, 8, de acordo com a Defesa Civil. As pedras de
gelo caíram no Planalto Norte, Vale do Itajaí, Meio-Oeste e Oeste catarinense.

Em Canoinhas, no norte, os fortes ventos derrubaram árvores e postes. O
município de Campo Erê, a 635 km de Florianópolis, foi o mais afetado. A
chuva de granizo atingiu cerca de mil residências e foi decretada situação
de emergência.

A população temia novos temporais na madrugada desta quarta. O Centro de
Informações e Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina
lançou um alerta sobre a chegada de uma frente fria, que avança trazendo mais
chuva, riscos de temporais, granizos e vendavais.

O Corpo de Bombeiros de Campo Erê realizou uma força-tarefa nesta manhã para
distribuir lonas para as famílias que estão com as casas destelhadas. O prefeito
Rudimar Borcione (PT) disse que as pedras de gelo eram maiores que ovos de galinha.

As cidades do norte, Mafra, Três Barras, Irineópolis e Bela Vista do Toldo, também
foram atingidas por fortes rajadas de vento de até 90 km/h. No oeste as mais
atingidas pelo vendaval foram Santa Cecília, Xavantina, Iporã, Descanso e São
Domingos. No Vale, Itajaí, e no sul, Pescaria Brava.

A Defesa Civil ainda não conseguiu contabilizar os estragos nestes municípios,
principalmente por causa do mau tempo.

Em Videira, 408 km de Florianópolis, um casal de idosos foi resgatado de escombros
. A casa localizada na beirada de uma ribanceira no bairro De Carlí desabou com a
força da chuva. Eles estão hospitalizados, mas não há risco de morte

Fontes:
Agência Estado
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diario de Barra Velha






Quarta-feira, 9 de setembro de 2015




NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DIA DE FÚRIA
19 CIDADES CATARINENSE SÃO ATINGIDAS POR TEMPORAIS E GRANIZO

Ao menos 19 municípios de Santa Catarina foram afetados por vendavais,
chuvas e granizo, entre a noite de ontem (7) e madrugada de hoje (8).

Pelo menos 700 casas foram danificadas em todo o estado, segundo a Defesa
 Civil. Não há registro de feridos.

A cidade mais afetada pelo granizo foi Campo Erê, no oeste catarinense.
A cidade decretou estado de emergência com aproximadamente 70% do município
 atingido, segundo a prefeitura.

Cerca de 600 imóveis tiveram o telhado das casas danificado pelas pedras
de gelo e o Corpo de Bombeiros distribuiu lonas para a população. Nesta
terça, as aulas nas escolas públicas foram suspensas e moradores e comerciantes
 calculam os prejuízos.

Em Major Vieira, a oeste de Santa Catarina, mais de 30 imóveis ficaram
destelhados depois que os ventos atingiram a cidade. Em Mafra, 15 casas
 foram atingidas.

Para esta terça-feira, a previsão é de tempo instável com risco de temporais,
raios, granizo e rajadas de vento que podem atingir até 70 quilômetros por
hora.

PorAgência Brasil






Terça-feira, 8 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MEDALHA
DEPUTADOS CATARINENSE COMEMORAM DECISÃO DO GOVERNO DE
REALIZAR JOGOS ESCOLARES PARADESPORTIVOS DE SANTA CATARINA

O governo do Estado anunciou que os Jogos da Juventude Catarinense (Olesc)
e os Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc) serão
realizados, ao contrário do que havia sido divulgado no mês passado.

O deputado Jean Leutprecht (PCdoB), que liderou no Legislativo uma campanha
contra o cancelamento das duas competições, comemorou a sua manutenção no
calendário oficial, em pronunciamento durante a sessão plenária. Os jogos
mobilizam mais de 10 mil estudantes catarinenses.

Leutprecht atribui a conquista à mobilização de toda a sociedade, em especial
dos deputados, que ajudaram a pressionar e mostraram ao governador Raimundo
Colombo e ao secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello, a
importância dos dois eventos, revertendo a decisão. “Fico muito feliz de ter
contribuído, nessa minha passagem pela Assembleia Legislativa, com o esporte
catarinense.” Conforme o parlamentar, tratativas estão sendo feitas para que
o município de Jaraguá do Sul sedie a Olesc.

Natalino Lázare (PR), correligionário do secretário Filipe Mello, explicou
que a Fundação Catarinense do Esporte (Fesporte) realizou um estudo de adequação
financeira para viabilizar a Olesc e o Parajesc dentro das limitações orçamentárias.

“Foram tomadas medidas como a divisão de despesas com as prefeituras e a
readequação dos locais dos jogos, reduzindo transportes e alojamentos. E o
Parajesc será realizado paralelamente aos Jogos Escolares de Santa Catarina
(Jesc) categoria 15 a 17 anos, o que permitirá compartilhamento de estruturas
e de pessoal”, anunciou Natalino.

Com os ajustes previstos, o custo da Olesc vai baixar de R$ 2 milhões para
R$ 1 milhão, e o do Parajesc, R$ 690 mil para R$ 45 mil. “Em alguns momentos,
é preciso recuar para refletir e replanejar. Voltar atrás em uma decisão não
é covardia, mas um gesto de humildade e inteligência”, frisou o parlamentar.

Neodi Saretta (PT) opinou que a decisão de manter a Olesc e Parajesc foi sábia
e inteligente. “O cancelamento, além de frustrante para a juventude, vinha na
contramão daquilo que se quer, que é o esporte como incentivador do
desenvolvimento humano. Ajustes precisarão ser feitos, mas o importante é que
os jogos sejam mantidos.”

Mauricio Eskudlark (PSD) lamentou que “por uma decisão infeliz de alguém”,
tenham anunciado que não haveria dinheiro para fazer essas competições. “O
importante é que agora o governador e o secretário garantiram a realização
dos jogos.”

Fontes:
Alesc










Segunda-feira, 7 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DE PORTAS ABERTAS
MERCADO PÚBLICO DE FLORIANÓPOLIS REABRE AS PORTAS COM NOVIDADES

O Mercado Público de Florianópolis abrIU neste domingo, 6, pela primeira
vez desde que a Ala Sul foi reinaugurada em 5 de agosto. O funcionamento
nesse dia da semana SE repetiU no primeiro domingo de cada vez.

Peixarias, lojas, bares e restaurantes funcionaram das 7h às 17h — com
programação musical no vão central a partir das 12h. Cardápio econômico
em seis boxes e quatro linhas de ônibus gratuitas também compõem as
principais atrações nesta véspera de feriado da Independência do Brasil.

As linhas 200, 300, 500 e 600 (Madrugadão Norte, Leste, Sul e Continente),
cujos itinerários foram mantidos, foram designadas para transportar o público
dos bairros ao Centro e do Centro aos bairros, sendo dois horários de saída
dos bairros pela manhã e dois à tarde. O desembarque foi feito exclusivamente
no Largo da Alfândega.

Além do transporte coletivo, que teve reforço no quadro de horários ao longo
de todo o fim de semana, houve frota mínima de 70% dos táxis da cidade,
conforme determinação da Prefeitura de Florianópolis. Os estacionamentos do
 Centro também funcionaram das 8h às 18h no domingo.

Fontes:
Gabriele Duarte
A Hora de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares







Domingo, 6 de Setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MILHÕES DE REAIS
CELESC ANUNCIA QUE VAI INVESTIR QUASE R$ 100 MILHÕES PARA
DISTRIBUIR LÂMPADAS , SISTEMA PARA AQUECER CHUVEIRO COM
ENERGIA SOLAR E GASTAR MILHÕES EM OBRAS QUE SERÃO FEITAS
EM USINA CONSTRUÍDA EM 1963

A Celesc vai ampliar sua participação dentro do Programa SC Acelerando
a Economia. Recentemente,  o governador do Estado, Raimundo Colombo, e
presidente do Grupo Celesc, Cleverson Siewert,  apresentaram duas frentes
de ação conjugadas ao programa: o início da segunda  etapa do Projeto Energia
do Bem, com ações de eficiência energética em residências cadastradas com
tarifa social, e o lançamento do edital para ampliação da PCH Celso Ramos,
em Faxinal dos Guedes, no Oeste.

As duas ações somam investimentos de R$ 95 milhões. O evento foi na sede
da empresa, em Florianópolis.

Pelo Projeto Energia do Bem, iniciado em 2012, a Celesc investirá R$ 50
milhões na substituição de 150 mil lâmpadas incandescentes por fluorescentes
compactas, na instalação de 5 mil unidades de aquecimento de água de chuveiro
por energia solar e na substituição de 18 mil refrigeradores em 32 mil
unidades consumidoras distribuídas em 43 municípios da sua área de concessão.
Realizado por meio do Programa de Eficiência Energética da Celesc Distribuição
– PEE Celesc – e regulado pela Aneel, o projeto estima economia de energia de
21 mil MWh por ano, o que equivale ao consumo de 100 mil residências por um
mês ou o consumo de 8,5 mil residências por um ano. Considerando a vida útil
desses equipamentos, haverá economia total de 200 mil MWh, volume de energia
suficiente para abastecer de energia elétrica um município de 85 mil residências
por um ano.

Com base no número total de unidades catarinenses cadastradas com Tarifa Social,
a Celesc atenderá, ao final do projeto, 42% dessa população: “É o maior projeto
destinado à baixa renda na região Sul, beneficiando mais de 120 mil catarinenses
”, afirma o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

A Celesc Geração lançou, no mesmo evento, o edital de contratação das obras de
ampliação da PCH Celso Ramos, localizada no Rio Chapecozinho, em Faxinal dos
Guedes, aumentando a potência instalada da usina dos atuais 5,4MW para 12,8MW.
Com investimentos orçados em R$ 45 milhões, a expectativa é de que as obras
sejam concluídas em até 18 meses após a assinatura do contrato com a empresa
vencedora do certame.

A usina está localizada no Rio Chapecozinho e opera desde 1963. Em 22 de novembro
de 1971, a PCH foi outorgada à Celesc com 5,4MW de potência instalada. Em 21 de
dezembro de 2005, a concessão foi prorrogada até o dia 22 de novembro de 2021 e,
em março passado, a Celesc Geração conquistou a anuência da Aneel para ampliá-la,
assegurando a renovação da concessão de exploração da PCH por mais 20 anos.

Fontes:
Celesc
Vânia Mattozo
Assessoria de Imprensa Celesc
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha









Sábado, 5 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DESMANCHE DO DESMANCHE
POLÍCIA ENCONTRA OFICINA QUE ERA FACHADA DE ESQUEMA QUE DESMANCHAVA CARROS ROUBADOS NO LITORAL NORTE DE SANTA
CATARINA

Uma oficina de fachada que era, na verdade, um desmanche de carros roubados foi
fechada pela polícia em Navegantes, após uma investigação da diretoria Estadual
de Investigações Criminais (Deic) de Florianópolis. O dono do desmanche e mais
dois foram presos.

Márcio da Silva Ucelli, 37 anos, Fábio Roberto Pecoraro, 40, e Rosnei Steffen
Junior, 30, foram presos durante a batida policial. Foram apreendidos nove carros
, que já estavam adulterados, e outros desmanchados. Os três bandidos vão responder
por receptação, adulteração de sinais de veículo e formação de quadrilha.

O delegado Rodrigo Falck Bortolini diz que esta foi a primeira fase da investigação
que está atrás de fornecedores dos carros roubados e de lojas que compravam o roubo
pra revender. A polícia já apurou que parte dos carros foi roubada em Joinville e
Curitiba.

As apreensões aconteceram na sexta-feira passada. Na casa de Márcio, às margens da
BR-470, a polícia encontrou o Kia azul que estava com a placa do Voyage, AXF 5992
(Curitiba); o Honda Fit, que usava placa de um Peugeot 207, AVX 8636 (Curitiba);
e o Sandero, placa OWL 1810 (Joinville).

Na oficina onde rolava os desmanches, no quilômetro 11 da BR-470, foram apreendidos
seis carros roubados e adulterados, além de peças e ferramentas. Também foi encontrada
parte de uma carga de porcelanato que foi roubada de uma empresa de Maravilha, no oeste
catarinense. O trio foi levado para o presídio da Canhanduba, em Itajaí.

Fonte:
Clic RBS








Sexta-feira, 4 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PAU NO POVO
POPULAÇÃO RECLAMA DE VIOLÊNCIA POLICIAL NA CAPITAL DE
SANTA CATARINA

Denúncias de violência e preconceito foram a tônica dos depoimentos realizados
durante uma audiência pública convocada pela Comissão de Direitos Humanos da
Assembleia Legislativa para tratar da abordagem das forças policiais a
representantes de movimentos sociais e moradores de comunidades carentes.

O debate aconteceu na noite de quarta-feira (2), no Palácio Barriga Verde,
atendendo a requerimento do vereador do município de Florianópolis, Lino Peres
(PT).

Recebemos reclamações quase que diárias sobre a truculência das abordagens
policiais na cidade. Diversos setores, como a população de rua, das periferias,
membros de movimentos sociais, de religiões de matriz africana e também de grupos
culturais, têm sofrido com a forma como a polícia interpela e criminaliza
seletivamente parte da população”, destacou Peres durante o evento.

Queixas contra a atuação das forças policiais no estado também têm sido tema
recorrente na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia, afirmou o deputado
Dirceu Dresch (PT), que preside o colegiado. “A comissão tem procurado atender
as reivindicações apresentadas e trazer estes assuntos para a sua pauta de trabalho.
Sabemos dos exageros que acontecem e também das ações de cerceamento das liberdades
de manifestação.”

Um dos relatos mais marcantes partiu da representante do Movimento Negro Unificado
de Santa Catarina (MNU-SC), Vanda Piñedo, que presenciou a agressão física a um
cadeirante durante uma operação realizada pela Polícia Militar (PM) no Terminal
de Integração Centro (Ticen), em Florianópolis. “Comecei a fotografar a cena e
imediatamente os policiais e seguranças do terminal me deram um ‘mata-leão’.
Passei o celular com as fotos para o meu filho, que teve a mão apertada até
entregar o aparelho para que todas as fotos fossem apagadas. É isso o que fazem
com a gente, comigo, uma educadora, que voltava do meu local de trabalho.”

Vanda afirmou ainda que formalizou uma denúncia do ocorrido junto à Corregedoria
da PM, mas que, passados dois anos, ainda aguarda um encaminhamento. “Fiz a denúncia
, mas até hoje ela não teve consequências.”

Fato semelhante foi narrado pelo conselheiro tutelar Luis Antônio Rodrigues, que
afirmou ter sido agredido no desempenho de suas funções durante uma ação, realizada
em 2014 pela PM, para a reintegração de posse em uma área no norte da Ilha de Santa
Catarina. “Fui chamado pelo próprio comando da instituição para convencer as famílias
a deixarem a Ocupação Amarildo. Quando lá cheguei fui preso e tive meu braço
imobilizado, tendo posteriormente que passar por atendimento médico.”

Rodrigues, que também registrou ocorrência do caso, reforçou as críticas pela falta
de resolutividade das denúncias. “O que infelizmente acaba acontecendo é o arquivamento
por falta de provas. No meu caso, estou há um ano e quatro meses aguardando resposta.”

Sulimar Alves, da Associação de Moradores do Maciço do Morro da Cruz, localizado na
Capital, foi mais um que colocou em questão a eficácia da Corregedoria da PM. “É preciso
 um canal seguro para que essas situações possam chegar ao comando da instituição.”

Fontes:
Alexandre Back
Agência Alesc
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares







Quinta-feira, 3 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NOVIDADE!
GOVERNADOR REÚNE EQUIPE DE GOVERNO PARA FALAR QUE É NA
CRISE QUE TODOS DEVEM SER FORTES

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira promoveram uma
reunião com o colegiado catarinense na manhã desta quinta-feira, 3, em
Florianópolis, para tratar de estratégias para manutenção do equilíbrio da
economia catarinense em 2015.

“Estamos fazendo a programação para os próximos quatro meses do ano, toda
programação financeira, programação de obras, estratégias para reforço de
nossa presença na sociedade para enfrentamento da crise e para minimizar os
impactos em Santa Catarina. Para manter o equilíbrio e o Estado continuar com
uma presença positiva na sociedade, há necessidade da integração, de
responsabilidade fiscal e da execução das obras com rapidez e eficiência porque
é na crise que precisamos ser mais fortes e melhorar a proteção de toda a nossa
sociedade”, destacou Colombo.

O governador ressaltou, também, que é preciso combater o clima de pessimismo e
aproveitar o cenário para corrigir o que está errado. “A crise é sempre uma
oportunidade, para melhorar seu método de trabalho e seus resultados, exigir
mais empenho e melhor desempenho, alcançar as metas. E essa oportunidade está
presente no nosso governo, estamos conseguindo conquistas internas muito positivas.
Temos condições de rever contratos, de reduzir custos e continuar aumentando nossa
presença na economia para gerar empregos”, defendeu Colombo.

O vice Eduardo Pinho Moreira acrescentou que o momento também é uma oportunidade
para rever problemas históricos, como o peso da máquina pública, e traçar novas
estratégias.

Em uma apresentação de quase 40 minutos, o secretário de Estado da Fazenda, Antonio
Gavazzoni, ressaltou que, diferentemente de muitos outros estados, as contas do
governo catarinense continuam equilibradas, mas reconheceu que é preciso estar atento
aos desdobramentos da situação econômica nacional. “A economia de Santa Catarina
esteve blindada por muito tempo, mas também estamos sentindo reflexos desse cenário”
, afirmou.

Fontes:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar: Daniel Soares





Quarta-feira, 2 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PALENADA
BR=282 EM SANTA CATARINA ESTÁ UM VERGGONHA

O Canal Rural recebeu fotos do produtor Romeu Binsfeld e verificou
que problema afeta escoamento de toda região oeste do estado

As principais agroindústrias de Santa Catarina estão localizadas no oeste
do estado. Entre São José do Cerrito, São Miguel do Oeste e Chapecó se
produz aves, suínos e a pecuária leiteira tem ali a 4ª principal bacia
do país. O percurso entre estas cidades, no entanto, não corresponde
à importância econômica da região. O site canal rural recebeu algumas
fotos do produtor Romeu Binsfeld, de família de agricultores.

Conversamos com o presidente do Sindicato Rural de São Miguel do Oeste,
Joel Moura, que confirmou a situação difícil dos produtores e empresário
agrícolas da região.

É o caos – lamenta ele.

Moura reforçou que a rodovia é fundamental tanto para a chegada de grãos
produzidos no Centro-Oeste do país e enviados até o Rio Grande do Sul pela
BR-282, tanto para o envio da produção local. Nos dois sentidos, o tráfego
de caminhões é intenso, assim como os problemas.

 Eu fiz a viagem até Chapecó na semana passada [saindo de São Miguel do
Oeste, cerca de 100 Km] e contei mais de 20 carros quebrados – relata o
presidente.

Segundo ele,“nunca foi tão ruim”. E mesmo com operações tapa-buracos,
o reparo da situação não dura tempo suficiente para ser visto por todos.
Moura confirma que as operações acontecem todos os anos, mas a primeira
chuva detona tudo de novo:

É recurso público para fazer essas reformas, um engenheiro assina as
obras. Como pode três ou quatro meses depois voltar tudo do mesmo jeito?

Fontes:
Canal Rural
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 1 de setembro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ENQUANTO A LEI NÃO MUDA
CIDADE DO INTERIOR CATARINENSE SE ASSUSTA COM LATROCÍNIO.
BANDIDO CONFESSOU QUE MATOU UM E FERIU OUTRO ENQUANTO
ROUBAVA MESMO SEM REAÇÃO DAS VÍTIMAS

Diego Peres Charão, 20 anos, apresentou-se  à 10ª DP de Florianópolis,
na região da Lagoa da Conceição, em Santa Catarina. Ele era considerado
foragido pela Polícia Civil gaúcha quando teve prisão preventiva decretada
pela Justiça, em Alvorada.

Segundo a investigação da 2ª DP de Alvorada, Diego é o suspeito por ter
assassinado o adolescente Gabriel Leiria, 17 anos, e deixado ferido a
tiros um amigo dele, de 15 anos, para roubar um celular  na área central
da cidade. Conforme a polícia, os adolescentes não teriam reagido ao assalto.

A expectativa é de que Diego já esteja em Alvorada, para ser ouvido, no

- As circunstâncias do crime devem ser esclarecidas assim que ouvirmos o
suspeito. Pelo que coletamos de informações, é provável que ele tenha
agido sob efeito de drogas e, por isso, atirado nos meninos mesmo sem
reação - aponta a delegada Fabiane Borges Kleine.

Ele tem antecedentes por posse de entorpecentes e ameaça. Na última semana
, Diego teria agredido a mãe, que ingressou com uma medida protetiva contra
o filho.

Fontes:
Diário Gaúcho
Eduardo Torres
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 31 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESPERANÇA ANCORADA
PARLAMENTARES SE UNEM PARA SALVAR O PORTO DE ITAJAÍ

A fim de assegurar investimentos na ordem de R$ 165 milhões, a bancada
catarinense em Brasília se uniu para assegurar a renovação do contrato
entre o Porto de Itajaí e a empresa que o administra, a dinamarquesa
APM Terminals.

A multinacional está disposta a aplicar a quantia milionária no complexo
portuário, mas não tem garantias de que continuará arrendando o porto a
partir de 2022 – o que inviabiliza o investimento.

Seis deputados federais de Santa Catarina solicitaram ao Ministro dos Portos
, Edinho Araújo, que a concessão fosse estendida por mais 22 anos. “Se não
conseguirmos ampliar o contrato da APM, a Foz do Rio Itajaí sofrerá um
abalo incalculável, com redução drástica do PIB, índices altíssimos de
desemprego e problemas sociais. O Complexo Portuário de Itajaí possui dois
terminais de contêineres que movimentaram em 2014 mais de 78% das cargas
catarinenses de exportação e importação”, alertou Rogério Peninha Mendonça
(PMDB).

Para se resguardar judicialmente, a Secretaria de Portos pediu um parecer
técnico à Advocacia Geral da União (AGU), que, por sua vez, recorreu ao
Tribunal de Contas da União (TCU) solicitando suporte para a elaboração
de um relatório. O documento deve ser elaborado até o dia 23 de julho,
quando a comitiva catarinense se reunirá novamente para deliberar sobre o
assunto. Além de Peninha, também estiveram na audiência com Edinho Araújo, 
os deputados Esperidião Amin (PP), Fabricio de Oliveira (PSB), Edinho Bez
(PMDB), Décio Lima (PT) e o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense,
Mauro Mariani (PMDB).

Fontes:
Rafael Pezenti
Assessor de Imprensa - Deputado Federal Peninha (PMDB/SC)
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 30 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BOM CENSO
CONSULADO GERAL DE ANGOLA REALIZA CENSO NA SECRETARIA DE
DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE JOINVILLE

A secretária de Desenvolvimento Regional, Simone Schramm, recebeu o
consul geral de Angola, embaixador Belo Mangueira. Acompanhado de uma
equipe técnica, o representante angolano no Brasil realiza na SDR
Joinville uma campanha para registrar os cidadãos que moram na cidade
e região. Durante todo o dia serão regularizados os documentos de
registro consular, passaporte angolano e as certidões de nascimento e
casamento.

“Uma das tarefas do Consulado Geral é prestar assistência ao nosso povo.
Estamos aqui para conhecê-los. Um censo para saber quantos somos e onde
estamos”, explica o Mangueira. Esta é a primeira campanha em Joinville.
Até então, os angolanos precisavam se deslocar a São Paulo para fazer o
registro.

Ainda neste ano a mesma ação deve ocorrer em diferentes municípios dos
estados de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As
cidades de Itajaí e Blumenau serão as próximas a serem visitadas pelo
consul geral de Angola, no sábado e domingo, respectivamente.

Com o registro consular, o governo angolano tem o controle dos cidadãos
que moram fora do país. “Ficamos felizes de promover este trabalho cidadão
na SDR. Estamos de portas abertas para novas ações como essas, o
reconhecimento de Angola e o direito de aqui viverem”, destaca Simone.

Jogador de futebol profissional em seu país, o agora morador de Joinville,
 Parmenas Eurico, 26, deixou Angola para seguir o conselho de seus pais:
buscar outra opção profissional. Em Santa Catarina encontrou novas oportunidade.
“Santa Catarina é um estado diferente, com cidades conservadoras e calmas.
Queria esse estilo de vida para estudar e crescer profissionalmente”, afirmou.

Há quatro anos em solo joinvilense, Eurico conquistou duas graduações, em
Análise e Desenvolvimento de Sistemas e em Teologia. Atualmente é pós-
graduando na área de tecnologia. Com ele moram um irmão, um sobrinho e um
primo. “Em 2011 cheguei sozinho. Agora somos quatro. Espero que tenham uma
boa formação e possam se desenvolver profissionalmente”, comentou.


Hoje, Eurico alcançou mais uma realização. Nas mãos possui seu registro consular.

Desejo que mais pessoas tenham a oportunidade de desfrutar daquilo que vivo
, comemora.

Fontes:
SDR
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 29 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SURPRESA EM PENHA
PESCADORES E MARICULTORES ARTESANAIS RECEBEM KIT PESCADOR QUE
VEIO COM LATA DE TINTA ENVENENADA

A Secretaria de Agricultura e Pesca da Prefeitura de Penha iniciou na
Praia de São Miguel, a entrega do Kit Pescador aos artesanais da região.

Com a inclusão de dois itens - bota e capa de pesca - o kti possui ainda
uma lata de tinta envenenada e será entregue a aproximadamente 350
pescadores e maricultores artesanais.

"Esse material está sendo entregue como forma de fomentar o trabalho
artesanal. Sabemos das dificuldades diárias enfrentadas pela classe e
a importância de mantermos nossa cultura viva. Esse kit é um gasto a
menos na batalha diária", disse o prefeito, Evandro Eredes dos Navegantes
(PSDB). O kit custou em média R$ 400.

O secretário da pasta, Luiz Fernando Vailatti, o Ferrão, reforçou a
continuidade do projeto que foi implantando oficialmente em 2011. De
lá pra cá, anualmente os artesanais são beneficiados com o Kit.

Esse ano optamos por incluir novos itens no kit como forma reforçar a
segurança dos pescadores" salientou.

Ferrão reforçou que os pescadores e maricultores que não compareceram
aos atos de entrega, em São Miguel, poderão retirar o kit diretamente
na Secretaria.  "O material ficará conosco e poderá ser retirado na
Secretaria. Todos os kits estão etiquetados com o nome do pescador e
da embarcação, para que a entrega seja organizada e eficaz. Ninguém
ficará de fora", salientou.

"Se não beneficiarmos os artesanais, esse projeto perde o sentido",
finalizou o prefeito. As entregas continuam.

A entrega dos materiais é autorizada através da Lei Municipal 2485/2011,
tem objetivo de incentivar o trabalho dos pescadores artesanais e maricultores.
O ato integra a programação festiva dos 57 anos de emancipação de Penha.

 
Fontes:
Felipe Franco - Assessor de comunicação e relações públicas (SC03480/JP)
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha









Sexta-feira, 28 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SINAL DE BONS TEMPOS
PACIENTES SURDOS E MUDOS DO HOSPITAL REGIONAL E DA MATERNIDADE
DE JOINVILLE  PODERÃO SER ATENDIDOS EM LÍNGUA DE SINAIS

Capacitar profissionais da saúde para a prática da conversação com
pacientes surdos. Esse é o novo objetivo traçado para o Hospital
Regional Hans Dieter Schmidt e da Maternidade Darcy Vargas. A idéia
é aplicar o curso de capacitação dos servidores para a prática da
Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Estão matriculados 120 colaboradores para a capacitação de 40 horas
ao longo de quatro meses. O curso dará ênfase ao atendimento público
em saúde nas áreas de recepção, triagem, sala de medição, farmácia,
observação e consultório médico. As aulas acontecem nas quintas, no
auditório do Hospital Regional, das 17h30 às 19h e das 19h30 às 21h.

Serão ministradas pela professora de Libras Rute de Souza. “Acompanho
as pessoas com deficiências auditivas em várias situações e sei as
dificuldades que elas passam. Para serem atendidas com qualidade elas
precisam ser compreendidas”, afirma.

Dados do Instituto Joinvilense de Assistência ao Surdo (Ijas) revelam
que 5% da população do município é surda. Para o presidente da entidade
, Jackson Silva, a capacitação dos servidores é fundamental para
estabelecer uma comunicação mais precisa. “A maioria dos surdos vão aos
hospitais com suas famílias que também não entendem Libras. Se o paciente
surdo não conseguir transmitir seus sintomas corretamente todo o
atendimento será comprometido.”

Os realizadores do programa têm o intuito de treinar todos os profissionais
do Hospital Regional em longo prazo. A diretora da unidade, Tânia Eberhardt
, frisou a importância do curso. "Nosso hospital é ótimo e será ainda melhor
quando pudermos dar ao cidadão a dignidade de ser entendido, perguntado e
poder responder com a linguagem que domina”.

Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
SDR-Joinville
Mélani Marisa Schmidt
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 27 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESCOLA DO SENADOR
MINISTRO DA EDUCAÇÃO VISITA ESCOLA DE JOINVILLE QUE ESTÁ SENDO
CONSTRUÍDA E QUE LEVARÁ O NOME DO SENADOR LUIZ HENRIQUE

A agenda do ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, em Joinville,
foi acompanhada do presidente do Conselho Nacional de Secretários de
Educação (Consed) e secretário catarinense, Eduardo Deschamps, do prefeito
Udo Döhler e da secretária Regional Simone Schramm. Eles participaram
da apresentação do Movimento A Indústria pela Educação, da Federação das
Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc). Depois, visitaram a
Escola Estadual Senador Luiz Henrique da Silveira, em construção, e a
Escola Municipal Professora Lacy Luiza da Cruz Flores.

No evento, realizado no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
(Senai), o ministro falou da importância da educação para a vida do
trabalhador.

Hoje a economia exige um trabalhador inteligente, que não se limite a
repetir tarefas mecânicas, ao contrário do que se exigia, quando o
trabalhador não passava de um acréscimo da máquina”. Ribeiro ressaltou
também a necessidade de se formar profissionais qualificados e aptos
para o novo. “Formarmos uma tripla-educação: um cidadão, um profissional
competente e uma pessoa que possa ser feliz”.

Não há educação de qualidade sem a participação da comunidade, ela
tem de abraçar a escola. Não dá mais para considerar a escola como
uma estrutura pública qualquer”, disse Deschamps durante o evento. O
secretário aproveitou, ainda, a vinda do ministro para dar encaminhamento
a demandas do Consed.

No período da tarde, a comitiva visitou uma unidade de ensino da rede
estadual no Parque Guarani. A escola será referência em Ensino Médio
Inovador e recebe investimento de R$ 8 milhões do governo do Estado.
 Quando pronta, poderá ter 470 estudantes por turno. A agenda do ministro
encerrou na Escola Municipal Professora Lacy Luiza da Cruz Flores, no Itinga.

Fontes:
SDR
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 26 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

É TURISTA
EMBRATUR REFORÇA POTENCIAL TURÍSTICO DO FESTIVAL DE DANÇA
DE JOINVILLE E PROMETE AÇÕES PARA AUMENTAR PRESENÇA DE TURISTAS
DE PAÍSES VIZINHOS PARA TEMPORADA DE VERÃO

Ao reafirmar a importância do Festival de Dança de Joinville (Santa
Catarina) para o turismo no Brasil, o presidente da Embratur (Instituto
Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, lembrou que opções culturais
, esportivas, parques naturais e temáticos são hoje, além de produtos
já consolidados no mercado nacional, opções que devem ser incentivadas
para também se tornarem atrativas para o turista internacional.

Lummertz foi enfático ao falar para jornalistas de países da América do
Sul que estavam em Joinville para conhecer o 33º Festival de Dança da
cidade, considerado o maior do mundo: "O turista internacional, que já
conhece o sol e o carnaval brasileiro, está cada vez mais exigente e o
Brasil atende os gostos de públicos com diferentes perfis, daí a
necessidade de apoiarmos iniciativas culturais como esta".

A jornalista uruguaia Natalia Gold, do El Observador, comentou: "No
Uruguai se associa muito o Brasil às suas praias, mas é incrível ver que
há muito mais, que há também eventos de alto nível, como o Festival de
Dança de Joinville". Em termos de proporção, o Festival de Dança é composto
por cinco mil bailarinos e chega a atrair 20 mil pessoas, que lotam os
hotéis da cidade todos os anos no mês de julho.

Na oportunidade, o presidente da Embratur disse acreditar que, com o
esforço conjunto do Instituto Festival de Dança, prefeitura, governo do
estado e Embratur, o evento contará com a presença de cada vez mais
turistas internacionais, em especial de países vizinhos, como Argentina,
Uruguai, Paraguai e Chile.

Vincius Lummertz confirmou que a Embratur fará um grande esforço junto
aos países da América do Sul, ainda este ano, para que a próxima temporada
 de verão no Brasil tenha um aumento expressivo no número de turistas sul-
americanos.

Temos que potencializar esse boa impressão que a Copa do Mundo deixou,
em especial nos turistas dos países vizinhos", resumiu ele. A presença
maciça da Embratur e do Ministério das Relações Exteriores em feiras e
eventos do setor, bem como uma campanha publicitária veiculada naqueles
países, são algumas das ações já definidas.

Fontes:
www.embratur.gov.br
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 25 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MAROLINHA CATARINENSE
GOVERNADOR DE SANTA CATARINA AFIRMA QUE ESTADO É VISTO COMO
DE FORMA DIFERENTE, MESMO NUM CENÁRIO DE CRISE FINANCEIRA

O governador Raimundo Colombo participou,  em São Paulo, do Salão
Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs 2015). O evento
 é o maior encontro do setor e recebe representantes dos mais variados
segmentos ligados ao agronegócio.

Também visitaram a feira o secretário da Agricultura e da Pesca, Moacir
Sopelsa, e o presidente da Cidasc, Enori Barbieri.


Colombo destacou a  importância do evento e do setor do agronegócio
para a economia brasileira. “O agronegócio está segurando a economia,
a geração de empregos e o equilíbrio da nossa balança comercial.

O governador disse também que Santa Catarina é considerado um Estado
peculiar, que é visto como exemplo, mesmo num cenário onde muitos sofrem
com a crise.

Precisamos proteger esse modelo. Continuar produzindo e mantendo a qualidade
dos nossos produtos e melhorando a vidas dos nossos produtores. O agronegócio
mostra a força do povo, de quem enfrenta as dificuldades do dia a dia.

O Siavs conta com área de exposição de mais de 10 mil metros quadrados, com
a participação de agroindústrias produtoras de aves, ovos e carne suína, casas
genéticas, empresas de equipamentos, fornecedores de insumos, logística,
laboratórios, certificadoras e outros segmentos da cadeia de proteína animal.

O evento tem uma vasta programação técnico-científica e político-conjuntural,
unindo os principais especialistas nacionais e internacionais em debates,
juntamente com a realização de projetos especiais voltados para avicultores
e suinocultures de vários pólos da produção nacional.  Atrações exclusivas
como o Projeto Produtor – voltado exclusivamente para produtores avícolas e
suinícolas – completam a programação.

Santa catarina tem 10 mil propriedades rurais, que, em 2013, conforme a
Associação Catarinense de Criadores de Suínos, geraram 65 mil empregos diretos
e 140 mil indiretos - integradas às 159 agroindústrias estabelecidas no Estado.

“Todos hoje exaltam o trabalho feito por Santa Catarina com a defesa sanitária.
O Estado trabalha para garantir oportunidades para as indústrias encontrarem
mercado e para os produtores aumentarem sua produção, e consequentemente, a
melhora da qualidade de vida. O Governo do Estado investe mais de R$ 200 milhões
por ano em defesa sanitária”, informou Barbieri.

O presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos e vice-presidente para
assuntos de agronegócio da Fiesc, Mário Lanznaster, destacou que status que
Santa Catarina apresenta em sanidade animal é  um importante diferencial na
conquista de novos mercados para o produto catarinense. “Com isso, se abre
muitas oportunidades e alternativas para o agronegócio catarinense. Acreditamos
que possamos melhorar cada vez mais.”

Em Santa Catarina, a produção anual de carne suína gira em torno de 850 mil
toneladas. Com um rebanho efetivo estimado em 7,9 milhões de cabeças, o Estado
é responsável por 27% da produção nacional - cerca de 3,48 milhões de toneladas -
e aproximadamente 35% das exportações brasileiras, de um total de 505 mil toneladas
em 2014. Também no ano passado, o Estado exportou 182 mil toneladas de carne in
natura e produtos industrializados no valor de US$ 591 milhões. Os principais
destinos foram Rússia, Hong Kong, Angola, Cingapura, Chile, Japão, Uruguai e
Argentina.

O Estado é o segundo maior produtor de aves do Brasil, com participação relevante
na produção de frangos e no valor das exportações do país. A criação em Santa
Catarina conta com 160 milhões de frangos e é responsável por 23,7% das exportações
de carne de frango do Brasil.

De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), as exportações
brasileiras de carne de frango (inteiro, cortes, industrializados, carnes salgadas
e embutidos) totalizaram 4,1 milhões de toneladas e um valor de UU$ 8,08 bilhões.
Foram exportados para países do Oriente Médio, Ásia, África e União Europeia.
Santa Catarina participou desse mercado com a exportação de 970 mil toneladas,
no valor de UU$ 1,91 bilhão.

O número de criadores no Estado é de oito mil. Em 2014, a produção de carne de
frango foi de 2,4 milhões de toneladas, representando 19% da produção nacional
avaliada em 12,6 milhões de toneladas. O consumo estadual foi de 240 mil toneladas.
A comercialização estadual foi de 1,15 milhão de toneladas. A produção de frangos
vem crescendo na região Norte do Estado, porém, a região Oeste continua sendo a
principal produtora. Santa Catarina possui um diferencial em relação a outros
estados que é o sistema de integração dos produtores e agroindústrias.

 
Fontes:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 24 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ALTA RELAÇÃO
ESTUDO REVELA QUE DE CADA 10 OCORRÊNCIAS DE CRIMES, SETE ESTÃO
LIGADOS COM AS DROGAS

O lançamento, pelo Governo do Estado, de uma campanha de combate
às drogas será realizado na próxima terça-feira, 25, em Florianópolis
, e contará com o apoio do Ministério Público, Assembleia Legislativa
, Tribunal de Justiça e da imprensa.

"Estamos nos unindo para fazer a sociedade refletir. O consumo e
o tráfico de drogas destroem a vida das pessoas e contribuem para
o aumento da criminalidade", disse o governador Raimundo Colombo.

Segundo ele, no Estado, a cada 10 ocorrências de crimes, sete estão
relacionadas às drogas.
 
A inauguração do acesso Adolfo Ziguelli, em Joaçaba, no Meio-Oeste,
também foi tema da entrevista. A obra foi realizada com recursos do
Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), com investimentos de mais de
R$ 9 milhões. Colombo também falou da abertura do Hospital de Biguaçu
, marcada para a próxima quarta-feira, 26.
 
"O hospital vai abrir em etapas, nesta primeira, será o ambulatório.
Nosso esforço será para garantir que, muito em breve, a unidade possa
atender a população em capacidade plena, oferecendo internações e os
procedimentos mais complexos", afirmou o governador.
 
A entrevista completa está disponível no canal oficial do Governo no
Youtube e no Vimeo. A versão em áudio, do Com a Palavra, o Governador,
pode ser acessada pela Rádio Secom, no www.sc.gov.br.

Fontes:
Francieli Dalpiaz
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 23 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

REFORÇO NA MERENDA
CRESCE NÚMERO DE COOPERATIVAS QUE PODERÃO FORNECER PRODUTOS
DA AGRICULTURA FAMILIAR àS ESCOLAS

No cardápio das escolas da rede estadual de ensino estão sendo
incluídos itens da agricultura familiar. Arroz, feijão, fubá,
doce de banana, leite, suco de uva e mel estão entre os produtos
fornecidos por cooperativas catarinenses.

Uma nova licitação foi aberta pela Secretaria de Estado da Educação
(SED) para ampliar o número de agricultores.

Serão adquiridos mais 25 produtos da agricultura familiar - hortifrutis
, legumes e carnes. Interessados têm até o dia 5 de agosto para se
inscrever no Portal de Compras do Governo do Estado e participar da
chamada pública. O objetivo é enriquecer a alimentação escolar dos
alunos de escolas catarinenses.

“Podem participar novas cooperativas e aquelas que já fornecem alimentos
menos perecíveis podem apresentar novas propostas”, explica o diretor de
Apoio aos Estudantes da SED, Osmar Matiola. Das 18 cooperativas que
atualmente fornecem o alimento para a rede estadual de ensino, nenhuma
é da região Norte.

Confira a lista de alimentos no edital:

Aipim; alface lisa ou crespa; banana branca e prata; batata doce;
batata inglesa; biscoito caseiro de milho; carne bovina músculo moída;
carne bovina, patinho em cubos; carne suína pernil em cubos; cebola;
cenoura; farinha de milho; filé de tilápia; peito de frango; coxa e
sobrecoxa de frango; iogurte de morango; laranja; leite; maçã fugi ou
gala; ovos; pão caseiro; repolho; suco de uva; tempero verde; tomate.


Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF
SDR-Joinville
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 22 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CAÇA TROUXA
RADARES NA BR-101 ESTÃO FLAGRANDO MOTORISTAS APRESSADOS NA
MAIS MOVIMENTADA RODOVIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA

Os 32 radares instalados na BR-101 pela Autopista Litoral Sul,
concessionária que explora o pedágio na rodovia, já está aplicando
uma média de 600 multas diárias. As multas começaram a serem
aplicadas no dia 17 de agosto, no trecho de Joinville a Floripa.
Somente na região entre Itapema e Itajaí, passando por Balneário
Camboriú, são seis radares sendo um deles na própria pista da
BR-101, e os outros cinco nas marginais.

Os 32 radares foram instalados pela concessionária em março do
ano passado, mas até a primeira quinzena de agosto, estavam apenas
em testes. Os equipamentos vão desde Joinville até a Palhoça, na
grande Florianópolis. No total, são oito instalados na rodovia e
24 nas marginais.

Em Balneário Camboriú há apenas um radar que multa. Ele está na BR
-101, km 140,48, sentido sul, no Morro do Boi. A velocidade máxima
permitida é de 60 Km/h. Em Joinville há dois radares, no km 48,77,
sentido sul, e no km 50,51, sentido norte. A velocidade é de 80 Km/h.
Em São José há quatro engenhocas e na Palhoça, umazinha.

Já nas marginais há três radares em Itajaí, no km 114,8, sentido sul,
km 114,9 e km 116,5, no sentido norte. O limite de velocidade é de 40
 Km/h. Em Itapema são dois equipamentos instalados no km 114, sentido
norte e sul, também com limite de velocidade de 40Km/h. O restante dos
radares nas marginais estão em Biguaçu, São José e Palhoça.

Fontes:
Clic RBS
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 21 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

KIT BROCA
SECRETARIA DE AGRICULTURA ENTREGA EQUIPAMENTOS PARA A
PERFURAÇÃO DE POÇOS. DOAÇÃO FOI PARA CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL
DA REGIÃO OESTE.

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca cede comboio para
perfuração de poços artesianos ao Consórcio Intermunicipal de
Desenvolvimento Econômico, Social e Meio Ambiente (Cidema), que
atende 21 municípios da região Oeste. O termo de cooperação técnica
 foi assinado.

A partir de agora, o Cidema ficará responsável pela perfuração de
poços na região da Associação dos Municípios do Oeste de Santa
Catarina (Amosc). A intenção é de que, num primeiro momento, 100
poços sejam perfurados para um sistema coletivo de abastecimento
tanto para o consumo humano quanto para os animais.

Os kits de perfuração são compostos por perfuratrizes, ferramentas
auxiliares e caminhões de apoio. O investimento para aquisição dos
equipamentos foi do Governo Federal, por meio do Programa de Aceleração
do Crescimento (PAC2), com contrapartida do Governo do Estado.

O Cidema reúne os municípios de Águas de Chapecó, Águas Frias, Arvoredo
, Caxambu do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta,Coronel Freitas, Formosa
do Sul, Guatambú, Irati, Jardinópolis, Nova Erechim, Nova Itaberaba,
Pinhalzinho, Planalto Alegre, Quilombo, Santiago do Sul, São Carlos,
Serra Alta, Sul Brasil e União do Oeste.

Fontes:
Ana Ceron - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
www.agricultura.sc.gov.br
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 20 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A SOMA DE TODOS OS MEDOS
PRESIDENTE DO PMDB AFIRMA QUE ESTADO DE SANTA CATARINA
TERÁ 250 FILIADOS CATARINENSES DISPUTANDO ELEIÇÕES NO ANO
QUE VEM

Em um intenso roteiro pelo Alto Vale,  o presidente em exercício do PMDB,
deputado Valdir Cobalchini, acompanhado dos deputados, federal Rogério
Peninha Mendonça, e estadual Aldo Schneider, fez um balanço positivo da
caminhada partidária pelo estado, destacando que a sigla terá a maior
representação de sua história na eleição do próximo ano, com “no mínimo”
250 candidatos.

Esta caminhada, que no sábado completa 150 municípios percorridos, também
tem sido palco de importantes filiações, demonstrações de unidade e
organização”, ressalta.

De acordo com o deputado, que participou de encontros em Rio do Oeste,
Laurentino, Agronômica, Trombudo Central, Braço do Trombudo, Atalanta
e Agrolândia, o PMDB está organizando o processo eleitoral nos municípios
para que as candidaturas sejam estimuladas, garantindo o crescimento do
partido.

Durante os encontros realizados, peemedebistas com mais de 25 anos de
filiação recebem um certificado de homenagem e agradecimento (foto).

O deputado federal Rogério Peninha Mendonça também destaca o objetivo
dos roteiros. "Objetivo de percorrer região é motivar o partido tendo
em vista 2016. Qualquer projeto de uma eleição, depende de uma boa
nominata de vereadores.  Vamos nos organizar e conquistar o maior
número de prefeituras", afirma.

Da mesma forma, Aldo Schneider elogiou a caminhada partidária, com foco
em 2016. "Entendo que está é a hora de estar nos municípios para organizar
o partido para termos bons resultados nas eleições de 2016".

Na quinta-feira, a agenda do PMDB  é em Aurora, Petrolândia, Alfredo
Wagner, Chapadão do Lageado, Imbuia, Vidal Ramos e Ituporanga. Finalizando
o roteiro da semana, na sexta-feira a caravana passa por Vitor Meireles,
Witmarsum, Dona Emma, Ibirama, Apiúna, José Boateux, Presidente Getúlio,
Lontras, Presidente Nereu e Rio do Sul; e no sábado por Blumenau e Timbó.

Encontros regionais – Os líderes do PMDB catarinense participam na sexta
-feira à noite e no sábado pela manhã dos Encontros Regionais da Jornada
da Unidade – Juntos Por Toda Santa Catarina, em Rio do Sul e Blumenau,
respectivamente. Estes eventos também terão a presença do senador Dário
Berger, dos ex-governadores Paulo Afonso e Casildo Maldaner e de deputados
estaduais e federais do partido.

Fontes:
PMDB/SC
Assessoria de Comunicação
Soledad Urrutia - (48) 9947 2938
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 19 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PROFISSÃO DE MACHO
PESQUISA INÉDITA TRAÇA PERFIL DA ENFERMAGEM CATARINENSE
CONSTATA: PROFISSÃO ESTÁ SENDO MASCULINIZADA EM SANTA
CATARINA

O mais amplo levantamento sobre a enfermagem já realizado na
América Latina foi divulgado em um encontro na Assembleia
Legislativa de Santa Catarina. A apresentação do resultado da
pesquisa “O perfil da Enfermagem no Brasil e em Santa Catarina.

Para fazer o levantamento foram ouvidos mais de 1,8 milhão de
trabalhadores. O estudo foi realizado pela Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz), por iniciativa do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen)
e apoio do Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina. De
acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE), a área de saúde compõe-se de um contingente de 3,5 milhões
de trabalhadores, dos quais cerca 50% atuam na enfermagem (cerca de
1,8 milhão). A pesquisa sobre o Perfil da Enfermagem, realizada em
aproximadamente 50% dos municípios brasileiros e em todos os 27
estados da Federação, inclui desde profissionais no começo da carreira
até os aposentados.

Para a enfermeira e presidenta da Comissão de Saúde, deputada estadual
Ana Paula Lima (PT), esse é um momento muito importante para conhecer
o perfil desses trabalhadores. ”A pesquisa mostra dados extremamente
relevantes sobre a enfermagem. Ter esse diagnóstico é essencial para
pensarmos a profissão e a área da saúde”, afirma a parlamentar.

“Traçamos o perfil da grande maioria dos trabalhadores que atuam do
 campo da saúde. Trata-se de uma categoria presente em todos os municípios,
fortemente inserida no SUS e com atuação nos setores público, privado,
filantrópico e de ensino. Isso demonstra a dimensão da pesquisa, que não
contempla apenas os que estão na ativa, mas a corporação como um todo”,
comenta a coordenadora-geral do estudo e pesquisadora da Escola Nacional
de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), Maria Helena Machado.

O estudo mostra dados estaduais sobre a tendência a masculinização da
profissão, alta escolaridade destes trabalhadores, além de detalhes
sobre renda e áreas de concentração. O evento inicia às 9 horas e a
divulgação da pesquisa está agendada para as 14 horas, no Auditório
Antonieta de Barros.

Fontes:
Patricia de Melo
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 18 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BLITZ DO IMPOSTO
ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DO VALE DO ITAJAÍ PARTICIPA DE
FISCALIZAÇÃO DE TRANSPORTE DE MERCADORIAS EM TRÂNSITO. O
OBJETIVO É COMBATER SONEGAÇÃO DE IMPOSTOS

A AMVALI juntamente com a AMUNESC e a Secretaria de Estado da Fazenda
de Santa Catarina – SEF/SC continuam realizando a fiscalização de
mercadorias em trânsito referente ao programa “Com Nota Fiscal Vai
Legal”.

As fiscalizações contam com a participação de fiscais dos municípios
de abrangência da AMVALI e da AMUNESC e da SEF/SC, com apoio das Polícias
Civil, Militar e Polícia Rodoviária Federal.

Na última semana, as fiscalizações aconteceram na SC 108, no Bairro Rio
Branco, entre Guaramirim e Massaranduba. Segundo o assessor de Movimento
Econômico e Tributação da AMVALI, Mateus Silvestrin “foram abordados 180
caminhões, furgões e veículos de passeio. A SEF/SC emitiu 17 notificações
/infrações de caminhões, furgões e veículos de passeio que não apresentavam
a nota fiscal, totalizando aproximadamente R$ 170 mil em mercadorias sem
documento fiscal, gerando R$ 60 mil em multas. Também foi verificada toda
parte de documentação do veículo bem como do condutor”.

De acordo com o assessor, boa parte dos casos não se trata de sonegação “
mas puro esquecimento da Nota Fiscal”. Informa que o programa tem atingido
seu objetivo de conscientização na região “uma vez que a maioria dos veículos
notificados são de outras áreas do país”.

Outras fiscalizações já estão agendadas, porém o a data, o local e os horários
não podem ser divulgados para não inibir a circulação de veículos nestes dias.
Lembrando que o programa “Com Nota Fiscal Vai Legal” tem por objetivo o
desencorajamento da circulação de mercadorias sem documentação fiscal, o
incremento no Valor Adicionado (VA) e a redução da sonegação fiscal.

Fontes:
Albino Flores
Assessoria de Comunicação
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 17 de agosto de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PIAZADA DA LIDA
CIDADE DE LAGES REUNIU JOVENS EMPREENDEDORES DO MEIO RURAL PARA
ENCONTRO PROMOVIDO PELA EPAGRI

Cerca de mil pessoas estiveram reunidas em Lages para o Encontro dos
Jovens Empreendedores do Meio Rural Catarinense. O evento, que aconteceu
no Centro Serra Convention Center, vai reunir jovens que passaram pelos
cursos de Formação em Liderança, Gestão e Empreendedorismo promovidos
pela Epagri desde 2013, com recursos do Programa SC Rural.

O encontro proporcionou a troca de experiências entre os jovens, que
tiveram oportunidade de discutir como colocaram em prática o que aprenderam.
O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Agricultura e da
Pesca, Moacir Sopelsa, estavam presentes para dialogar com os jovens e
conhecer melhor suas experiências. A programação conta ainda com palestra
do repórter Vico Iasi, do programa Globo Rural.

Os participantes conheceram ainda casos de jovens que mudaram suas realidades
e de suas famílias após a passagem pelo curso. Elizabeth Buss, de São Bonifácio
, vai contar sua experiência na instalação de uma agroindústria de bolachas
artesanais, diferenciadas pelo resgate de receitas antigas da família.

O curso despertou em mim não só a vontade de continuar na agricultura, como
também de ter meu próprio negócio, sem pensar em ir embora”, conta a jovem
rural. O curso deu início a esse grande sonho, dividido agora com a irmã e
o cunhado, que retornaram à propriedade após a abertura da agroindústria.
Atualmente os Buss planejam ampliar o negócio, com a inauguração de um café
rural.

Até o momento foram realizados 26 cursos em 13 Centros de Treinamentos da
Epagri, alcançando jovens oriundos das 27 regiões do Estado. Os cursos variam
de oito a dez semanas e são ministrados em esquema de alternância, que preconiza
etapas que mesclam teoria e prática. Os jovens elegem uma temática de acordo
com seu interesse, com o objetivo de despertar o seu potencial empreendedor.

Até o final de 2015, a Epagri terá capacitado 1018 jovens nos cursos que
promovem a liderança, empreendedorismo, espírito solidário e iniciativas
inovadoras que agregam valores a produtos, serviços e espaços.

Após a formação, os jovens elaboram projetos individuais e comunitários, levando
em conta os aspectos sociais, culturais, ambientais e econômicos envolvidos. As
melhores propostas são selecionadas e recebem apoio financeiro do SC Rural, com
contrapartida do agricultor, para serem executadas. Os projetos abrangem diferentes
temáticas, como bovinocultura de leite, bananicultura, agroindústria, olericultura
e turismo rural, entre outros.

Fontes:
Gisele Dias
Epagri
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 16 de agosto de 2015



NOTICIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA BOCA GRINGA
MINISTRA DA AGRICULTURA FALA QUE NÃO HÁ LUGAR NO MUNDO ONDE
NÃO SE FALE DE SANTA CATARINA

“Não há lugar no mundo onde não se fale de Santa Catarina”. Foi assim
que a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Kátia
Abreu, se referiu à defesa sanitária animal e vegetal do estado durante
o evento SC Acelerando a Economia – Edição Portos. As declarações, feitas
comprovam que o status sanitário diferenciado da agropecuária catarinense
é um fator fundamental na conquista de novos mercados.

A ministra contou que, nos últimos meses, rodou o mundo em busca de novos
 mercados para os produtos agrícolas e pecuários do Brasil e, em todos os
lugares, Santa Catarina é referência em qualidade e seriedade. “Vocês estão
colhendo os frutos de um trabalho sério na defesa sanitária animal e vegetal
do estado”. Kátia Abreu também fez questão de destacar o papel da Secretaria
da Agricultura e da Pesca e da superintendência estadual do Mapa na conquista
dos certificados de livre de peste suína clássica e de livre de febre aftosa
sem vacinação concedidos pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

O secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa, acredita que a defesa
agropecuária de Santa Catarina se tornou um exemplo graças a uma parceria
sólida entre a Cidasc, Ministério da Agricultura, iniciativa privada e o
setor produtivo. “Nós mantemos um controle rigoroso das doenças animais
através da Cidasc e do Icasa (Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária)
, contando sempre com o apoio dos criadores e entidades ligadas ao setor. O
nosso status sanitário é um diferencial que garante mais segurança ao consumidor
e também abre mais mercados para os produtos de Santa Catarina, é uma conquista
de todos os catarinenses”.

Hoje a Cidasc, empresa vinculada a Secretaria da Agricultura, mantém 63
barreiras sanitárias permanentes nas divisas com os estados do Paraná e do
Rio Grande do Sul e também com a Argentina, para impedir o ingresso de animais
 e produtos de origem animal que possam contaminar o rebanho catarinense.  

Fontes:
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 15 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PLANTANDO IDÉIAS
COMEÇA FÓRUM CATARINENSE DO AGRONEGÓCIO

O lançamento do Fórum Catarinense do Agronegócio reuniu autoridades e
lideranças do setor agropecuário  em Florianópolis. O Fórum ligado à
Assembleia Legislativa tem a intenção de integrar as entidades do setor
agropecuário e do cooperativismo para implementar políticas públicas que
levem ao desenvolvimento e fortalecimento do agronegócio no estado.

A primeira missão da entidade será elencar as três principais demandas
de cada segmento do agronegócio. O diagnóstico será a base para que um
planejamento de ações seja traçado, sendo que os resultados deste
levantamento serão conhecidos em até 60 dias. Na primeira reunião também
foram definidas a diretoria e as comissões do fórum.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, enalteceu
a iniciativa e colocou a estrutura do Governo do Estado à disposição da
classe. “Sou um defensor da agricultura há muitos anos e quando vejo atos
como este renovo minha convicção de um futuro mais promissor no campo.

Precisamos unir forças para avançar em demandas que são gargalos para o
crescimento econômico e é através de fóruns assim que o debate é promovido”.

Segundo o presidente do Fórum e deputado estadual, Natalino Lázare, a
expressiva presença dos segmentos produtivos demonstrou o acerto da iniciativa.

Resumidamente, vamos identificar as demandas e, além de propor soluções, vamos
acompanhar, fiscalizar e cobrar a implementação das ações que se fazem necessárias
para dar mais competitividade à produção agrícola mediante melhores condições
aos nossos agricultores e produtores,”  explicou.

O Fórum Catarinense do Agronegócio é formado pelas Comissões Temáticas do
Cooperativismo, da Produção Animal, da Produção Vegetal e dos Órgãos Técnicos
e Política Agrícola. Ao todo são 21 entidades que integram o Fórum, entre elas
, a Secretaria da Agricultura e da Pesca, Epagri, Cidasc, FAESC, FETAESC, OCESC
, FECOAGRO, SINDICARNE, ACCS, ACAV, ACCB, FAASC, CEASA, entre outros.

Fontes:
Felipe Schuler - Chefe de Gabinete | Comunicação
Gab. Natalino Lázare
Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc)
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Luiz Henrique Monticelli
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 14 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESCRAVOS DO CRÉDITO
SENADOR CATARINENSE APROVA PROJETO QUE PROÍBE CRÉDITO
PARA QUEM UTILICAR TRABALHO ESCRAVO

Empresas, cooperativas, rurais ou urbanas, que se utilizarem de mão
de obra escrava terão suspensos subsídios econômicos de qualquer
natureza. A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) aprovou
 relatório do senador Dário Berger, que em seu texto final, por meio
de substitutivo, modificou o projeto original para determinar que a
sanção seja aplicada somente após condenação do empregador em sentença
penal transitada em julgado.

“Não posso me conformar e não é possível, na minha opinião, ficar
submetido à decisão administrativa de apenas um fiscal. Isso fere
amplamente o direito de defesa, o contraditório, e seria uma imposição
extremamente radical” afirmou Berger. O texto original vedava acesso a
 crédito rural subsidiado a partir de decisão administrativa terminativa
motivada por constatação da prática de trabalho escravo. Pela proposição
do senador Dário Berger, somente após decisão judicial penal transitada
em julgado é que o infrator terá as penas restritivas de crédito.

Para o senador Dário Berger, o substitutivo proposta mantém o rigor na
apuração e combate ao trabalho escravo, como também assegura o direito
de ampla defesa, com punições condicionada à comprovação do crime na
esfera judicial.

A presidente da Comissão, senadora gaúcha Ana Amélia Lemos, elogiou o
substitutivo do senador Dário Berger. A parlamentar lembrou que foi
relatora da matéria na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), e que considerava
de relevante importância a mudança prevista no substitutivo, alterando voto
aprovado naquela comissão, que mantinha a sanção após a autuação, mas antes
da conclusão do processo judicial.

“Esta questão é muito sensível, às vezes há julgamento subjetivo do que é
trabalho escravo e acaba você cometendo uma injustiça por conta desta avaliação
”, destacou Ana Amélia.

Também manifestaram apoio ao substitutivo os senadores Blairo Maggi (PR-MT),
Waldemir Moka (PMDB-MS) e Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Fontes:
Chico Alves
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 13 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PAIS MODERNOS
PRODUTOS TECNOLÓGICOS LIDERA VENDAS PARA O DIA DOS PAIS
EM SANTA CATARINA

Produtos de tecnologia lideraram vendas para o Dia dos Pais em SC
Varejistas lançam promoções para conquistar consumidores

O comércio de Santa Catarina apostou em promoções diferenciadas
para conquistar os consumidores que compraram o presente  para o Dia
dos Pais na última hora, e  que foi comemorado no domingo (9).

As maiores redes varejistas catarinense, selecionaram ofertas
específicas para a data, além de destacar nas vitrines e prateleiras
os produtos mais procurados nesta época.

Nos últimos anos, os itens de tecnologia têm se tornado campeões de
venda, mas as linhas de fitness e ferramentas também costumam ter
excelente saída, explicou o diretor-comercial de uma delas, e que
não terá o nome divulgado.

Na opinião dele, a maioria das pessoas se esforça para comprar um
presente para os pais e os avós, tios e padrinhos, ampliando o leque
de possibilidades de negócios. “O comerciante precisa estar atendo a
isso. É necessário ter criatividade para chamar a atenção dos clientes
e vender, afinal, esta é uma das datas mais importantes para o varejo”,
ressalta o diretor-comercial.

A expectativa do varejo é obter um crescimento de 10% em relação ao
mesmo período do ano passado. “Como batemos a meta de vendas em julho,
estamos muito confiantes e as nossas equipes bastante motivadas para
o resultado em agosto”, conta Geremias.

A previsão é otimista se comparada à estimativa da Federação das CDLs
de Santa Catarina (FCDL/SC). Seguindo a tendência verificada nas outras
datas comemorativas de 2015, o Dia dos Pais não deverá registrar
crescimento para o comércio em comparação ao ano anterior.

Temos certeza de que o lojista está mais consciente e se programou para
o período. Com isso, não acreditamos que o resultado será negativo, mas
sim, semelhante a 2014”, comenta Ivan Tauffer, presidente da Federação.

Fontes:
PalavraCom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 12 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PEDINTES CATARINENSE
FEDERAÇÃO CATARINENSE DE MUNICÍPIOS FAZ PEDIDOS PARA
O PRESIDENTE DO SENADO, RENAN CALHEIROS

O presidente da Federação Catarinense de Municípios - FECAM, José
Caramori, integrou o grupo de representantes do movimento municipalista
que esteve reunido na tarde desta quarta-feira (05) com o presidente
do Senado, Renan Calheiros. O objetivo da audiência foi o de solicitar
prioridade na apreciação de matérias relativas ao Pacto Federativo.

Os municipalistas ressaltaram a importância da imediata aprovação de
matérias sobre o Pacto Federativo como o financiamento, a prorrogação
da Lei de Resíduos Sólidos, a participação da União (por meio do FUNDEB)
para o pagamento do Piso Salarial dos Professores, a correção dos
programas federais pela inflação e a reposição dos valores já
contabilizados nos orçamentos municipais. Pedem ainda a  ampliação do
Fundo de Participação dos Municípios - FPM e a aprovação do projeto em
tramitação que impede o governo de transferir novos encargos, sem a
correspondente fonte de recursos que garantirá sua manutenção.

O grupo entregou ao presidente do Senado a Carta Municipalista explicando
os motivos pelos quais os municípios estão passando por dificuldades
financeiras e não têm mais condições de manter as responsabilidades
transferidas pelo governo federal nos últimos anos. São os municípios
que têm arcado, por exemplo, com a maior parte do atendimento aos programas
prioritários da sociedade brasileira em áreas de saúde (estratégia da saúde
da família, vigilância sanitária, medicamentos), educação (Fundeb, merenda
escolar), entre outros programas, explica a carta.

Por fim, a carta solicita a sensibilidade das autoridades a fim de evitar
a falência total dos municípios brasileiros, acarretando em sérias
consequências para o cidadão.

Fontes:
Leticia Póvoas - SC 2219 - JP
Assessoria de Comunicação FECAM
Assessoria de Comunicação
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 11 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PEQUENOS BANDIDOS
CIDADES DO ESTADO RECEBEM DEBATE SOBRE A MAIORIDADE PENAL

A redução da maioridade penal no Brasil dos atuais 18 anos para 16 anos será
tema de debates em cidades catarinense. Joinville, a maior cidade do estado,
também vai sediar o evento.

Dois debatedores com posições distintas sobre o tema  debateram com o
público. O advogado e professor e mestre em direito processual civil, Márcio
Luiz Fogaça Vicari explicou porque é a favor da redução da maioridade.

Contra a diminuição, o advogado e professor e mestre em direito penal e
criminologia, Leandro Gornicki Nunes.

O assunto é tema constante entre os parlamentares no Congresso Nacional.
Para o coordenador estadual da Juventude, Guilherme Pontes, os jovens
devem ser protagonistas dessas discussões.

O Congresso Nacional está discutindo o assunto e temos o objetivo de
levar o debate para catarinenses entenderem os reflexos na vida de cada
um e a real importância do assunto”, comenta Pontes.

Além de Joinville, as cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis
e Lages promovem a discussão. O ciclo é organizado pela Coordenadoria
Estadual da Juventude, vinculada a Casa Civil, em parceria com a Ordem dos
Advogados do Brasil (OAB), União Catarinense de Estudantes (UCE), Instituto
Catarinense de Juventude (ICJ) e Pastoral da Juventude (PJ).

Fontes:
Ana Paula Keller
SDR-Joinville
Mélani Marisa Schmidt
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 10 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TODOS AJUDAM
ESTADO DE SANTA CATARINA É  O OITAVO DO PAÍS EM FINANCIAMENTO
COLETIVO

Cada vez mais produções catarinenses independentes estão sendo
viabilizadas por meio do financiamento coletivo, o crowdfunding.
Sem apoios significativos no mercado e ainda longe de serem
sustentáveis, os próprios fãs se mobilizam para possibilitar
projetos de pequeno porte. De acordo com Túlio Baars, estrategista
de dados do Catarse, um dos maiores sites de financiamento coletivo
no Brasil, atualmente existem mais produções no Festival de Cannes
promovidas por iniciativas desta natureza do que pela Agência
Nacional de Cinema (Ancine). Dos quase R$ 30 milhões já arrecadados
em projetos no Catarse, a proximadamente R$ 1 milhão veio de Santa
Catarina.

O estado tem atualmente 80 iniciativas e Florianópolis é a oitava
cidade que mais colabora no país, com cerca de R$ 500 mil destinados
para as produções da cidade. São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte
e Porto Alegre lideram estes rankings”, conta.

Segundo Baars, os números mostram o poder dos próprios espectadores,
que não precisam esperar por decisões de executivos. “Nota-se uma
postura menos passiva em relação ao consumo deste tipo de conteúdo.
O financiamento coletivo é algo democrático e altamente seguro, pois
se a produção não alcançar o valor total pretendido, o dinheiro
investido pelos fãs é devolvido”, explica.

Um dos projetos em destaque no Catarse é a primeira websérie catarinense
, Protocolo 43, que tem temática zumbi. Com estreia prevista para 15
de novembro, o seriado terá 13 episódios e as gravações estão acontecendo
na Serra do Rio do Rastro, no sul de Santa Catarina. A equipe optou por
arrecadar os recursos – R$ 28 mil no total – por meio do financiamento
coletivo.

Iniciativas de crowdfunding são ótimas maneiras de viabilizar projetos
independentes, pois todos podem colaborar com quantias a partir de
R$ 15”, comenta Jaison Niehues, coordenador de marketing do projeto.

As recompensas para quem apoiar Protocolo 43 podem variar de cartazes,
adesivos, camisetas, até a participação no seriado como figurante ou
mesmo um zumbi. Para quem quiser conhecer o projeto, o site é
https://www.catarse.me/pt/protocolo43.

Fontes:
PalavraCom
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF
SDR-Joinville
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soaers
Diário de Barra Velha










Domingo, 9 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LIGAÇÃO AÉREA
CIDADE DE FLORIANÓPOLIS ESTÁ NO MAPA DE PROJETO QUE PRETENDE
IMPLANTAR VÔO ENTRE ITÁLIA E FOZ DO IGUAÇU

O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinícius Lummertz,
recebeu  a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti e o prefeito
de Foz do Iguaçu, Reni Pereira, para tratar de um novo voo internacional que
irá incrementar a entrada de estrangeiros, principalmente europeus, para o
 estado. O voo sem escalas ligando Foz do Iguaçu à Itália, da companhia aérea
Alitália, pretende criar oportunidades de negócios e ampliar a visibilidade
da região nos mercados internacionais.

“Essa ligação direta pode transformar Foz do Iguaçu num grande hub (centro
de conexão) e uma porta de entrada na Costa Oeste do Brasil distribuindo
passageiros para cidades como Brasília, Florianópolis, Curitiba e outras
cidades da região”, disse Lummertz.

“As tratativas com a Alitalia já foram iniciadas. Precisamos do apoio de
todas as esferas. Com a consolidação do voo, podemos mostrar as potencialidades
do Paraná, as oportunidades de negócio e de investimentos. Temos uma localização
estratégica, com o Estado próximo de grandes mercados consumidores do Brasil”,
reforça a vice-governadora.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira, explica que as condições para
atração do voo são bastante favoráveis. A cidade conta com uma grande rede
hoteleira e está próxima de outros destinos do Mercosul. "É uma boa oportunidade
para a economia da cidade e acredito que a confirmação desse voo acabará atraindo
outras rotas aéreas para Foz".

Segundo a vice-governadora, a Alitalia está fazendo as análises técnicas e
financeiras da rota com opções de voos saindo de Roma ou Milão e ainda combinando
turismo e carga.  Uma das possibilidades, para assegurar a viabilidade econômica
do trecho, é a rota fazer Itália, Foz do Iguaçu e alguma capital do Mercosul.
Para isso um grupo de trabalho formado por técnicos  do Governo do Estado,
Ministério da Aviação Civil, Embratur,  Prefeitura de Foz do Iguaçu e Itaipu
Binacional – reuniram as informações e os dados requisitados pela diretoria da
Alitalia.

O próximo encontro do estado com a companhia aérea Alitália está previsto para
acontecer em setembro, na semana do Brasil na Expo Milão. Na oportunidade, a
Embratur pretende realizar uma ação específica com agentes e operadores internacionais.

Foz do Iguaçu é uma cidade reconhecida como um destino turístico internacional,
por abrigar uma das sete maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu, e uma
das maiores usinas hidrelétricas do mundo em geração de energia, a Itaipu
Binacional. Segundo dados do estado, estima-se que o município de Foz do Iguaçu
receba, por ano, mais de 2 milhões de turistas. De acordo com o Ministério do
Turismo, o Paraná recebeu 839.728 mil turistas estrangeiros em 2013, e desse
total 129.253 mil foram europeus. Atualmente, não há voos internacionais diretos
em Foz do Iguaçu.

Fontes:
www.embratur.gov.br
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










sábado, 8 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PROFISSÃO DOS SONHOS
CURSO PROFISSIONALIZANTE EM ´PENHA PERMITE QUE PARTICIPANTES
OBTENHAM CARTEIRA DE PESCADOR PROFISSIONAL JUNTO A MARINHA
DO BRASIL

O primeiro curso Profissionalizante para Jovens e Adultos (PROEJA) -
da Escola de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) de Penha e o Instituto
Federal de Santa Catarina (IFSC) de Itajaí - teve suas lições
encerradas. Dentro de algumas semanas, os 13 alunos receberão o
certificado federal que permitirá obter a carteira de pescador profissional
junto a Marinha do Brasil.

"Agora, a obtenção junto a Marinha é uma atitude individual de cada aluno.
Com o certificado, eles devem buscar a Marinha para conseguirem a carteira
de pescador profissional", explica o diretor da EJA, Carlos Rodrigo Martins
Dias. A última aula prática do curso aconteceu em alto mar quando os alunos
se lançaram para uma farta pescaria.

Ao longo das lições, os futuros pescadores profissionais obtiveram aprendizados
nas mais diversas áreas da pesca. Segundo Carlos Rodrigo, trabalhar como
tripulante em um barco de pesca exige qualificação profissional.

É a segunda vez que a Marinha do Brasil permite que um curso de Pescador
Profissional seja feito fora das suas dependências", frisa o diretor, sobre
a importância da qualificação, também avalizada pelo Ministério da Educação e
Cultura (MEC).

A região é o principal porto pesqueiro do País e o setor demanda por qualificação
, destaca o professor do Câmpus Itajaí do IFSC, Benjamim Teixeira. O curso teve
objetivo de desenvolver o setor pesqueiro da região a partir da qualificação da
mão-de-obra. Segundo Benjamim, o curso foi bastante prático, com aulas a bordo
das embarcações do IFSC. "Temos, por exemplo, a disciplina de Navegação em que
os alunos aprendem a traçar rumos em cartas náuticas, além das disciplinas de
sobrevivência, combate a incêndios e primeiros socorros", explica.

Fontes:
Felipe Franco -  Relações Públicas
Juvan Neto - Coordenador de Mídia
Benjamim Teixeira - Oceanógrafo e Coordenador do Curso
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 7 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEDE DE LEMBRANÇAS
PROJETO EM JOINVILLE PODE CRIAR MEMORIAL DA ÁGUA NAS FONTES QUE
FORAM UTILIZADAS PELA ANTIGA FÁBRICA DE CERVEJA ANTARCTICA

Integrantes da Comissão Especial das Águas visitaram  as fontes de
água utilizadas pela antiga fábrica de cerveja Antarctica, localizada
na rua Padre Anchieta, e aproveitaram para conhecer o projeto
“Memorial da Água”, que está sendo planejado para aquele local.

Os vereadores James Schroeder (presidente da Comissão); Fábio Dalonso
(secretário); João Carlos Gonçalves (relator) e Adilson Mariano
acompanharam as explanações feitas pelos técnicos da Companhia Águas
de Joinville (CAJ), Dieter Nermann e Pedro Alacon. O vereador Maycon
Cesar, que também integra esta comissão, não esteve presente.

O Memorial da Água pretende ser um local voltado para a educação
ambiental e cultural, além de se tornar um ponto turístico da cidade.
O projeto completo é resultado do Trabalho de Conclusão de Curso
apresentado pela arquiteta Camila Deschamps Krüger, que se formou no
ano passado na UniSociesc e hoje trabalha na CAJ. Uma maquete foi
mostrada para os participantes da reunião.

Pelo projeto, está contemplada uma área total de 53 mil metros quadrados
, sendo que a parte construída será de 2.000 metros quadrados, com
auditórios, salas de educação, recepção, salas de multiuso, biblioteca
, terraço, sanitários e estacionamento. “Estão estimados investimentos
de aproximadamente R$ 8 milhões para colocar este projeto em prática”,
explica o diretor da CAJ, Dieter Nermann.

O local fica próximo a um morro e, por isso, o projeto também destaca
uma roda d´água, uma trilha no meio da mata e um mirante localizado no
topo do morro.

De acordo com o engenheiro da Companhia, Pedro Alacon, existe sim a
intenção de colocar este projeto em prática, mas no momento o terreno
é da Prefeitura. “Para o projeto sair do papel, o Município precisa
ceder, doar ou fazer uma concessão da área, através de um projeto de
lei, aprovada pela Câmara de Vereadores”, comenta Alacon.

Os vereadores da Comissão sugeriram que o projeto do Memorial da Água
também fosse explanado para os demais parlamentares durante sessão
ordinária.

Fontes:
Thiago Dias
Assessor de Comunicação - Jornalista (SC 1483 JP)
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 6 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FIM DO CONTRATO
PARCERIA ENTRE GOVERNO DE SANTA CATARINA E BANCO MUNDIAL PARA
FINANCIAR AGRICULTURA ACABA EM 2016 E GOVERNO DO ESTADO QUER
RENOVAR CONTRATO

O Programa SC Rural está causando uma verdadeira transformação na
agricultura familiar catarinense. Com cinco anos de execução e
investimentos previstos de U$ 189 milhões, o Programa tem foco no
desenvolvimento econômico, ambiental e social do meio rural. 

A parceria entre o Governo do Estado e Banco Mundial (Bird) para a
execução do SC Rural termina em setembro de 2016, porém o governador
Raimundo Colombo já autorizou iniciar as tratativas para a continuidade
das ações.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa,
apresentou ao governador Raimundo Colombo informações e números sobre
as conquistas do SC Rural nos cinco anos de execução. Nesse período,
o Programa implementou 393 planos de negócios, chamados de Projetos
Estruturantes, que beneficiaram 6.318 famílias; apoiou a melhoria de
sistemas de produção para mais de 32 mil agricultores; capacitou  753
jovens com cursos em empreendedorismo socioambiental e inclusão digital;
credenciou 2001 propriedades rurais no Sistema de Certificação Fitossanitária
; contribuiu com a adequação e formalização de 236 empreendimentos
agroindustriais já existentes e apoiou a criação de 86 novos empreendimentos
da agricultura familiar. “Esses são só alguns números que demonstram a
importância do SC Rural para o fortalecimento do meio rural.

O Programa dá continuidade às ações do Microbacias 1 e 2 e incentiva o
aumento da competitividade para os produtos da agricultura familiar e o
empreendedorismo, principalmente para os jovens”, destaca Sopelsa. 

O secretário executivo do SC Rural, Julio Cesar Bodanese e o diretor de
Projetos Especiais, Ditmar Zimath, receberam sinal verde para iniciar os
estudos e tratativas para a assinatura de um novo contrato com o Banco
Mundial. A parceria entre o Banco e o Governo do Estado possibilitou que
o SC Rural tivesse investimentos previstos de U$ 189 milhões, dos quais
US$ 90 milhões são financiados pelo Bird e US$ 99 milhões de contrapartida
do Estado.

Para dar competitividade à agricultura familiar, o Programa SC Rural abrange
 atividades em áreas como crédito, logística, transporte, comunicação,
capacitação tecnológica e gerencial, gestão ambiental, gestão de qualidade,
defesa sanitária e outras, que induzem a criatividade e a inovação para o
desenvolvimento de empreendimentos familiares agrícolas, não agrícolas,
agroindustriais ou de serviços.

O Programa é coordenado pela Secretaria da Agricultura e da Pesca e as ações
 multisssetoriais são desenvolvidas em parceria com mais sete instituições
executoras:  Epagri, Cidasc, Fatma, Polícia Militar Ambiental, Secretaria
do Desenvolvimento Sustentável, Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes
e Secretaria da Infraestrutura.

Fontes:
Romeu Scirea - Assessor de Imprensa
Programa SC Rural
Ana Ceron - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Luiz Henrique Monticelli - Assessoria de Imprensa
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TECNOCAMPO
SECRETARIA DE AGRICULTURA OFERECE FINANCIAMENTOS PARA A
AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA PARA AGRICULTORES
DE SANTA  CATARINA

Jovens agricultores de Santa Catarina contam com financiamento
voltado para aquisição de kits de informática e, se as parcelas
forem pagas em dia, ainda ganham 50% de desconto.

O Programa é uma das ações da Secretaria de Estado da Agricultura e
da Pesca voltadas para incentivar os agricultores a permanecerem no
campo. Só este ano, já foram 179 jovens beneficiados com recursos de
R$ 447.280,80 para a aquisição de 342 equipamentos de informática.

Os agricultores com idade entre 16 e 29 anos podem contrair financiamentos
de até R$ 3 mil, via Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR), para compra de
notebooks, computadores de mesa e/ou impressoras. O prazo para pagamento
será de até três anos, com parcelas anuais e sem juros, sendo que a
Secretaria da Agricultura concede desconto de 50% no valor das parcelas
se os pagamentos forem feitos até o dia do vencimento.

Entre os critérios para se beneficiar do Programa, está participar da
capacitação em Empreendedorismo e Inclusão Digital no âmbito do Programa
SC Rural e/ou pertencentes às famílias beneficiárias dos projetos
estruturantes apoiados pelo Programa SC Rural, ou ainda filhos de
agricultores familiares que residam na propriedade rural. Junto com
o kit de informática os jovens recebem softwares de gestão de propriedades
agrícolas desenvolvidos e utilizados pela Epagri.

Segundo o secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa, o Programa acaba
incentivando e motivando os jovens a investirem na gestão das propriedades
rurais e a permanecerem no campo como os sucessores dos seus pais na
atividade agrícola. “É importante que os jovens se dediquem à gestão
das propriedades rurais, buscando alternativas para que a agricultura
seja cada vez mais rentável. O Programa de financiamento dos kits de
informática é uma excelente oportunidade para que os agricultores tenham
acesso à informação e estejam preparados para os novos desafios que a
agropecuária tem pela frente”.

Desde o início do Programa, em 2013, a Secretaria da Agricultura já
investiu R$ 3.592.501,52 em financiamentos para 1.486 jovens. Até agora
foram adquiridos 1389 notebooks, 68 computadores de mesa, 804 impressoras
e 351 kits internet e acessórios.

Fontes:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 5 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ACOLHIMENTO
CASA DE ACOLHIMENTO É CONSTRUÍDA EM GARUBA COM RECURSOS
DO FUNDO ESTADUAL DE APOIO AOS MUNICÍPIOS

Estão em andamento as obras de construção da casa de acolhimento
em Garuva, no Norte do Estado. O espaço será voltado ao atendimento
de crianças e adolescentes de zero a 18 anos com vínculos familiares
fragilizados.

Os investimentos de R$ 374 mil são do Governo do Estado por meio do
Fundo Estadual de Apoio aos Municípios (Fundam).

Garuva já oferece o serviço de acolhimento, no entanto, a casa atual
é alugada. O novo espaço, com 274,7 metros quadrados, terá quartos
masculinos e femininos, banheiros, dois berçários, cozinha, sala de
estar, sala de coordenadores e ambientes individuais para psicólogo
e assistente social, além de área para os funcionários.

Atualmente há seis abrigados. Quando a nova estrutura estiver pronta
poderá acolher até 20 crianças e adolescentes com dificuldade familiar
e em situação de vulnerabilidade social. No prédio irão trabalhar
educadores, profissionais da assistência social, pedagogia, psicologia,
nutrição e serviços de apoio.

A casa ficará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento
Social e Habitação. O prédio em construção está localizado à rua Ladislau
Ostrowski, no Centro.

Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF
SDR-Joinville
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 4 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CAPITAL DAS CÂMARAS
JOINVILLE SEDIOU O ENCONTRO NACIONAL DOS VEREADORES

Aconteceu em Joinville, o 30º Congresso de Servidores da Associação
Brasileira de Servidores de Câmaras Municipais (Abrascam) e o 10º
Encontro Nacional de Vereadores.

A solenidade de abertura aconteceu  no Teatro Juarez Machado (anexo
ao Centreventos Cau Hansen).

Vereadores, assessores e servidores de Câmaras Municipais, além de
integrantes de outros órgãos públicos vão debater diversos temas, como
Reforma Política, judicialização das rotinas legislativas, licitações,
gestão de pessoal e Políticas de Saneamento Básico e o Papel do Legislativo.

A Câmara de Vereadores, a Prefeitura e o Joinville Convention Bureau são
apoiadores do evento.

De acordo com o presidente da Abrascam, Josinaldo Barbosa de Araújo, o
evento é voltado para a capacitação do servidor público e do agente
político agrega valor social e impacta diretamente na oferta de melhores
serviços ao cidadão e ao município.

O diretor regional Sul da Abrascam, Relindo Schlegel, destaca que o evento
visa a troca de informações pertinentes ao seu contexto profissional,
compartilhando experiências e ainda interação com outras Casas Legislativas.

O encerramento do congresso estava marcado pela Assembleia Geral Ordinária,
com eleição da nova diretoria (gestão 2015-2018) e elaboração da "Carta de
Joinville".

O município de Joinville foi aprovado para ser a sede deste evento após a
aprovação no evento do ano passado na cidade de Niterói. O congresso foi
capitaneado pelo vereador João Carlos Gonçalves e pelo gestor do Joinville
Conventio Bureau, Giorgio Souza, oportunidade em que pleitearam a vinda
deste congresso para a maior cidade de Santa Catarina.

Fontes:
Thiago Dias
Assessor de Comunicação  /  Jornalista
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 3 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BABITONGA MODERNA
EPAGRI INSTALA EQUIPAMENTOS DE ÚLTIMA GERAÇÃO PARA MONITORAR
A MARÉ NA BAÍA DA BAÍA DA BABITONGA

Um equipamento de última geração foi instalado na Baía da Babitonga,
no litoral Norte do Estado, pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e
Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

O sensor começou a operar neste mês no acesso ao Porto de São Francisco
do Sul. O acompanhamento dos movimentos da maré vai apoiar as operações
portuárias e outras atividades econômicas como a pesca, a produção de
moluscos e o turismo.

Conhecido por marégrafo, o sensor de alta resolução registra com maior
precisão os movimentos da maré na Baía da Babitonga. A operação marca
o primeiro aniversário do projeto Monitoramento Costeiro liderado pelo
Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia da
Epagri (Ciram). “Busca monitorar variáveis oceanográficas e meteorológicas
ao longo da costa catarinense”, Matias Boll, coordenador do projeto.

Devido ao acompanhamento das condições do mar o porto de São Francisco
do Sul, referência na movimentação de grãos no Estado, terá sua operação
facilitada. Já foram instalados outros três marégrafos em Santa Catarina,
nas cidades de Florianópolis, Itapoá e Laguna. Duas estações meteorológicas
se encontram nos municípios de Balneário Barra do Sul, região Norte, e de
Jaguaruna, no Sul.

Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF
SDR-Joinville
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 2 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

UMA DOCE MISSÃO
COLEGIADO DE AGRICULTURA COMPARTILHA CONHECIMENTO NO
PLANTIO DE FRUTA MEXICANA

O Colegiado de Agricultura da AMVALI realizou na propriedade do
agricultor, Cleonor Spézia, na localidade de Guamiranga, em Guaramirim
, o “Dia de Campo da Pitaya”, com objetivo de compartilhar com
agricultores da região as técnicas de cultivo comercial da planta,
que já vem ocorrendo com êxito em alguns municípios catarinenses.

Pitaya é um fruto muito saboroso e ainda pouco conhecido. De origem
mexicana Pitaya significa “fruta escamosa” e em alguns lugares é
popularmente conhecida como fruta dragão.

De acordo com técnico agrícola, Julio César Oliveira Gomes, o plantio
deve ser feito em covas de 20 a 25 cm de profundidade, em fileiras,
com espaçamento entre 2 metros entre elas, em um moirão para que sirva
de apoio para a planta. “É uma fruta exótica que tem  se adaptado bem
na nossa região atraindo produtores por causa do seu valor comercial
que chega ao preço de R$ 14,00 o quilo para o consumidor.  Cada planta
produz entre 20 e 25 quilos no período de dezembro a maio”, explica.

Uma comitiva de agricultores da região será formada no mês de dezembro
para conhecer a propriedade de Pierina Crocetta, moradora do município
de Balneário Rincão, uma das maiores produtoras da planta em Santa
Catarina.

Fontes:
Albino Flores - Assessoria de Comunicação
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado. 1 de agosto de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VERGONHA ELEITORAL
CANDIDATOS MUNICIPAIS DE ORLEANS SÃO DENUNCIADOS POR COMPRA
DE VOTOS

O Ministério Público Eleitoral ofereceu denúncia contra 8 envolvidos
em compra de votos e 2 em corrupção de testemunha no município de
Orleans.

A acusação, que consiste na distribuição de combustível em troca de
votos para candidatos nas eleições de 2012, foi feita pela Promotora
de Justiça Bruna Gonçalves Gomes ao Juízo da 23ª Zona Eleitoral.

Segundo o inquérito policial, a coligação "Agora sim, juntos por Orleans"
, formada pelo Partido Social Democrático (PSD), Partido Popular Socialista
 (PPS) e Democratas (DEM), engendrou esquema de compra de votos de eleitores
com vales-combustível. Os eleitores eram abordados por cabos eleitorais e
recebiam um vale-combustível junto com um santinho de um dos candidatos da
coligação. Os vales eram trocados em dois postos de gasolina do município.

O esquema também contou com a participação dos proprietários dos postos de
combustíveis e de um funcionário de cada posto, que preencheram e receberam
os vales.

Ainda durante a fase de apuração, um dos depoentes relatou que recebeu a
oferta de R$1 mil para omitir a história durante o inquérito, o que ensejou
denúncia também de corrupção de testemunha.

Assim, oito pessoas foram denunciadas por oferecer e solicitar vantagem em
troca de voto, conforme prevê o art. 299 do Código Eleitoral, e duas pelo
oferecimento de dinheiro para uma testemunha prestar declarações falsas,
crime descrito no art. 343 do Código Penal.

Relação dos 10 denunciados

ALFREDO HOFFMANN JUNIOR

VALDINEI HOFFMANN

CLEBER ORBEM CREMA

CLAUDIO LUIZ MARQUES

VANIO DEBIASI

RODINEI PEREIRA

LEONIR GUEDES RODRIGUES

BRAZ DA CRUZ

JOÃO TEZZA FRANCISCO

AURIVAM MARCOS SIMIONATTO

Fontes:
Ministério Púlico de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 31 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

COBRANDO RESULTADOS
GOVERNO DE SANTA CATARINA IMPLANTA PLANO PARA MELHORAR
DESEMPENHO EM EMPRESAS COMO CELESC E CASAN

O Governo do Estado, por meio da secretaria de Estado da Fazenda,
está promovendo uma grande ação de eficiência operacional em oito
empresas da administração indireta: Bescor, Ceasa, Ciasc, Cidasc,
Codesc, Cohab, Epagri e Santur.

O objetivo central do plano é assegurar maior qualidade dos serviços
prestados e promover melhores práticas de gestão nas instituições.

“Estamos uniformizando procedimentos e implantando políticas de Estado
respaldadas por um plano diretor para cada estrutura. Um amplo estudo,
iniciado em 2013, nos deu a dimensão exata que essas empresas precisam
ter para cumprir bem o papel do Estado em seus setores de atuação”,
resume o governador Raimundo Colombo. Neste dia 30 de junho, as empresas
irão receber oficialmente as propostas de plano diretor, contrato de
gestão e plano de carreira, cargos e salários. De acordo com o governador
, as práticas implantadas nas oito empresas servirão de referência para
a Celesc, SCGAS, Casan, SCPar e Badesc.

“O objetivo não é puramente economizar, mas garantir a melhor aplicação
possível dos recursos que o Governo repassa a essas estruturas”, explica
o secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni. Segundo ele, uma das partes
mais importantes do plano é o contrato de gestão, que vai garantir a
aplicação das metas estabelecidas no plano diretor de cada empresa.

“O governo definiu um mapa de indicadores para cada empresa, que deverá
prestar contas regularmente de seu desempenho. A meritocracia também estará
presente na administração indireta, já que as metas para cada diretoria
estarão atreladas à remuneração variável dos gestores. Vai ganhar mais quem
desempenhar melhor”, diz.

Fontes:
Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda de
Santa Catarina
Aline Cabral Vaz
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 30 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CORTOU NA CARNE
GOVERNADOR CONCEDEU TRATAMENTO TRIBUTÁRIO DIFERENCIADO PARA
NOVA FÁBRICA DA PAMPLONA EM RIO DO SUL

O governador Raimundo Colombo participou neste sábado, 27, da
inauguração da nova fábrica da Pamplona Alimentos, em Rio do Sul
, no Alto Vale do Itajaí. A empresa produz industrializados, com
destaque para presuntos, salames, copa e linguiças.

A nova unidade ampliará a produção em 14 mil toneladas por ano,
gerando 120 novos empregos, atingindo 194 até 2019. A expectativa
da empresa é ultrapassar R$ 1,1 bilhão de faturamento ainda em 2015.
 
O Governo do Estado, pelo Pró-Emprego, concedeu à fábrica tratamento
tributário diferenciado que consiste no diferimento do ICMS na
aquisição de bens e materiais para a construção da nova fábrica,
exceto máquinas e equipamentos operacionais. O objetivo do Estado
é reduzir o custo da construção do empreendimento e, assim, estimular
a ampliação e modernização de parques fabris.
 
O secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni, informou que o Governo do
Estado faz um trabalho forte e presente de incentivo de ampliação e
capacidade das empresas.

A presidente da empresa, Irani Pamplona Peters, informou que o valor
investido na nova fábrica foi de R$ 70 milhões, sendo 16% com recursos
próprios, 58% financiados pelo BNDES e 26% pelo Itaú. Hoje, a empresa
conta com 2,1 mil colaboradores.

 O novo empreendimento tem 8.500 metros quadrados de área construída
e foi aparelhado com tecnologia voltada para a fabricação da linha Premium. 

A fábrica propiciará maior aproveitamento dos recursos, redução no consumo
 energético e menos impacto ambiental, atendendo pré-requisitos essenciais
de sustentabilidade.
 
A empresa Pamplona Alimentos S/A foi fundada em 3 de maio de 1948, por
Lauro e Ana Pamplona. Teve origem no município de Agronômica, onde abatia
um boi por semana. O empenho de crescer e a necessidade de diversificar os
produtos levaram o casal o empreendedor a acreditar que também seria possível
comercializar carne suína.
 
A empresa foi crescendo e, em 1969, transferiu suas atividades para este
endereço onde foram montadas novas e modernas instalações para a época.
Sempre almejando o reconhecimento do mercado e fortalecimento da marca,
faz com que a empresa tenha uma busca constante por tecnologias, melhorias
de processos e buscando produtos diferenciados.
 
A Pamplona está presente em praticamente em todos os estados brasileiros,
sendo que 55% do faturamento é destinado ao mercado interno e 45% é exportado
para mais de 20 países, entre eles, Rússia, Japão, Argentina, China, Emirados
Árabes, Angola, Cingapura, entre outros.
 
Em 2014 a Pamplona participou com 11% das exportações brasileiras e com 29%
das exportações catarinense de carne suína.

Fontes:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 29 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DINHEIRO NO BOLSO
GOVERNO DE SANTA CATARINA PAGA METADE DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO DOS SERVIDORES

O governador Raimundo Colombo anunciou a autorização para o pagamento de
50% do 13º salário de 2015 para todos os servidores do Estado no dia 17
de julho.

“Mesmo num momento de estagnação da economia, vamos manter a tradição.
Já é o 9º ano consecutivo que o Governo de Santa Catarina adianta a primeira
parcela do 13º, além de pagar os salários em dia”, destacou o governador.

De acordo com cálculos da Secretaria de Estado da Fazenda, com o pagamento
do salário de junho no dia 30/06 (R$ 888 milhões), mais a primeira parcela
do 13º salário no dia 17/07 (R$ 364,9 milhões), mais o salário de julho no
dia 31/7 (R$ 891,1 milhões), o Governo do Estado vai colocar na economia
R$ 2,1 bilhões em apenas um mês.

“Com isso, esperamos dar mais dinamismo à economia catarinense nesse
momento crítico”, afirma o secretário da Fazenda Antonio Gavazzoni.

Os valores contemplam os servidores ativos e inativos do poder executivo –
incluindo as fundações e autarquias estaduais – e pensionistas pagos pelo
IPREV, num total de 151.832 servidores. Não entram na conta as folhas de
pagamento das empresas estatais: Casan, Badesc e Celesc.

A projeção de gastos totais com a folha de pagamento dos servidores públicos
estaduais de janeiro a julho é de R$ 6,4 bilhões, de acordo com a Diretoria
do Tesouro Estadual.

Fontes:
Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Terça-feira, 28 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NÃO ERROU
REDUÇÃO DE PENA EM RECURSO NÃO GERA DIREITO A INDENIZAÇÃO DE
DETENTO, AFIRMA JUSTIÇA CATARINENSE

A 4ª Câmara de Direito Público negou recurso contra sentença que negou
indenização por danos morais exigida do Estado de Santa Catarina, por
suposto erro judiciário, a homem que sustentava ter sido condenado à
pena de quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto, e
recolhido à Unidade Prisional Avançada (UPA) de São Miguel do Oeste,
onde cumpriu sete meses em regime fechado. O acusado acrescentou que
foi transferido para a Penitenciária Agrícola da comarca, na qual
permaneceu por quatro meses em regime aberto, até obter livramento
condicional.

O ponto central é que, após revisão criminal, a sentença foi modificada
e a pena, reduzida em seis meses, o que possibilitou sua substituição por
duas restritivas de direito. O apelante entendeu que, diante do fato de
cumprir pena por mais tempo que o devido e parte dela em regime fechado,
tem direito a indenização por danos morais. O Estado afirmou que não houve
erro judiciário a ensejar condenação por danos morais. Asseverou, ainda,
que a defesa do autor incorreu em omissão ao não recorrer da sentença
oportunamente.

O relator do recurso, desembargador Ricardo Roesler, destacou que "a
reforma da sentença condenatória na instância superior não se confunde
com o erro judiciário previsto no inciso LXXV do artigo 5º da Constituição
da República. Interpretação diferente implicaria a total quebra do princípio
do livre convencimento do juiz, e afetaria irremediavelmente sua segurança
para avaliar e valorar as provas, bem assim para adotar a interpretação da
lei que entendesse mais adequada ao caso concreto".

A câmara concluiu que não caracteriza erro judiciário a decisão devidamente
fundamentada, ainda que posteriormente reformada. Nesse contexto, a indenização
só é devida nos casos em que o prejuízo decorrer de fraude ou dolo no ato
judicial.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck
Daniela Pacheco Costa
Maria Fernanda Martins
Sandra de Araujo
Poder Judiciário de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 27 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MINISTÉRIO PÚBLICO NEGOU!
JUSTIÇA CATARINENSE AUTORIZA CONVERSÃO DE UNIÃO ESTÁVEL
HOMOAFETIVA EM CASAMENTO

A 2ª Câmara de Direito Civil confirmou sentença de comarca da Grande
Florianópolis que converteu união estável homoafetiva em casamento.

Ao pedir o reconhecimento do casamento,  informaram conviver em união
estável desde 1997 e que, em 2007, lavraram escritura pública acerca
do relacionamento e, após 15 anos de convívio, buscaram a conversão
da união em casamento, cujo pedido teve parecer negativo por parte do
Ministério Público (MP).

A decisão unânime negou apelação do MP, que reiterou a inviabilidade
de reconhecimento de união estável entre pessoas do mesmo sexo. Ao
confirmar a sentença, o relator, desembargador substituto Gilberto
Gomes de Oliveira, observou a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal
(STF), pela ampla aplicação do princípio da igualdade previsto na
Constituição Federal (CF).

Para ele, esta postura é aplicada também às relações afetivas, ainda que
não haja tutela expressa na Carta Magna ou com regulamentação
infraconstitucional. Apontou que a CF indicou os tipos de família em rol
meramente exemplificativo e não exaustivo, de modo que, pelo simples fato
de não se encontrarem expressamente mencionados não significa que os
relacionamento homoafetivos não mereçam proteção do Estado.

"Talvez mereçam até maior proteção, se considerado o grande preconceito
ainda arraigado na alma da sociedade", ponderou.

"Não se trata, aqui, de dizer o que é certo ou errado nas relações
pessoais; ao contrário, na sua intimidade cada um pode ser feliz e
satisfazer-se da maneira que melhor lhe aprouver, desde sexualmente
entre maiores e capazes. Aquilo que é certo e bom para um, por motivos
de foro íntimo ou orientação religiosa, pode não sê-lo para outrem e
isto tem que ser respeitado", finalizou Gomes de Oliveira, que congratulou
o senso de Justiça, a contundência e a coragem da sentença de 1º grau.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck
Daniela Pacheco Costa
Maria Fernanda Martins
Sandra de Araujo
Poder Judiciário de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 26 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SORRINDO A TOA
CLIENTE DE CLÍNICA SEM REGISTRO NA JUNTA COMERCIAL GANHA
INDENIZAÇÃO DE R$ 25 MIL POR IMPLANTES DENTÁRIOS MAL
SUCEDIDO

A 1ª Câmara de Direito Civil condenou uma clínica odontológica ao
pagamento de danos materiais e morais de R$ 25 mil a um paciente por
tratamento dentário mal sucedido. Ele iniciou o tratamento para
colocação de implantes e próteses dentárias e após um ano, já com
os implantes colocados, continuava sentindo dores. Segundo o autor,
 um dos sócios da empresa negou-se a refazer o procedimento, retirar
os implantes ou mesmo a devolver o dinheiro pago.

A ação foi proposta na Comarca de Balneário Camboriú em 2005, porém,
foi extinta em função da clínica não estar devidamente registrada.

A câmara modificou a decisão, por considerar que a ausência de ato
formal de registro não pode negar a existência, de fato, de relações
entre pessoas que entre si contratam a realização de uma atividade
empresarial.

"Negar a responsabilidade de atos praticados por sociedade de fato
perante terceiros tão somente em razão da inexistência de registro
nos órgãos oficiais, seria premiar aquele que, em desatendimento às
normas legais, deixou de cumprir obrigação, além de incentivar o
funcionamento irregular das pessoas jurídicas", ponderou o relator,
desembargador Raulino Jacó Brüning.

"Assim, além de ser possível a responsabilização da sociedade não
personificada, deve-se destacar que, nestes casos, o reconhecimento
de eventual responsabilidade civil do ente resulta na responsabilidade
solidária e ilimitada dos sócios. Desse modo, condenação incidirá sobre
os bens pessoais dos sócios, excluído o benefício de ordem àquele que
contratou pela sociedade", concluiu o magistrado.

A decisão foi unânime.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck
Daniela Pacheco Costa
Maria Fernanda Martins
Sandra de Araujo
Poder Judiciário de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 25 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PONTE PARA TODOS
GOVERNO DO ESTADO NEGOCIA DETALHES COM EMPRESA QUE CONSTRUIU
PONTE HERCÍLIO LUZ. PROJETO É REFORMAR TOTALMENTE O FAMOSO
PONTO TURÍSTICO CATARINENSE

Um representante da American Bridge voltou a Santa Catarina para discutir
detalhes para obras na Ponte Hercílio Luz. O gerente de operações da
empresa americana, Kenneth Farrelly, foi recebido pelo governador Raimundo
Colombo na manhã desta quinta-feira, 18, na cabeceira da ponte, em Florianópolis.

No encontro, foram discutidos detalhes que precisam ser analisados a fim de
se chegar a uma proposta final de restauração da estrutura. Colombo também
conferiu as obras que estão sendo executadas pela Construtora Empa na
sustentação inferior da ponte. O presidente do Deinfra, Wanderley Agostini
, e o secretário da Infraestrutura, João Carlos Ecker, acompanharam a reunião.

“Em agosto, devemos receber da empresa americana a proposta final para, então
, discutirmos o que nos foi apresentado com a sociedade. Estamos otimistas.
Acredito que encontramos o caminho. Estou seguro que vamos conseguir entregar
a obra com qualidade e segurança para a população”, informou o governador.

O gerente de operações Kenneth Farrelly disse que a American Bridge, mesma
empresa que construiu a ponte entre 1922 e 1926, precisou enviá-lo a Santa
Catarina para mais uma análise a fim de se ter uma completa noção dos
trabalhos que precisam ser realizados. A companhia também tenta adequar o
serviço a um cronograma e orçamento adequados sem perder em qualidade.

 “O trabalho agora é identificar quais partes da ponte precisam ser realmente
substituídas. O serviço é complexo. São vários elementos para analisar. O
importante é identificar a sequência correta das obras para que a ponte,
depois de concluída, possa durar uns cem anos. Queremos fazer essa análise
dos serviços o mais rápido possível e entregar a proposta para o governo
nalisar. Entendemos a importância da ponte. Esta obra vai ser concluída com
sucesso e dentro dos parâmetros desejados, que é um prazo rápido”, informou
Farrelly.

O presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, disse que essa é mais uma etapa
vencida e mostra o interesse dos engenheiros da American Bridge, que já
estiveram diversas vezes na cidade para avaliar a estrutura.

“O otimismo toma conta de todos nós, porque acompanhamos esse dia a dia. A
empresa precisa ter segurança na apresentação da proposta com os custos
totais para que seja efetuado um excelente trabalho tão aguardado por todos”.

“O Governo do Estado está negociando, e a empresa mostra um grande interesse
em concluir essa obra da ponte. Nós vamos ter um resultado positivo. Vamos
colocar esse patrimônio histórico à disposição do povo catarinense”, afirmou
o secretário de Estado da Infraestrutura, João Carlos Ecker.

A Ponte Hercílio Luz foi construída na década de 1920 - entre novembro de
1922 e maio de 1926 - pelas firmas associadas Byington & Sundstrom, que
viriam a se tornar a American Bridge.

A ponte foi oficialmente inaugurada em 13 de maio de 1926 e fechada para o
tráfego de veículos pela primeira vez em 22 de janeiro de 1982. Em 1988,
foi reaberta somente ao tráfego de pedestres, bicicletas, motocicletas e
veículos de tração animal e, em 1991, foi novamente interditada.

Fontes:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 24 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ENERGIA CONTRA A CRISE
PROGRAMA DO ESTADO DE SANTA CATARINA PRORROGA ISENÇÃO DE ICMS
PARA A CADEIA PRODUTIVA DO SETOR ENERGÉTICO

A Secretaria de Estado da Fazenda está prorrogando para 2021 a isenção
de ICMS para a cadeia produtiva do setor energético.

O decreto faz parte do Programa Catarinense de Energias Limpas, SC+Energia
, e foi assinado pelo governador Raimundo Colombo e pelo secretário de
Estado da Fazenda, Antônio Gavazzoni.

O objetivo é proporcionar condições mais atrativas para investimentos em
ampliações ou implantações de novas unidades industriais.

“São incentivos que retornam ao Estado na forma de empregos. Outra vantagem
é que os empreendimentos se distribuem por diferentes regiões do Estado”,
destaca Gavazzoni.

A desoneração vale para as operações com equipamentos e bens relacionados
à produção de energia eólica e solar. No caso das Pequenas Centrais
Hidrelétricas (PCHs), a Fazenda concede benefícios fiscais por meio dos
programas Pró-Emprego e Prodec, que proporcionam aos investidores vantagens
financeiras e econômicas.

Os incentivos financeiros dão um fôlego extra no fluxo de caixa do
investidor durante o período inicial de operação do empreendimento, ou
seja, dão prazo para o contribuinte. Os incentivos econômicos, por sua
vez, conferem descontos e, portanto, ajudam a reduzir custos e tornam
ainda melhores as taxas de retorno do investimento realizado.

SAIBA  MAIS

O Prodec - Programa de Desenvolvimento da Empresa Catarinense, tem como
finalidade conceder incentivo à implantação ou expansão de empreendimentos
industriais que vierem produzir e gerar emprego e renda em Santa Catarina.

Trata-se de incentivo a título de financiamento, equivalente a um percentual
pré-determinado sobre o valor do ICMS a ser gerado pelo novo projeto. Em
outras palavras, o incentivo é um financiamento de capital de giro, em
longo prazo e de baixíssimo custo. Por meio do Prodec, boa parte do ICMS
gerado nos primeiros anos de operação do empreendimento pode ser postergada
por até 48 meses a juros bem reduzidos.

O Pró-Emprego tem como objetivo incentivar empreendimentos que gerem emprego
e renda por meio de tratamento tributário diferenciado do ICMS. Os projetos
de implantação e expansão de empreendimentos geradores de energia elétrica
e de linhas de transmissão recebem benefícios para aquisição de bens e
materiais destinados à integração do ativo permanente. O benefício é válido
para o imposto:

a) que incidir nas operações internas;
b) devido por ocasião da importação, desde que realizada por intermédio de
portos, aeroportos ou pontos de fronteira alfandegados situados neste Estado;
c) relativo ao diferencial de alíquota, quando adquiridos de outras unidades
da Federação.

Fontes:
Cléia Schmitz
Assessoria de Imprensa SEF
Secretaria de Estado da Fazenda - SEF
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 23 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VELHO PROBLEMA
SOMENTE EM 2014, MAIS DE 850 DENÚNCIAS DE VIOLÊNCIA CONTRA
OS IDOSOS FORAM FEITAS EM SANTA CATARINA

Sensibilizar a população sobre a importância do combate às diversas
formas de violência cometidas contra a pessoa com idade igual ou
superior a 60 anos. Com este objetivo, a Pastoral da Pessoa Idosa,
organismo de Ação Social da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do
Brasil), realizou  uma mobilização nas principais cidades do país.

O ato marcou a passagem do Dia Mundial de Combate à Violência contra a
Pessoa Idosa e é realizado em conjunto com o Conselho Estadual do Idoso.

Em Florianópolis, as atividades começaram com a exibição de faixas e
cartazes e a distribuição de materiais informativos.

“Queremos conscientizar a sociedade de que a violência não está relacionada
apenas à agressão física ou verbal, mas também à negligência, abandono e
exploração financeira, que na maior parte das vezes são cometidas pelos
próprios familiares dos idosos”, destacou a coordenadora da Pastoral,
Osvaldina Zucco Weber.

Somente em 2014, disse, o Conselho Estadual do Idoso recebeu 860 denúncias,
parte das quais contou com o acompanhamento da pastoral.

“Atuamos principalmente quando são verificadas condições de fragilidade,
pobreza e abandono. Nestes casos, nossos voluntários promovem visitas
domiciliares mensais para levar carinho, solidariedade e para tentar
promover mudanças de hábitos que tragam mais autonomia e qualidade de
vida a essas pessoas.”

O que diz o Estatuto do Idoso

Artigo 3º É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do poder
público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito
à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer,
 ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência
familiar e comunitária.

Artigo 4º: Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência,
discriminação, violência, crueldade ou opressão e todo atentado aos seus
direitos, por ação ou omissão, será punido na forma da lei.

Serviço

Os interessados em denunciar um caso de agressão podem fazê-lo por meio do
Disque 100, ou para a Pastoral da Pessoa Idosa, pelo telefone (48) 9992-1872
e e-mail dinazucco@gmail.com

Fontes:
Alexandre Back
Assembléia Legislativa de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 22 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SC E A CONSTITUIÇÃO
SAIBA QUAIS MUDANÇAS NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL FORAM PROPOSTAS PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA

As cinco propostas de alteração da Constituição Federal elaboradas
pelo Fórum Parlamentar do Pacto Federativo da Assembleia Legislativas
entraram em tramitação nesta semana, na forma de projetos de resolução
, assinadas pela Mesa Diretora da Casa. As propostas já foram encaminhadas
para a Comissão de Constituição de Justiça (CCJ).

Entregues na última semana de maio à Mesa, as propostas são fruto de um
trabalho iniciado em março pelo fórum, idealizado pelo deputado Fernando
Coruja (PMDB).  As alterações na Constituição Federal tratam da federalização
do ensino básico, aumento dos repasses para a saúde pública, melhor
redistribuição de recursos federais para estados e municípios, ampliação
da competência legislativa das assembleias e apresentação de Propostas de
Emenda à Constituição (PECs) por meio de iniciativa popular.

Os cinco projetos de resolução que tratam das propostas do fórum vão ser
apreciadas apenas pela CCJ. Se aprovadas nesta comissão, seguem diretamente
para votação em Plenário.

Caso sejam aprovadas pelos deputados catarinenses, o próximo passo será
aprová-las em pelo menos outras 13 assembleias legislativas. Nesta semana
, o deputado Fernando Coruja participou da 19ª Conferência Nacional da
Unale (CNLE), em Vitória (ES), com intuito de divulgar o trabalho realizado
pelo fórum catarinense. O evento, promovido pela União Nacional dos
Legisladores e Legislativos Nacionais (Unale), reuniu deputados estaduais
de todo o Brasil.

O deputado Kennedy Nunes (PSD), membro do fórum, também já iniciou as
articulações com outros parlamentos estaduais em busca do apoio às propostas.
Somente com a aprovação dessas propostas por outras 13 assembleias, será
possível apresentá-las no Congresso Nacional.

Propostas do Fórum Parlamentar Catarinense do Pacto Federativo:

Projeto de Resolução 4/2015 - Incluir o Imposto sobre Operações Financeiras
(IOF), o Imposto sobre Importação (IPI) e o imposto sobre grandes fortunas
(que poderá ser criado) na repartição de recursos com estados e municípios;
aumentar, à razão de 10% ao ano, a parcela dos estados (FPE) de 21,5% para
31,5% e dos municípios (FPM) de 22,5% para 32,5% (artigo 159 da Constituição
Federal).

Projeto de Resolução 5/2015 - Dar autonomia para os estados legislarem
sobre descriminalização, propaganda comercial e agronegócio (artigos 22
e 24 da Constituição Federal.

Projeto de Resolução 6/2015 - Permitir que eleitores apresentem emendas à
Constituição Federal. Para isso, será necessária a adesão de 3% do eleitorado
brasileiro, em 14 estados, com no mínimo 1% de seus eleitores (artigo 60 da
Constituição Federal).

Projeto de Resolução 7/2015 - Tornar obrigatória a destinação de 10% da
receita corrente bruta da União para investimentos em saúde pública (artigo
166 da Constituição Federal).

Projeto de Resolução 8/2015 - Federalizar o ensino básico integral (artigo
211 da Constituição Federal).

Fontes:
Assembléia Legislativa de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 21 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O SABOR DA VITÓRIA
PROETO SOCIAL EM PENHA FORMA COZINHEIRO PROFISSIONAIS. EX-ALUNOS
PODERÃO TRABALHAR EM EMBARCAÇÕES DA MARINHA BRASILEIRA

A capacitação profissional e a possibilidade de entrar com maior
preparo no mercado de trabalho resultaram na formatura de cerca de
30 novos cozinheiros de Penha, que concluíram  as aulas do curso de
Arte Culinária da Escola Profissional Zilda Lucki da Silveira, ligada
à Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). 

A formatura, com direito a um lauto jantar com mais de 20 pratos salgados
e outros oito pratos doces, ocorreu na própria Escola Profissional, na
Rua José João Batista, com a presença da secretária Oraci Maria de Souza,
da coordenadora da escola, Raquel Francez Soares e também da chef de
cozinha e professora Laura Rodrigues da Cunha, a Laurinha. O secretário
de Saúde, Cleiby Darossi, representou o prefeito Evandro Eredes dos
Navegantes (PSDB).

Na ocasião, a professora Laurinha celebrou o desafio vencido de capacitar
mais essa leva de novos cozinheiros, e foi homenageada pelos alunos,
devidamente uniformizados. O capitão da Marinha Valdecir Alves dos Santos,
da Capitania dos Portos em Itajaí, também marcou presença, representando
a parceria entre a Escola Profissional Zilda Lucki da Silveira e a capitania
, já que muitos dos alunos de Laurinha concluem o curso e vão atuar como
cozinheiros embarcados em navios da Marinha ou da pesca industrial.

No seu discurso, a secretária Oraci reforçou a importância da possibilidade
que os cursos do gênero abrem para o mercado do trabalho, e destacou que
mais do que uma técnica, “cozinhar é um ato de amor”. Já Cleiby frisou o
apoio da Prefeitura e a atenção do prefeito Evandro a esse gênero de cursos.
O presidente Felipe Schmidt (PSD), da Câmara de Vereadores de Penha, chegou
após o final da sessão legislativa juntamente com os demais parlamentares,
e também parabenizou os formandos.

Laurinha enfatiza que o curso repassou aos novos cozinheiros e cozinheiras
noções de higiene de alimentos, confeitaria básica, coberturas e recheios
de bolos, preparo de pratos salgados, preparo de cardápios, seleção e
combinação de alimentos e ainda preparo de massas e pães.

O currículo incluiu ainda elaboração de sobremesas, manipulação de pratos
com frutas e hortaliças e dicas para comercialização das criações gastronômicas.
Laurinha reforça que devido à cultura, localização e história de Penha, também
foram ensinadas a culinária de frutos do mar e a criação de pratos típicos
açorianos.

Fontes:
Felipe Franco - Assessor de comunicação e relações públicas
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Segunda-feira, 20 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BASTIDORES DE UMA GREVE
GOVERNO PEDIU QUE PROCURADORES DO ESTADO RECORRAM DE LIMINAR
QUE PROÍBE CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES TEMPORÁRIOS PARA SUBSTITUIÇÃO DE GREVISTAS

O Governo do Estado determinou que a Procuradoria Geral do Estado recorra
da liminar que proíbe a Secretaria de Estado da Educação de contratar
professores em caráter temporário para substituir os profissionais que
estão fora das salas de aulas há dois meses.

Em nota oficial, a Secretaria da Educação afirmou que desenvolve todas as
ações necessárias para garantir o direito aos estudantes catarinenses de
acesso à educação dentro de um calendário que permita aos concluintes do
terceiro ano do Ensino Médio realizar seus estudos em tempo de participarem
do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e dos processos seletivos de acesso
ao ensino superior.

Ainda de acordo com o governo, infelizmente, após um acordo entre Governo
e Sinte para o fim da greve, a intransigência de um pequeno grupo de radicais
, que se recusa a negociar de forma minimamente razoável para evitar prejuízos
aos estudantes, manteve uma paralisação, que, pela sua duração, já impede que
o ano letivo seja concluído até dezembro de 2015 comprometendo o recesso
escolar de julho e as férias de verão de 2016, indispensáveis para o bom
aproveitamento pedagógico dos estudantes.

A Secretaria da Educação observa que a adesão à greve situa-se em torno de 5%
, ou seja, os radicais que têm tomado conta das assembleias de professores não
representam a imensa maioria a categoria.

A liminar frustra os esforços legítimos do Governo do Estado para assegurar a
continuidade do serviço público essencial, representando interferência em
prerrogativas próprias da administração.

Fontes:
Claudio Thomas
Diretor de Imprensa - Secretaria de Estado de Comunicação
SDR-Joinville
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Domingo, 19 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BEABÁ CATARINENSE
REGIÃO SUL APRESENTA MAIOR QUEDA NO ÍNDICE DE LEITURA NO BRASIL
E SANTA CATARINA QUER TOMAR PROVIDÊNCIAS

Uma constatação alarmante para quem se preocupa com os escassos índices
de leitura no Brasil. De 2007 a 2011, a região Sul apresentou a maior
queda em todo o país e o número de livros lidos por habitante caiu de
5,5 para 4,2, apontou a terceira edição da pesquisa ‘Retratos da Leitura’,
lançada em 2012. Esse e outros dados estão no diagnóstico elaborado para
o Plano Catarinense do Livro e da Leitura sobre a cadeia produtiva,
projetos de leitura, bibliotecas, editoras e escritores catarinenses, que
foi entregue ao poder executivo  durante o III Fórum do Livro e da Leitura
de Florianópolis, no CIC.

Segundo o bibliotecário José Paulo Speck, responsável pela elaboração do
diagnóstico, a mostra é um indício de que a situação é inquietante e que
necessita ser mudada. “Precisamos avançar muito em Santa Catarina e essa
queda aponta que é imperativo a criação de políticas públicas de incentivo
à leitura, ao livro, à literatura e às bibliotecas para que os números não
caiam ainda mais”, alertou Speck.

A elaboração do Plano Catarinense do Livro e da Leitura começou há três
anos e, desde então, mobilizou a sociedade civil – agentes e gestores
públicos, privados e não governamentais – na busca por propostas para a
democratização do acesso ao livro, a valorização da leitura e o fortalecimento
dos segmentos literários. Na opinião do escritor Alcides Buss, a entrega do
documento ao poder executivo representa uma esperança para a cadeia produtiva
no estado.

“Temos um potencial imenso, mas ainda adormecido. Mudar esta realidade depende
de muitos fatores – escolas, agentes de leitura e, principalmente, dos governos.
Para isso é preciso estabelecer leis voltadas para o livro e a leitura, permitindo
que mais pessoas tenham acesso à literatura e descubram novas obras”, comentou.

Fontes:
Palavra.com
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 18 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ARDIDDAS
POLÍCIA CIVIL E MILITAR DE GRAVATAM RECEBEM DENÚNCIA DA ADDIDAS
NA ALEMANHA E ACABAM COM ESQUEMA DE FALSIFICAÇÃO DE ROUPAS DA
FAMOSA GRIFE

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Gravatal, com apoio de policiais
militares de Gravatal, realizaram uma operação policial que culminou com
apreensão de diversas peças de roupas falsificadas.

Ao todo foram apreendidas 123 peças de roubas já prontas (entre bermudas,
agasalhos, calças e camisetas), além de 64 retalhos que seriam fechados
para fazer novas peças e 107 tag’s da marca falsificada.

O proprietário da loja, de 47 anos, já foi investigado pelo mesmo crime no passado.

Ele não foi encontrado durante a operação.

Foi instaurado Inquérito Policial na Delegacia de Polícia de Gravatal para
apuração dos fatos. O proprietário da loja pode ser indiciado em crime contra
a propriedade industrial, crime contra a ordem tributária e contra o consumidor.

A ação, coordenada pelo Delegado Gustavo Madeira da Silveira, iniciou quando os
policiais da Delegacia de Polícia de Gravatal receberam a denúncia de representantes
de uma marca esportiva (com matriz na Alemanha) de que seus produtos estariam sendo
falsificados e revendidos por uma loja localizada no bairro Termas – que tinha sido
, inclusive, fotografada.

Fontes:
Polícia Civil
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sexta-feira, 17 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DELIVERY DE MARAVILHA
POLÍCIA CIVIL DE MARAVILHA PRENDE JOVEM QUE ENTREGAVA DROGA
EM CASA

A Delegacia de Polícia do Município de Nova Erechim, juntamente com
o Setor de Investigação da Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, com
o apoio da guarnição da Polícia Militar de Pinhalzinho, prendeu em
flagrante delito, pelo crime de tráfico de drogas, um jovem de 19
anos, na cidade de Pinhalzinho – no Oeste catarinense.

Após realizações de campanas, foi verificado intenso movimento de pessoas
no edifício onde residia vulgo o suspeito. Num determinado momento, o
investigado foi abordado quando saía de casa para a rua realizar a entrega
de mais drogas a um usuário.

Na residência do preso foram encontradas 12 petecas de cocaína, 18
papelotes de maconha, um notebook, quatro celulares e apreendida, ainda,
uma moto que era utilizada para a entrega de entorpecente.

Segundo o Delegado de Polícia Civil Walter Figueiredo Loyola, após os
procedimentos cartorários, o detido foi encaminhado à  Cadeia Pública
de Maravilha.

Fontes:
Polícia Civil
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quinta-feira, 16 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MENOR, HOMOSSEXUAL E ASSASSINADO
POLÍCIA CIVIL DE CONCÓRDIA PRENDE SUSPEITO DE MATAR UM
ADOLESCENTE NA CIDADE DE CONCÓRDIA

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC)
de Concórdia, cumpriu,  em Concórdia, o mandado de prisão temporária
em desfavor de um homem de 29 anos, investigado pela morte de um
adolescente na época do crime com 17 anos. 

A vítima foi encontrada morta na noite de 4 de agosto de 2014 no Loteamento
Morelatto, em Concórdia. Segundo perícia realizada, a vítima recebera
quatro disparos de arma de fogo calibre .38, os quais foram realizados
pelas costas, e não havia em seu corpo nenhum sinal de luta ou de defesa. 

Conforme o Delegado da DIC de Concórdia, Álvaro Weinert Opitz, a Polícia
Civil instaurou Inquérito Policial para apurar o fato, tendo realizado
inúmeras diligências e inquirido várias testemunhas, sendo que após quase
dez meses de investigações conseguiu obter indícios suficientes acerca da
participação de do conduzido no crime. 

A previsão, segundo Opitz, é concluir o Inquérito Policial dentro do prazo
máximo de 30 dias, quando se buscará esclarecer exatamente a maneira pela
qual ocorreu o delito, assim como sua motivação. A vítima era homossexual
e  usava o cognome de uma mulher. 

Fontes:
Polícia Civil
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 15 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FIM DO ROLÊ
ASSALTANTE QUE ESTAVA SENDO PROCURADO É ENCONTRADO POR DELEGADO DE PORTO UNIÃO E ENCAMINHADO PARA CADEIÃO. ELE
ROUBOU E AGREDIU UM IDOSO DE 73 ANOS NA CASA DA VÍTIMA

Dando continuidade em suas ações que visam combater à criminalidade, a
Polícia Civil de Porto União, através de sua Divisão de Investigação
Criminal (DIC), deflagrou, em Porto União, uma operação que resultou
na prisão de um homem de 20 anos, foragido da Justiça. Ele tinha um
mandado de prisão por sentença condenatória pelo crime de roubo. 

O assalto aconteceu em março de 2014 e teve como vítima um idoso de 73
anos. O autor entrou em uma residência de Porto União para roubar e
agrediu violentamente o idoso com socos e chutes, o qual necessitou de
cuidados médicos. 

Após várias diligências, os policiais da DIC de Porto União, coordenada
pelo Delegado de Polícia Nilson Luis de Oliveira Cezar, localizaram o
criminoso e cumpriram a medida cautelar. Terminados os procedimentos
policiais, o condenado foi encaminhado ao Sistema Prisional de Porto
União.

Fontes:
Polícia Civil
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 14 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DE VOLTA PRA CASA
POLÍCIA CIVIL DE SÃO BENTO DO SUL ENCONTRA FORAGIDO DO PARANÁ.
RAPAZ TINHA PRISÃO PREVENTIVA DECRETADA POR SUSPEITA DE
ASSASSINATO

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de
São Bento do Sul,  prendeu preventivamente um homem de 22 anos, no bairro
Oxford, em São Bento do Sul, pelo crime de homicídio.

O suspeito era natural do Paraná, onde possuía sua prisão preventiva
decretada por homicídio simples.

Após os procedimentos policiais, o rapaz será reconduzido ao Sistema
Penitenciário do Paraná.

Fontes:
Polícia Civil
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 13 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EXEMPLO DE SENTENÇA
JUSTIÇA DE SANTA CATARINA CONDENA DOIS AUDITORES FISCAIS POR
CRIME DE ORDEM TRIBUTÁRIA. UM DELES, FISCAL NO ESTADO DO PARANÁ,
LEVOU PENA DE 31 ANOS DE CADEIA

Dois auditores fiscais foram condenados pela Justiça à prisão após denúncia
do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). Oidivo Leonam Johnson Pereira
foi condenado a 31 anos e seis meses de reclusão, além de R$50.490,00 de multa.

Neiro Rosito Borges foi condenado a 14 anos de reclusão e multa de R$22.440,00.
As multas serão atualizadas desde 2010. O Ministério Público denunciou os dois
auditores fiscais por terem recebido dinheiro para não lançar tributos ou cobrar
parcialmente, além de facilitar o desvio de barreiras fiscais.

Oidivo, que atuava como fiscal no Estado de Paraná, identificava caminhões com
carga de suínos vindos de Santa Catarina com notas ilegais e cobrava pagamento
para liberá-los no posto fiscal Berthier de Oliveria, em Sengés. Algumas vezes,
o fiscal cobrava propina de caminhões retidos, mas que não apresentavam
irregularidades. Neiro deixava de autuar os caminhões no Posto Fiscal de Abelardo
Luz (SC), sem lançar o ICMS devido na operação e as multas aplicáveis.

A Justiça decretou, ainda, a perda do cargo público dos dois servidores. De acordo
com a sentença, eles se utilizaram de sua posição para delitos "com abuso de poder
ou violação de dever com a Administração Pública".

As investigações iniciaram a partir de indícios de fraude na compra e venda de
suínos com o objetivo de sonegar impostos. No decorrer da apuração, com o apoio
do GAECO, foi identificada a participação dos servidores públicos, que foram
presos na Operação Moccus, realizada ao final da investigação, e libertados
posteriormente por decisão do Superior Tribunal de Justiça. O Grupo de Atuação
Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) é uma força-tarefa coordenada
pelo Ministério Público, integrado pelo Ministério Público de Santa Catarina,
Polícia Civil e Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Secretaria de
Estado da Fazenda. Cabe recurso da decisão.

Fontes:
Ministério Público de Santa Catarina










Domingo, 12 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

AMIGOS DO VAREJO
REDE VAREJISTA E PRODUTORES DISCUTEM FORNECIMENTO DE TOMATE
DIRETO DO CAMPO PARA GÔNDOLA DE SUPERMERCADOS E GARANTINDO QUE
PRODUTO SEJA ATÉ RASTREADO

Ao final do 1º Seminário Catarinense de Olericultura, realizado em Caçador,
na quarta-feira (24/6), uma cena despertou a atenção. Reunidos pelo engenheiro
agrônomo da maior rede varejista de Santa Catarina e com apoio de pesquisadores
da EPAGRI (Empresa de Pesquisa Agropecuária), um grupo de produtores de tomate
discutia o fornecimento do alimento direto do campo à gôndola do supermercado,
com identificação da origem (rastreamento) e, mais importante, mediante
aplicação do sistema agropecuário de produção integrada (SAPI), cujos atrativos
são a redução do uso de agrotóxicos e aumento da rentabilidade econômica com
sustentabilidade ambiental e social.

Na origem da reunião ocorrida em Caçador, está o Programa Alimento Sem Risco
(PASR) do Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), que foi
apresentado aos participantes do Seminário pela Coordenadora do Centro de Apoio
Operacional do Consumidor (CCO), Promotora de Justiça Greicia Malheiros da Rosa
Souza. A rede de supermercados, com 27 lojas na Região Sul, uniu-se diretamente
aos produtores para encontrar soluções em atendimento aos chamados das Promotorias
de Justiça do Consumidor, que cobram a correção das desconformidades apuradas por
análises de resíduos agrotóxicos em hortícolas do PASR. Além do tomate cultivado
via produção integrada, também foi relatado acordo com produtores de cebola de
Alfredo Wagner.

O Sistema Agropecuário de Produção Integrada (SAPI) é impulsionado no Brasil pelo
Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e já possui regulamento
técnico para algumas das culturas hortícolas monitoradas pelo Programa Alimento
Sem Risco (PASR), permitindo, assim, a superação até da simples adoção de boas
práticas agrícolas, que seria o patamar básico do processo de cultivo de alimentos.
Equipara-se, em muitos aspectos, aos requisitos da produção orgânica.

Para a Coordenadora do CCO, Promotora de Justiça Greicia Malheiros da Rosa Souza,
o anúncio dessa parceria entre a rede e os produtores de tomate, ocorrida em Caçador
, pode vir a representar uma mudança de paradigma nas relações entre varejistas e
agricultores em Santa Catarina, principalmente pela abertura do comércio aos alimentos
cultivados sob o sistema da produção integrada, ainda incipiente, mas que traduz
significativo avanço tecnológico em bases sustentáveis que o MAPA pretende espalhar
pelo Brasil.

Fontes;
Ministério Público de Santa Catarina










Sábado, 11 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DIREITO DE FAMÍLIA
CIDADE CATARINENSE SE COMPROMETE COM MINISTÉRIO PÚBLICO E VAI CRIAR PROGRAMA DE ACOLHIMENTO FAMILIAR PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO

A Prefeitura de Bandeirante se comprometeu com o Ministério Público de
Santa Catarina (MPSC), por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC),
a criar e a regulamentar, em 10 meses, o programa de acolhimento familiar
no município. O acordo extrajudicial foi proposto pela Promotora de
Justiça Larissa Mayumi Karazawa Takashima Ouriques, da 1ª Promotoria de
Justiça da Comarca de São Miguel do Oeste, e firmado no dia seis de abril
deste ano.

Com as modificações introduzidas pela Lei Nacional da Adoção, o Estatuto
da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece que a inclusão de crianças
e adolescentes em programa de acolhimento familiar terá preferência ao seu
acolhimento institucional, inclusive em relação àqueles que já estejam
disponíveis para adoção.

A Promotora de Justiça explica que o programa propicia às crianças e aos
adolescentes acolhimento em ambiente adequado, atendimento individualizado
e preservação dos vínculos comunitários, enquanto se busca sua reintegração
familiar, ou, em caso de impossibilidade, a sua colocação em família substituta.

¿O acolhimento familiar de crianças e adolescentes deve observar as normas e
os   princípios expressos no Estatuto da Criança e do Adolescente, além das
normas correlatas, como parte de uma política pública mais abrangente destinada
à plena efetivação do direito à convivência familiar de todas as crianças e os
adolescentes, cuja implementação pelos municípios é obrigatória, inclusive sob
pena de responsabilidade¿, explica Larissa.

A partir da assinatura do TAC, a Prefeitura tem um ano para estruturar o
programa e fornecer os recursos humanos e materiais mínimos necessários para
viabilizar com eficiência a prestação do serviço. Caso o TAC não seja cumprido,
o município fica sujeito à multa de R$500,00 por dia de descumprimento.

Fontes:
Ministério Público de Santa Catarina










Sexta-feira, 10 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA TELA DA MÃO
APLICATIVO PARA PASSAGEIROS DE ÔNIBUS NA CAPITAL ATINGE
10 MIL DOWNLOADS

O aplicativo para celular desenvolvido especialmente para os passageiros
de ônibus de Florianópolis atingiu a marca de 10 mil downloads desde que
foi lançado, há duas semanas. Além de mostrar os horários, itinerários e
mapas das linhas que circulam na Capital, o App.Fênix é gratuito e está
disponível para Android, iOS e Windows Phone.

A interface simplificada tem sido elogiada pelos usuários, aponta Rodolfo
Guidi, coordenador técnico do Consórcio Fênix. Segundo Guidi, o aplicativo
foi desenhado a partir das estatísticas obtidas no site do Consórcio e por
isso o foco foi tão certeiro. “A simplicidade com que a informação é disposta
e a facilidade ao realizar as pesquisas têm agradado os usuários, assim como
o fato de funcionar mesmo sem conexão com a internet”, explica.

Para garantir o entendimento da maioria dos usuários, a opção foi oferecer
inicialmente um software simplificado e gradativamente implementar novas
ferramentas. “Como lidamos com um volume grande de perfis, é importante não
negligenciar a curva de aprendizado de cada um e focar nas necessidades
primordiais de consulta”, comenta o coordenador técnico. Novas atualizações
serão liberadas conforme evolução do Sistema de Ajuda à Operação (SAO),
previsto no edital de licitação. “Esse progresso gradual do aplicativo
permitirá que os usuários estejam familiarizados com as funções da ferramenta
à medida que outras funcionalidades forem oferecidas”, fin aliza.

As informações para a instalação aplicativo estão no site www.consorciofenix.com.br.

Além disso, QR Codes espalhados nos terminais possibilitam o acesso direto ao
download.










Quinta-feira, 9 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CRISE ATINGE SANTA CATARINA
GOVERNO DE SANTA CATARINA INVESTE MAIS DE R$ 1 MILHÃO PARA OBRAS
SOCIAIS EM JOINVILLE E SÃO FRANCISCO DO SUL

Joinville e São Francisco do Sul vão contar a partir do segundo
semestre com uma nova e moderna estrutura do Centro de Referência
Especializado de Assistência Social (Creas). No mesmo período está
prevista a entrega aos joinvilenses de um Centro de Referência de
Assistência Social (Cras). As três obras somam investimentos de
R$ 1.294.975,72, executados pela Secretaria de Estado da Assistência
Social, Trabalho e Habitação (SST).

Também está prevista a construção de um Creas e um Cras no município
de Garuva totalizando cinco unidades para a região Norte. Depois de
concluídos, serão administrados pelas prefeituras. Os espaços são
voltados ao acolhimento, acompanhamento e serviços socieducativos
juntos às famílias. Também há um serviço especializado em casos de
abandono, violência e exploração infantil ou sexual.

“Esses espaços serão uma oportunidade para as famílias terem acesso
aos direitos socioassistenciais”, ressalta a secretaria de Desenvolvimento
Regional (SDR) de Joinville, Simone Schramm. O Creas de Joinville está
com 75% da obra concluída. Já o Cras, também de Joinville, e o Creas de
São Francisco do Sul avançaram 50%.

O secretário adjunto da Secretaria de Estado da Assistência Social,
Trabalho e Habitação (SST), Arnaldo Zimermann, estive reunido com engenheiros
da SDR Joinville para falar sobre o andamento das obras. “A reunião técnica
discutiu andamento da obra, medições e o acompanhamento com engenheiros”,
comentou o gerente de Infraestrutura da SDR, Fabiano Lopes de Souza.


As obras

Creas Joinville, R$ 457.310,85.
Rua Vereador Alfredo Zimmermann, Itaum;

Creas São Francisco do Sul, R$ 457.310,85
Rua Mario Roberto Robaina, Água Branca;

Creas Garuva, R$ 418.739,82
Rua Afonso Pereira da Rocha, Centro;

Cras Joinville, R$ 380.354,02
Rua das Pitangas, Parque Guarani;

Cras Garuva, R$ 320.844,20
Rua Afonso Pereira Rocha, Centro

Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
SDR-Joinville
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF










Quarta-feira, 8 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FATURAMENTO TEMPERADO
ESPÉCIE DE ALHO  LIVRE DE VÍRUS ELEVA A PRODUTIVIDADE DE
AGRICULTORES CATARINENSES. SEMENTES FORAM PRODUZIDAS PELA
EPAGRI

Sementes de alho livre de vírus produzidas pela Empresa de Pesquisa
Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), empresa
vinculada a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, estão
ampliando a produtividade entre 30% e 40% nas lavouras catarinenses.

O trabalho de pesquisa, que iniciou em 2004, tem ajudado os produtores
a recuperar a competitividade no mercado nacional. Hoje, 67% do alho
consumido no Brasil é importado da China e da Argentina.

O principal vilão dessa história é um complexo de vírus que contamina
a semente e derruba o rendimento das lavouras. Pesquisadores afirmam
que praticamente toda a semente do alho produzido no Brasil foi infectada
por esse complexo viral, em menor ou maior grau, ainda nos primeiros
cultivos realizados por aqui.

A contaminação é provocada por insetos vetores, como pulgões, ácaros e
trips. O alho é uma espécie de propagação vegetativa, ou seja, a semente
utilizada para plantio das lavouras é o próprio bulbilho – dente do alho
– que é colhido e armazenado para uso no ciclo seguinte. Uma única vez
que a planta é infectada no campo, esses vírus se perpetuam nas sementes
ao longo dos ciclos, impedindo que a planta expresse seu verdadeiro potencial
produtivo, explica Renato Vieira, pesquisador da Epagri/Estação Experimental
de Caçador.

O processo de limpeza inicia com a seleção dos melhores bulbos em campo.
Já no laboratório, os bulbilhos são tratados pelo processo de termoterapia.
Na sequência, os pesquisadores retiram células isentas de vírus localizadas
no meristema, um tecido embrionário localizado na base do bulbilho. Nesses
tecidos ainda não existem vasos por onde se movimentam os vírus na planta,
explica Renato.Depois de isoladas, as células são cultivadasin vitro por
cerca de 90 dias até formar pequenos bulbos, que serão multiplicados em
ambientes telados. A última etapa é a multiplicação em grande escala, em
campo. O processo completo leva três anos: um em laboratório, um em ambiente
telado e um no campo. As variedades que foram limpas de vírus são Ito, Caçador
e Quitéria.

“Passamos de uma média de 12t/ha para 15t/ha nas melhores lavouras. Em
alguns lotes, conseguem-se até 18t/ha”, destaca Marco Lucini, extensionista
da Epagri na Gerência Regional de Curitibanos. Mas a produção não aumentou
apenas em quantidade: os agricultores estão colhendo bulbos mais graúdos e
uniformes, que podem ser vendidos por um preço mais alto.

Em cinco anos de produção de sementes descontaminadas na Epagri, já foram
fornecidas cerca de 250 toneladas para produtores de todo o Brasil. Em Santa
Catarina, são aproximadamente mil hectares de lavouras com sementes livres
de vírus. “Praticamente todas as famílias produtoras de Santa Catarina já
têm uma área com alho livre de vírus produzido pela Epagri ou por outras
empresas. Estimamos que o alho da Epagri esteja presente em 50% dessas
propriedades”, destaca o extensionista Marco Lucini.

Mais informações na Epagri/Estação Experimental de Caçador pelo telefone
(49) 3561-2000.

Fontes:
Gisele Dias
Assessoria de imprensa - Epagri
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca










Terça-feira, 7 de julho de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESCAPES CATARINENSES
COMITÊ DE SEGURANÇA PÚBLICA DO GOVERNO DE SANTA CATARINA
DISCUTE IMPLANTAÇÃO DE ÁREAS DE ESPAPE EM RODOVIAS PÚBLICAS

O comitê de segurança pública da Secretaria de Desenvolvimento Regional
(SDR) de Joinville discutiu  áreas de escape em rodovias.

Foram apresentadas as rodovias brasileiras que possuem as rampas utilizadas
para frenagem de caminhões. A BR 376 e a Rodovia Anchieta, no Paraná e em
São Paulo. O investimento em cada uma ultrapassa R$ 1 milhão.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Luiz Kunde, com
assento no comitê, fez uma exposição sobre o assunto. “As áreas de escape
são eficazes e nós deveríamos buscar implantar na Serra Dona Francisca. Se
tem aclive que possa ser feito ou não é uma questão técnica”, disse durante
a apresentação.

Simone Schramm, secretária regional, disse que a SDR fará um encaminhamento
aos órgãos do Governo do Estado para voltar a “estudar a viabilidade dessas
rampas na SC 418”. As curvas da serra possuem 90 graus.

Também foram discutidos outros assuntos sobre a segurança pública, como
efetivo e investimentos. A SDR fez um breve relato das obras em andamento
no Presídio Regional de Joinville. O delegado regional de Polícia Civil,
Dirceu Silveira Junior, preside o comitê. Ricardo Paladino, promotor da
Primeira Promotoria, também participou da reunião.

Fontes:
Ana Paula Keller - Jornalista MTE 5206/SC
Mélani Marisa Schmidt - Jornalista MTE 8924/DF
SDR-Joinville










Segunda-feira, 6 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O FUTURO CHEGOU
ESCOLHA DE PENHA GANHA LOUSAS DIGITAIS EM PROJETO ESPECIAL

O quadro negro e o giz branco serão extintos do Grupo Escola Municipal
Raquel Figueiredo de Assis, na localidade de Morro do Ouro, quando o
Governo Municipal inaugura o projeto "Click para o Futuro", digitalizando
a forma de ensinar na unidade.

É nossa segunda escola a receber a digitalização do ensino e se adequar
às plataformas futuras na forma de lecionar", define o prefeito, Evandro
Eredes dos Navegantes (PSDB). A solenidade faz parte da programação dos
57 anos de Penha.

Segundo o secretário de Educação, Adriano de Souza,o Tibeco, as cinco
salas da unidade ganharam  lousa digital, computador, sistema de sonorização
e ar-condicionado.

Com a instalação das lousas, as cinco salas de estudo não contam mais com
quadro negro e giz. "Agora o professor pode produzir sua aula no laboratório
de informática da escola e apresentar em sala, dinamizando as aulas e
atraindo a atenção dos alunos para o aprendizado. É uma forma de apresentar
fatos atuais e do cotidiano", ressalta o prefeito. O sistema digital das
salas conta ainda com internet.

A primeira escola digital foi instalada no ano passado, na Escola Básica
Municipal João Antônio Pinto, na Olaria. "Foi um projeto piloto e que
apresentou um resultado espetacular. Professores, pais e alunos aprovaram
o projeto após pouco mais de um ano. Agora estamos ampliando essa novidade
até que todas nossas unidades sejam contempladas", finalizou Evandro.

O projeto vai beneficiar diretamente cerca de 340 alunos.

Fontes:
Felipe Franco - Assessor de comunicação e relações públicas (SC03480/JP)
Juvan Neto - Coordenador de mídia (SC01359/JP)










Domingo,5 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DOCE RECORDE
CIDADE DE PIÇARRAS FARÁ CANJICA GIGANTE PARA BATER RECORDE

A Prefeitura Municipal de Balneário Piçarras (SC) vai fazer uma canjica
gigante para bater um recorde brasileiro. A iguaria será apresentada em
11 de julho de 2015 a partir das 14h, durante a 3ª edição da Piçarraiá
que acontece no Ginásio Aurélio Solano de Macedo.

O representante do RankBrasil, Luciano Cadari estará presente na festa
para calcular a quantidade. Conforme os organizadores, o doce – que leva
canjica de milho, água, leite, leite condensado, canela e cravo – deve
pesar aproximadamente 1,2 toneladas.

A enorme receita será preparada na Maior panela do país, que mede 9,24
metros de circunferência, dois metros de altura, pesa aproximadamente 12
mil quilos e tem 7.450 litros de volume total. 

Fontes:
Assessoria de Imprensa
RankBrasil










Sábado, 4 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DE OLHO NO FUTURO
PMDB DE SANTA CATARINA SE ARTICULA PARA 2016

O PMDB reúne os membros diretório estadual, as executivas da JPMDB e
PMDB Mulher e os representantes das bancadas estadual e federal do partido
na manhã da segunda-feira (6), no Hotel Castelmar, em Florianópolis, às
10h em um encontro de organização e validação de ações.

A reunião, convocada pelo presidente em exercício da sigla, Valdir Cobalchini,
terá como pauta a estratégia para o pleito eleitoral de 2016.

De acordo com o presidente, Valdir Cobalchini, o partido precisa se organizar,
se estruturar e se fortalecer antes mesmo do período eleitoral. “Agora é a
hora de filiarmos, de buscarmos nomes para disputar a eleição do próximo ano,
de nos fortalecemos. 2016 será a porta de entrada para voltarmos ao governo em
2018”, comenta.

Além de debater estratégias para as próximas eleições, os membros do diretório
ainda analisarão o desempenho para as câmaras municipais e o fortalecimento dos
 movimentos partidários.

Ainda na segunda-feira, as bancadas federal e estadual se reúnem, em um jantar,
com o vice-governador.

O Diretório -  O diretório estadual do PMDB é composto por 71 nomes, sendo que
seis são ex-presidentes eleitos do partido.

Fontes:
Assessoria de Comunicação
PMDB Santa Catarina
www.pmdb-sc.org.br
Soledad Urrutia
Simone Sartori










Sexta-feira, 3 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA TERRA NATAL
GOVERNADOR DE SANTA CATARINA FAZ MÉDIA COM COMPRA DE HELICÓPTERO PAR REGIÃO DE LAGES

O governador Raimundo Colombo entregou ao Batalhão de Aviação da Polícia
Militar de Santa Catarina, em Lages, um helicóptero para atender ocorrências
policiais, resgatar vítimas nas mais diversas situações de risco e atuar na
fiscalização e no monitoramento ambiental.

O helicóptero atuará inicialmente nos 18 municípios da região serrana.
Colombo também inaugurou a 5ª Companhia de Aviação, sediada no aeroporto do
município e deu posse ao comandante major Luiz Eduardo Ardigó da Silva.

O governador disse que o helicóptero e a instalação da companhia representa
um avanço na área de socorro, reforço e de segurança para Lages e região. “É
um equipamento importante, moderno, eficiente que melhora muito o desempenho
da polícia e oferece uma proteção maior ainda a população. É uma grande
conquista.”

Ele ainda acrescentou que segurança é uma preocupação  grande do Governo do
Estado. "É uma área que não se descuida nunca, porque a todo momento surgem
desafios  e temos que ser eficientes e dar uma resposta positiva."

O helicóptero foi viabilizado por um termo de compromisso entre duas empresas
e a Fundação do Meio Ambiente (Fatma). É a quinta aeronave do Batalhão de
Aviação da Polícia Militar. O custo da aeronave foi de R$ 2,7 milhões. “A
Fatma disponibilizou para a Policia Militar, para junto com a Ambiental
trabalhar em conjunto, fazer as operações nas unidades de conservação do
Estado com responsabilidade da Fatma e nas outras horas atuar no serviço
de policiamento. É o meio ambiente interagindo com as forças de segurança”
, explicou o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick.

O helicóptero conta com espaços para maca, armas e equipamentos de resgates
aquáticos, salvamentos em altura e combate a incêndios. Com autonomia de
combustível para três horas de voo (calcula-se uma hora entre ida e volta
de uma extremidade à outra da região, mais uma hora para atendimento da
ocorrência).

A aeronave será usada em ocorrências como perseguições a veículos em fuga,
fiscalizações ambientais, socorros a vítimas de acidentes e transportes
intra-hospitalares e de tropas especializadas. Os policiais do Pelotão de
Patrulhamento Tático (PPT) de Lages serão treinados para operações aéreas.
Além disso, Lages poderá receber os voos do avião bimotor da PM equipado
com kit aeromédico para o transporte de órgãos e pacientes graves.

Num primeiro momento, o helicóptero irá operar apenas com a luz do dia, de
segunda a segunda, até que os quatro oficiais pilotos e os nove tripulantes
multimissão que irão compor a 5ª Cia de Aviação tenham pleno conhecimento da
geografia e da meteorologia da região, garantindo, assim, total segurança.
Havendo a necessidade de operações noturnas, os helicópteros lotados em
Florianópolis e Joinville, que contam com faróis específicos, poderão ser
acionados e deslocados conforme solicitação até Lages.

O helicóptero ficará em um hangar locado no aeroporto de Lages. A proposta
do Governo do Estado, porém, é construir um espaço próprio para realizar na
companhia as manutenções da aeronave. Os reparos por enquanto precisarão ser
feitos em grandes centros do país.

O secretário da Segurança Pública, César Augusto Grubba, destacou que o
helicóptero  vai auxiliar nos trabalho das polícias Militar e Ambiental,
fazendo a diferença nos atendimentos. “ O tempo resposta de um helicóptero
em ocorrências é rápido e momentâneo. Isso pode ajudar a salvar muitas
vidas.”

O major Luiz Eduardo, que tomou posse nesta sexta, salientou que a Companhia
e o helicóptero vêm para potencializar e ajudar os serviços de Segurança
Pública. Ter um helicóptero da Polícia Militar é um privilégio para poucas
regiões do Brasil. Santa Catarina é referência no país. Não é temporário.
Nós viemos para ficar em definitivo em Lages”, diz o comandante da 5ª Companhia
de Aviação.

Fontes:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom










Quinta-feira, 2 de julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ACORDO DE PAZ
EM DOIS ANOS DE ATIVIDADE, DEFENSORIA PÚBLICA CELEBROU 1.710 ACORDOS EXTRAJUDICIAIS

A Defensoria Púbica de Santa Catarina (DPSC) celebrou 1.710 acordos
extrajudiciais em dois anos de existência. “Centenas de processos foram
evitados, processos que abarrotariam ainda mais o Judiciário”, declarou
João Joffily Coutinho, presidente da Associação dos Defensores Públicos
do Estado (Adepesc), durante audiência pública da Comissão de Direitos
Humanos (CDH), realizada na noite de quinta-feira (28), no Plenarinho
Deputado Paulo Stuart Wright da Assembleia Legislativa.

Além disso, os defensores realizaram no período 44.122 atendimentos,
27.448 audiências, 109.779 atos e petições ajuizadas ou respondidas,
totalizando mais de 180 mil intervenções nesses dois anos. Os primeiros
50 defensores foram empossados em abril de 2013 e atualmente a instituição
conta com 120 advogados públicos.

“Vejo os defensores indo para reuniões de conselhos municipais, a
Defensoria Pública veio e tem de continuar”, declarou Luciane Carminatti
(PT), propositora da audiência pública. A deputada elogiou o esforço
pessoal dos advogados e servidores da Defensoria Pública para garantir
o acesso à Justiça aos hipossuficientes, mulheres vítimas de violência,
crianças, idosos e pessoas com deficiência. “Nossa meta para 2022 é ter
defensores em todas as comarcas do estado”, anunciou Carminatti.

Mariana Zamprogna, representante da Defensoria Pública da União, parabenizou
o órgão estadual. “Trabalhamos junto na construção da defensoria de Santa
Catarina, o estado demorou para criar, mas hoje é para comemorar o número
expressivo de defensores e servidores de apoio”, avaliou Zamprogna, que
destacou a dificuldade inicial no relacionamento com o Judiciário.

Angela Maria Konrath, representante do movimento Juízes para a Democracia,
ressaltou o papel social da defensoria e reconheceu que o Judiciário é um “
poder elitizado, que não compreende muito bem as carências da população”.










Quarta-feira, 1 de Julho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESPORTE ESPECIAL
SPORT CLUB LITORAL FIRMA PARCERIA PARA DESTINAR RECURSOS à APAE
DE PENHA

A nova agremiação do esporte profissional formada em Penha confirmou a
intenção de implantar uma parceria com a Escola Especial da Apae visando
o apoio à instituição.

Em reunião promovida  na Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS),
o Sport Club Litoral reuniu-se com a diretoria da Apae para deliberar esse
assunto e confirmar a implantação de um projeto social visando a formação
de uma escolinha esportiva na escola e também a destinação de 10% da
arrecadação de futuros jogos da equipe.

A reunião entre os dirigentes Adriano Cipriano, presidente do clube, Neto
Custódio, diretor executivo e o já confirmado diretor de futebol Renê Freitas
Marques, ocorreu na presença da secretária Oraci Maria de Souza, a Ori, e
também do presidente interino da Apae, Everaldo Dal Posso, o Italiano, e da
diretora da escola, professora Emídia Graboski, entre outras autoridades. A
intermediação foi do vereador Jefferson Custódio (PSDB), que está apoiando
a consolidação do clube esportivo na cidade e é seu diretor de marketing. O
assessor técnico do Sport Club, Carlos Augusto Homerich, também estava
presente. 

De acordo com os dirigentes, a intenção é estabelecer a parceria para dar um
aporte financeiro que ajude o custeio da Apae, e também colocar a Escola
Especial em evidência. O clube começa em agosto a disputar a Terceira Divisão
do Campeonato Catarinense. “Somos o primeiro clube profissional dessa nossa
região, abrangendo Penha, Balneário Piçarras e Barra Velha, nascido e com sede
em Penha”, frisa.

Na mesma reunião, o vereador Jefferson apresentou Carlos Hommerich, que também
é técnico administrativo do SESC em Penha, e integrará o Sport Clube Litoral.
Carlos destacou que o SESC será parceiro das iniciativas sociais da nova equipe
, inclusive visando uma futura escolinha de futebol na Apae, ou a vinculação
entre a Apae e o SESC.

A diretora Emídia Graboski agradeceu o carinho da lembrança e valorização da
Apae, e frisou que tanto ela como Italiano avaliaram positivamente as intenções
do clube esportivo. Agora, a diretoria e a federação da entidade serão
consultadas sobre esse apoio. Italiano frisou que “o projeto tem tudo para dar
certo”.

O Sport Club Litoral é o mais novo time profissional de futebol catarinense e
mantém parceria com a Fundação Municipal de Esportes de Penha (FME). Já fez sua
primeira seletiva de jogadores para as categorias de base, com cerca de 70
atletas da região no Estádio do Beira Mar, em Armação do Itapocorói.

"Com a criação desse clube empresa, os garotos da nossa região poderão dar
continuidade ao sonho de serem jogadores profissionais. Hoje, chega um momento
na vida deles onde as oportunidades se encerram e o Sport Club Litoral vem para
manter o sonho vivo", segundo define o superintendente da FME e também coordenador
técnico da base do time, Luizinho Américo. O presidente Adriano Cipriano enfatiza
que principais objetivos da equipe ao longo dos próximos cinco anos é buscar seu
acesso à série B do Catarinense.

Fontes:
Felipe Franco - Asssessor de comunicação e relações públicas (SC03480/JP)
Juvan Neto - Coordenador de mídia (SC01359/JP)
Emídia Graboski - Diretora da Apae de Penha
Jefferson Custódio - Diretor de Marketing do clube










Terça-feira, 30 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA MESMA MOEDA
JUSTIÇA DE SANTA CATARINA MANTÉM CONDENAÇÃO DE HOMEM QUE
PAGAVA R$ 1 PARA CRIANÇA NÃO REVELAR ABUSOS SEXUAIS

A 3ª Câmara Criminal do TJ manteve sentença que condenou um homem à pena de
seis anos de reclusão, por abuso sexual contra criança de oito anos.

O réu pretendia a absolvição ao argumento de que as provas no caso são
insuficientes para a caracterização de crime tão sério. A câmara, todavia,
entendeu que a culpa do apelante está bem demonstrada no inquérito policial,
 no relatório psicossocial e nas declarações da vítima e de testemunhas.

"Nos crimes sexuais, a ausência de sequelas físicas, em muitos casos, é [...]
a regra geral", sublinhou o desembargador Ernani Guetten de Almeida, relator
da matéria, ao se referir ao peso que ganham, nessas circunstâncias, as demais
provas constantes nos autos, sempre em consonância com os dizeres da criança
atacada. Apesar da pouca idade, a vítima narrou com firmeza e coerência o abuso
sexual sofrido. Segundo a acusação, a criança seguia ao mercado próximo de casa
a pedido de sua avó, quando o apelante a chamou, a levou até um quarto e lhe
ofereceu R$ 1 em troca de práticas sexuais, com a ameaça de "processá-la" caso
não o atendesse.

Um amigo do recorrente chegou a ver a menina saindo da casa, mas não se
manifestou. Os psicólogos atestaram o sofrimento da criança, inclusive abalos
de toda sorte; apesar de constrangida em narrar o abuso sofrido, a vítima
esclareceu em juízo todo o modus operandi empreendido pelo apelante.

A decisão de manter a condenação foi unânime.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e Sandra de Araujo











Segunda-feira, 29 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A SOLUÇÃO DO PROBLEMA
ESPECIALISAS DEBATEM SOBRE SITUAÇÃO DO SAMU E POSSÍVEIS SOLUÇÕES

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa promoveu  um debate sobre a
realidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), as dificuldades
enfrentadas e rumos possíveis para a melhoria do serviço e a redução do custo.

O médico Cesar Augusto Soares Nitschke, um dos criadores do Samu catarinense
e especialista na área, foi convidado a palestrar sobre o modelo e apontar
soluções.

Nitschke explicou que o modelo de Samu catarinense, que ajudou a implantar e
coordenou nos primeiros anos, foi copiado do modelo francês. “O Samu é um
serviço de saúde que integra a rede de atenção às urgências, não é um serviço
de segurança”, esclareceu o médico logo no início da palestra.

Conforme os dados divulgados pelo palestrante, em 2011 o serviço custou para
o Estado R$ 36 milhões. Após a terceirização para uma Organização Social (OS)
, a SPDM, o custo do Samu saltou para R$ 113 milhões em 2014, com a mesma
estrutura. “Apesar do alto volume de recursos, são constantes os atrasos nos
pagamentos e as greves”, apontou. Com a terceirização, a capacitação inicial
e permanente dos profissionais foi abandonada e houve uma divisão entre o
papel do estado e dos municípios, cabendo a esses últimos a gestão das unidades
móveis básicas.

Nitschke detalhou em sua exposição problemas de gestão, de qualidade técnica
do serviço e de custeio e apontou como alternativa a adoção de um modelo de
gestão por consórcio público de saúde. O governo do Estado chegou a assinar
um protocolo de intenções para criação do consórcio em 2011, mas esse protocolo
 foi abandonado e o serviço acabou sendo terceirizado.

Entre outras vantagens do modelo de consórcio, o médico apontou a centralização
do gerenciamento administrativo e financeiro. Segundo ele, em Minas Gerais, onde
o modelo foi implantado, o Samu é referência para todo o Brasil. O modelo
possibilitou a implantação de chefias macrorregionais, transparência nas planilhas
de custo, reuniões colegiadas e melhoria da qualidade técnica. Outra vantagem desse
modelo é que o Ministério da Saúde pode repassar recursos diretamente para o
consórcio, diminuindo a participação do Estado. Nietschke calculou que o Samu
catarinense custaria para o Estado, nesse modelo, R$ 75 milhões anuais.

Encaminhamentos
O deputado Fernando Coruja (PMDB) sugeriu à presidente da Comissão de Saúde,
deputada Ana Paula Lima (PT), o envio de um pedido de informação ao governo do
Estado para confrontar os dados apresentados e esclarecer custos. A sugestão foi
acatada pela presidente, que acrescentou o envio de solicitação ao Tribunal de
Contas do Estado (TCE) para que realize uma tomada de contas do contrato entre
a Secretaria de Saúde e a SPDM. Outro encaminhamento será feito ao Ministério
Público Federal para que analise o contrato. O procurador regional dos Direitos
do Cidadão do MPF em Santa Catarina, Maurício Pessutto, participou da audiência.

Fontes:
Lisandrea Costa
Agência AL








Domingo, 28 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MUITOS DIGITOS
CASAN CONFIRMA QUE VAI INVESTIR R$ 1,8 BILHÃO EM SANEAMENTO
BÁSICO ATÉ O ANO DE 2018

A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) planeja investir
R$ 1,7 bilhão em projetos de saneamento básico e abastecimento de água
entre 2015 e 2018, beneficiando cerca de 963 mil pessoas.

O plano de ação referente ao período foi apresentado pelo presidente da
empresa, Valter Gallina, à Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia
Legislativa, em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (3).

A meta da Casan é colocar Santa Catarina entre os cinco primeiros estados
brasileiros no ranking de cobertura de esgotamento sanitário até 2018. Hoje,
segundo dados do Instituto Trata Brasil, ocupa a 18ª posição. De acordo com
o plano, os 200 municípios operados pela companhia contam com cobertura de
19,6%. O objetivo é chegar a 47,6% nos próximos anos, com ações previstas
em 31 municípios. "As obras de saneamento dão transtorno na hora da execução,
mas representam saúde e qualidade de vida para a população atendida. A cada
um real investido na área, cinco reais são poupados em saúde pública", destacou
Gallina.

Os recursos nacionais foram garantidos junto ao governo federal, por meio do
Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Já os internacionais foram obtidos
por financiamentos da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e da
Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

Conforme o presidente da Casan, há também um projeto de financiamento de mais
de R$ 300 milhões em discussão com o banco alemão KFW. A intenção é investir
em sistema de esgoto nos 80 municípios do estado com até 17 mil habitantes
vinculados à companhia.  "Planejamos ir a Frankfurt com o governador em setembro
ou outubro para buscarmos esses recursos. Se der certo, seremos o segundo estado
 brasileiro em saneamento básico, teremos uma cobertura de, aproximadamente, 60%.
Parecia ser um sonho inatingível, mas, em um futuro breve, queremos torná-lo
realidade."

Na avaliação do gerente de Construção da Casan, Fábio Krieger, a empresa tem
outros desafios. Dentre eles, o cumprimento das metas dos Contratos de Programa,
a compatibilização dos projetos de engenharia com as necessidades operacionais,
as exigências políticas dos municípios, a titularidade de áreas e as licenças
ambientais e administrativas para a execução das obras.

De acordo com o plano da Casan, as obras em andamento e em contratação no estado
somam mais de R$ 1 bilhão em investimentos. As que estão em fase de projeto
totalizam R$ 413 milhões.










Sábado, 27 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ANDARILHO DO MAL
POLÍCIA MILITAR PRENDE ANDARILHO EM ASCURRA. ELE ERA PROCURADO POR HOMICÍDIO, FURTO E LESÃO CORPORAL EM RIO DO SUL

Os policiais militares da cidade Ascurra, município operacionalmente
subordinado ao 10º Batalhão de Polícia Militar (10ºBPM), foram deslocados
para atendimento de uma ocorrência de vias de fato na entrada da rua do
Ribeirão Santa Barbara.

Chegando ao local foi verificado que havia um casal de andarilhos, que foram
devidamente abordados e identificados pelos militares. Após consulta no sistema,
verificou-se que o homem de 32 anos estava foragido do Presídio Regional de Rio
do Sul pelos artigos 155 (furto), 129 (lesão corporal) e 121 (homicídio), do
Código Penal.

O acusado foi encaminhado a Delegacia de Policia Civil de Ascurra para os devidos
processos legais.

Fontes:
Sda. Adriana Fernanda Beltrame
3º sargento Jacinto Dias de Oliveira - Comandante do Grupamento de Rodeio/10ºBPM










Sexta-feira, 26 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PORTOS MODERNOS
MINISTRA DA AGRICULTURA GARANTE QUE PORTOS CATARINENSES TERÃO
TECNOLOGIA DE LACRES ELETRÔNICOS PARA CONTEINÊRS

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, adiantou ao vice-governador
Eduardo Moreira e ao secretário da Agricultura e da Pesca, Moacir
Sopelsa, durante a abertura da 83ª Assembleia Mundial da Organização
Mundial de Saúde Animal (OIE), em Paris (França), que o Brasil terá o
sistema de lacre eletrônico para containers de frigoríficos plenamente
implantado até o final deste ano.

O procedimento dará agilidade e competitividade às empresas exportadoras
de carnes de origem bovina, suína e de aves.

O programa Canal Azul do Ministério da Agricultura - hoje em teste em
dez empresas - permitirá o carregamento e fiscalização dos containers
somente nas indústrias do setor, onde será aplicado um lacre eletrônico.

Assim, as informações chegarão com muita antecedência aos portos e evitará
uma nova abertura dos containers, que atrasa a liberação dos produtos em
até três dias como ocorre hoje, disse a ministra.

Na reunião da OIE Santa Catarina receberá a certificação internacional
de zona livre de peste suína clássica. O Estado está se preparando para
receber o documento da OIE há dez anos. SC é o maior produtor e exportador
nacional de carne suína. São dez mil propriedades rurais - que, em 2013,
conforme a Associação Catarinense de Criadores de Suínos, geraram 65 mil
empregos diretos em 140 mil indiretos - integradas às 159 agroindústrias
estabelecidas no Estado. A produção anual de carne suína gira em torno de
850 mil toneladas.“Esse evento reflete as desigualdades do mundo e as
discussões para elevarmos os padrões sanitários em todos os países,
inclusive os menos desenvolvidos. Santa Catarina ocupa um lugar de destaque
porque enfrentamos a doença há décadas, e isso se reflete nas premiações
que temos recebido”, declarou Eduardo Moreira.

“Somos um estado diferenciado: primeiro conseguimos a certificação de estado
livre de febre aftosa sem vacina e, agora, o status de livre de peste suína
clássica”, enfatizou o secretário Sopelsa. Também participaram da abertura
do evento diretores da Cidasc e deputados.

Fontes:
Vitor Hugo Louzado - Assessoria de Imprensa
Gabiente do vice-governador
Ana Ceron - Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca










Quinta-feira, 25 de junho de 2015



N0TÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NÃO VIU, DANÇOU

SANTA CATARINA TEM 71 GRUPOS PARA MAIS UMA EDIÇÃO DO FAMOSO
FESTIVAL DE DANÇA

A programação do 33º Festival de Dança de Joinville, que será realizado
de 22 de julho a 1º de agosto, terá a participação de companhias, grupos
, jurados, professores e cursistas de todas as regiões do Brasil e de
países como Argentina, Paraguai, Suíça, Rússia e Itália. De Santa Catarina
, estão confirmadas as participações de 71 grupos. Eles apresentarão 198
coreografias na Mostra Competitiva, Meia Ponta e Palcos Abertos; além dos
professores Denys Nevidomyy, da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, e
Maycon Santos e Magno Schlickmann, do estúdio de dança Dois pra Lá, Dois
pra Cá, que integram o grupo de 30 profissionais, responsável por ministrar
os 63 cursos e oficinas da programação deste ano, que também já conta com
mais de 90 cursistas catarinenses inscritos. Outros destaques catarinenses
são o grupo Maniacs Crew, com a estreia do espetáculo “Poppins”, na Estímulo
Mostra de Dança (26/7); e a Escola do Teatro Bolshoi, que neste ano completa
15 anos de atividade e apresenta o balé “O Quebra-Nozes” na Noite de Abertura
(22/7).

Entre as novidades da programação deste ano está a volta da Mostra
Contemporânea de Dança, trazendo espetáculos de grande sucesso de duas
importantes companhias de dança brasileiras: Grupo de Dança Primeiro Ato,
de Belo Horizonte (23/7), e Companhia Urbana de Dança, do Rio de Janeiro
(28/7); e a Evolution Dance Theater, companhia de dança italiana, que
apresenta o espetáculo “Firefly”, na Noite de Gala (27/7), no palco
principal do Centreventos Cau Hansen, complexo que concentra grande parte
da programação do evento.

A grade de programação das oito noites de Mostra Competitiva, três tardes
do festival Meia Ponta e os dez dias de programação dos Palcos Abertos, vai
reunir este ano 404 grupos, sendo 400 brasileiros, vindos de 21 estados
diferentes, e quatro de outros países: Argentina, Paraguai, Suíça e Rússia;
que apresentarão 1.138 diferentes coreografias.

Nos Palcos Abertos, a intensa agenda de espetáculos é dividida em dois
formatos: apresentações gratuitas em palcos instalados na Feira da Sapatilha
, Garten Shopping, Shopping Cidade das Flores, Shopping Mueller e praça Nereu
Ramos; e noites especiais de dança promovidas em teatros de cidades próximas
a Joinville, como Blumenau, Jaraguá do Sul, Pomerode e São Francisco do Sul.

Na Feira da Sapatilha, a novidade é a ampliação em cerca de 10% da área de
comercialização dos estandes e a instalação de uma tenda na área externa
frontal do Expocentro Edmundo Doubrawa, onde será montado o palco que recebe
as apresentações dos grupos e escolas participantes da mostra Palcos Abertos.

Na programação paralela ao Festival, o destaque está no novo evento Desafio
Cidade que Dança, um concurso anual de dança de salão em que as duplas serão
formadas por pessoas de destaque na sociedade joinvilense que dançarão com
profissionais da dança. O projeto é uma realização do Studio de Dança Dois
pra Lá, Dois pra Cá em parceria com a Sociedade Harmonia-Lyra e com o apoio
do Instituto Festival de Dança de Joinville.

Fontes:
Festival de Dança de Joinville
Assessoria de Imprensa
Iraci Seefeldt
Rosana Ritta










Quarta-feira, 24 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NAS MÃOS DO POVO
JUSTIÇA DETERMINA QUE CASO DE ACIDENTE DE TRÂNSITO SEJA JULGADO
POR JÚRI POPULAR

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) negou o recurso de defesa
do empresário Aroldo Carvalho Cruz Maia e confirmou o julgamento do réu
por júri popular.

A sentença atende pedido do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em
razão de duas mortes decorrentes de um acidente de trânsito ocorrido no ano
de 2002, na avenida Beira-mar Norte, em Florianópolis.

Segundo apurado, o empresário dirigia acima de 110 km/h e acertou a traseira
do veículo conduzido por Rafael de Lucca Geraldo. O impacto fez com que o
veículo conduzido pela vítima se chocasse em um poste, causando a morte de
Rafael e do passageiro Vitor Hugo Marins Filho. Na ocasião, o veículo do réu
também perdeu o controle e acertou outro veículo, no qual estava Marcos
Conceição Dutra. O choque resultou em graves lesões corporais em Marcos.

O empresário foi denunciado pela Promotoria de Justiça com atuação no Júri
da Capital por dois homicídios dolosos e por ter ofendido a integridade
corporal de uma pessoa, conforme disposto nos artigos 121 e 129 do Código
Penal. O Poder Judiciário acatou a denúncia do Ministério Público para
julgamento pelo Tribunal do Júri.

Inconformado, o réu entrou com recurso para reverter a sentença de lesão
grave para leve e desqualificar o homicídio doloso para culposo. Caso os
pedidos fossem aceitos, Aroldo não seria julgado em júri popular. No entanto
, a Justiça não atendeu o pedido devido aos indícios de que o réu estava em
alta velocidade e de que apresentava sinais de embriaguez no momento do
acidente.










Terça-feira, 23 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SOB CONTROLE
MINISTÉRIO PÚBLICO DE SANTA CATARINA RECEBE CONSELHEIRO NACIONAL DA ENTIDADE PARA DEBATER CONTROLE EXTERNO DAS ATIVIDADES POLÍTICAS

O Conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Alexandre
Berzosa Saliba, e o Membro Auxiliar do CNMP, Soel Arpini, estiveram no
Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) para debater com os promotores
o Controle Externo da Atividade Policial. Além do encontro com os membros
do MPSC, o Conselheiro também conheceu a estrutura do Ministério Público
no Estado e conversou sobre o tema com a cúpula da segurança pública em
Santa Catarina e representantes da Administração Superior do MPSC.

Na tarde ocorreu a Reunião Técnica sobre o Controle Externo da Atividade
Policial para tratar de mortes ocorridas durante  operações policiais e
o exercício do controle externo da atividade policial.

Na abertura da reunião, o Procurador-Geral de Justiça, Sandro José Neis,
comentou sobre a importância do debate para aprimorar a atuação do MPSC
na área. "Não me agrada a ideia de que essa atuação seja feita pela via
do confronto, com desnecessária exposição dos colegas na delegacia sem
que a informação recolhida se transforme em um conhecimento prático para
o cumprimento de nossas funções", expôs o Procurador-Geral. Sandro Neis
enalteceu a iniciativa e a presença do Conselheiro Alexandre Saliba para
uma reunião de trabalho, com diálogo franco e debate transparente.

Temos um MP jovem de espírito e disposto ao diálogo, disse Neis.

Na palestra "O Ministério Público no enfrentamento à morte decorrente de
intervenção policial", foram apresentados maus e bons exemplos de atuação
do MP e da Polícia, além de dados sobre o tema. Soel Arpini comentou,
também, sobre o número, que considera assustador, de inquéritos arquivados
por falta de provas. Esse foi um dos pontos destacados pelo debatedor, ao
afirmar a necessidade de o Ministério Público garantir que a instrução do
processo trate corretamente a realidade dos fatos. Ainda sobre o assunto,
Alexandre Saliba falou sobre diversos pontos que estão sendo debatidos no
CNMP, como, por exemplo, deve ser feito o comunicado da polícia ao MP quando
ocorrer morte envolvendo policial, seja vítima, seja autor.

Na palestra "Exercício do Controle Externo da Atividade Policial - Novas
diretrizes do Conselho Nacional do Ministério Público", os Promotores
aproveitaram a presença dos Conselheiros para tirar dúvidas sobre as visitas
técnicas às delegacias de polícia e os relatórios desses trabalhos.










Segunda-feira, 22 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ARMADOS ATÉ OS DENTES
CATARINENSE DISCUTEM PROJETO QUE REVOGA O ESTATUTO DO DESARMAMENTO


Está marcada para esta segunda-feira, dia 22 de junho, audiência pública
na Câmara de Vereadores de Blumenau para discutir com a comunidade um
projeto que substitui o Estatuto do Desarmamento por normas mais razoáveis
para a compra, posse e porte de armas de fogo no Brasil.

A proposta é de autoria do deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB
/SC) e tramita em Comissão Especial. Além dos debates realizados em Brasília
, alguns estados foram selecionados para sediar audiências públicas e
contribuir com sugestões ao parecer do deputado Laudívio Carvalho (PMDB/MG)
, relator do projeto. Em Santa Catarina, a cidade de Blumenau foi escolhida
para ser palco deste evento, muito por causa da tradição cultivada nos clubes
de tiro. A arma de fogo como instrumento de defesa está inserida na nossa
cultura, e precisa ser respeitada, explicou Peninha.

Além do autor e do relator do PL 3722/12, outros deputados federais viajarão
a Blumenau para participar do debate – Jair Bolsonaro (PP/RJ), Pompeo de
Mattos (PDT/RS), Guilherme Mussi (PP/SP), Marcos Montes (PSD/MG) e Eduardo
Bolsonaro (PSC/SP) já confirmaram presença. O encontro começará às 10h e
será aberto ao público, que poderá se manifestar com perguntas, críticas e
sugestões ao projeto no final da audiência. Eu já disse várias vezes que
sou contrário ao Estatuto do Desarmamento e vou aproveitar este encontro em
Santa Catarina para ratificar: a política de segurança pública adotada pelo
governo é equivocada, de caráter nitidamente ditatorial. Em nenhum lugar do
mundo isso deu certo, por que daria no Brasil?, questionou Jair Bolsonaro.

O cronograma de trabalhos aprovado na Comissão Especial reserva o primeiro
semestre de 2015 para ouvir especialistas, entes políticos e a sociedade,
por meio de audiências públicas. Ao término do ciclo de debates, o relator
trabalhará em seu parecer, que deve ser apresentado no mês de agosto.

Muitos perguntam qual será meu voto, e eu respondo com sinceridade: meu
relatório, quem fará é o povo. Se a população achar por bem manter o Estatuto
do Desarmamento como está, a decisão será acatada. Se a sociedade se manifestar
pela revogação, este será meu caminho, ponderou Laudívio.

 

Entenda o projeto

1.       O que é o PL 3722/2012?
É um Projeto de Lei que estabelece novas regras para a compra, posse, porte
e circulação de armas de fogo no Brasil.


2.       O PL revoga o Estatuto do Desarmamento?
Sim. O artigo 78 do projeto revoga a Lei nº 10.826/2003, conhecida como
Estatuto do Desarmamento. No entanto, revogar uma lei não significa deixar
um tema sem regulamentação. O PL dá novas normas para armas de fogo e munições
no Brasil.
 

3.       Ele libera totalmente a posse e o porte de armas?
Não. Embora o projeto modifique a legislação atual, o controle ainda é previsto.
Hoje em dia, possuir uma arma é proibido, com exceções. O PL 3722 elimina essa
regra proibitiva e garante o direito à defesa, com critérios bem definidos.


4.       Quais serão os critérios para a aquisição de uma arma?
Segundo o PL, a pessoa precisa ter no mínimo 21 anos (atualmente a idade mínima
é de 25); comprovar residência e empregos fixos; não possuir antecedentes
criminais; não estar sendo investigado em inquérito policial por crime contra
a vida; ter sido aprovado no curso de manuseio de armas e tiro, e comprovar sua
sanidade mental.
 

5.       Atualmente o interessado precisa passar pelo crivo da Polícia Federal.
Isso. continua?
Não. Nos moldes atuais, o cidadão precisa pagar caras taxas, cumprir uma série
de requisitos e, depois disso, comprovar a efetiva necessidade da arma para a
Polícia Federal – e é aí que geralmente o processo emperra. O PL 3722 tira a PF
do processo.


6.       O registro de armas precisa ser renovado?
Não. O registro volta a ser permanente.


7.       Como a população pode ajudar a aprovar o projeto?
A Câmara dos Deputados disponibiliza uma linha para a sociedade se manifestar
sobre proposições em tramitação. O cidadão deve ligar para o número 0800 619
619 e pedir a aprovação do Projeto de Lei 3722/12, de autoria do deputado Peninha.
A ligação é gratuita e pode ser feita, inclusive, de telefones públicos. Ligações
de celulares não são aceitas. Mensalmente, os deputados recebem uma lista com os
projetos mais solicitados e tomam isso também como critério para definir a pauta
de votações.

Fontes:
Deputado Federal Peninha (PMDB/SC)
Rafael Pezenti - Assessor de Imprensa









Domingo, 21 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

GELADA
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE SANTA CATARINA PROPÕE O CONGELAMENTO
DO REPASSE ANUAL DOS PODERES

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gelson Merisio (PSD),
vai propor emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para congelar
o duodécimo (valor anual repassado pelo Executivo) dos poderes e da
Udesc pelos próximos quatro anos. Em entrevista coletiva concedida ,
 Merisio esclareceu que não ocorrerá corte de recursos, mas também não
haverá ganho real, apenas a reposição inflacionária do período. A emenda
estabelecerá como parâmetro os valores repassados pelo Executivo em 2014.

O duodécimo dos poderes cresceu acima da inflação nos últimos anos, em
função do aumento da arrecadação. “Precisamos agora dar a nossa contribuição.
É um momento em que todo o Estado brasileiro passa por ajustes”, argumentou
Merisio. O presidente disse que conta com o apoio dos líderes e está
conversando com os chefes dos outros poderes sobre a proposta.

De modo geral, existe a compreensão de que o ajuste é necessário.
Independentemente de consenso, a aprovação da LDO é uma prerrogativa do
Legislativo.”

Entre os estados do Sul e do Sudeste, Santa Catarina é o que repassa o maior
valor percentual da Receita Líquida Disponível (RLD) para Tribunal de Justiça
(9,31%), Tribunal de Contas (1,66%), Ministério Público (3,91%) e Assembleia
Legislativa (4,51%). Esses repassem totalizam 19,4% de uma receita total
estimada em R$ 24,8 bilhões para 2015.

No modelo atual, quando há aumento mensal de arrecadação, os valores são
automaticamente corrigidos pelo cálculo percentual. Pela nova proposta, os
valores passam a ser fixos e a sobra de arrecadação, se houver, poderá ser
destinada pelo Executivo ao custeio de outras ações. O congelamento de repasses
atingiria também a Udesc, que recebe 2,49% da RLD.

Fontes:
Lisandrea Costa
Assembléia Legislativa de santa Catarina
Edção e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Sábado, 20 de junho de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CRIOULO AMEAÇADO
REALIZAÇÃO DE RODEIO CRIOULO NACIONAL ESTÁ AMEAÇADA POR
IMPASSE ENTRE ORGANIZADORES E PREFEITURA DE JOINVILLE

A Câmara de Vereadores de Joinville concedeu à organização do Rodeio Crioulo
Nacional um espaço na sessão ordinária para falar sobre o impasse que pode
cancelar o evento neste ano. A presidência do órgão legislativo elaborou uma
moção de apoio à realização da 39ª edição da festa tradicional na cidade,
programada para os dias 19, 20 e 21 de junho.

Durante dez minutos, o coordenador do rodeio, Ciro Harger, usará a tribuna
para esclarecer à população a respeito da dificuldade em conseguir alvará
de funcionamento junto à Secretaria do Meio Ambiente de Joinville (Sema).

A Sema efetuou uma vistoria no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Chaparral
e emitiu parecer alegando que a propriedade desrespeita a Lei de Uso e
Ocupação de Solo.

O que eles afirmam ser um rio, trata-se de uma vala de drenagem, construída
para escoar a água das chuvas e evitar alagamentos nas nossas terras e nas
casas de mais de 30 famílias da região. Por que depois de quase 40 anos a
prefeitura resolver discutir isso?”, questiona Harger. De acordo com Ciro,
foi contratada uma empresa especializada no segmento de engenharia ambiental.
Segundo ele, o laudo é contrário ao posicionamento do Município.

O evento é um dos cinco maiores do gênero no Brasil, preparado para receber
mais de 50 mil pessoas. Em média, cerca de 700 empregos diretos são gerados
nos três dias de rodeio. No ano passado, a festa recebeu 40 mil visitantes,
três mil competidores e 2,5 mil animais. Cerca de 10 mil pessoas vindas dos
estados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo e até comitivas
de outros países acamparam no local.

Fontes:
Glaene Vargas
Jornalista MTB/SC 3035










Sexta-feira, 19 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NADA CONTRA A MORAL
VÍTIMA DE GOLPE FINANCEIRO CONHECIDO POR PIRÂMIDE NÃO TEM
JUZ A INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS, SEGUNDO JUSTIÇA CATARINENSE

A 4ª Câmara de Direito Civil manteve integralmente sentença que não reconheceu
direito a indenização por danos morais, pleiteados por um investidor da denominada
pirâmide financeira e rejeitou o recurso do autor.

A vítima, no apelo, alegou que o juiz rescindiu o contrato firmado com a empresa
e condenou a requerida à restituição de valores, mas deixou de fixar um valor a
título de danos morais, por entender que mera alegação de ter sido ludibriado não
é suficiente para provar o abalo, o que não estaria correto.

O autor insistiu na tese e acrescentou que não se trataria de mera nulidade
contratual, que gera apenas um desgosto qualquer. Para ele, diz respeito à
frustração da expectativa de transformação de uma vida, o que configuraria,
com certeza, abalo único no ânimo de quem não alcança o que foi prometido.

O desembargador Mariano do Nascimento, relator do recurso, não vislumbrou abalo
anímico no caso do autor. O magistrado ponderou que as circunstâncias fáticas
que constam nos autos não levam a crer que houve agressão à honra e à dignidade
[do apelante, mas] mero dissabor que não enseja a obrigação de indenizar.

A câmara concluiu que o recorrente experimentou inúmeros transtornos desde o
momento em que percebeu que o negócio firmado não lhe era vantajoso. Embora,
à unanimidade, os integrantes concordassem que todos os fatos narrados tenham
gerado desconforto, incômodo, o relator acrescentou: "mas repito, não com carga
suficiente a ponto de ensejar o pagamento de indenização por dano moral

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e Sandra de Araujo










Quinta-feira, 18 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TELA DE SUCESSOS
ESTADO DE SANTA CATARINA É PIONEIRA EM VIDEOAUDIÊNCIA JUDICIAL

O Governo do Estado e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina deram
um passo importante na modernização do sistema de Justiça e Segurança
Pública com a inauguração pela Secretaria de Estado da Justiça e
Cidadania da primeira sala de  videoaudiência do Estado.

A unidade fará a interligação entre o Presídio do Complexo Penitenciário
de Itajaí, em Canhanduba, e a 1ª Vara Criminal da Comarca de Itajaí. A
sala foi ativada, nesta terça-feira, dia 30, pelo governador Raimundo
Colombo, pela secretária da Justiça e Cidadania, Ada De Luca, e pelo
presidente do TJ, desembargador Nelson Schaefer Martins.

A nova tecnologia evitará a necessidade de deslocamento dos detentos
desde o presídio até a autoridade judicial no Fórum, o que exige muitas
vezes logística de alta complexidade. Além disso, tem outros aspectos
positivos como economia, agilidade na tramitação dos processos e garantia
de mais segurança para todos. 

Na solenidade de ianuguração, foi assinado, ainda, entre a Justiça
Federal de Santa Catarina e a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania
convênio de cooperação entre os órgãos para a audiências criminais por
meio do sistema de videoaudiência na penitenciária de Florianópolis,  de
São Pedro de Alcântara e presídio de Itajaí.

O diretor do Departamento de Administração Prisional de Santa Catarina
(Deap), Alexandre Camargo Neto, afirmou que o sistema é totalmente seguro.
Conforme ele,  em caso de dúvidas, o réu pode conversar com seu advogado
reservadamente. O sistema também possibilitará ouvir testemunhas.  Os
participantes na sala de audiência poderão visualizar as imagens da
testemunha e a imagem da própria sala onde estão os televisores. A testemunha
também visualizará a imagem da sala de audiência e a imagem local, realimentada
em televisores. Para isso, foi montada estrutura com equipamentos e sala
específica, tanto no presídio quanto na sede do Fórum. 

“Isso representa evolução, economia, segurança. O sistema prisional de Santa
Catarina é referência para o Brasil. E a inauguração dessa primeira sala é
mais uma grande conquista”, afirmou Neto. 

Neste primeiro projeto implantado na Canhanduba foi feito investimento R$
99,8 mil na aquisição de equipamentos. O contrato com a empresa vencedora
da licitação  inclui, além do sistema de vídeo, instalação com fornecimento
de materiais, configuração dos equipamentos e treinamento de operadores.

Fontes:
Lucas Borges
Ápice Comunicação
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Quarta-feira, 17 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PAGOU PARA VER
PREFEITA DE SANTA CATARINA DEVE PAGAR POR MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
QUE FOI DOADO

03/07/2015 13h29 - Atualizado em 03/07/2015 13h48
Prefeita de SC deve pagar por material de construção doado, diz Justiça
Morador de Celso Ramos recebeu doação durante campanha de reeleição.
Poder judiciário entendeu que houve ato de improbidade administrativa.

A Justiça de Santa Catarina determinou a prefeita de Celso Ramos, na
Serra catarinense, a ressarcir os cofres municipais no valor de R$
11.520 e pagar uma multa de R$ 23,4 mil pela suspeita de doação
irregular de materiais de construção a um morador do município durante
a campanha de reeleição, em 2012. A defesa ainda pode recorrer da decisão.

Segundo a promotoria de Justiça de Anita Garibaldi, foram doados 170 metros
de madeira de eucaliptos, portas, janelas, oito sacos de cimento e 180
folhas de cobertura a um morador que não estava cadastrado no projeto
social de construção de casa popular para pessoas carentes do município.

A juíza Fernanda Pereira Nunes, da Vara de Anita Garibaldi, enquadrou a
questão como improbidade administrativa. A decisão foi expedida no dia
15 de junho. Ela condenou a prefeita Inês Terezinha Pegoraro Schons (PSDB)
a pagar os valores no prazo de 15 dias a partir da decisão final do processo.

“A casa foi dada para a família muito antes do período eleitoral, enquanto
eu era prefeita, nem sabia que ia me candidatar. Cinco famílias foram
beneficiadas e teve licitação. O problema é que a assistente social não
viu que uma das famílias não tinha parecer social, mas a família era carente
e necessitava. Eles tinham cinco filhos e tiveram a casa queimada em um
incêndio”, afirma prefeita Inês, que alega que a ação partiu de uma denúncia
da oposição.

Fontes:
G1.com.br
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Terça-feira, 16 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VISITA ILUSTRE
COM INVERNO, AUMENTA EXPECTATIVA PARA CHEGADA DE BALEIAS E DE
PINGUINS EM SANTA CATARINA

Quando chegam os meses de junho e julho, tanto turistas quanto moradores
de Santa Catarina já sabem: é a época das baleias francas, pinguins e
outras espécies chegarem ao litoral. Todos têm uma missão em comum: fugir
do rigoroso inverno nas águas do extremo sul do continente ou até da
Antártida. E, no caso das baleias, também se reproduzir com segurança.

A mais comumente vista no litoral catarinense é a franca. O bicho pode
chegar a 18 metros e pesar até 60 toneladas. Apesar da proibição do
turismo para observação de baleias, não é tão raro avistar os animais
quando se anda de barco. Neste ano, pelo menos 10 baleias francas já
passaram pelo Estado. Até o final da temporada são esperadas mais 100.
Raras aparições de baleias bryde também são registradas, assim como de
jubartes — que se perdem a caminho do litoral sul da Bahia.

Os pinguins também despertam interesse. Quatro espécies chegam, mas a
de maior frequência é o pinguim-de-magalhães. São aves marinhas de médio
porte com aproximadamente 65 centímetros e 4,5 quilos com uma dieta
composta principalmente por peixes pequenos e crustáceos. Apenas neste
ano, 38 aves foram encontradas nas praias e entregues ao Parque Estadual
do Rio Vermelho — treze delas estão em reabilitação. Isso sem contar os
leões marinhos, focas e golfinhos que chegam à região.

Independentemente do tamanho ou da espécie do animal, a curiosidade de
vê-los na água é geral. Mas quando os animais chegam na areia, em todos
os casos, significa alerta para as autoridades. A primeira recomendação
de Polícia Ambiental, entidades protetoras de animais, Fatma e órgãos
específicos de cuidado, como a APA Baleia Franca e a Associação R3
Animal, é de não se aproximar do bicho.

— Baleias, leões marinhos, lobos marinhos e outros animais não são
necessariamente agressivos. Mas em uma situação de risco ou estresse
eles podem reagir e machucar uma pessoa. Por isso é essencial não
chegar muito perto — alerta o diretor geral da APA Baleia Franca, Cecil
Ramos.

Fontes:
Diário Catarinense
RBS
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha










Segunda-feira, 15 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM DIREITO
VÍTIMA QUE NÃO FAZ VALER DECISÃO DE MEDIDA PROTETIVA ABRE
MÁO DE AMPARO DO ESTADO, SEGUNDO JUSTIÇA DE SANTA CATARINA

A vítima de violência doméstica que, beneficiada com medida judicial que
determina o afastamento do seu agressor, permite sua presença no ambiente
familiar, abre mão da proteção estatal. Com base nessa premissa, a 3ª Câmara
Criminal do TJ negou apelo do Ministério Público e manteve sentença que absolveu
um jovem do crime de desobediência. Após atacar mãe e padastro, com quem residia
, o rapaz – que é dependente de drogas e álcool – recebeu ordem para deixar o
local em 24 horas.

A mãe, contudo, que já havia se retirado da casa após os ataques, consentiu
que ele lá permanecesse durante o final de semana. Ao final da tarde de domingo
, o filho teve outro de seus ataques de fúria e quebrou todos os vidros da
moradia.

"Denota-se que não restou configurado o crime de desobediência, porque a própria
vítima permitiu que o recorrido permanecesse em sua casa pelo período de dois
dias, mesmo após ele ter sido intimado da medida protetiva, ou seja, ela abriu
mão da proteção oferecida pelo Estado, devendo ser mantida a absolvição prolatada
em primeira instância", explicou o desembargador Rui Fortes, relator da matéria.

O jovem ainda perpetrou novo ataque após esse episódio, e em razão disso foi
preso e aguardou julgamento. Como ficou mais tempo na cadeia que a pena aplicada
, a câmara decretou de ofício a extinção da punibilidade.
 
Responsável:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos: Américo Wisbeck, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e Sandra
de Araujo










Domingo, 14 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PENA PESADA
ALEGANDO QUE É TRABALHADOR E QUE ROUBOU PARA SUSTENTAR
FAMÍLIA, BANDIDO TEM HABEAS CORPUS NEGADO PELA JUSTIÇA DO
ESTADO. ELE  COMETEU ASSALTO à MÃO ARMADA CONTRA SUPERMERCADO


A 3ª Câmara Criminal do TJ negou habeas corpus impetrado em favor de um
homem acusado de invadir um supermercado em companhia de um comparsa e,
ambos armados, assaltar o caixa e fugir com mercadorias avaliadas em R$
140.

A defesa sustentou tratar-se de réu primário, pai de família, com quatro
filhos menores para sustentar, prestes a obter vaga no mercado de trabalho.
Argumentou também que o crime não é grave, haja vista o pequeno valor dos
bens subtraídos.

O desembargador substituto Leopoldo Augusto Brüggemann, relator do habeas,
observou que, ao contrário do que a defesa quer fazer crer – inexistência
de gravidade –, o delito se revestiu de extrema violência.

Os agentes imprimiram ameaças contra a vítima que, via de regra, restará
abalada por tempo indeterminado", anotou. A pronta restituição de liberdade
em casos dessa natureza, concluiu o relator, serve apenas para gerar
sentimento de impunidade na comunidade e incentivar a reiteração da prática
criminosa, com claro abalo da ordem pública.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e Sandra de Araujo










Sábado, 13 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

HORA DO ACERTO
CÂMARA CRIMINAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA DETERMINA QUE HOMEM ACUSADO DE MATAR EX E TACAR FOGO NA
CASA SEJA JULGADO EM JÚRI POPULAR

A 3ª Câmara Criminal do TJ confirmou sessão do Tribunal do Júri para julgar
um homem acusado de tentar matar sua ex-companheira e quatro pequenos enteados
ao provocar deliberadamente incêndios na residência das vítimas.

Os autos informam que foram duas tentativas, ambas fracassadas somente por
intervenção de terceiros.

Na segunda oportunidade, aliás, o réu teria escalado o segundo piso da casa,
invadido o quarto da ex e tentado matá-la, primeiramente por asfixia, depois
desferindo duas facadas. Novamente a intervenção de um amigo da família que
por lá dormia impediu o pior e possibilitou que a mulher fosse atendida com
rapidez por médicos. O homem responderá por homicídio duplamente qualificado,
na modalidade tentada, e também pela prática de crime contra a incolumidade
pública por duas vezes.

A defesa argumentou que o homem agiu em legítima defesa e que sua ex-companheira
era conhecida na comunidade justamente por seu comportamento agressivo. O
desembargador substituto Leopoldo Augusto Brüggemann, relator do recurso, disse
que o réu não trouxe prova que pudesse tornar mais forte a tese de legítima
defesa. Lembrou que a vítima estava separada há três meses do acusado e ainda
detinha medida protetiva em seu favor, no sentido de impedir a aproximação do
réu.

Acrescentou que só a palavra do réu não permite reconhecer o instituto. "O juiz
somente desclassifica a infração penal, cuja denúncia foi recebida como delito
doloso contra a vida, em caso de cristalina certeza quanto à ocorrência de crime
diverso daqueles previstos no art. 74, § 1º, do CPP - homicídio doloso, simples
ou qualificado; induzimento, instigação ou auxílio ao suicídio; infanticídio ou
aborto", explicou Brüggemann.

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e Sandra de Araujo










Sexta-feira, 12 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EM DEFESA DO POVO
PLENÁRIO DA ALESC PODE CRIAR NOVOS CARGOS PARA A DEFENSORIA
PÚBLICA DE SANTA CATARINA

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público aprovou o Projeto
de Lei Complementar (PLC) 14/2014, que trata da criação de 90 novos cargos
para a Defensoria Pública do Estado (DPE). Com a decisão, a matéria está
pronta para ser votada em plenário.

De autoria da própria DPE, o projeto prevê a criação de 50 cargos de Analista
Técnico e 40 de Técnico Administrativo, na estrutura do órgão. O texto foi
aprovado na forma de uma emenda substitutiva global, apresentada ainda no
âmbito da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) pelo deputado Silvio
Dreveck (PP), visando readequar para este ano o cronograma de provimento dos
cargos. Pela nova redação, metade deles, em ambas as carreiras, poderão ser
preenchidos imediatamente após a aprovação e publicação da medida na forma
de lei. Os restantes ficariam para o mês de julho.

Em seu parecer, acatado por unanimidade pelos membros do colegiado, o deputado
Serafim Venzon (PSDB) destacou o alcance da iniciativa.

Esse projeto é meritório e atende ao interesse público, pois aumenta o
suporte prestado pela entidade à população de baixa renda.”

Também participaram da reunião os deputados Manoel Mota (PMDB), Dirceu Dresch
(PT), Jean Kuhlmann (PSD), Fernando Coruja (PMDB), Natalino Lázare (PR) e
Rodrigo Minotto (PDT).

Fontes:
Alexandre Back
Agência AL













Quinta-feira, 11 de Junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MIGRAÇÃO CRIMINOSA
OPERAÇÃO POLICIAL ACABA EM 12 PRISÕES NO LITORAL NORTE E VALE
DO ITAJAÍ, QUADRILHA ERA DE SÃO PAULO. RELÓGIOS AVALIADOS EM
R$ 100 MIL, MACONHA E ARMAS FORAM ENCONTRADOS

Uma operação da Polícia Civil de Gaspar, com apoio de Brusque e da Polícia Militar,
terminou com a prisão de 12 pessoas. Sete homens e cinco mulheres foram detidos,
ouvidos e levados ao Presídio Regional de Blumenau, onde devem aguardar o
julgamento. Eles vão responder, entre outros crimes, por roubo, formação de
quadrilha e receptação. Os mandados foram cumpridos em oito locais diferentes
de Brusque.

Segundo o delegado Egídio Maciel Ferrari, que comandou a operação, a quadrilha
começou a ser monitorada depois de cometer três assaltos bem parecidos nos bairros
Barracão e Bateias, que ficam em Gaspar. Ele contou que o modo de operação era
similar: eles entravam nas residências, amarravam as vítimas, agiam com violência
e saíam em fuga sempre com o carro da família, abandonando logo depois. Não está
descartada a participação deles em roubos também em Brusque, onde todos moravam.

— A gente descobriu que as esposas dos bandidos eram fundamentais no esquema. Elas
agiam principalmente com a receptação e a venda dos produtos roubados, além de
esconderem armas — contou o delegado.

A operação foi antecipada depois que a investigação descobriu que um dos suspeitos
iria fugir para São Paulo. O ônibus em que ele estava foi parado durante a noite
na BR-101 em Penha. Depois disso, eles foram de madrugada em oito residências
espalhadas em vários bairros de Brusque. Os agentes encontraram diversos aparelhos
eletrônicos, 18 relógios (avaliados em R$ 100 mil), armas, roupas e joias. Também
foi encontrado quantidade considerável de drogas. por isso alguns dos presos devem
responder também por tráfico.

— A gente descobriu que são todos familiares e que vieram de São Paulo. Moram há
pouco tempo na região. São maridos, esposas, irmãos, primos ou amigos próximos.
Conseguimos cumprir todos os mandados de prisão temporária — diz Ferrari.

Os nomes dos suspeitos ainda não foram divulgados porque a polícia ainda colhe os
depoimentos.

Fontes:
Jornal de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares












Quarta-feira, 10 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CADA UM NA SUA
COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA DE SANTA CATARINA APROVA
OBRIGAÇÃO DE HIDRÔMETROS INDIVIDUALIZADOS

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, por unanimidade, uma
proposta do deputado Aldo Schneider (PMDB) que determina a instalação de
hidrômetros coletivos e individualizados nas novas construções prediais.

De acordo com o Projeto de Lei 29/2015, os aparelhos voltados à medição
do consumo coletivo ficarão sob a responsabilidade das prestadoras de
serviços públicos. Já os dispositivos de aferição individual devem ficar
a cargo das construtoras responsáveis pelas edificações, verticais ou
horizontais, feitas na modalidade de condomínio.

Ao Poder Executivo caberá a responsabilidade pela regulamentação acerca
dos critérios de localização e de instalação dos dispositivos, as
condições de fiscalização e as sanções cabíveis em caso de descumprimento
do disposto. Caso seja aprovada, a normativa passará a valer três anos
após a sua publicação na forma de lei.

A matéria, que contou com a relatoria da deputada Luciane Carminatti (PT)
, segue em análise nas comissões de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas
e Energia e de Direitos Humanos.

Travessia gratuita para ambulâncias
Outro destaque da reunião foi a aprovação do PL 232/2014, de autoria do
deputado Jean Kuhlmann (PSD), que pretende conceder gratuidade, na travessia
por ferryboats e balsas, para as ambulâncias do SAMU, dos bombeiros e outros
veículos das unidades de saúde pública. O projeto foi aprovado por maioria,
com o voto contrário do deputado Silvio Dreveck (PP) e segue para a Comissão
de Finanças e Tributação.

Serviço Auxiliar Temporário
De procedência do governo do Estado, foi aprovado o Projeto de Lei
Complementar 3/2015, que visa alterar a Lei Complementar 302 de 2005,
que instituiu o Serviço Auxiliar Temporário na Polícia Militar e no
Corpo de Bombeiros Militar.

A proposta destina-se a corrigir impropriedades jurídicas e redacionais,
como no artigo 7º da referida lei, que necessita de acréscimos relacionados
à tipificação de infrações disciplinares, definição de penalidades, prazos
recursais, entre outros, destacou em seu parecer o deputado Valdir Cobalchini
(PMDB). “Em síntese, são apenas alterações de conteúdo redacional, sem impacto
orçamentário ou financeiro.”

O texto segue tramitando nas comissões de Finanças e Tributação e de Trabalho
, Administração e Serviço Público.

Fontes
Alexandre Back
Agência AL












Terça-feira, 9 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PRODUTOR NÃO CHORA
SANTA CATARINA ESPERA COLHEITA RECORDE DE CEBOLA

Em Santa Catarina, a comercialização da safra de cebola 2014/15 encerrou
com preços altos e intensa procura. Os preços pagos aos produtores chegaram
a R$ 3 por quilo, valor bem superior aos R$ 0,50 de custo médio de produção.

A colheita de cebola no Estado deve ser de 509 mil toneladas com 19.326
hectares plantados, um rendimento de 26,4 toneladas por hectare. Santa
Catarina se mantém como o maior produtor nacional de cebola e esta já pode
ser considerada uma colheita recorde.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, comemora
a boa colheita e os preços extraordinários pagos aos produtores de cebola.

Os preços aumentaram gradativamente de outubro até maio, resultado da falta
do produto no mercado nacional. Aproximadamente 50% dos agricultores venderam
as cebolas por mais de R$ 1 real o quilo, sendo que o custo de produção gira
em torno de R$ 0,50.

Sopelsa destaca ainda a força do agronegócio catarinense e a importância de
valorizar os produtos no mercado interno. “O setor agrícola catarinense está
batendo recordes e provando que o agronegócio faz a diferença na economia do
Estado. Se não fosse a importação de cebola de países como a Holanda e
Argentina, os produtores catarinenses poderiam ter tido uma remuneração ainda
melhor o que traria benefícios não só para a agricultura, mas também para os
outros setores da economia do Estado.”

Mesmo com a safra recorde, a oferta líquida de cebola no mercado foi de 330
mil toneladas, cerca de 80 mil toneladas abaixo da safra anterior, devido às
perdas pós-colheita. O engenheiro agrônomo da Estação Experimental da Epagri
de Ituporanga, Daniel Schmitt, explica que as mudanças bruscas de temperatura
na primavera deste ano, com chuvas e calor intenso no período de colheita,
prejudicaram a formação e conservação dos bulbos. Todos os estados do sul
registraram o mesmo problema, diminuindo a oferta de cebola em 130 mil toneladas.

Como maior produtor de cebola do país, Santa Catarina está à frente de São
Paulo e do Rio Grande do Sul. São aproximadamente seis mil famílias rurais
envolvidas na atividade, principalmente nos municípios de Ituporanga, Alfredo
Wagner, Aurora e Imbuia.

Fontes:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli












Segunda-feira, 8 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TETINHA DO CAMPO
EPAGRI DE SANTA CATARINA PRECISA CONTRATAR MAIS DE 800
TÉCNICOS, SEGUNDO PRÓPRIO GOVERNO

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca (SAR) tem avançado em
relação às reivindicações dos produtores rurais catarinenses. O secretário
Moacir Sopelsa entregou as respostas da pasta às reivindicações do Grito
da Terra Brasil 2015, da Federação dos Trabalhadores da Agricultura do
Estado de Santa Catarina (Fetaesc).

A reunião foi realizada no Centro Administrativo do Governo do Estado,
com representantes de todas as secretarias envolvidas nos pleitos. O
governador Raimundo Colombo participou do ato e entregou as respostas
ao presidente da entidade, Walter Dresch, diante de centenas de manifestantes.

De acordo com o secretário, ao longo dos anos o relacionamento estreito com
sindicatos e associações do setor tem gerado bons frutos, que podem ser
observados através do aperfeiçoamento dos programas e políticas públicas
voltadas principalmente à agricultura familiar. Neste ano, dos 19 itens
da pauta oito foram direcionados a Secretaria da Agricultura, alguns já
foram atendidos e outros estão em andamento.

Sopelsa explica que uma das reivindicações era disponibilizar as variedades
de milho Fortuna e Catarina, produzidos pela Epagri, através do Programa
Terra Boa.

Este pleito foi aprovado ainda no dia 8 de maio pelo Conselho de
Desenvolvimento Rural [Cederural] e deve chegar aos produtores a partir
de junho, com a segunda etapa do programa, diz. O financiamento para este
projeto especial será de R$ 150 mil e as duas variedades de milho obedecem
as relações de troca do Grupo 1, ou seja, uma saca de 20 kg de sementes de
milho para 240 kg de milho consumo.

Outra reivindicação do Grito da Terra SC era ativar e disponibilizar
recursos para o programa Fundo de Terras Estadual para pelo menos 300
filhos de agricultores. Para o diretor de Políticas da Agricultura Familiar
e da Pesca, Hilário Gottselig, este é um pleito muito importante, pois vai
ajudar a manter os jovens no campo, facilitando a negociação principalmente
entre pai e filho. “Para este ano a meta é contemplar 50 cotas através do fundo,
diz.

O diretor adianta que a SAR está em negociação com o Ministério do
Desenvolvimento Agrário para a capitalização do fundo estadual de terras,
visando à ampliação das contrações.

A pauta da Fetaesc também sugere a contratação de mais profissionais para
os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), que são realizados
pela Epagri. De acordo com o secretário Sopelsa, a meta da empresa é
disponibilizar um técnico para cada 250 agricultores familiares. Para isso,
será necessária a recomposição do quadro de extensionistas rurais e sociais,
através da contratação de 826 profissionais.

Após a reunião, os representantes da Fetaesc foram atendidos pelo governador
Raimundo Colombo, que ressaltou a importância do encontro para fortalecer o
diálogo e avançar nos encaminhamentos da pauta de reivindicações do setor.

A Fetaesc conduz esse processo com muito equilíbrio e bom senso. Apresenta
uma pauta com prioridades reais. Dessa forma, o que ocorre é uma soma de
forças que tem trazido bons resultados. A produção da pequena propriedade
é a grande riqueza de Santa Catarina. O agronegócio, movido pela força de
quem enfrenta as dificuldades do dia a dia, faz de Santa Catarina esse
Estado tão peculiar, que é apontado como exemplo, mesmo num cenário onde
muitos sofrem com a crise. Precisamos proteger esse modelo, garantir apoio
à produção e promover a qualidade de vida do trabalhador, afirmou.

Fonte:
Luiz Henrique Monticelli
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca













Domingo, 7 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MEU ENDEREÇO
EMPREGADOS DOS CORREIOS DE SANTA CATARINA GANHAM NOVA
LINHA DE FINANCIAMENTO  PARA A CASA PRÓPRIA

A Diretoria Regional dos Correios em Santa Catarina lançou o programa habitacional
Meu Endereço. Trata-se de uma iniciativa da empresa para facilitar o acesso dos
empregados à casa própria, por meio de convênios com cooperativas.

O evento de lançamento foi realizado no auditório do Centro Operacional e
Administrativo dos Correios em SC, em São José, às 16h.

O programa Meu Endereço estabelece parcerias com acesso facilitado ao crédito e
taxas e custos menores. Os descontos são efetuados em débito em folha. Podem
participar, prioritariamente, empregados dos Correios e seus dependentes,
aposentados e colaboradores de empresas prestadoras de serviços à ECT.

O financiamento envolve a construção de unidades habitacionais, com base nas linhas
de crédito do programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal.

A abrangência do programa é nacional, mas cada Estado desenvolve o seu próprio
gerenciamento. Em Santa Catarina, o Comitê Meu Endereço foi criado em novembro
de 2014 para divulgar o projeto junto aos empregados do Estado e auxiliar na
criação da cooperativa regional que atuará como conveniada ao programa habitacional.

O programa já é realizado em outros estados como São Paulo, Ceará, Bahia e Minas
Gerais. No Rio Grande do Sul, o programa já entregou mais de três mil unidades
habitacionais.

SAIBA MAIS

Linhas de crédito – O programa trabalha, basicamente, com as linhas de crédito
do “Programa Minha Casa, Minha vida”, do Governo Federal:

- Fundo de Desenvolvimento Social (FDS) ou Fundo de Amparo Residencial (FAR), com
prestações mensais entre R$ 35 e R$ 80;
- FGTS, para quem tem renda familiar até R$ 5.400. 

Censo - Em censo habitacional realizado nacionalmente pelos Correios em 2014 foi
detectado que 88% dos empregados que participaram da pesquisa utilizariam um programa
habitacional ofertado pela empresa. Os resultados da pesquisa serão apresentados
durante o evento de lançamento do Meu Endereço. Com o programa, os Correios atendem
às cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho dos empregados da empresa referentes à
discussão e implantação interna de políticas habitacionais para aquisição de imóveis.

Fontes:
Diretoria Regional de Santa Catarina
Assessoria de Comunicação – ASCOM
Edição e Texto COmplementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha











Sábado, 6 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MILHARES DE REAIS
PREFEITURA DE PENHA ANUNCIA COMPRA DE 46 KITS DE UNIFORMES PARA AGENTES COMUNITÁRIOS E ADMITE QUE GASTO PODE SER DE R$ 40 MIL

Os agentes comunitários de saúde de Penha terão novos uniformes a partir do
mês de junho. A Secretaria Municipal de Administração lança nesta quinta-
feira, dia 21 de maio, a licitação para a compra de 46 novos kits de uniformes
para os trabalhadores que atuam nas oito equipes espalhadas pela cidade, segundo
informa o secretário Cleiby Darossi, titular da Saúde local.

O valor estimado pela Administração é de R$ 41.595,30. A fonte dos recursos é o
Programa de Melhoria de Acesso e Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), do Ministério
da Saúde.

De acordo com Cleiby, serão comprados kits com jaquetas, mochilas, coletes, bolsas
, bonés e camisetas. O secretário ainda reforça que desde março, a cobertura do
trabalho dos agentes de saúde em Penha atingiu 87% do Município, com a implantação
de mais uma equipe no centro.

“Estamos com oito equipes no total, visitando as comunidades regularmente, efetuando
o recadastramento exigido pela Rede SUS, efetuando as visitas domiciliares e também
aos grupos de hipertensos e diabéticos e gestantes”, enumera a chefe da Atenção Básica
, enfermeira Ivia Rodrigues. Cleiby reforça que os novos uniformes darão mais qualidade
ao trabalho dos agentes.   

 












Sexta-feira, 5 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O PROBLEMA É O VIZINHO
MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE FIM DE OBRA


O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ajuizou ação civil pública contra
uma empresa incorporadora de imóveis e o Município de Canoinhas para impedir a
construção de um conjunto habitacional próximo a uma Unidade Prisional Avançada
(UPA) no município de Canoinhas.

Conforme apurado pela 2ª Promotoria de Justiça de Canoinhas, foi autorizada a
edificação de um loteamento com cerca de 400 unidades habitacionais em um
terreno situado a aproximadamente 20 metros da unidade prisional. Para viabilizar
o conjunto habitacional "Nossa Senhora Aparecida", a empresa Implantec fez um
aterro de 10 metros acima do nível da UPA. Durante o inquérito, promovido pelo
MPSC, a direção da UPA informou que a edificação do conjunto habitacional, nos
moldes em que foi projetado, trará risco ao local, pois possibilitará a
visualização da rotina diária de procedimentos internos, como transferências e
remoções para atendimentos de saúde dos detentos.

Para a Promotora de Justiça Giselli Dutra, a construção das casas deve causará
complicações diretas à segurança pública - com a presença de moradores em uma
área com risco de confrontos armados - e à segurança prisional, já que a
estrutura e os procedimentos da UPA ficarão expostos. Quando foi construída,
em 2010, a UPA estava em local afastado de centro urbano, conforme o descrito
no artigo 90 da Lei n. 7.210/84. Inicialmente prevista para comportar 72 detento
s, hoje a Unidade abriga uma população carcerária de 150 pessoas.

Na ação, o Ministério Público requer a concessão de medida liminar para que a
prefeitura municipal suspenda o Alvará de Execução do conjunto habitacional,
e que a Implantec paralise as obras e apresente um novo Estudo de Impacto de
Vizinhança. Segundo a análise do MPSC, o Estudo apresentado anteriormente não
atendeu às disposições legais mínimas e sequer citou a existência da UPA na
vizinhança.

Fontes:
Coordenadoria de Comunicação Social Ministério Público de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares











Quinta-feira, 4 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NOTÍCIA CLÁSSICA
SANTA CATARINA É NOVAMENTE RECONHECIDA COMO ZONA LIVRE DE
PESTE SUÍNA CLÁSSICA
 

Santa Catarina receberá certificação internacional como zona livre de
peste suína clássica pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). 

Esta será a segunda certificação internacional que garante a excelência
sanitária do rebanho catarinense. Desde 2007 a OIE reconhece o estado como
zona livre de febre aftosa sem vacinação, o que caracteriza o mais elevado
padrão de erradicação de uma doença. 

O documento de certificação de peste suína clássica foi entregue ao vice
-governador Eduardo Pinho Moreira e ao secretário de Estado da Agricultura
 e da Pesca, Moacir Sopelsa, na quinta-feira (28), durante a 83ª Assembleia
Mundial da OIE, em Paris, na França. Pinho Moreira vai também para Alemanha
participar de reuniões empresarias.

Pela primeira vez a OIE certificará países ou zonas livres de peste suína
clássica, o que faz de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul uma das únicas
regiões do mundo com esse reconhecimento. O secretário da Agricultura, Moacir
Soplesa, destaca a certificação como um diferencial na conquista de novos
mercados para a carne suína catarinense e será requisitada para exportar os
produtos de origem animal aos países mais exigentes.

O reconhecimento internacional irá valorizar ainda mais o agronegócio catarinense.
Temos uma condição diferenciada em relação aos outros estados brasileiros e isso
é determinante para a conquista e a manutenção de mercados internacionais para a
nossa carne suína. As expectativas são de que a Coréia do Sul, União Européia e
México passem a comprar o produto catarinense.

Faz 25 anos que não há registro de peste suína clássica no rebanho catarinense.
O estado mantém um rigoroso controle das doenças animais através da Companhia
Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e do Instituto
Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa), com a participação dos criadores
e entidades ligadas ao setor. Hoje a Cidasc mantém 63 barreiras sanitárias
permanentes nas divisas com os estados do Paraná e do Rio Grande do Sul e
também com a Argentina, para impedir o ingresso de animais e produtos de origem
animal que possam contaminar o rebanho catarinense.

 Santa Catarina é o maior produtor e exportador nacional de carne suína. São 10
mil criadores integrados às agroindústrias e independentes, que produzem
anualmente cerca de 850 mil toneladas de carne suína.  Com um rebanho efetivo
estimado em 7,9 milhões de cabeças, Santa Catarina é responsável por
aproximadamente 35% das exportações brasileiras. Em 2014, o estado exportou
159 mil toneladas de carne in natura e produtos industrializados no valor de
US$ 548 milhões. Os principais destinos foram a Rússia, Hong Kong, Angola,
Cingapura, Chile, Japão, Uruguai e Argentina.

A peste suína clássica é uma doença causada por um vírus que provoca febre e
hemorragia em diversos órgãos, com elevada taxa de mortalidade em leitões.
Ocorria com freqüência nas criações da região Sul do Brasil até a década de
1980.

Em 1984, teve início em Santa Catarina o Programa de Erradicação da Peste Suína
Clássica, com intensificação da vacinação. O último foco da doença em SC foi
registrado em 1990, há 25 anos. E em 1992 foi suspensa a vacinação, juntamente
ao Paraná e Rio Grande do Sul.

Em 2001, Santa Catarina foi reconhecida pelo Ministério da Agricultura uma zona
livre de peste suína clássica, juntamente ao Distrito Federal e a outros 13
estados brasileiros (RS, PR, SP, RJ, MG, MS, MT, TO, GO, ES, BA, SE e RO). Em
2013, o Acre foi incorporado ao grupo.

Em maio de 2014, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) decidiu fazer a
certificação mundial de peste suína clássica e agora certificará pela primeira
vez zonas livres da doença entre seus 180 países membros. Do Brasil, apenas Santa
Catarina e o Rio Grande do Sul serão certificados.

Santa Catarina iniciou o combate à doença em 1965. No período entre 1971 e 1983
, a febre aftosa em SC registrou uma média de 462 focos por ano. Entre 1984 e
1990, a média baixou para 54 focos por ano. O último foco foi registrado em 1993
(há 22 anos). A última vacinação contra febre aftosa ocorreu em maio de 2000 (há
15 anos).

Fontes:

Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Vitor Louzado - Assessoria de Imprensa
Gabiente do vice-governador
Luiz Henrique Monticelli
Ana Ceron - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa - Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca












Quarta-feira, 3 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NO ALVO
OPERAÇÃO DAS POLÍCIAS FEDERAL E MILITAR ACABA COM ORGANIZAÇÃO
CRIMINOSA DE TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

Uma operação integrada das polícias Federal e Militar  resultou no cumprimento
de 20 mandados de prisão, busca e apreensão, e condução coercitiva, nas cidades
de Florianópolis, Biguaçu, Imbituba, Palhoça e São José, e também nos estados
de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A Operação Eurotrip foi deflagrada com o objetivo de reprimir o tráfico de drogas
e desmobilizar uma organização criminosa de tráfico internacional. A investigação,
por parte da PF, teve início em agosto de 2014, e como resultado todos os envolvidos
classificados como líderes da organização foram presos.

As operações integradas fazem parte da estratégia do Comando Geral da PMSC, e nesta
ação a Polícia Militar atuou com a Polícia Federal, através da coordenação do
Grupamento de Choque (GpChoque), com a participação da Rocam-GpChoque, 4º e 7º
Batalhões PM e Guarnição Especial de Imbituba.

Fontes:
Cabo Erieles Pires Viríssimo – jornalista
CCS
Tenente-coronel Izaías Otacílio da Rosa – comandante do GpChoque
Texto Complementar e Edição:
Daniel Soares











Terça-feira, 2 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM CRISE
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA COMPRA PRÉDIO DE QUASE
R$ 60 MILHÕES NO CENTRO DE FLORIANÓPOLIS

O Tribunal de Justiça definiu a aquisição do Centro Comercial ACCR, prédio de
12 andares e quase 9 mil metros quadrados localizado na rua Presidente Coutinho
, centro da capital.

A edificação já é ocupada por setores administrativos do Judiciário, que por
seu uso paga aluguel mensal. As negociações para a transação tiveram início em
maio do ano passado e resultaram, ao final, no fechamento do negócio por
R$ 59.850.000 - cerca de R$ 18.000.000 menos do que a proposta inicial do
proprietário. O valor final incluiu também as benfeitorias realizadas no prédio
pelo proprietário.

Para isso, o TJ montou duas comissões - imobiliária e de negociação -, submeteu o
imóvel à avaliação oficial da Caixa Econômica Federal (CEF) para chegar ao preço
justo, e depois levou o assunto à aprovação do Conselho de Gestão, Modernização
Judiciária, de Políticas Públicas e Institucionais.

O desembargador Torres Marques, vice-presidente do Tribunal de Justiça e relator
da matéria, explicou aos integrantes do Pleno todo o trabalho realizado nesse
período para levar a negociação a um bom termo.

O imóvel, por já servir ao TJ, encontra-se em uso e com toda a infraestrutura
necessária para o bom funcionamento das atividades, como rede hidráulica, elétrica
e de cabeamento de informática, como afirmou a própria justiça. De qualquer forma,
com ou sem cabo para equipamentos de informática, o fato é que o contrato de
aluguel, por sua vez, venceria no final deste ano e obrigaria a locação de novo
espaço, bem como a paralisação dos serviços para mudança dos setores.

Nesse contexto em que está demonstrada a utilidade do imóvel às atividades e a
adequação do preço ao valor de mercado, segundo estimativa oficial da CEF, a
aquisição nos pareceu uma boa alternativa para seguirmos no processo de modernização
do Poder Judiciário e de constante busca de celeridade na distribuição da justiça,
destacou. O presidente do Tribunal, desembargador Nelson Schaefer Martins, lembrou
que o próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quando de sua última inspeção no
Estado, anotou a necessidade de solução para o contrato de aluguel do imóvel e
apontou a aquisição de imóvel próprio como o caminho mais indicado.

Os recursos para a compra serão provenientes do Fundo de Reaparelhamento da Justiça
(FRJ) e do Sidejud.

Fontes:
TJSC
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck
Daniela Pacheco Costa
Maria Fernanda Martins
Sandra de Araujo
Texto Complementar e Edição:
Daniel Soares










Segunda-feira, 1 de junho de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PSICOJUSTIÇA
DESEMBARGADOR SUBSTITUTO FALA EM VAZIO EXISTENCIAL AO
JULGAR CASO EM QUE CASAL SEPARADO BRIGAVA POR CACHORROS
NA JUSTIÇA

A partilha de dois cachorros, em uma ação de dissolução de união estável
, teve que ser decidida pela 1ª Câmara de Direito Civil do TJ. Isso porque
a apelante, ré no processo, não se conformou com a posse dos animais pelo
ex-cônjuge.

Em suas razões, alegou que os cães ficaram com o ex-marido sob a condição
de que ela pudesse visitá-los mas, após certo tempo, foi impedida de exercer
esse direito por liminar que determinava seu afastamento do ex.

A câmara decidiu que cada um dos cônjuges ficará com um cachorro, já que a
recorrente não aceitou indenização no valor do animal, por razões sentimentais.

Para além do simples imbróglio, o desembargador substituto Gerson Cherem II,
relator da matéria, chamou a atenção dos custos que uma disputa desse tipo
gera para a sociedade, além de descortinar uma situação de vazio existencial,
que se materializa em buscar a Justiça para decidir com quem ficarão os cachorros.

A questão desnuda algo da crise da contemporaneidade. De fato, o amor do casal
acabou e sobraram a partilha e os escombros da relação. Hoje, porém, algumas
pessoas não suportam mais as frustrações típicas da vida em sociedade. E nesta
angústia e perene insatisfação, entram no vórtice do egocentrismo; nada mais
importa, só os próprios desejos, custe o que custar. Os seus valores dizem
respeito apenas a si, numa simbiose que se autoalimenta. […] Volvendo ao caso,
creio que a solução estaria mais para a área da psicanálise", anotou. A decisão
foi unânime.

Fontes:
TJSC
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Américo Wisbeck
Daniela Pacheco Costa
Maria Fernanda Martins
Sandra de Araujo
Texto Complementar e Edição:
Daniel Soares










Domingo, 31 de maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LIGANDO PARA A VIDA
SAIBA MAIS O PROJETO QUE TENTA EVITAR SUICÍDIOS EM SANTA CATARINA

Considerada uma das organizações não-governamentais (ONG) mais antigas do
Brasil, com cinco décadas de atuação, o Centro de Valorização da Vida (CVV)
presta atendimento gratuito por todo o país, dando apoio emocional e
desenvolvendo estratégias de prevenção ao suicídio.

Conduzido por um grupo de voluntários treinados, o trabalho da instituição
consiste em contribuir para que as pessoas tenham uma vida mais plena, longe
de pensamentos negativos e que geram angústias. O Programa de Apoio Emocional
é oferecido nos postos de atendimento espalhados por vários estados brasileiros
, ou ainda pelo telefone 141.

Também há atendimento pela internet por meio de chat, e-mail, VoIP ou
correspondência.

Considerado um problema de saúde pública que cessa a vida de cerca de 10 mil
brasileiros todos os anos, o suicídio, antes concentrado entre os mais idosos
, atualmente cresce entre os jovens e ocupa a terceira posição dentre as causas
de morte mais comuns, ficando atrás, apenas, dos acidentes e homicídios.

O CVV também mantém projetos importantes como o Francisca Julia - que atende
pessoas com transtornos mentais e dependentes químicos -  e o Amigos do Zippy
, um programa de desenvolvimento emocional para crianças de seis e sete anos,
matriculadas em escolas públicas e particulares. Existe ainda, ligada à ONG, a
Associação pela Saúde Emocional de Crianças (Asec), com mais de 18 mil
atendimentos anuais, em 323 instituições de 39 cidades.

Com 23 anos de atuação, o CVV Florianópolis conta com o apoio de 40 voluntários
que se revezam em uma escala de quatro horas semanais. O coordenador local,
voluntário há 11 anos, Rogério Luiz, destaca que muitas pessoas necessitam
conversar e ouvir uma palavra de conforto, mas quando não encontram, podem
chegar ao extremo de tirar a própria vida. Ele ressalta que apesar de tantos
esforços e diferentes meios de atendimento, a organização ainda é pouco conhecida
entre as pessoas.

Rogério explica que são atendidas pessoas de todas as faixas etárias, inclusive
crianças, principalmente no período noturno, quando ficam mais sozinhas,
aumentando o medo e o desespero. Todos os atendimentos são mantidos em sigilo e
os nomes de quem telefona não são divulgados.

Para ser um voluntário é preciso ter afeto e vontade de conversar com as pessoas
, esclarece o coordenador de Florianópolis.  É fundamental ser um bom ouvinte,
ter uma boa postura e uma voz adequada para conduzir o atendimento, sem
aconselhamento.

Os interessados são encaminhados a um treinamento de 30 horas para conhecer as
características da sociedade,  do CVV e das pessoas atendidas. O que leva a uma
pessoa a pensar em suicídio e como lidar com essa situação, são aspectos abordados
durante o treinamento, explica.

Com o conhecimento teórico, o voluntário passa para a etapa prática, feita a
partir da simulação de ligações leves, que aos poucos vão aumentando o grau de
dificuldade. Aqueles que não têm perfil ou percebem que não conseguem lidar com
a dor alheia, não concluem o treinamento.

Os voluntários se reúnem mensalmente para conversar, trocar ideias e conhecimento
, sempre mantendo sigilo sobre os atendimentos. A exposição e a divulgação de
qualquer atendimento resultam na exclusão do atendente. 

Depois de uma ligação muito pesada, o voluntário deve tirar o fone do gancho e
falar com um colega, não sobre a história, que é sigilosa, mas sobre a experiência
e a empatia, explicou.

O voluntário José Vilela há 13 anos dedica seu tempo em prol daqueles que
necessitam sua atenção. Ele ressalta que o crescimento do número de suicídios
entre os jovens é preocupante e precisa de atenção. Para ele, uma divulgação
maior do trabalho realizado pela instituição pode evitar tantas perdas.

O fato de não precisar se identificar faz com que as pessoas fiquem à vontade
para pedir ajuda ao CVV. Mas, infelizmente, ainda são poucos que conhecem nosso
trabalho, frisou. Maiores informações no site, Facebook  ou Twitter  do CVV. 

Fontes:
Tatiani Magalhães
Agência AL
Texto Complementar e Edição:
Daniel Soares










Sábado, 30 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FESTA COM GRANA ALHEIA
MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA DESVIO DE RECURSOS ARRECADADOS
NA FESTA DAS  ETNIAS

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) denunciou sete pessoas envolvidas
na cobrança irregular de estacionamento na Festa das Etnias realizada em 2013,
na cidade de Criciúma. Além da denúncia, oferecida em 23 de março, também foi
ajuizada, em 27 de maio, ação civil pública por ato de improbidade administrativa
, com o objetivo de ressarcir o município.

Na época, o presidente da Autarquia de Segurança, Trânsito e Transporte de
Criciúma (ASTC) incumbiu o gerente da Guarda Municipal para fazer a cobrança
do estacionamento. Para realizar o trabalho, o gerente escolheu cinco auxiliares
, dois deles funcionários da autarquia.

No inquérito, realizado na 11ª Promotoria de Justiça de Criciúma, apurou-se que
parte do dinheiro arrecadado no estacionamento foi desviado pelas pessoas que
trabalharam na cobrança no local. Além do desvio, o Promotor de Justiça Marcus
Vinícius Ribeiro de Camillo denunciou o fato de a contratação e o pagamento das
pessoas que trabalharam no estacionamento terem sido feitos pela Autarquia de
Segurança, Trânsito e Transporte de Criciúma (ASTC) sem os cuidados necessários
, como processo licitatório ou dispensa de licitação, celebração de contrato,
expedição de nota de empenho, ordem de pagamento e nota fiscal.

Na ação civil pública, o Ministério Público requer que o juiz avalie como
possíveis sanções o ressarcimento integral dos valores, a perda da função pública
, a suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, o pagamento de multa
civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e a proibição de contratar
com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios,
direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja
sócio majoritário, pelo prazo de dez anos. (Ação penal n. 0023111-56.2013.8.24.0020
e ação civil pública n. 0900177-11.2015.8.24.0020)

Fonte:
Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC
Texto Complementar e Edição:
Daniel Soares






Sexta-feira, 29 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LIVRE DA PESTE
ESTADO DE SANTA CATARINA RECEBE CERTIFICADO DA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE E SE TORNA ZONA LIVRE DE PESTE SUÍNA CLÁSSICA

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) entregou ao vice-governador, Eduardo
Moreira, e ao governador do Rio Grande do Sul, José Sartori, o certificado de Zona
Livre de Peste Suína Clássica. SC e o RS foram os únicos estados brasileiros que
receberam o documento durante a 83ª Assembleia Mundial da entidade, que começou
no último domingo, 24, e terminou na tarde dessa quinta-feira, 28, em Paris, na
França.

“Esta certificação atesta o estado avançado da suinocultura catarinense. Somos
os maiores produtores e exportadores brasileiros de carne suína e, com isso,
ganhamos mais musculatura para disputarmos outros mercados externos importantes
no cenário mundial. Por isso é um prêmio pelo trabalho desenvolvido pelo Governo
do Estado e a todas as pessoas e instituições do setor”, afirmou Eduardo Moreira.

SC tem 10 mil propriedades rurais - quem, em 2013, conforme a Associação Catarinense
de Criadores de Suínos, geraram 65 mil empregos diretos e 140 mil indiretos -
integradas às 159 agroindústrias estabelecidas no Estado.

A produção anual de carne suína gira em torno de 850 mil toneladas. Com um rebanho
efetivo estimado em 7,9 milhões de cabeças, o Estado é responsável por 27% da produção
nacional, cerca de 3,48 milhões de toneladas, e aproximadamente 35% das exportações
brasileiras, de um total de 505 mil toneladas em 2014. Também no ano passado, o Estado
exportou 182 mil toneladas de carne in natura e produtos industrializados no valor de
US$ 591 milhões. Os principais destinos foram à Rússia, Hong Kong, Angola, Cingapura,
Chile, Japão, Uruguai e Argentina.

"(Santa Catarina e o Rio Grande do Sul) estão dando um exemplo da qualidade e da
sanidade das suas carnes e, com esse certificado, iremos atender as exigências de
muitos países importadores e que irão agregar valor ao nosso produto”, declarou o
secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa.

Com esse documento, acrescentou o secretário da Articulação Internacional, Carlos
Adauto Vieira, SC passa a ser um global player do setor. “Nós já temos a melhor
infraestrutura portuária do país e agora, com esse documento, certamente iremos
elevar as nossas exportações até a meta da Secretaria de Articulação Internacional,
de US$ 1 bilhão/ano”, concluiu.

Fontes:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Imprensa
Gabiente do vice-governador







Quinta-feira, 28 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM DIREITO
HOMEM PRESO POR ENGANO TEM INDENIZAÇÃO NEGADA PELA JUSTIÇA
DE SANTA  CATARINA

A 4ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou decisão que negou danos morais a
um cidadão que teve mandado de prisão cumprido contra si quando, na verdade, o
alvo da ação policial era um homônimo.

Embora existisse divergência em relação ao nome das progenitoras, o homem foi
conduzido de sua casa até a delegacia, onde permaneceu por quatro horas até ser
liberado – e após contratar e pagar de seu bolso os honorários de um advogado.

O Estado ressaltou, nos autos, que a missão dos policiais catarinenses foi
simplesmente dar cumprimento a uma ordem judicial emanada do vizinho Estado
do Paraná.

Se equívoco houve, isso decorreu da atuação de autoridades vinculadas ao Estado
do Paraná, haja vista que aos prepostos do Estado de Santa Catarina não competia
questionar os indicadores formais e materiais do prefalado mandado de prisão,
[...] mas tão somente viabilizar o seu cumprimento", anotou o desembargador
substituto Júlio César Knoll, relator da matéria.

Ele acrescentou que a função policial, que tem por objetivo a prevenção e a
repressão ao crime, embora exercida dentro dos limites legais, muitas vezes
causa desconfortos, dissabores e privações aos cidadãos, não suficientes entretanto
para reclamar indenização por danos morais.

A abordagem não ocorreu de forma arbitrária por parte dos agentes públicos,
finalizou Knoll. A decisão foi unânime (Apelação Cível n. 2015.002040-0).














Quarta-feira, 27 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

REVISÃO DA BOLSA
JARAGUÁ DO SUL COMEÇA PROCESSO DE AVERIGUAÇÃO E REVISÃO CADASTRAL DO BOLSA FAMÍLIA

Neste mês de maio, o Governo Federal iniciou o processo de Averiguação e
Revisão Cadastral das famílias beneficiarias do Programa Bolsa Família – PBF.

O objetivo da Averiguação Cadastral é tratar as inconsistências encontradas
no Cadastro Único para Programas Sociais do Governos Federal – CadÚnico.

Já o processo de Revisão Cadastral objetiva alcançar as famílias beneficiarias
do PBF que não atualizaram o CadÚnico nos últimos dois anos.

Segundo a Secretaria da Assistência Social, Criança e Adolescente da Prefeitura
de Jaraguá do Sul (Semascri), o município teve 407 famílias elencadas para
Averiguação Cadastral e 241 para Revisão Cadastral. Estas famílias estão sendo
notificadas pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS)
através de convocação por carta e mensagem no extrato do banco.

A ação municipal para busca ativa acontece por meio de visita domiciliar e
contato telefônico às famílias pelos entrevistadores do CadÚnico dos Centros
de Referência de Assistência Social (Cras), buscando evitar que ocorra a penalidade
financeira as famílias.

Caso a família tenha dúvida sobre a ação necessária poderá fazer contato com
as unidades dos Cras ou Centro de Atendimento a Família – CAF.












Terça-feira, 26 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CADÊ MINHA ARMA
ESTADO DE SANTA CATARINA É CONDENADO POR APREENDER ARMA REGULARIZADA DE CIDADÃO E DE AINDA PERDER O ARMAMENTO

Um cidadão será indenizado pelo Estado após ter uma arma de fogo apreendida
de forma equivocada, e que posteriormente foi extraviada da repartição pública
que deveria guardá-la.

O homem conseguiu comprovar posteriormente o porte regularizado. A devolução,
contudo, não ocorreu.

A 2ª Câmara de Direito Público do TJ, ao analisar o processo em grau de recurso,
manteve o dever de indenizar do Estado, mas procedeu à minoração do valor
estabelecido originalmente, de quase R$ 3 mil. Cedeu ao argumento do Estado de
que esse valor corresponde a uma arma nova, enquanto a extraviada já tinha 16
anos de uso.

O órgão também fez adequações na incidência dos juros e correção monetária,
assim como nos honorários advocatícios.

A indenização por dano material deve corresponder ao valor de mercado do
revólver, e não ao preço de uma nova arma de fogo, sob pena de se promover o
enriquecimento sem causa do apelado, pagando-se-lhe mais do que é devido
segundo o prejuízo que suportou, explicou o desembargador Cid Goulart, relator
da matéria.

O valor devido será apurado em fase de liquidação de sentença. A decisão foi
unânime.








Segunda-feira, 25 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A PONTE DA DISCÓRDIA
EQUIPE DE EMPRESA QUE CONSTRUIU PONTE HERCÍLIO LUZ FAZ VISITA
TÉCNICA EM FLORIANÓPOLIS

No dia em que a Hercílio Luz completa 89 anos, técnicos e engenheiros da American
Bridge, empresa norte-americana que construiu a ponte entre 1922 e 1926, estiveram
reunidos com a equipe do Deinfra para dar continuidade às negociações de restauração
da estrutura.

Os representantes da companhia visitaram a ponte e conferiram as obras de sustentação
inferior da estrutura. Eles reafirmaram o interesse na restauração.

O engenheiro da empresa, Miguel Ló, informou que ele e a equipe estão na cidade
 conversando com o governo para ter o conhecimento de todos os detalhes, a fim de
se chegar a uma proposta final de renovação e reestruturação da ponte.

“Já recebemos um caderno de encargos e detalhes de projetos. Agora vamos fazer um
orçamento e uma estimativa para entregar ao governo com uma data. Estamos tirando
todas as nossas dúvidas. Fomos até a ponte e temos a certeza absoluta que
conseguiremos realizar o serviço. Já fizemos isso em muitas pontes dos Estados Unidos.
Esta restauração da Hercílio Luz é necessária e nós queremos fazê-la”, afirma Miguel.

O gerente de operações da empresa norte-americana, Kenneth Farrelly, disse que cada vez
que os americanos se reúnem com o Governo do Estado, sentem-se mais seguros. “Esta obra
vai ser concluída com sucesso e dentro dos parâmetros que o governo deseja, que é um
prazo rápido. A empresa se sente muito orgulhosa de ter sido convidada para fazer a
obra. Vamos fazer o possível e o impossível para dar ao povo de Florianópolis a ponte
que sempre mereceram”, afirmou.

O presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, disse que o Governo do Estado está dando
todo apoio ao trabalho da empresa, que busca mais detalhes para a etapa conclusiva
da recuperação da ponte. Há um trabalho intenso de obtenção dados e troca de
informações.

Foi uma reunião de trabalho muito importante. Eles precisam ter segurança na
apresentação da proposta com prazos específicos e custos totais. A conclusão de
recuperação da ponte vai representar mais qualidade de vida das pessoas. Vai absorver
20% dos veículos que transitam na Pedro Ivo e na Colombo Salles e vai melhorar a
mobilidade urbana”, disse Agostini.












Domingo, 24 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MEU PAI
JUSTIÇA DE SANTA CATARINA CONDENA PAI QUE TENTOU ANULAR
REGISTRO DE FILHA AFETIVA APÓS 12 ANOS

A 1ª Câmara Civil do TJ manteve decisão que negou pedido de anulação de
registro civil formulado por um pai após 12 anos de convivência com filha
afetiva. Mais que isso, a Justiça determinou que o homem banque indenização
por danos morais em favor da criança, no valor de R$ 50 mil.

O insurgente alegou em seu recurso que foi coagido e que houve erro essencial
no ato do registro civil, porém não apresentou nenhuma prova nesse sentido.

A manutenção da paternidade socioafetiva foi confirmada, também, porque o autor
manteve contato com a criança mesmo após separar-se da companheira e mãe da
menina – ele deteve a guarda exclusiva sobre a filha por mais sete anos.

A câmara vislumbrou afeto verdadeiro a preponderar sobre o fim do vínculo, além
de considerar essa a melhor solução para a menina. A conduta do recorrente foi
tomada como descaso e abandono afetivo em relação à filha, o que configura, sim
, ato ilícito e gera o dever de indenizar a criança, representada por sua mãe.

A filha alegou que, ao tomar conhecimento da vontade do pai, passou a ser tratada
com desprezo e discriminação pelo fato de ser obesa, o que não fechava com os
ideais de beleza dele e só fazia aumentar as humilhações. Dessa forma, a guarda
foi transferida para a mãe.

O drama gerou abalo psíquico pelo abandono total e pelo corte radical do amor
que a menina nutria pela figura paterna.











Sábado, 23 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

AVISOU
DIRETOR DE OPERAÇÕES DO PORTO DE ITAPOÁ ALERTA QUE FALTA
DE INVESTIMENTOS EM PORTOS E AEROPORTOS DE SANTA CATARINA
PODE COMPROMETER COMPETITIVIDADE DE ECONÔMICA DO ESTADO

Tendo o deputado Patrício Destro (PSB) como presidente, foi instalada  na
Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar dos Portos e Aeroportos. O
objetivo do novo colegiado, que tem como membros os deputados Natalino Lázare
(PR), Mário Marcondes (PR), Cleiton Salvaro (PSB) e Dalmo Claro (PMDB), é
acompanhar as políticas públicas para o setor e as obras de infraestrutura
que atendam às demandas para aumentar a competitividade dos portos.

Um dos primeiros objetos de debate do colegiado deve ser o andamento das obras
no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, localizado em Florianópolis, conforme
sugeriu o deputado Gean Loureiro (PMDB).

A primeira reunião da frente parlamentar contou ainda com a presença de
representantes de diversos portos localizados no estado, que apresentaram as
principais demandas do segmento.

Responsáveis pelo escoamento não só da produção local, mas também de outras
unidades da federação, os terminais catarinenses podem perder sua capacidade
competitiva caso os investimentos necessários não sejam feitos, advertiu o
diretor de operações do porto de Itapoá, Márcio Guiot.

Santa Catarina tem um enorme potencial para se tornar o maior movimentador
de cargas do país, mas para isso os investimentos precisam se concretizar,
disse Guiot.

De acordo com o presidente do Terminal Graneleiro da Babitonga (TGB), Alexandre
Fernandes, uma das medidas mais urgentes é o aprofundamento do canal de acesso
dos navios na Baía da Babitonga, bem como a duplicação da BR-282, que corta o
estado transversalmente, a partir do município de São Francisco do Sul.

São medidas que beneficiariam todos os portos lá instalados, disse.

Fontes:
Alexandre Back
Agência AL
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha













Sexta-feira, 22 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A HOMENAGEM E O ASFALTO
GOVERNADOR INAUGURA PAVIMENTAÇÃO EM RODOVIA ESTADUAL NO PLANALTO NORTE. A ESTRADA TEM NOME DE UM PREFEITO DE PORTO
UNIÃO, QUE MORREU EM UM ACIDENTE DE CARRO

O governador Raimundo Colombo, acompanhado do secretário de Estado da
Infraestrutura, João Carlos Ecker, inaugurou  a pavimentação asfáltica do
trecho de 10 quilômetros da SC-478, do Distrito de Santa Cruz do Timbó,
em Porto União, no Planalto Norte. Para realização da obra, o Governo do
Estado por meio do Programa Pacto por Santa Catarina investiu R$ 11,7 milhões.

É uma obra que valoriza Santa Catarina e nos orgulha em saber que mais um
acesso está concluído e que o objetivo da comunidade foi atingido. Também o
fato de honrar o compromisso do meu amigo e irmão Luiz Henrique, quem iniciou
a pavimentação desse trecho e agora concluímos, disse Colombo.

A principal via de acesso ao distrito, conhecida como Estrada da Lança, recebeu
terraplenagem, obras complementares, iluminação, sinalização e drenage

Como forma de homenagem, a estrada recebeu o nome de Alexandre Passos Puzzyna
, que foi prefeito de Porto União por três vezes, deputado federal por duas
vezes e responsável por revitalizar e alargar o trecho na década de 1973, mesmo
sem asfalto. O político morreu em 1998, vítima de um acidente de carro.

A região tem como principal atividade as culturas da soja, do milho, do feijão
, além da extração de madeiras e de erva mate, que se mantém desde a década de
1930 até hoje.

Fontes:
Rafael Vieira de Araújo
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e texto complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha









Quinta-feira, 21 de Maio de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DE CARRO NOVO
POLÍCIA CATARINENSE GANHAR BMW SÉRIE 3 PARA FROTA

Um exemplar do Série 3 na versão 335i causou certo alvoroço nas redes
sociais nos últimos dias.

O sedã alemão apareceu com as cores da Polícia Militar de Santa Catarina.

Afinal, por qual motivo um modelo com preço na casa dos R$ 300 mil estaria
sob mãos de policiais, sendo que a BMW produz na cidade de Araquari o
modelo 320i ActiveFlex?

No entanto, segundo o blog Visor do Diário Catarinense, trata-se apenas
de um modelo personalizado por uma concessionária de São José para compor
uma exposição de viaturas dos 180 anos da PM, que está sendo realizada em
um shopping catarinense até o dia 24 de maio e conta ainda com outros
modelos de viaturas usadas pela corporação. O BMW 335i recebeu apenas
adesivos na carroceria.

O sedã é equipado com um motor 3.0 litros turbo de seis cilindros, capaz
de desenvolver até 310 cavalos de potência.







Quarta-feira, 20 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MODELO COLOMBO
ESTADO DE SANTA CATARINA APREENDE ARMA DE CIDADÃO DE FORMA IRREGULAR  E AINDA EXTRAVIA ARMAMENTO

Um cidadão será indenizado pelo Estado após ter uma arma de fogo apreendida
de forma equivocada, e que posteriormente foi extraviada da repartição pública
que deveria guardá-la.

O homem conseguiu comprovar posteriormente o porte regularizado. A devolução,
contudo, não ocorreu.

A 2ª Câmara de Direito Público do TJ, ao analisar o processo em grau de recurso,
manteve o dever de indenizar do Estado, mas procedeu à minoração do valor estabelecido
originalmente, de quase R$ 3 mil. Cedeu ao argumento do Estado de que esse valor
corresponde a uma arma nova, enquanto a extraviada já tinha 16 anos de uso.

O órgão também fez adequações na incidência dos juros e correção monetária, assim
como nos honorários advocatícios.

"A indenização por dano material deve corresponder ao valor de mercado do revólver, e
não ao preço de uma nova arma de fogo, sob pena de se promover o enriquecimento sem
causa do apelado, pagando-se-lhe mais do que é devido segundo o prejuízo que suportou",
explicou o desembargador Cid Goulart, relator da matéria. O valor devido será apurado
em fase de liquidação de sentença.

A decisão foi unânime.

Fontes:
Assessoria de Imprensa do TJSC
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha







Terça-Feira, 19 de Maio de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FORA DE CIRCULAÇÃO
POLÍCIA CIVIL DE PORTO UNIÃO PRENDE ESTUPRADOR FORAGIDO

No Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças
e Adolescentes, nesta segunda-feira, 18, a Polícia Civil, por meio da
Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Porto União, deflagrou uma
operação para localizar e dar cumprimento ao mandado de prisão em desfavor
de um homem de 24 anos.

Ele foi encontrado e detido pelos policiais na localidade conhecida como
Rio dos Pardos, em Porto União.

Em 2010, o autor foi processado e condenado a pena de 6 anos de prisão
 pela prática do crime de estupro. Segundo o Delegado de Polícia Civil,
Nilson Luis de Oliveira Cezar, o caso ganhou repercussão em Porto União,
por ser um grave crime de violência cometido contra a vítima.

A prisão foi mais um trabalho da Polícia Civil no combate à criminalidade,
trazendo mais tranquilidade à população, acrescentou Cezar. 

Após o cumprimento da medida cautelar, o condenado foi encaminhado ao
Sistema Prisional de Porto União.  

Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181.








Segunda-feira, 18 de Maio de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FIM DE TRETA
EMPRESA GANHA ÁREA PÚBLICA PARA INVESTIR, ALUGA ESPAÇO E
JUSTIÇA CANCELA O ROLO
   
A 4ª Câmara de Direito Público do TJ manteve decisão que revogou ato de doação
de área de 5 mil metros quadrados, formulado por um município do sul do Estado
em benefício de empresa que deu ao terreno destinação diversa da prevista em lei.

A outorga da área, segundo os autos, estava vinculada à realização de investimentos
na industrialização do município.

A empresa, contudo, não só deixou de promovê-los como tratou de alugar o espaço
para terceiros, em visível desvio de finalidade. Ao ser notificada para que
desocupasse o imóvel, buscou judicialmente garantir-se na propriedade ou,
alternativamente, ser indenizada por benfeitorias que diz ter realizado no espaço.

Ao particular não é atribuído quaisquer dos poderes de propriedade sobre imóvel
público e, por ser mero detentor, afasta-se a viabilidade de retenção e indenização,
explicou o desembargador substituto Júlio César Knoll, relator da matéria. Ele disse
ainda que a doação não chegou a ser materializada em cartório, de forma que o ato
revestiu-se de simples concessão de uso – de caráter precário e passível de reversão
pela municipalidade a qualquer tempo.

A decisão foi unânime .

Fontes:
Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Textos:
Américo Wisbeck, Ângelo Medeiros, Daniela Pacheco Costa, Maria Fernanda Martins e
Sandra de Araujo
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares














Domingo, 17 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA


AMOR POR TODA A VIDA
MAIS DE 800 NOIVOS PARTICIPAM DE CASAMENTO COLETIVO EM FLORIANÓPOLIS

Mais de 800 noivos de nove municípios da Grande Florianópolis vão se unir
em matrimônio em cerimônia coletiva marcada para este final de semana na
Capital.
 
O evento, tradicionalmente promovido pela organização não governamental Amigos
em Ação, tem o apoio institucional do Tribunal de Justiça através da Corregedoria
-Geral da Justiça (CGJ), que orienta os cartórios extrajudiciais a isentar de taxas
os nubentes.

A cerimônia, marcada para ocorrer no Centro Sul, centro da cidade, terá início
às 17 horas no sábado (16/5), e às 10 horas no domingo (17/5).
 
Por meio do projeto de casamento coletivo civil já foram realizadas quase 8 mil
uniões nos últimos anos. Neste ano, serão 420 casais. Os noivos são oriundos de
Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Governador
Celso Ramos, Antônio Carlos, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara.
 







Sábado, 16 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

BANCO CONTRA TORNADO
BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL VAI
LIBERAR DINHEIRO PARA XANXERÊ E CIDADES VIZINHAS

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizará
a partir de segunda-feira (18), um aporte extra de R$ 200 milhões para o Banco
Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE). Atendendo à solicitação da
Federação das CDLs de Santa Catarina (FCDL/SC), o orçamento poderá ser destinado
para a reconstrução das áreas atingidas pelo tornado no mês passado em Xanxerê
e cidades vizinhas.

Nosso trabalho maior foi movimentar a classe política para que houvesse recursos
disponíveis no programa emergencial de recuperação, do BNDES, e que pudesse ajudar
essas pessoas que de uma hora para outra viram suas casas e comércios indo para os
ares, explica Ivan Tauffer, presidente da FCDL/SC.

Para Sérgio Medeiros, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae SC, que
também participou da mobilização, o trabalho só está começando.

Nossa equipe técnica atuará junto aos comerciantes, orientando as mais de 300
empresas para que consigam se recompor e melhorar a situação em que se encontram
com maior agilidade, diz ele.

A verba está inserida no Programa BNDES Emergencial de Reconstrução de Municípios
Afetados por Desastres Naturais (BNDES PER), que tem como objetivo apoiar a retomada
da atividade econômica em municípios afetados por desastres naturais. As condições
de crédito, bem mais competitivas do que as demais no país, foram determinantes para
a escolha do financiamento. Os juros, por exemplo, giram em torno de pouco mais de
0,5% ao mês. São questões importantíssimas, especialmente em momentos difíceis como
o que estes lojistas estão passando, ressalta Tauffer.

As cidades que precisarem solicitar o financiamento devem enviar os pedidos ao banco
nacional até o dia 31 de dezembro deste ano. Poderão se beneficiar empresas, cooperativas
e produtores rurais, desde que atendam a alguns requisitos exigidos por lei. As condições
de financiamento, como taxas de juros e prazos, assim como as garantias serão consultadas
previamente.

Fontes:
PalavraCom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares








Sexta-feira, 15 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA


PROMOÇÃO DO FACE
MENOR É PEGO COM MOTOCICLETA FURTADA EM CONTOU QUE TROCOU
A  MOTO POR TÊNIS. NEGÓCIO FOI FEITO PELO FACEBOOK

Ao achar que encontrou um negócio espetacular, um menor de idade fez a
pior compra pela internet da sua vida, se é que pode-se contar esta
história desta maneira.

Tudo começou quando a Polícia Militar recuperou uma Honda Biz furtada 
no bairro das Nações, em Camboriú.

A guarnição em rondas, por volta de 22h, avistou a motoneta preta conduzida
por um adolescente, sendo o mesmo abordado na rua Uruguai, acima da Av. Palestina.

Indagado pelos documentos e procedência do veículo, o suspeito informou ter 17
anos, e que não tinha os documentos do veículo, pois teria trocado a motoneta
por um tênis após negociá-la pelo Facebook.

Consultado a placa, foi constatado restrição de furto na cidade de Camboriú.

Diante dos fatos, o menor, a moto e o tênis foram conduzidos para a realização
de flagrante de ato infracional.

Fontes:
Click Camboriú
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville







Quinta-feira, 14 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM PERDÃO
GOVERNO DE SANTA CATARINA VAI DESCONTAR SALÁRIO DE SERVIDORES
EM GREVE

A presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) autorizou
o desconto de até 30% sobre o valor líquido dos salários do mês de maio
dos servidores do judiciário em greve no estado.

O Sinjusc, sindicato que representa a categoria, afirma que a decisão é
irregular e vai contra o estatuto dos servidores, que permite descontos
de até 10%.

Segundo a assessoria de comunicação do TJSC, o limite de 10% de desconto
salarial é previsto pelo estatuto em outras situações, como o recebimento,
 por engano, de um pagamento indevido.

No caso de uma greve, a administração interpreta como a não prestação de
um serviço. De acordo com o TJ, o valor de 30% de desconto foi estipulado
como forma de "condescendência com o servidor e sua família, conjugado ao
direito de greve".

O TJSC afirmou que os descontos estão previstos para serem efetuados nos
pagamentos do próximo dia 20, caso a greve continue. Os demais dias
parados poderão ser subtraídos nos próximos meses.

A categoria recorre da decisão. “Entramos com mandado de segurança tão
logo fomos informados dessa decisão. Agora aguardamos uma decisão da
ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deve ser
tomada ainda nesta semana”, diz Luiz Carlos Ribeiro, diretor  de política
sindical do Sinjusc."Foi imposição dada pelo poder que eles entendem que
possuem, afirmou.

Fontes:
G1














Quarta-feira, 13 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM PERDÃO
GOVERNO DE SANTA CATARINA VAI DESCONTAR SALÁRIO DE SERVIDORES
EM GREVE

A presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) autorizou
o desconto de até 30% sobre o valor líquido dos salários do mês de maio
dos servidores do judiciário em greve no estado.

O Sinjusc, sindicato que representa a categoria, afirma que a decisão é
irregular e vai contra o estatuto dos servidores, que permite descontos
de até 10%.

Segundo a assessoria de comunicação do TJSC, o limite de 10% de desconto
salarial é previsto pelo estatuto em outras situações, como o recebimento,
 por engano, de um pagamento indevido.

No caso de uma greve, a administração interpreta como a não prestação de
um serviço. De acordo com o TJ, o valor de 30% de desconto foi estipulado
como forma de "condescendência com o servidor e sua família, conjugado ao
direito de greve".

O TJSC afirmou que os descontos estão previstos para serem efetuados nos
pagamentos do próximo dia 20, caso a greve continue. Os demais dias
parados poderão ser subtraídos nos próximos meses.

A categoria recorre da decisão. “Entramos com mandado de segurança tão
logo fomos informados dessa decisão. Agora aguardamos uma decisão da
ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que deve ser
tomada ainda nesta semana”, diz Luiz Carlos Ribeiro, diretor  de política
sindical do Sinjusc."Foi imposição dada pelo poder que eles entendem que
possuem, afirmou.

Fontes:
G1






Terça-feira, 12 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CHAMARAM O SAMU
EX-GOVERNADOR E SENADOR LUIZ HENRIQUE FOI ATENDIDO PELO
SAMU. ELE MORREU NO DOMINGO

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira se despediram do senador
Luiz Henrique da Silveira, durante velório na madrugada desta segunda-feira, 11, em
Joinville, no Norte do Estado.

O sepultamento foi no segunda, às 16h30, no Cemitério Municipal.

Perdemos um grande amigo, uma pessoa muito especial, com um coração enorme, princípios
e valores. Um grande líder. Luiz Henrique era parceiro para todas as horas, principalmente
nas mais difíceis. Por toda Santa Catarina, como ele dizia, conquistou amigos e, hoje,
o Estado inteiro derrama lágrimas de reconhecimento da pessoa que perdemos. É um momento
muito triste para todos nós, para o Estado e também para o Brasil. Sou uma pessoa de fé,
mas dói muito no coração e temos que superar, disse Colombo.

O corpo do senador chegou ao Centreventos Cau Hansen, por volta da meia-noite desta
segunda, 11, para ser velado, e foi recebido por familiares e autoridades. Colombo e
o vice Pinho Moreira colocaram uma bandeira do Estado de Santa Catarina sobre o local
onde estava Luiz Henrique.

Pinho Moreira, que o conhecia por mais de 30 anos, destacou suas qualidades como homem
público e político catarinense. Um homem que exerceu na plenitude a sua vocação para
a causa pública. Dedicou-se com perseverança, conquistas, superação, mas acima de tudo
com espírito visionário, enxergou um desenvolvimento para Santa Catarina, com questões
éticas e morais, afirmou.

O Brasil perdeu um líder consolidado há 40 anos, sempre prestando serviço público,
atendendo as pessoas com a essência do servidor. Temos poucos líderes como esse, que
nos deixou prematuramente, porque ainda tinha uma carreira muito longa pela frente,
disse o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Gelson Merísio.

O prefeito de Joinville, Udo Döhler, falou sobre o papel importante para a cidade
joinvilense, o Estado e o país. O nosso senador deu sua grande contribuição para Santa
Catarina, para Joinville, e, sobretudo, para o país como ministro e senador. Com toda
sua experiência, ao longo de décadas, contribuiu de forma muito importante para todos.
Só temos que lamentar sua ausência.

Após almoço no domingo, 10, em sua residência em Joinville, o político passou mal.

O senador foi atendido pelo Samu e segundo os atendentes, Luiz Henrique estava com
parada cardíaca. Em seguida, foi encaminhado ao hospital.

Após um infarto, ele recebeu procedimentos por cerca de uma hora, mas não resistiu.

Aos 75 anos, Luiz Henrique foi prefeito de Joinville por três mandatos, deputado federal
, deputado estadual, governador de Santa Catarina por dois mandatos e, atualmente, era
senador da república. Também foi ministro de Ciência e da Tecnologia.

Fontes:
Rafael Vieira de Araújo
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Governo do Estado de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville






Segunda-feira, 11 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PARA OUVIR BEM ALTO
SETOR RURAL SE MOVIMENTA E VAI ATÉ O GOVERNADOR DO ESTADO
PARA DISCUTIR ESTRUTURA DO SETOR

Uma comitiva de lideranças rurais de Santa Catarina entregou ao governador
Raimundo Colombo em Florianópolis, o documento Grito da Terra, que traz
demandas para o desenvolvimento do setor.

No Estado, o movimento é organizado pela Federação dos Trabalhadores Rurais
Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Santa Catarina (Fetaesc).

A Fetaesc coordena com qualidade um trabalho de apoio a todos os agricultores,
principalmente os menores. Ao longo dos anos, construímos uma parceria que tem
trazido bons resultados. Todo ano esse evento se repete, como novas demandas.
São coisas simples, para pessoas simples, que trabalham muito e merecem a
atenção do Estado. E com o movimento coordenado desta forma, temos condições
de garantir um resultado melhor, afirmou o governador Raimundo Colombo.

As demandas apresentadas neste ano, que incluem ações em áreas como infraestrutura
, saúde e educação, serão debatidas internamente no Governo do Estado para serem
apresentadas respostas aos líderes do movimento nos próximos dias.

Esta é a 21º edição do Grito da Terra Brasil, que em 2015 traz como tema principal
Desenvolvimento Rural Sustentável com garantia de Direitos e Soberania Alimentar.

Este ano, o movimento será realizado entre os dias 18 e 22 de maio, em diferentes
estados brasileiros. Em Santa Catarina, o ato será promovido no dia 21 de maio, em
Florianópolis, em local ainda a ser definido.

O presidente da Fetaesc, José Walter Dresch, fez um balanço positivo da reunião.
Foi um dos melhores encontros dos últimos tempos. Temos uma pauta enxuta, que envolve
acessos às propriedades, creches no meio rural, questões de segurança, de energia
elétrica e de acesso à internet. Questões que garantem que as famílias do meio rural
tenham um tratamento se não igual, pelo menos parecido com as do meio urbano. Até o
dia 21, esperamos as respostas para os encaminhamentos do dia de hoje, explicou.

Fontes:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville












Domingo, 10 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

INTERFERÊNCIA JUDICIÁRIA
GOVERNADOR PEDE PARA PODER JUDICIÁRIO ACELERAR JULGAMENTO
DE PROCESSO QUE ENVOLVE ROLO EM CONTRATAÇÃO DE EMPRESA QUE
VAI INSTALAR CÂMERAS DE SEGURAÇA

O Governo do Estado deflagrou uma operação emergencial para reforçar a segurança
pública na região de Criciúma, no Sul de Santa Catarina. Por determinação do
governador Raimundo Colombo, o reforço já está em operação e nesta semana o grupo
de inteligência da Segurança Pública estará na cidade para dar continuidade aos
trabalhos e definir os próximos passos. Os detalhes do efetivo e do cronograma
não são divulgados por questões estratégicas.

O governador Raimundo Colombo recebeu lideranças locais para tratar dos pontos
prioritários para a região e debater também ações de médio e longo prazo. Os
indicadores de violência no Brasil estão cada vez piores. Santa Catarina é o
Estado menos violento, mas aqui também existe violência e ela se apresenta todos
os dias. Temos que aumentar nossa força policial para garantir tranquilidade
para população. Esse é nosso esforço. Temos que continuar nosso trabalho de
contratar e qualificar nossa equipe com tecnologia, avaliou o governador Raimundo Colombo.

O governador destacou os reforços no efetivo a serem realizados nos próximos meses.

A Polícia Militar terá um ganho de 658 solados, conforme concurso público em andamento.
E a Polícia Civil também conta com 406 aprovados em concurso público – 366 agentes de
policia e 40 delegados – que precisam passar por curso de formação profissional para
efetivamente reforçarem o efetivo catarinense. As vagas são para diferentes regiões
do Estado.

O governador afirmou, ainda, que está agilizando o processo de instalação de câmeras
de videomonitoramento em áreas do Estado ainda não contempladas. As câmeras e os
acessórios já foram comprados e estão prontos para implantação. Mas o processo de
aquisição dos links de transmissão (fibra ótica), que é serviço terceirizado
contratado, está judicializado – uma das empresas que perdeu no pregão apresentou
impugnação e recorreu à Justiça. Há uma liminar concedida que impede a contratação
com a vencedora até que o mérito seja julgado. O Governo do Estado solicitou
agilidade no julgamento.

Fontes:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville











Sábado, 9 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VAI PAGAR
EMPRESÁRIO QUE SONEGOU IMPOSTO EM ITAPEMA É CONDENADO A
FICAR 4 ANOS  NA CADEIA

O empresário Antônio Vilmar Coelho Medeiros, sócio da empresa Comercial Bastos
Materiais de Construção, de Itapema, foi condenado a quatro anos, cinco meses
e 10 dias de prisão em regime semiaberto e ao pagamento de 21 dias-multa, sendo
que cada dia-multa equivale a 20 BTNs (Bônus do Tesouro Nacional).

Antônio sonegou R$876.737,34 em impostos.

Conforme os documentos apresentados pelo Ministério Público de Santa Catarina
(MPSC) na denúncia oferecida contra Antônio Vilmar Coelho Medeiros e sua sócia
Marlene Terezinha Dal Vesco, entre os anos de 1999 e 2003, foram realizadas 47
operações de saída de mercadorias sem emissão dos documentos fiscais e,
consequentemente, sem recolhimento do Imposto sobre Operações relativas à
Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual
e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS).

Durante as investigações da 2ª Promotoria de Justiça de Itapema, com atribuição
nos crimes contra a ordem tributária, ficou comprovado que a sócia Marlene
Terezinha Dal Vesco não exercia nenhuma atividade administrativa e sequer foi
vista nas dependências da empresa pelas testemunhas na época dos fatos.

Fontes:
Ministério Público de Santa Catarina










Sexta-feira, 8 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA


NA MARRA
CIDADE DE PAPANDUVA VAI SER OBRIGADA A IMPLANTAR SERVIÇO DE TERAPIA  RESIDENCIAL

A Justiça manteve a decisão obtida pelo Ministério Público de Santa Catarina
(MPSC) que determina a implementação de Serviço Residencial Terapêutico (SRT)
em Papanduva. Segundo a decisão, o Estado e o Município deverão iniciar, no
prazo de 15 dias, os procedimentos necessários à implantação de um centro para
pacientes acometidos por transtorno mental que necessitem desse modelo de
tratamento.

O Serviço Residencial Terapêutico foi instituído a partir da Lei Federal n.
10.216/2001, que cuida da proteção das pessoas com transtornos mentais e
redireciona o modelo assistencial de saúde mental. Com a promulgação da lei,
a internação hospitalar psiquiátrica passou a ser utilizada como último
recurso terapêutico.

O pedido para implementação do serviço foi feito pela Promotoria de Justiça
de Papanduva, que identificou a ausência do modelo de tratamento no município.
O SRT consiste na alternativa de moradia para pessoas há anos internadas em
hospitais psiquiátricos por não contarem com suporte adequado na comunidade.
O objetivo é valorizar o tratamento próximo de onde o paciente vive.

Em 2013, a Promotoria de Justiça havia buscado a resolução do problema pela
via extrajudicial e enviado uma recomendação à Prefeitura da Papanduva para
que fossem iniciados os procedimentos para a implantação do serviço, porém
em nenhum momento a Prefeitura fez a previsão de recursos no orçamento
municipal para a implantação do centro.

Caso o Estado de Santa Catarina e o Município de Papanduva não iniciem os
trâmites necessários para implantar o SRT, será imposto o bloqueio de verbas
públicas para garantir o cumprimento da decisão. A decisão é passível de
recurso.

SAIBA MAIS

LEI 10.216, DE 06.04.200, ART. 5º

Determina que os pacientes há longo tempo hospitalizados, ou para os quais
se caracterize situação de grave dependência institucional, sejam objeto de
política específica de reabilitação psicossocial assistida.









Quinta-feira, 7 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

AFASTA-TE
JUSTIÇA MANDA AFASTAR PREFEITO DE LAGES E BLOQUEIA BENS DE
RÉUS EM  OPERAÇÃO ÁGUAS LIMPAS

A Justiça determinou o afastamento do Prefeito de Lages e a indisponibilidade
dos bens de oito dos envolvidos na Operação Águas Limpas. A decisão foi proferida
na ação de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público de Santa
Catarina (MPSC). O Prefeito deverá ficar afastado até a finalização da fase de
instrução do processo. O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ajuizou
ação civil pública, em 13 de abril, contra dez pessoas e a empresa Viaplan
Engenharia Ltda. pela prática de atos de improbidade administrativa. Dos dez
réus, dois já estão ressarcindo os cofres públicos por meio de pagamentos mensais
, conforme acordo com o Ministério Público em termo de colaboração premiada.

A ação civil pública é consequência das investigações envolvendo a Operação Águas
 Limpas, realizada em Lages. A ação requer a condenação dos réus por atos que
geraram enriquecimento ilícito, danos ao erário e violação de princípios da
administração pública, conforme os artigos 9º, 10º e 11º da Lei n. 8.429/1992.

A Lei n. 8.429/1992 estabelece, como possíveis penas, a perda dos bens ou valores
acrescidos ilicitamente ao patrimônio; o ressarcimento integral do dano, quando
houver; a perda da função pública; a suspensão dos direitos políticos; o
pagamento de multa civil; e a proibição de contratar com o Poder Público ou
receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente
, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário.

A ação civil pública ajuizada pelo Promotor de Justiça Jean Pierre Campos, da 5ª
Promotoria de Justiça de Lages, com atuação na área da moralidade administrativa
, é um desdobramento da Operação Águas Limpas. Em dezembro, o Ministério Público
, por meio da Procuradoria-Geral de Justiça, já havia ajuizado ação penal perante
o Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Depois de receber a ação penal, o
Tribunal de Justiça autorizou o compartilhamento das provas, em 20/3/15, o que
permitiu o ajuizamento da ação civil pela 5ª Promotoria de Justiça.

A Operação Águas Limpas foi o resultado das investigações do Grupo de Atuação
Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Lages, que começaram
em fevereiro de 2014 e identificaram a existência de organização criminosa voltada
ao favorecimento de empresa, com direcionamento de contrato, em troca do recebimento
de propina na Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa).

Fontes:
Coordenadoria de Comunicação Social do MPSC









Quarta-feira, 6 de Maio de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SOCORRO AOS HOSPITAIS
MAIS DE 180 INSTITUIÇÕES DE SAÚDE QUE ATENDEM PELO SUS
PEDEM ATUALIZAÇÃO NA TABELA DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

Atualmente, mais de 180 instituições de saúde localizadas em Santa Catarina
sofrem para manter o atendimento adequado para a população. São os chamados
hospitais filantrópicos, e que agora virou tema de debate entre alguns
deputados estaduais.

Até mesmo um grupo de políticos com a missão de diagnosticar e ajudar estes
hospitais foi criado pela Assembléia Legislativa e chama-se Frente Parlamentar
em Defesa da Saúde.

Na semana passada, longe dos corredores lotados dos hospitais, os deputados
participaram de um café da manhça, que teve como objetivo reunir representantes
dos hospitais filantrópicos. O objetivo é debater e encaminhar os pedidos destes
hospitais para os governos estadual e federal.

A Frente Parlamentar é presidida pelo deputado José Milton Scheffer, filiado ao
Partido Progressista.

Um dos temais calorosos é o que pede o aumento nos valores pagos pelo SUS pelos
procedimentos médicos. Talvez seja a própria falta de reajuste é que justifique
como estes hospitais funcionam com pouca verba.

Fontes:
Diário de Joinville
Daniel Soares










Terça-Feira, 5 de Maio de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A RECEITA DO PERIGO
DIVISÃO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL FAZ OPERAÇÃO POLICIAL
E ENCONTRA ANABOLIZANTES COM RECEITAS MÉDICAS FALSAS
EM SÃO JOSÉ, REGIÃO DA GRANDE FLORIANPÓPOLIS

A Divisão de Investigação Criminal ( DIC) da cidade de São José, Santa
Catarina, efetuou uma operação polícial contra a venda ilegal de anabilizantes.

Ao todo, os policiais apreenderam diversas ampolas de testostenora e diversas
porções de outras substâncias. Até mesmo receitas médicas falsas foram
encontradas durante a operação.

Um homem foi preso. Ele não teve o nome revelado pela polícia civil de São
José, região da capital do estado de Santa Catarina, Florianópolis. O detido
tem 32 anos de idade, segundo fontes policiais. Ele vai responder por tráfico
de drogas, crime contra a saúde pública e falsificação de documento público,
já que junto com as drogas, estavam duas receitas falsas.

A ação foi coordenada pelo Delegado da DIC, Manoel Galeno. 

Fontes:
Diário de Joinville
Daniel Soares








Segunda-feira, 4 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PERTO DA DISTÂNCIA
AO COMPLETAR 50 ANOS DE EXISTÊNCIA, UNIVERSIDADE DO ESTADO
DE  SANTA CATARINA TEM 12 UNIDADES FÍSICAS MAS NÃO ESCONDE
NOVA  VOCAÇÃO AO MANTER 27 POLOS PRESENCIAIS EM CURSOS FEI-
TOS POR COMPUTADOR

Considerada uma das melhores instituições de ensino do Brasil, a Universidade
do Estado de Santa Catarina, Udesc, completa 50 anos de existência no dia 20
de maio, e para isto, preparou uma extensa programação festiva que vai durar
praticamente o ano todo.

O início das comemorações vai ser antecipado em uma semana, quando o Museu da
Escola Catarinense, o Mesc, será o palco de lançamento de um documentário sobre
a própria universidade.

Segundo a Udesc, todas as cidades em que a instituição atua vão receber alguma
comemoração dos 50 anos da universidade. Até mesmo a Alesc, Assembléia Legislativa
de Santa Catarina vai promover uma sessão especial para homenagear a Udesc no dia
27 de maio.

Atualmente a Udesc conta com 12 unidades instaladas em 10 cidades, mas o número
de pólos instalados para as aulas de apoio presencial revelam a nova vocação da
Universidade que é promover o ensino a distância. São 27 destes pólos em funcionamento.

A instituição conta ainda com diversas especialidades no menu educacional, onde se
destacam um laboratório de DNA, um escritório de Direitos Autorais e três emissoras
de rádio FM.

Edição e Texto:
Daniel Soares
Diário de Joinville.com








Domingo, 3 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PROTEÇÃO TOTAL
CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE COMEÇA NESTA SEGUNDA-FEIRA, DIA 4 DE MAIO

A campanha de vacinação contra a Influenza (gripe) começa na próxima segunda-feira
, dia 4, e vai até o dia 22. Nesta quarta-feira, 29, às 16h, o secretário de Estado
da Saúde, João Paulo Kleinübing, o superintendente de Vigilância em Saúde, Fábio
Gaudenzi, e o diretor da Vigilância Epidemiológica, Eduardo Macário, concederão
entrevista coletiva sobre a campanha no 7º andar da Secretaria do Estado da Saúde
(Rua Esteves Júnior, 160), em Florianópolis.

O objetivo da campanha é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade
decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza na população alvo para a vacinação.

A meta da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina é imunizar 80% dos 1.590.852
catarinenses que integram a população-alvo da campanha. Para isto, em todo o Estado,
cerca de 6,7 mil profissionais estarão atuando em mais de 1,7 mil postos de vacinação,
que estarão abertos de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. No sábado, dia 9 de maio,
será realizado o Dia “D” da Campanha de Vacinação.

A definição da população-alvo leva em conta os grupos populacionais que têm maior risco
de desenvolver complicações decorrentes da Influenza. Portanto, devem se vacinar crianças
entre seis meses e menos de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes,
puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da
saúde, indígenas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições
clínicas especiais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A vacina protege contra três tipos de vírus influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B. Neste
ano, até o dia 28 de abril, foram confirmados três casos de Influenza no Estado, dois
pelo vírus A(H3N2) (Araranguá e Jaraguá do Sul) e um pelo vírus B (Florianópolis). Em
2014, Santa Catarina registrou 174 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)
por Influenza, dos quais 13 evoluíram para óbito. Em relação a 2013, houve uma queda de
65% nos casos e óbitos – já que, em 2013, foram 492 casos, com 42 mortes.

Das 174 pessoas que desenvolveram síndrome respiratória por Influenza em 2014, 151
(87%) pertenciam a um dos grupos prioritários para vacinação e metade destes (75) não
tinham sido vacinados. “As pessoas que pertencem aos grupos prioritários para a vacina
contra a Influenza devem se vacinar o quanto antes, pois a pessoa leva até 15 dias para
produzir anticorpos e se protegerem contra a gripe”, alerta Eduardo Macário, diretor de
Vigilância Epidemiológica.

“Para reduzirmos ainda mais o número de casos de síndrome respiratória por Influenza
em Santa Catarina, devemos manter as ações de vigilância e buscar altas taxas de cobertura
vacinal nas populações prioritárias”, alerta a gerente de Vigilância de Doenças
Imunopreveníveis e Imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive),
Vanessa Vieira da Silva.













Sábado, 2 de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O FUTURO DO TRANSPORTE
DEPUTADOS CATARINENSES DEBATEM AGENDA LEGISLATIVA, RODOVIAS
E FERROVIAS

Os deputados debateram na sessão da manhã desta quinta-feira (30) a agenda legislativa da
Fiesc, a inauguração da SC-112, em Rio Negrinho, além da situação de abandono em que se
encontram as ferrovias no Planalto Norte do estado. “Tenho certeza de que o Legislativo
estará ao lado da indústria”, declarou  Mario Marcondes (PR), depois de conhecer que 36
projetos de lei compõem a agenda legislativa da Federação das Indústrias de Santa Catarina.

Kennedy Nunes (PSD) classificou de natural que a Fiesc acompanhe os projetos de leis
apresentados pelos parlamentares. “Os empresários têm posições convergentes e divergentes
, é um processo sério, eles trazem informações e discutem”, descreveu o parlamentar, que
brincou com o fato de não ser autor de projeto divergente dos interesses da Fiesc.

Só projeto convergente, como a inserção de bebidas lácteas na lista de consumo popular,
comentou o representante de Joinville.

Luiz Fernando Vampiro (PMDB) destacou a inauguração do escritório Sul da entidade, em
Criciúma. “O espaço ficou muito bom, o Sul agradece”, afirmou. Silvio Dreveck (PP)
criticou a legislação brasileira. “É um entrave na competitividade, tornou a indústria
não competitiva”, disparou, elogiando em seguida o projeto de terceirização, que atualmente
tramita no Senado Federal.

Dreveck também destacou a inauguração da SC-112, que liga Rio Negrinho ao distrito
de Volta  Grande. Segundo o deputado, é uma estrada que “liga nada a nada”. Ele defendeu
o prosseguimento da pavimentação até Doutor Pedrinho.

O governador Raimundo Colombo retomou e concluiu obra, que estava parada, e agora determinou a licitação dos demais trechos para  fazer a ligação com o Vale do Itajaí”,
garantiu Dreveck.

Já Antonio Aguiar (PMDB) cobrou da América Latina Logística (ALL), do DNIT e da Secretaria  de Patrimônio da União solução para o abandono em que se encontram as
ferrovias que cortam o Planalto Norte em direção ao Litoral e ao centro do Rio Grande
do Sul. “Estamos produzindo cada vez mais automóveis e abandonando linhas, estações
e máquinas. Queremos desenvolvimento para região Norte”, reivindicou Aguiar.







Sexta-feira, 1º de Maio de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CORPORATIVISMO ATIVISTA
PROFESSORES DE SANTA CATARINA ORGANIZAM CARAVANA
PARA APOIAR  PROFESSORES QUE APANHARAM DA PM NO PARANÁ

Os professores da rede pública estadual de Santa Catarina irão em
caravana para o Paraná na próxima terça-feira. Eles querem prestar
solidariedade ao magistério paranaense, que entrou em conflito com a
Polícia Militar do Paraná na quarta-feira, 29.

Até o momento, dois ônibus estão programados pelo Sindicato dos Trabalhadores
em Educação na Rede Pública de Santa Catarina (Sinte-SC).

De acordo com Marcelo Serafim, do Comando de Mobilização da categoria, a
ideia é apoiar e participar da assembleia do magistério do Paraná, que
acontece na próxima terça-feira. Os manifestantes também pretendem fazer
uma reunião nacional com os sindicatos dos estados que continuam em greve.

O Sinte-SC está articulando para que outros sindicatos estaduais de educação
compareçam a assembleia em Curitiba.

Fontes:
RBS
Julia Ayres







Quinta-feira, 30 de Abril de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CÉU CINZENTO
CINZAS DE VULCÃO CHILENO CHEGAM A SANTA CATARINA

As cinzas do vulcão Calbuco já estão sobre Santa Catarina.

O fenômeno foi visto no início do dia de sábado na Grande Florianópolis e no
Sul do Estado. Ao longo da manhã, as cinzas atingiram também o Vale do Itajaí.
Por volta das 12h30min as cinzas cobriam todo o Estado.

De acordo com o meteorologista Leandro Puchalski, as cinzas têm baixa
concentração e estão em altos níveis da atmosfera, deixando o céu com
aspecto nublado.

— Nas próximas horas, as cinzas devem atingir as regiões Oeste, Serra e
Norte do Estado. Onde há nevoeiro não é possível vê-las — afirma Puchalski.

Conforme o meteorologista, o aspecto nublado do céu, decorrente da nuvem de
cinzas, deve permanecer em Santa Catarina pelo menos até este domingo.

 
Na manhã deste sábado, era possível observar as cinzas no céu da Lagoa da
Conceição, na Capital.

Em uma imagem de satélite, que mostra o avanço das cinzas, é possível
observar que elas podem chegar até o Paraná. No Rio Grande do Sul, a nuvem
de cinzas chegou a cobrir todo o Estado, mas começou a se afastar por volta
das 11h.


Fontes:
Diário Catarinense
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares









Quarta-feira, 29 de Abril de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SAÚDE DOENTE
REMÉDIOS NÃO CHEGAM AOS POSTOS DDE SAÚDE DE JOINVILLE

Sem Sinvastatina e cálcio desde janeiro, a moradora do Comasa Eliane Eugênia
Souza passou no posto de saúde do bairro nesta segunda-feira e contatou:
faltam mais de quatro remédios fornecidos pela Secretaria de Saúde de Joinville.

Ela fotografou a lista que fica colada na parede próximo à farmácia do postinho.

Pelo menos, 15 medicamentos constam na listagem. Mas a Secretaria confirma apenas
o atraso no recebimento de 11 remédios.

Depois de assistir a uma entrevista na televisão, em que foi divulgada a ausência
de quatro remédios, Eliane resolveu ir até o posto de saúde para comprovar sua
teoria de que faltava pelo menos três vezes mais medicamentos. Aos 55 anos, a dona
de casa toma Sinvastatina para controlar o colesterol e Cálcio para evitar o
enfraquecimento dos ossos. Mas estão sem se medicar há mais quase quatro meses.

— Quando fui buscar de novo em janeiro, não tinha mais — conta a moradora.

A receita que emitida em consulta médica é válida por um ano na rede pública. Nas
farmácias o prazo de quatro meses de validade já expirou. Por isso, a moradora do
Comasa agendou consulta com o médico. O jeito é tirar do próprio bolso e pagar
novamente por um produto comprado pelo poder público. Somente assim, ela poderá
ter os remédios.

De acordo com a Secretaria de Saúde, que se manifestou em "nota oficial", a lista
pregada na parede do posto do Comasa está desatualizada. Alguns medicamentos já
foram repostos. A listagem dos remédios que estão em falta não foi fornecida até
a publicação desta reportagem.

Nota oficial:

"A Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Joinville informa que atualmente,
dos 245 medicamentos que são repassados pela Secretaria da Saúde para as Unidades
Básicas de Saúde, onze apresentam atrasos no fornecimento. A Secretaria da Saúde
ressalta que está empenhando todos os esforços para regularizar a situação,
através da cobrança aos fornecedores para que atendam os prazos contratuais, além
de realizar compras emergenciais".

Fontes:
An







Terça-feira, 28 de Abril de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VALIOSA PREVENÇÃO
OPERAÇÃO INVESTIGA AUTAÇÃO DE VANS ESCOLARES CIRCULANDO
DO FORMA IRREGULAR NA CIDADE DE JARAGUÁ DO SUL

A Secretaria do Urbanismo, por meio da Diretoria de Trânsito e Transportes
de Jaraguá do Sul, está desenvolvendo um trabalho de fiscalização de vans e
ônibus escolares, que iniciou no fim de março e se estenderá até meados de
maio.

De acordo com os fiscais de transportes urbanos Joice Karine Dumke e Roberto
Ledesma Junior, foram realizadas 14 notificações até a última sexta-feira (24)
: dez por não portar documento obrigatório do veículo; três por não ter alvará
de transporte escolar; uma por estar o veículo acima da idade permitida por
lei, que é de até 12 anos a partir da data de fabricação.

Com o objetivo de verificar se os veículos escolares que atuam na cidade estão
regulares ou são clandestinos, a fiscalização está acontecendo junto às unidades
escolares.

Inicialmente nas escolas municipais, com 20 já fiscalizadas até sexta-feira (24)
, informa Joice Dumke, acrescentando que, na sequência, ainda serão vistoriadas
vans junto aos colégios estaduais, aos centros municipais de educação infantil e
nas instituições particulares de ensino.

Os fiscais verificam se os prestadores de serviços de transporte escolar estão
dentro das normas estabelecidas pela Lei Municipal 3074/2002 – que regulamenta
o serviço de transporte especial no município. Alvará, documento do veículo,
Certificado de Vistoria do Inmetro, autorização da Polícia Civil, certificado de
curso de condutor do Contran e CNH categoria D ou E estão entre os itens verificados.

Ainda conferimos as condições gerais do veículo, como cinto de segurança, lotação
e faixa escolar, por exemplo”, acrescenta Roberto Ledesma Junior, destacando que os
transportes a serviço da Prefeitura também são fiscalizados.

Joice Dumke diz que junto com esse serviço também é entregue a todos os motoristas
um formulário para atualização de cadastro e lista de passageiros. Atualmente há 71
autorizações e 124 veículos cadastrados para prestar serviço de transporte escolar
em Jaraguá do Sul.

A fiscal adianta que está prevista uma nova etapa de fiscalização intensiva no
segundo semestre, mas explica que esta é uma atividade contínua da Diretoria de
Trânsito, que é acionada sempre que recebe denúncias feitas na Ouvidoria da
Prefeitura (0800-6420156). Neste sentido, os fiscais ressaltam que é fundamental
a participação da comunidade – pais, alunos, professores, diretores e representantes
das APPs – para fiscalizar e denunciar irregularidades no transporte escolar.


Fonte:
Prefeitura de Jaraguá do Sul
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville.com






Segunda-feira, 27 de Abril de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NOTÍCIAS DO CAMPO
100 MIL PROPRIEDADES RURAIS CATARINENSE JÁ FORAM INSCRITAS
EM CADASTRO AMBIENTAL OBRIGATÓRIO. AGRICULTOR QUE NÃO
CADASTRAR PROPRIEDADE PODE TER CRÉDITO NEGADO

Santa Catarina atingiu a marca de 100 mil propriedades rurais inscritas no
Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar).

Os dados foram divulgados  pelo grupo de trabalho que acompanha o Cadastro
Ambiental Rural (CAR) no estado.

O cadastramento é obrigatório e os proprietários ou possuidores de imóveis
rurais têm até o dia 06 de maio para preencherem o CAR.

O número de inscritos no Sicar é de aproximadamente 27% do total de imóveis
rurais do estado. O cadastramento é de responsabilidade exclusiva dos
proprietários rurais e aqueles que não estiverem regularizados podem sofrer
penalidades previstas na legislação, como impedimento de receber autorização
ambiental ou crédito rural.

Segundo o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos
Chiodini, em 2015 os cadastramentos aumentaram em 156%. Este é resultado de
um trabalho que estamos fazendo, divulgando a importância do cadastramento,
afirma.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, lembra que
o Governo do Estado, municípios e entidades do setor privado treinaram
aproximadamente 1.440 técnicos, distribuídos em todos os municípios, para
auxiliar no preenchimento do cadastro. Existe ainda a possibilidade de o
proprietário de imóvel rural procurar um técnico de sua preferência, arcando
com os custos, ou de ele mesmo preencher o cadastro.

Ao preencher o CAR, o proprietário rural receberá um certificado de cadastramento
, que prova o cumprimento das exigências ambientais. Caso a propriedade rural
esteja em inconformidade com a legislação, o proprietário irá aderir ao Programa
de Recuperação Ambiental (PRA), nele serão estabelecidos prazos e ações de
recuperação ambiental. Com a implantação efetiva do CAR em Santa Catarina, os
proprietários ou possuidores de imóveis rurais ficaram desobrigados da averbação
da reserva legal em cartório, o que reduz os custos e simplifica os procedimentos
de regularização ambiental.

Além da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, participam do grupo de
trabalho do CAR em Santa Catarina as Secretarias de Estado do Desenvolvimento
Econômico Sustentável (SDS), da Casa Civil (SCC) e SDRs, Empresa de Pesquisa
Agropecuária e Extensão Rural do Estado de Santa Catarina (Epagri), Fundação do
Meio Ambiente (Fatma), Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Santa
Catarina (Fetaesc), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa
Catarina (Faesc), Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina
(Ocesc), associações de municípios, prefeituras, sindicatos rurais, entre
outros órgãos.

Fontes:
Michelle Nunes
Assessoria de Comunicação - Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa -Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa - Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville.com











Domingo, 26 de Abril de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SÓ PARA ELAS
PMDB REALIZA CONVENÇÃO ESTADUAL  DAS MULHERES E FOCO DO
ENCONTRO É  2016

Partido com o maior número de mulheres filiadas no Estado, o PMDB catarinense
realiza neste domingo, em Florianópolis, a convenção estadual do PMDB Mulher.

A nova executiva do segmento e o seu diretório serão eleitos por aclamação,
sob a presidência da deputada estadual Ada De Luca e a participação da deputada
Dirce Heiderscheidt, além de representantes de todo o estado.

A convenção acontece das 9 às 15horas, na Assembleia Legislativa de Santa
Catarina, com a presença de lideranças estaduais e militantes de todo o estado.

Atualmente o PMDB conta com mais de 75 mil mulheres filiadas à sigla, número
que representa 40,59% do total de filiados ao partido. 

A mulher sempre teve participação importante no PMDB e o PMDB Mulher catarinense
já foi referência nacional. Neste domingo queremos dar a largada para um novo
momento do segmento, fortalecendo sua atuação. A oxigenação dos segmentos
partidários é uma das nossas metas neste ano. Eles são fundamentais para o
projeto que visa as eleições de 2016 e 2018, destaca o presidente em exercício
, deputado Valdir Cobalchini.

De acordo com a deputada Ada De Luca, o PMDB Mulher terá representação de todo
o Estado. A executiva  e o diretório serão formados pelas duas deputadas eleitas
da sigla, por representantes indicadas por todos os deputados, pelo senadores e
pelo vice-governador do partido e lideranças das 36 coordenadorias do PMDB, em
Santa Carina.

Durante a convenção, as ex-primeiras damas do PMDB, no Estado, e a suplente de
senador, Odinéia Estefânia Rubini Marchetti (in memorian), serão homenageadas
pelo segmento. Todas elas participaram do PMDB Mulher e contribuíram com o
fortalecimento do partido.

Fontes:
Assessoria de Comunicação - PMDB Santa Catarina
www.pmdb-sc.org.br
Soledad Urrutia
Simone Sartori
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville.com







Sábado, 25 de Abril de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DESTAQUE MUNDIAL
ESTADO DE SANTA CATARINA É DESTAQUE EM RELATÓRIO DE INDICADORES DA ONU

Os dados foram apresentados ao governador Raimundo Colombo na manhã de
quinta-feira, 23, por comitiva liderada pelo coordenador residente do
sistema ONU no Brasil, Jorge Chediek. Os indicadores mostram avanços em
diferentes áreas entre o período de 1990 e 2015.

O índice de pobreza extrema no Brasil, por exemplo, passou de 25,5% em
1990 para 3,5% em 2012. Em Santa Catarina, o mesmo indicador caiu de
 15,4% para 1,1% no período (veja outros indicadores abaixo).

Recebemos este relatório com muita alegria, com muito orgulho de ser
catarinense. O estudo mostra o quanto Santa Catarina é um estado diferenciado
, muito desenvolvido, com alguns dos melhores indicadores do país. Isso
mostra a qualidade de vida da nossa gente, a força do povo catarinense e
a energia da nossa sociedade. No meio de tanta notícia ruim que vemos todo
dia, receber informações que comprovam com independência os avanços
catarinenses é um orgulho e uma enorme satisfação”, destacou o governador
Colombo.

O coordenador residente do sistema ONU no Brasil, Jorge Chediek, afirma
que, dentro dos padrões internacionais da pesquisa, Santa Catarina aparece
como um estado muito bem-sucedido.

O Brasil tem sido um exemplo mundial da implementação e dos bons resultados
dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. E dentro do Brasil, Santa
Catarina se destaca como um dos estados com maior progresso social nos
últimos anos, com melhoras nos indicadores de saúde e de educação. Estamos
aqui para parabenizar Santa Catarina pelo trabalho do Governo do Estado e
dos catarinenses na construção de uma sociedade melhor, explicou.

Uma nova etapa do programa Objetivos de Desenvolvimento do Milênio está
sendo reformulada e novas metas serão apresentadas nos próximos meses,
com um olhar para o período entre 2015 e 2030. Jorge Chediek aproveitou
a visita para apresentar o projeto ao Governo do Estado.

A comunidade internacional está criando uma nova agenda, baseada no
paradigma do desenvolvimento humano sustentável, que inclui dimensões
sociais, econômicas e ambientais, afirmou.

Fontes:
Governo de Estado de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Joinville







Sexta-feira, 24 de Abril de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NUMA FRIA
CADÁVERES SÃO CONSERVADOS COM AR-CONDICIONADO EM NECROTÉRIO
GENÉRICO DA MAIOR CIDADE DE SANTA CATARINA

O Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) de Joinville continua funcionando
sem câmara fria há pelo menos seis meses.

É no equipamento que os corpos ficam guardados até a necropsia. Um dos
motores do equipamento queimou e não consertado.

Foi aberta licitação para compra de outro equipamento, que deve ter o
dobro da capacidade, mas ainda não há data definida para o serviço voltar
ao normal. Com isso, os corpos permanecem sobre mesas até serem examinados
pelo médico legista.

A própria sala de necropsia está sendo usada para a conservação dos corpos
, refrigerados com o ar-condicionado da sala a uma temperatura de 10ºC a
18ºC. A sala possui apenas duas mesas. Quando o número de corpos é maior,
os corpos são encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Até 2009, o SVO funcionou no Hospital Municipal São José. Depois, passou a
funcionar em uma sala do Hospital Regional, embora a coordenação continue
sendo do município. Em 2011, a Comissão de Saúde da Câmara visitou o local
e parabenizou o SVO, principalmente por permitir mais agilidade no transplantes
de órgãos.

As mortes não-naturais, como as causadas por tiros, facadas, envenenamento e
que configuram crimes, continuam sendo verificadas pelo Instituto Médico Legal
(IML), anexo à Central de Polícia Civil, no Boa vista.

Fontes:
Rogério Giessel
Gazeta de Joinville





000_manutencao_sites_2015
















Quarta-Feira, 11 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DE ALMA LAVADA
JUIZ MANDA SOLTAR 3 PRESOS DA OPERAÇÃO LAVA JATO EM SANTA
CATARINA

O juiz federal Sérgio Moro expediu o alvará de soltura, no início da noite de
segunda-feira (9), dos três empresários da Arxo presos temporariamente: Gilson
Pereira, Sérgio Marçaneiro e João Gualberto Pereira.

Quatro pessoas foram presas na 9ª fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal
 (PF). O quarto detido continua preso.

Na decisão, o juiz determina o comparecimento dos três a todos os atos do processo
mediante intimação por qualquer meio, inclusive por telefone; que eles não deixem
as respectivas residências por mais de 30 dias, nem deixem o país sem prévia
autorização da Justiça. Sérgio Moro ainda diz que eles estão proibidos de manter
contato ou intimidarem, direta ou indiretamente, a ex-funcionária da Arxo que é
testemunha e prestou depoimento ao Ministério Público Federal (MPF).

Gilson Pereira, sócio-proprietário da empresa, e Sérgio Marçaneiro, diretor
financeiro, foram detidos na quinta-feira (5), dia em que a operação foi deflagrada.

João Gualberto Pereira, que é um dos proprietários da Arxo, se apresentou na
superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, apenas na sexta-feira (6), pois e
stava nos Estados Unidos quando o mandado de prisão foi expedido.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias, podendo ser prorrogada por mais cinco.

As prisões temporárias de Gilson Pereira e de Sérgio Marçaneiro venceriam nesta segunda.
Já a de João Gualberto Pereira expiraria somente na terça-feira (10).

Mario Góes, suspeito de ser um dos operadores do esquema de pagamento de propina
envolvendo a Arxo, está preso preventivamente – ou seja, sem data para ser solto.
Ele se entregou à PF, na capital paranaense, no domingo (8), depois de ficar três
dias foragido.

A empresa Arxo, de construção de tanques de combustíveis, tem sede em Balneário
Piçarras, no Litoral Norte de Santa Catarina, é suspeita de estar envolvida em um
esquema de pagamento de propina relacionada à Operação Lava Jato. Segundo a Polícia
 Federal, a companhia tem negócios com a BR Distribuidora.

Fontes:
Thais Kaniak
G1/PR
Edição e Texto Complementar:
Diário de Joinville
Daniel Soares











Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A PETROBRÁS E A SUJEIRA
ENROADA EM ESCÂNDALO DE CORRUPÇÃO, PETROBRAS REALIZA
CAMPANHA PARA LIMPAR PRAIAS DE SANTA CATARINA

O projeto Praia Boa é Praia Limpa distribuirá neste ano 30 mil sacolas
biodegradáveis para coleta de lixo a banhistas das praias em Balneário
Camboriú, São Francisco do Sul e Itajaí.

Pelo quinto ano consecutivo, a Petrobras patrocina o projeto e contribui
para a limpeza do litoral de Santa Catarina.

Os postos Petrobras das três cidades distribuirão metade das sacolas a
seus clientes, como complemento da campanha de mídia veiculada pelo Grupo
RIC, organizador do projeto.

As ações de comunicação informam sobre os cuidados necessários com o lixo
produzido nas praias durante a temporada.

Ao promover ações de educação ambiental, o projeto está alinhado à política
de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras, afirma o gerente da Regional
São Paulo-Sul da Comunicação Institucional da companhia, Marcos André Costa.

Na orla, a distribuição começou no sábado em Laranjeiras e Estaleiro (Balneário
Camboriú) e Praia do Atalaia (Itajaí). Depois, as sacolas foram entregues na
Praia Central de Balneário Camboriú.

Nos dias 7 e 8 de fevereiro, foi a vez de  Enseada, Ubatuba e Itaguaçu (São
Francisco do Sul). A mesma cidade também receberá a campanha no Centro Histórico
(14, 15 e 17/2) e no comércio central de São Francisco do Sul (16/2).

Fontes:
Agência Petrobras
Portaç Brasil
Edição e Texto Complementar:
Diário de Joinville
Daniel Soares








Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2015




NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O NEGOCIADOR
HOMEM BRIGA POR VALOR DE CONSERTO, TACA FOGO NO CARRO
E ACABA COM PARTE DE OFICINA. ROLO FOI EM JARAGUÁ DO SUL

Um incêndio de grandes proporções assustou moradores do bairro Santo Antônio, em
Jaraguá do Sul, na tarde de sábado.

As chamas, que começaram por volta de 15h15, atingiram a Automecânica Mono e
chamaram atenção dos vizinhos. O incêndio foi criminoso, causado por um cliente
do estabelecimento que não teria concordado com o valor do conserto de seu veículo.

Segundo Isolete Schultz, esposa do proprietário da mecânica, um cliente deixou o
carro no local para um conserto no motor. Moradores comentaram que o homem não
teria concordado com o preço do serviço prestado. Funcionários teriam pedido o
pagamento até o meio dia, horário em que o estabelecimento fecha, porém como o
cliente não voltou, o local foi fechado.

O homem teria chegado ao local por volta de 15 horas, entrado no pátio de um
vizinho e passado para o estabelecimento, onde colocou fogo no próprio carro.

Um dos boxes da mecânica, onde estava o veículo, foi consumido pelas chamas, porém
a ação dos Bombeiros Voluntários da cidade impediu que o fogo se alastrasse para o
box e para a casa ao lado - onde mora o mecânico do estabelecimento.

O homem foi preso em flagrante no local do crime, com indícios de estar alcoolizado.

Os proprietários da Automecânica Mono ainda não têm estimativas do valor do prejuízo.

Fontes:
RBS
Edição e Texto Complementar:
Diário de Joinville
Daniel Soares











Domingo, 8 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EM CASO DE INCÊNDIO
CAMINHÃO ESPECIALIZADO EM COMBATE A INCÊNDIO DEVE GARANTIR SEGURANÇA EM AEROPORTO DE JAGUARUNA

Com a chegada do caminhão especial de combate a incêndio em aeródromos ao
Aeroporto Regional Sul, em Jaguaruna, a segurança operacional aumentará
significativamente não só para os passageiros, que usufruirão das linhas
comerciais , mas também para os tripulantes das aeronaves que irão operar
pousos e decolagens na pista principal.

Era o suporte essencial que faltava para garantir a segurança necessária à
comunidade aeronáutica. A vinda deste caminhão resolve os entraves para o
início das operações comerciais regulares, destaca o comandante da base dos
Bombeiros no aeroporto, sargento Jair Eliseu Goulart.

O caminhão tem capacidade para seis mil litros de água com espuma e 700
litros de pó químico. Este equipamento especializado soma-se a uma ambulância,
um carro de resgate e outro caminhão de combate a incêndio.

A chegada deste vetor operacional é fundamental para o aeroporto, pois mantém
um nível de segurança elevado, trazendo mais tranquilidade para as companhias
áreas, reforça o gerente de operações da RDL Aeroportos, Fernando Castro.

Futuramente a base deve receber uma caminhonete de resgate e salvamento, um
quadriciclo, além de uma lancha e um jet-ski, pois devido a proximidade do
Aeroporto Regional Sul com o mar, a Seção Contra Incêndio também deve estar
apta a efetuar resgate e salvamento aeronáutico em ambiente aquático.

Fontes:
Eduardo Zabot
Assessoria de Comunicação
Aeroporto Regional Sul - Humberto Ghizzo Bortoluzzi
Edição e Texto Complementar:
Diário de Joinville
Daniel Soares






Sábado, 9 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DIREITO GARANTIDO
JUSTIÇA DE SANTA CATARINA GARANTE DIREITO DE CADEIRANTE DE
TER  EQUIPAMENTO COM MOTOR ELÉTRICO

O Tribunal de Justiça manteve decisão da comarca de São José para determinar que
 duas empresas da Grande Florianópolis substituam, no prazo máximo de 10 dias,
cadeiras de roda defeituosas por novas, de igual modelo, em benefício de uma
cadeirante, sob pena de multa diária de R$ 500.

Os autos informam que a mulher, portadora de doença degenerativa que se utiliza de
cadeira de rodas desde os 28 anos, adquiriu cadeiras elétricas para substituir as
de tração manual, que já lhe acarretavam outros danos à saúde após 13 anos de uso.

Os novos equipamentos, contudo, apresentaram vários defeitos e precisaram, no
conjunto, recorrer a assistência técnica por seis vezes em menos de dois anos.

As cadeiras chegavam a permanecer até 30 dias no conserto, período em que a mulher
tinha de recorrer ao antigo equipamento manual, com o agravamento de seu estado de
saúde.

É evidente que a utilização do equipamento elétrico facilita, de forma diferenciada
, o deslocamento e a independência da autora, diante da necessidade de grande esforço
físico para locomoção através de cadeira manual, muitas vezes impondo o auxílio de
terceiros, anuiu o desembargador João Batista Góes Ulysséa, relator do agravo de
instrumento.

Baseada também em parecer médico que confirma a debilidade da saúde da cadeirante e
seu recrudescimento com o uso da cadeira manual, a 2ª Câmara Civil do TJ confirmou a
antecipação de tutela deferida em 1º grau. A decisão foi unânime.






Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ABORDAGENS E CADEIA
EM CHAPECÓ, POLÍCIA  MILITAR PRENDE CINCO PESSOAS COM MANDADO
DE PRISÃO EM 12 HORAS

Em ocorrências distintas, no período de 12 horas, entre a tarde de quarta-feira
, dia 04, e a madrugada de quinta-feira, a Polícia Militar de Chapecó deteve
cinco pessoas que estavam com mandado judicial em aberto. A maioria das detenções
resultou do trabalho preventivo, que é realizado de forma intensiva pela PM.

Por volta das 14h30, uma guarnição de comando de área do setor Leste realizava
rondas, quando abordou dois homens em uma moto, no bairro Pinheirinho.

Ao consultar os nomes, constatou que um deles, de 28 anos, estava com prisão
decretada pelo artigo 33 da Lei de Tóxicos e foi conduzido ao Presídio Regional.
Ele ainda possui outras passagens por tráfico, furto, lesão corporal.

Durante a noite, às 22h30, no bairro Santa Maria, a Polícia Militar abordou um
adolescente de 17 anos, o qual portava um boné e um celular furtados. O jovem
mentiu o nome aos policiais, que mais tarde o identificaram. O jovem estava com
mandado judicial em aberto por roubo, foi conduzido a Central de Plantão Policial
e deve responder por receptação dos produtos com ele encontrados. O adolescente
ainda possui passagens por furto, posse e tráfico de drogas e porte de arma branca
, registradas nos municípios de Chapecó, Videira e Xanxerê.

Já no início da madrugada, a meia noite, na avenida Fernando Machado, bairro
Cristo Rei, policiais militares abordaram uma mulher de 26 anos, com mandado de
prisão por furto, crime pelo qual possui diversas passagens. Ela foi conduzida ao
Presídio Regional. Vinte minutos mais tardes, na rua Paulo Pasquali, na Efapi, a
polícia abordou um casal, em atitude suspeita próximo a um veículo Fiat/Prêmio,
de Chapecó. A mulher, de 32 anos, portava uma bucha de cocaína, para qual foi
lavrado um termo circunstanciado. O homem, de 31 anos, possuía mandado de prisão
por receptação e foi conduzido ao presídio regional.

Em seguida, por volta das 2h30, na rua Marechal Bormann, centro, a Polícia Militar
foi comunicada que um homem estaria tentando arrombar veículos, no estacionamento
de uma empresa. A guarnição encontrou um veículo arrombado e deteve um homem de 32
anos. Ele foi conduzido a CPP por tentativa de furto e também apresentava mandado
de prisão em aberto por furto, crime pelo qual possui diversas passagens.

Fontes:
Polícia Militar de Santa Catarina
Soldado Assuero Isoton













Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

A SAÚDE DO VAMPIRO
DEPUTADO ESTADUAL APONTA QUE SAÚDE E INFRAESTRUTURA SÃO PRIORIDADES  PARA SUL DE SANTA CATARINA

Primeiro suplente da coligação PSD-DEM-PMDB-PRB, o advogado Luiz Fernando
Cardoso (PMDB), o Vampiro, assumiu nesta semana, pela primeira vez, uma
cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Ele vai ocupar a vaga
do deputado Moacir Sopelsa (PMDB), que se tornou secretário de Estado da
Agricultura e da Pesca.

Vampiro – apelido que ganhou ainda na infância – nasceu em Criciúma em 7 de
novembro de 1973. Formado em advocacia, já ocupou vários cargos públicos,
como a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Criciúma. Foi, também,
procurador da Advocacia-Geral da União (AGU). Em 2008, foi eleito vereador
por Criciúma. Na eleição para a Assembleia, em outubro passado, conquistou
35.799 votos, a maioria deles obtidos em sua base eleitoral, o Sul do estado.

Assumir essa cadeira, mesmo na condição de suplente, é uma responsabilidade
muito grande. Vamos trabalhar em conjunto, com união em prol de Santa Catarina.
Vou contribuir, com a ajuda dos colegas, para a melhor qualidade dos trabalhos
legislativos, sendo, também um elo com os investimentos públicos que o Sul do
estado precisa, afirma.

Vampiro elenca a fiscalização das ações desenvolvidas no Sul de Santa Catarina
como uma de suas principais atribuições no desempenho do mandato. O parlamentar
também demonstra preocupação com a saúde pública.

Se fizermos uma pesquisa, a saúde aparece como reivindicação principal, pois
há uma carência grande pela disponibilidade orçamentária insuficiente e a demanda
grande. Precisamos de uma atenção especial para isso, diz.

A infraestrutura do Sul catarinense também está entre as prioridades de Vampiro
para o mandato.

Precisamos consolidar o aeroporto de Jaguaruna, fortalecer o Porto de Imbituba
e investirmos na área de energia, onde a nossa região tem uma carência, completa.

Fontes:
Marcelo Espinoza
Agência AL
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Diário de Barra Velha

 


 

 

 

 

 

Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PROJETO DELICIOSO
PREFEITURA DE PENHA PROMOVE CURSOS DE CULINÁRIA PARA AGRICULTORES  E PESCADORES

A Secretaria de Agricultura e Pesca de Penha, através do Projeto Beija-flor,
 ofereceu ao longo do mês de janeiro cursos de culinária do Serviço Nacional
de Aprendizagem Rural (Senar).

A qualificação foi em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais de Ilhota.

Durante o período, aproximadamente 22 pessoas, entre pescadoras artesanais e
agricultores, foram beneficiados.

Todos ficaram satisfeitos com o resultado e já solicitaram outros cursos, comentou
Marlene Siqueira, a responsável pelo Projeto Beija-flor de Penha.

O secretário, Luiz Fernando Vailatti, o Ferrão, reforçou a importância dos cursos.

A parceria contribui efetivamente para o aumento de renda, integração e ascensão
social das pessoas no meio rural e pesqueiro, definiu.

Ferrão apontou ainda que o curso segue os princípios de sustentabilidade,
produtividade e cidadania, colaborando também para o desenvolvimento socioeconômico
do país. Novos cursos devem acontecer ao longo deste ano.
 
O curso foi direcionado para de massas congeladas (molho branco, molho de tomate,
lasanha, rondele, canelone, quiche, empadão, pizza, macarrão, ravioli, capeleti e
pastel frito). Já nos dias 27, 28 e 29 de janeiro as aulas foram para pães e
biscoitos (panetone, pão integral, pão de leite e enroladinhos de salsicha, pão
de milho verde, trança recheada salgada, sonho, croissant, pão de hambúrguer ou
cachorro quente, cuca de massa crescida, bolacha confeitada de natal, bolacha de
 mel, alfajor, bolacha mimosa, bolacha xadrez, bolacha de queijo, amanteigados de
laranja, bolacha top de nata, bolacha de nata, bolacha de polvilho, dedinhos e
bolacha de melado).

Fontes:
Juvan Neto - Jornalista Profissional
Luizinho Américo - Superintendente da FME












Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA


MUDANÇA NOS IMPOSTOS
JÁ ESTÁ VALENDO AS ALTERAÇÕES NO ICMS NO ESTADO DE SANTA
CATARINA

O governador Raimundo Colombo (PSD) sancionou a lei que muda o Índice de
Participação dos Municípios (IPM) no ICMS de exportação.

Na prática, a nova determinação reduz a 10% o repasse às cidades portuárias
e destina os outros 90% às produtoras. Antes, Itajaí, Navegantes, Itapoá,
São Francisco do Sul e Imbituba ficavam com 100% desse montante devolvido
pelo Estado.

Aprovada em 16 de dezembro pela Assembleia Legislativa, a nova lei foi publicada
no Diário Oficial em 20 de janeiro e está em vigor. No entanto, os impactos da
medida só serão sentidos nos cofres municipais em 2017. Isso porque o IPM em
vigor é sempre referente a dois anos atrás.

Com grande volume de produção, a região do Grande-Oeste será a principal
beneficiada.

— A cadeia produtiva e o custo social estão no chão de fábrica, que é onde ocorre
a industrialização, mas o ICMS não volta. Esperamos que isso mude — diz Maurício
Marafon, auditor fiscal da prefeitura de Chapecó e integrante do Fórum de
Desenvolvimento do Oeste.

A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) comemorou a
lei, avaliando como justo que o retorno dos impostos fique com o município que
fabrica e industrializa os produtos.

Fontes:
Claudine Nunes
Patrízia Krieser
Victor Pereira
Diário Catarinense
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional






Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CASA DOS INFERNO
VÍDEO FLAGRA CRIANÇA FUMANDO DENTRO DA CASA LAR EM SANTA CATARINA

Imagens mostram crianças e adolescentes consumindo bebida alcóolica e fumando
em uma Casa Lar mantida pela Prefeitura de Curitibanos, na Serra catarinense.

Os vídeos foram gravados pelos próprios internos.

Em um deles, um menino de 6 anos aparece fumando. O Ministério Público de Santa
Catarina (MPSC) acompanha o caso.

Crianças e adolescentes são levados para a entidade após serem retirados, por
decisão judicial, do convívio familiar. Segundo reportagem da RBS TV, a maioria
está no espaço porque os pais não tinham mais condições de cuidar deles.

Em outro vídeo, adolescentes com idades entre 12 e 17 anos fazem uma festa e
bebem caipirinha.

Nós temos aqui em Curitibanos, com uma frequência alguns registros de boletim
de ocorrência envolvendo adolescentes que estão na Casa Lar desde lesão corporal
, ou seja, brigas, ou que chegaram alcoolizados e provocaram uma outra situação
, afirmou o delegado Gustavo Madeira da Silveira.

Fontes:
G1
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional






Domingo, 1 de Fevereiro de 2015


NOTÍICAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA FLOR DA PELE
ESTADO DE SANTA CATARINA É DESTAQUE EM RANKING QUE APONTA QUANTIDADE DE CASOS DE CÂNCER DE PELE

Ainda garoto, Luiz Ekke Moukarzel ia muito à praia em Florianópolis e não
tomava qualquer tipo de cuidado. Naquela época, não havia muita divulgação
sobre os riscos do câncer de pele.

Agora, aos 61 anos, sente os efeitos cumulativos do sol e já teve que fazer
a retirada de manchas que representavam o início da doença.

Casos como o de Moukarzel são mais comuns a cada ano. Mesmo com mais informações
e campanhas de conscientização, a taxa de incidência da doença cresce de forma
significativa, principalmente em Santa Catarina, que aparece nas primeiras
posições do ranking nacional.

Os fatores para a incidência no Estado estão na descendência europeia, que
resultou em pele muito clara, e na cultura de ir à praia.

Daniel Holthausen Nunes, presidente da regional catarinense da Sociedade
Brasileira de Dermatologia, afirma que, como os homens costumam ser mais expostos
constantemente ao sol, caso de agricultores e pescadores, a incidência é bem maior.

— A taxa de detecção cresceu 20% nos últimos 10 anos no Estado. O grande problema
do câncer de pele é que, como a lesão é mais visível, o diagnóstico é precoce,
então a chance de complicação é menor, por isso as pessoas se preocupam menos.
Mas câncer é câncer e, se demorar, pode precisar de procedimento que deixa
cicatriz ou mutilação – diz Nunes.

Embora os tumores costumem aparecer após os 40 anos, eles geralmente são
resultado da exposição crônica ao sol ou daquela queimadura de anos atrás:

— O sol é bonzinho, demora um tempo para mostrar os efeitos. Então, aquela
queimadura que você teve na infância vai aparecer lá depois dos 40. Por isso
é fundamental os cuidados desde criança – explica Márcia Purceli, consultora
em dermatologia do programa Bem Estar, da Rede Globo.

Para evitar a doença, o mais importante é priorizar a fotoproteção e usar
protetor solar toda vez que sair ao ar livre.

— Se não mudarmos a consciência dos adultos sobre fotoproteção, não iremos
 mudar este cenário — afirma Márcia.

Fontes:
RBS
Diário Catarinense
Karine Wenzel
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional








Sábado, 31 de janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PLANO 15
SENADOR LUIZ HENRIQUE SURPREENDE EM BRASÍLIA E SE LANÇA
CANDIDATO AO CARGO DE PRESIDENTE DO SENADO.  POLÍTICO
DISSE QUE TEM APOIO DE SEIS  PARTIDOS

Luiz Henrique formaliza candidatura apoiado por lideranças de seis partidos

O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) oficializou sua candidatura à Presidência
do Senado na tarde desta sexta-feira (30), reunindo a imprensa e líderes de
seis partidos: DEM, PP, PSOL, PSB, PSDB, PDT, além do PMDB.

- Esses partidos somados me dão a certeza absoluta e a convicção que nós
colheremos uma vitória no próximo domingo. Será a vitória da mudança contra
o continuísmo, será a vitória das reformas. O que me entusiasma é a possibilidade
de fazer do Senado Federal, o grande protagonista dessas reformas – declarou Luiz
Henrique.

Luiz Henrique adiantou que terá um relacionamento transparente comm governo federal.

- Se for eleito e acredito que o serei, a primeira visita que farei é para a
presidência da República, para lhe dizer que a minha presidência não é subserviente
e muito menos antagônica. A minha candidatura é apoiada pelos partidos da base do
governo e da oposição e é uma candidatura da instituição – disse.

O PT que até à tarde dessa sexta-feira não tinha definido sua posição, também foi
citado pelo senador.  - Reservaremos a primeira vice-presidência ao PT, portanto,
cumpriremos mais que possível o princípio da proporcionalidade. Os partidos que
deverão me indicar os componentes da chapa - enfatizou.

O senador lembrou que há 45 anos um mesmo grupo se eterniza na direção dessa Casa,
com os mesmos relatores e presidentes.

Lembrou também sua trajetória política. Muito aplaudido, finalizou falando de seu
maior patrimônio, o mesmo que o leva para mais essa disputa.

- De onde eu venho? Eu sei de onde eu venho e sei para onde eu quero ir.  Eu venho
da voz das ruas que quer mudanças, e venho de uma luta política de mais de 45 anos
em mandatos sucessivos quer eu exerço desde 1970. Com minha conduta e personalidade
, com minhas propostas, minha lealdade, minha voz: é com esse patrimônio que eu vou
aos meus colegas senadores pleitear a presidência dessa Casa”, finalizou.

Estiveram presentes no gabinete do senador, os senadores: Waldemir Moka (PMDB-MS),
Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), Ana Amélia (PP-RS), João Capiberibe (PSB-AP),
Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), José Agripino (DEM-RN), Cristovam Buarque (PDT-DF),
Ricardo Ferraço (PMDB-ES), e Benedito de Lira (PP-AL), Dário Berger (PMDB-SC) e
Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Após coletiva à imprensa, o senador Luiz Henrique, acompanhado das lideranças que
o apoiam, comunicou oficialmente ao líder do PMDB, Eunício de Oliveira, que
apresentará sua candidatura ao plenário.

Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional








Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O LIVRO QUE O GOVERNADOR LEU
GOVERNADOR LÊ LIVRO SOBRE MONTADORA DE AUTOMÓVEIS E
MANDA TODOS OS SECRETÁRIOS COPIAREM MODELO

Uma nova ferramenta para o controle de fluxo financeiro das secretarias de
Estado foi apresentada em reunião do colegiado catarinense realizada na manhã
de quinta-feira, 29, em Florianópolis.

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira receberam os
secretários de Estado para demonstrar o novo Portal do Gestor Financeiro.

A medida faz parte de um processo de qualificação do gasto público que tem como
meta revisar todos os contratos e reduzir em média 20% o custeio global do executivo.

Como primeiro passo para implantação da mudança, foi determinado um
contingenciamento de 20% no orçamento de janeiro e fevereiro, restringido despesas.
Estão vedadas novas concessões salariais até que o gasto com folha retorne ao
percentual de 44,10% da Receita Corrente Líquida (RCL). Em dezembro de 2014, o
gasto com folha foi de 47,93% da RCL.

Estamos lançando um grande desafio, mas esse é um caminho sem volta. Vamos reduzir
o custeio, e mais do que isso, vamos qualificar o gasto público, ganhando eficiência
e capacidade para investimento, sempre com muita transparência. O dinheiro que será
economizado será investido nas maiores demandas, como saúde, educação, segurança e
mobilidade urbana, explicou o governador Raimundo Colombo, lembrando que cada pasta
terá autonomia para propor onde é possível reduzir.

Essa proposta é um avanço do controle das contas públicas, algo inovador que vai
contribuir para que Santa Catarina economize naquilo que é possível gerenciar e
tenha condições de investir naquilo que é mais importante para a população. Um
grupo gestor técnico vai fazer o controle dessas contas. Estamos dando ferramentas
para nossos secretários atuarem ainda melhor, acrescentou o vice Eduardo Pinho
Moreira.

Na reunião desta quinta-feira, os secretários receberam relatórios com informações
de 2014 sobre folha, custeio e investimentos de sua pasta; itens de custeio
detalhados mês a mês e uma lista de todos os contratos vigentes.

Até o dia 9 de fevereiro, cada gestor terá de apresentar ao governador uma proposta
de redução do custeio e o planejamento financeiro para 2015. A avaliação técnica do
planejamento financeiro de cada órgão será realizada por uma equipe técnica
multidisciplinar das secretarias da Fazenda e Administração.

A ideia é gastar com inteligência e reduzir as despesas. Cada secretaria tem uma
realidade, por isso os gestores levarão o dever de casa e eles próprios definirão
onde é possível enxugar, acrescentou o secretário da Fazenda, Antonio Gavazzoni.

O governador lembrou que a ideia que inspirou o modelo de fluxo de caixa surgiu
durante a leitura do livro em que o empresário americano Lee Iacocca conta como
salvou a montadora Chrysler de uma crise financeira. Colombo aplicou o conceito
quando foi prefeito de Lages e, agora, com ajuda do secretariado, ampliou a
proposta para abranger a estrutura de todo o Governo do Estado.

Fontes:
Governo do Estado de Santa Catarina
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional









Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

OUVINDO TODOS

OUVIDORIA DA PREFEITURA DE JOINVILLE ATENDE PRATICAMENTE 27 MIL
PESSOAS  EM 2014

O serviço de Ouvidoria da Prefeitura de Joinville recebeu 26.925 manifestações
de contribuintes entre dezembro de 2013 e novembro de 2014. Deste total, 87%
foram respondidos, 7% eram recentes e estavam no prazo de resposta e apenas 6%
dos registros encontravam-se em atraso ou não respondidos.

A maioria dos pedidos (80%) se refere a solicitações de serviços, obras ou fiscalizações.

Além dos registros cadastrados, os atendentes ainda contabilizam número maior de
ligações telefônicas, de pessoas que ligam para consultar o andamento dos processos
, para tirar dúvidas ou pedir informações simples, o que não gera cadastro.

No ranking dos registros contabilizados no relatório divulgado pela Ouvidoria, a
iluminação pública aparece em primeiro lugar, com 6.225 citações (23% dos casos).
Rogério Kreidlow, coordenador da Ouvidoria, diz que apesar do item normalmente
liderar as estatísticas, o número elevado é resultado do atraso no processo
licitatório para contratar o serviço.

Itens da fiscalização de posturas e obras, com 3.347 registros e relacionados à
saúde, com 2.955 casos, ocupam o segundo e terceiro lugares nas estatísticas da
Ouvidoria, que contempla um total de 23 áreas passíveis de registro.













Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM FISCAIS
SECRETARIA DA AGRICULTURA DISPENSA FISCAIS ESTADUAIS DE ATUAREM
EM SUPERMERCADOS E AÇOUGUES.  MEDIDA VALE PARA COMERCIALIZAÇÃO
DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca divulga alterações nas regras de
inspeção sanitária para os estabelecimentos que comercializam produtos de origem
animal em todo o estado.

A partir de agora, os supermercados, açougues e similares que comercializam produtos
de origem animal sem processamento que altere sua composição química estão dispensados
dos serviços de inspeção sanitária estadual.

As mudanças estabelecidas no Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de
Produtos de Origem Animal foram feitas por meio do Decreto nº 1, publicado em 09/01/2015.

Os estabelecimentos que fazem apenas o fracionamento dos produtos de origem animal já
inspecionados nos frigoríficos, para a venda direta ao consumidor estão liberados da
exigência de inspeção sanitária estadual.

Nos supermercados, açougues e similares que dispensarão o serviço de inspeção sanitária
estadual, a fiscalização será realizada pela Vigilância Sanitária, vinculada à Secretaria
de Estado da Saúde, que já tem a atribuição de garantir a higiene, as boas práticas de
manipulação e a ambiência adequada.

Esses estabelecimentos não serão mais considerados entrepostos por não processarem
produtos de origem animal com alteração em sua composição química.

Segundo o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, o objetivo do
Decreto é definir claramente onde se aplica a necessidade de inspeção sanitária de
produtos de origem animal no estado.

Os estabelecimentos que não se enquadrarem como entrepostos em supermercados e similares
devem requerer o cancelamento ou suspensão temporária de registro no Serviço de Inspeção
Estadual (SIE) da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (
Cidasc) no prazo de 30 dias a contar do recebimento de uma Nota Técnica desta Secretaria
de Estado e do Decreto nº 1 de 2015 por Aviso de Recebimento (AR) ou pessoalmente por
funcionário da Cidasc através do Termo de Atendimento Sanitário (TAS), não podendo
utilizar a rotulagem com registro no SIE após a homologação pela Cidasc.

A inspeção sanitária dos produtos de origem animal continua sendo feita desde a
produção, processamento, industrialização e transporte até chegar aos supermercados e
 açougues pelos Serviços de Inspeção Federal, Estadual e Municipal (SIF, SIE e SIM).

Sendo o SIF de responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
(Mapa), o SIE executado pela Cidasc e o SIM pelos municípios. 

O secretário Spies lembra que o Decreto trata apenas da inspeção sanitária de produtos
de origem animal nos postos de venda em supermercados e açougues, a fiscalização dos
frigoríficos para garantir a inocuidade dos produtos de origem animal continua sendo
 uma atividade de responsabilidade da Cidasc em todo o estado.

Fontes:
Ana Ceron - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca









Terça-feira, 27 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

RAIOS QUE O PARTAM
ESTUDO REVELA QUE INCIDÊNCIA DE RAIOS EM SANTA CATARINA
AUMENTOU  DE FORMA CONSIDERÁVEL

Ao contrário do que diz a sabedoria popular, os raios atingem, sim, duas vezes
o mesmo lugar. O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, por exemplo, é um dos alvos
preferidos no país. O monumento é atingido em média seis vezes por ano.

Em Santa Catarina, a região Sul do Estado está entre os locais em que devem
ocorrer aumento no número de tempestades elétricas no fim deste verão.

O alerta é do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que prevê
intensificação de registros de raios em Santa Catarina no final da temporada,
que vai de outubro a março em todo país.

A previsão do tempo indica que devem ocorrer pancadas de chuva praticamente
todos os dias no final da tarde até o começo do mês de fevereiro.

O verão é a estação em que mais ocorrem tempestades com raios.

É nesse período que são registradas a maior parte das descargas elétricas no Brasil
, medidas pela Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do INPE, setor de pesquisa
que faz estudos sobre o fenômeno desde 1989. O calor somado à característica de
nuvens mais altas (e frias em seu topo) leva à criação dessa espécie de “tensão
elétrica” que culmina na formação de raios.

— As altas temperaturas acabam gerando movimentos muito intensos nas nuvens, com
o acúmulo de energia — explica o meteorologista da Epagri/Ciram, Erikson de Oliveira.

Fontes:
Thiago Santella
Diário Catarinense
Edição e Texto Complementar:
Daniel Soares
Jornalista Responsável: Nildo dos Santos







Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

UM SUSTO...
... E UMA MORTE. TURISTAS SE AFOGAM AO MESMO TEMPO. UM DELES
FALECEU NO LOCAL. VÍTIMAS ERAM DO PARANÁ

Um jovem morreu afogado na Praia Central de Balneário Camboriú na noite de terça-
feira (20).

Ele e outro jovem, de 19 anos, estavam no mar quando se afogaram.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú, o turista
paranaense que morreu afogado aparenta ter em torno de 19 anos.

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado às 23h19.

Quando a equipe chegou à Praia Central, o jovem de 19 anos estava sendo socorrido
pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele apresentava grau dois
de afogamento, mas estava consciente, segundo os bombeiros.

Testemunhas que estavam na praia informaram aos socorristas que havia outra
pessoa desparecida no mar.

Os bombeiros realizaram buscas durante 15 minutos e encontraram o corpo da vítima
boiando próximo à faixa de areia.

Ainda conforme os bombeiros, a equipe tentou reanimá-lo, sem sucesso, pois ele
havia ficado muito tempo em parada cardiorrespiratória.

Até a publicação desta reportagem, o IML de Balneário Camboriú não havia identificado
a vítima, mas informou que se trata de um turista paranaense.

Fontes:
G1.com.br










Domingo, 25 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CARTÃO DE VISITA
SENADOR CATARINENSE APRESENTA MINISTROS DA CIDADE PARA PREFEITOS DE
JOINVILLE E FLORIANÓPOLIS

O senador Luiz Henrique (PMDB-SC) liderou comitiva de autoridades catarinenses,
entre elas, o governador do estado, Raimundo Colombo, e os prefeitos de Joinville
e Florianópolis, Udo Döhler e Cesar Souza Junior, ao Ministério das Cidades,  em
Brasília.

-Foi uma audiência de cortesia para que o governador e os prefeitos das duas
principais cidades do estado conhecessem os novos integrantes do Ministério,
assim como, também apresentamos ao ministro Kassab, nossos principais pleitos
, disse Luiz Henrique.

O recém-empossado, ministro Gilberto Kassab, que foi ex-prefeito de São Paulo,
apresentou aos catarinenses todos os técnicos da pasta e os responsáveis pelos
projetos de Santa Catarina.

- O senador tem experiência, foi prefeito por 12 anos, oito anos governador e são
pertinentes seus pedidos para Santa Catarina. Vamos fazer um estudo para elencar
as prioridades e devemos nos reencontrar daqui a três semanas – enfatizou o
ministro, demonstrando sua afinidade com os representantes de Santa Catarina.
Para o governador Raimundo Colombo a prioridade para o estado são os projetos de
mobilidade urbana.

Fontes:
Gabinete Senador Luiz Henrique










Sábado, 24 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VENDE-SE AEROPORTO
GOVERNO FEDERAL ESTÁ ESTUDANDO CONCESSÃO DO AEROPORTO
DE FLORIANÓPOLIS  PARA A INICIATIVA PRIVADA

O governo federal aceitou estudar a inclusão do Aeroporto Internacional Hercílio
Luz, de Florianópolis, no programa de concessões para a iniciativa privada.

O pedido foi apresentado na tarde desta segunda-feira, 19, em Brasília, por
comitiva catarinense liderada pelo governador Raimundo Colombo, e aceito pelo
ministro da Aviação Civil, Eliseu Lemos Padilha.

Assuntos de interesse dos portos catarinenses também foram tratados em outras
audiências

O pedido para incluir o aeroporto de Florianópolis no programa de concessões
para a iniciativa privada deve-se aos atrasos nas obras de construção do novo
terminal de passageiros, sob responsabilidade da empresa contratada pela Infraero.

Esse modelo de parceria com a iniciativa privada tem dado certo, são vários bons
exemplos em operação. E isso nos anima a fazer o mesmo em Florianópolis, onde
sabemos que existe grande demanda, o que assegura o resultado. Hoje, a nossa
estrutura é acanhada e o serviço de turismo perde qualidade diante desta situação
, destacou o governador.

O prefeito de Florianópolis, Cesar Souza Junior, acompanhou a audiência e também
defendeu a concessão diante dos prejuízos que a atual situação gera na imagem da
cidade.

O ministro da Aviação Civil afirmou que a presidente Dilma Rousseff é uma entusiasta
desse modelo e havia encomendado estudos para a inclusão de outros dois aeroportos
brasileiros no programa de concessão. Agora, com o pedido de Santa Catarina, o
ministério vai incluir Florianópolis no pacote e em breve apresentar o resultado
dos estudos dos três aeroportos em análise.

Fontes:
Governo de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional









Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O PREÇO DA INJUSTIÇA
TRIBUNAL DE JUSTIÇA CATARINENSE AUMENTA INDENIZAÇÃO
POR DANOS MORAIS PROVOCADOS POR REGISTRO EM SPC EM
900%

A 6ª Câmara de Direito Civil do TRIBUJ promoveu majoração de 900% no valor
de indenização por danos morais arbitrada em favor de um consumidor, que teve
seu nome inscrito e mantido injustificadamente na lista de maus pagadores por
28 dias.

A indenização, inicialmente de R$ 500, foi fixada em R$ 5 mil.

O desembargador substituto Eduardo Mattos Gallo Júnior, relator da matéria,
considerou o valor original irrisório e lembrou que tais indenizações têm por
objetivo compensar o constrangimento suportado pelo cidadão, bem como impedir
a prática reiterada pelo ofensor, observada a capacidade econômica de ambas
as partes.

Nesta senda, tendo em vista [¿] a capacidade financeira das partes, [¿] e
levando-se em consideração, ainda, o bom senso, tem-se que o valor da
indenização arbitrado pelo juiz de primeiro grau está em desacordo com o
caso concreto, anotou Gallo Júnior ao justificar sua posição, seguida de
forma unânime pelos demais integrantes da câmara.

Fontes:
Responsável: Ângelo Medeiros - Reg. Prof.: SC00445(JP)
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional







Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM INTENÇÃO
ADVOGADO DE POLICIAL QUE ASSASSINOU FAMOSO SURFISTA DISSE
QUE ELE NÃO TINHA INTENÇÃO DE MATAR ATLETA

A versão de que o policial militar Luis Paulo Mota Brentano agiu em legítima defesa
ao atirar contra o surfista Ricardo dos Santos, na última segunda-feira, foi reforçada
pelo defesa nesta quarta. O advogado Gilson Schelbauer conversou com o PM ontem no 8º
Batalhão, em Joinville, onde Brentano está preso e isolado. O PM também recebeu visita
de familiares.

De acordo com Schelbauer, a ação entre o policial e o surfista foi rápida. Brentano
teria reagido para se defender do surfista que supostamente partiu para cima dele com
um facão. A discussão ocorreu por causa do lugar onde o policial estacionou o carro,
na praia Guarda do Embaú, em Palhoça.

De acordo com a defesa, o policial chegou a fazer três disparos porque os primeiros
tiros não teriam freado a ação do surfista. Brentano também não teria percebido que
os tiros atingiram o rapaz, e, por esta razão, teria ido embora sem prestar socorro. 

— Ele não tinha a intenção de tirar a vida do rapaz, atirou para assustá-lo. Foi uma
reação rápida. Se tivesse visto que ele (Ricardinho) tinha sido atingido, teria chamado
o socorro. Quando o policial atirou, ele (Ricardinho) não gritou e não parou (de agir).
Por isso, disparou e foi embora — justificou a defesa.

Segundo o advogado, Brentano ligou para o comandante direto dele assim que chegou em
casa e relatou o que havia acontecido. Porém, uma viatura da PM já havia sido acionada
por familiares de Ricardinho que anotaram a placa do veículo de Brentano. Os policiais
encontraram a casa onde estava hospedado e o levaram preso em flagrante até a delegacia.

Fontes:
An.com.br










Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FALTA NADA
MORADORES DE FLORIANÓPOLIS SOFREM COM FALTA DE ÁGUA
E DE LUZ

Ah o verão... 40º todos os dias, praias cheias, e os velhos
problemas que dificultam a vida dos moradores da Grande
Florianópolis. Um dia falta água, outro dia falta luz, isso
quando não acontece tudo ao mesmo tempo.

A população já reclamou, mas o imbróglio parece longe do fim.
Os temporais que tem acontecido com hora marcada praticamente
todos os dias, pioram ainda mais a situação.

 A proprietária de uma padaria no bairro Ipiranga, em São José,
Patrícia Correa Ronsani, ainda não contabilizou o prejuízo
financeiro que teve com a falta de luz de quatro dias consecutivos
 — sexta, sábado, domingo e segunda-feira — mas teve que jogar
no lixo mais de 50 quilos de pão de trigo prontos para assar,
calzones congelados, além de quilos e mais quilos de embutidos,
bolos e outros doces que azedaram após mais de 12 horas sem luz.

— Pago uma conta altíssima, sempre certinho. A gente liga para
a Celesc e eles demoram horas para chegar, e não informam direito
qual o problema. Vem aqui e concertam, mas não demora muito para
acontecer de novo. Pelo menos umas três vezes por mês é a mesma
coisa — reclama.

Fontes:
Hora de Santa Catarina







Terça-feira, 20 de Janeiro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

NA ONDA DA VIOLÊNCIA
SURFISTA CATARINENSE É BALEADO POR POLICIAL E POVO SE
REVOLTA

O surfista Ricardo dos Santos, o Ricardinho, está em estado
gravíssimo após passar por três cirurgias no Hospital São José,
em Florianópolis (SC). O atleta de 24 anos sofreu uma tentativa
de homicídio na manhã da segunda-feira, na praia da Guarda do
Embaú, em Palhoça, e levou três tiros na altura do abdômen.

O atleta passou por procedimentos para a contenção de duas sérias
hemorragias internas. No início da noite, ele foi transferido para
a UTI e permanece em coma induzido. Ricardinho ficará em observação
pelas próximas 48 horas para que os médicos acompanhem a evolução
do quadro, após as intervenções e transfusões de sangue.

Por causa da grande perda de sangue, o atleta precisa de doações,
que devem ser feitas no Hemocentro de Florianópolis (Avenida
Professor Othon Gama D”Eça, 756). De acordo com a Polícia Militar
de Santa Catarina, em nota oficial divulgada durante a tarde, o
soldado Luiz Paulo Mota Brentano, de 25 anos, e o irmão dele, de
17, são os únicos suspeitos de atirarem no surfista.

Ambos foram detidos. Amigo de Ricardinho, o surfista Gabriel Medina
, atual campeão mundial, manifestou seu apoio ao companheiro.

Muito triste com a notícia, mas Deus vai te guardar, irmão. Estamos
em oração por você. Força, irmão! Estou contigo, escreveu Medina
em seu perfil no Instagram, rede social de compartilhamento de fotos.

A onda de apoio a Ricardinho também envolve outros surfistas, como
 Alejo Muniz, Miguel Pupo e Mineirinho, além de figuras mais ligadas
a outros esportes, caso do ex-tenista Gustavo Kuerten, com pedidos
de doação de sangue para ajudar na recuperação do surfista.

Natural da Guarda do Embaú, em Palhoça, região da Grande Florianópolis
, Ricardinho tem como principal vitória na carreira uma bateria do
World Tour (WT) em Teahupoo, no Taiti, em 2012, quando superou uma
das maiores lendas do esporte, o norte-americano Kelly Slater.

Fontes:
Correio da Bahia
Conteúdo Estadão
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional
Diário de Barra Velha.com.br











Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ACENDE A LUZ
APAGÃO DE DEIXA 140 MIL UNIDADES CONSUMIDORES SEM ENERGIA
ELÉTRICA EM SANTA CATARINA

Santa Catarina não ficou ilesa do apagão que atingiu pelo menos
oito Estados e o Distrito Federal na  tarde desta segunda-feira.

Em nota, a Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A (Celesc),
concessionária do serviço na maior parte do Estado, informou
que precisou fazer um corte de carga por determinação do ONS
(Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Segundo o informativo, cerca de 140 mil unidades consumidoras
ficaram 45 minutos sem energia na tarde desta segunda-feira.

A justificativa do operador do Sistema Interligado Nacional para
o apagão, que chegou a Santa Catarina e outros sete Estados (São
Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná,
Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal), foi o alto consumo de
energia por causa do calor. Como ajuda, o ONS pediu que diversos
Estados fizessem cortes de carga. A Celesc diminuiu o consumo em
150 mega-watts (MW) às 15h de hoje. De acordo com a concessionária
, isso representou o desligamento de 41 alimentadores, ou 3,7% da
demanda no momento do corte.

— O procedimento de corte de carga é efetuado com base em critérios
técnicos, de forma distribuída na área de concessão e respeitando o
atendimento às cargas prioritárias - explicou a empresa em nota.

Fontes:
Diário Catarinense
Hyury Potter
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional
Diário de Barra Velha.com.br












Domingo, 18 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ACENDE A LUZ
APAGÃO DE DEIXA 140 MIL UNIDADES CONSUMIDORES SEM ENERGIA
ELÉTRICA EM SANTA CATARINA

Santa Catarina não ficou ilesa do apagão que atingiu pelo menos
oito Estados e o Distrito Federal na  tarde desta segunda-feira.

Em nota, a Centrais Elétricas de Santa Catarina S/A (Celesc),
concessionária do serviço na maior parte do Estado, informou
que precisou fazer um corte de carga por determinação do ONS
(Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Segundo o informativo, cerca de 140 mil unidades consumidoras
ficaram 45 minutos sem energia na tarde desta segunda-feira.

A justificativa do operador do Sistema Interligado Nacional para
o apagão, que chegou a Santa Catarina e outros sete Estados (São
Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná,
Espírito Santo, Goiás e Distrito Federal), foi o alto consumo de
energia por causa do calor. Como ajuda, o ONS pediu que diversos
Estados fizessem cortes de carga. A Celesc diminuiu o consumo em
150 mega-watts (MW) às 15h de hoje. De acordo com a concessionária
, isso representou o desligamento de 41 alimentadores, ou 3,7% da
demanda no momento do corte.

— O procedimento de corte de carga é efetuado com base em critérios
técnicos, de forma distribuída na área de concessão e respeitando o
atendimento às cargas prioritárias - explicou a empresa em nota.

Fontes:


Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional
Diário de Barra Velha.com.br









Sábado, 17 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ROUBAR A SI PRÓPRIO
POLÍCIA CIVIL PRENDE AUTORES DE FURTO EM PREFEITURA

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia do Município de Ilhota,
identificou dois adolescentes como os responsáveis por furto ocorrido na
prefeitura daquele município, mediante arrombamento e vandalismo. Ambos
confessaram o crime.
  
Os jovens têm 13 e 14 anos. O delito havia ocorrido no ano passado, quando
os dois passaram a arrombar salas, pinchar paredes internas com siglas de
facções criminosas e ameaças. Um procedimento para apuração de ato infracional
foi instaurado e parte dos produtos furtados foram recuperados.

Eles também confessaram outro furto de que eram suspeitos: o de um comércio
do centro da cidade.

 




 

 

 

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PÉ DE CHINELO
CIVIL PRENDE AUTOR DE VÁRIOS  ROUBOS DE BICICLETAS

Na madrugada de quinta-feira, 15, após o resultado de integração entre as
Polícias Civil e Militar, foi possível identificar o homem suspeito de ser
o autor de roubar várias bicicletas, avaliadas entre R$ 4mil a R$ 20 mil,
na região do Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis.

Ele foi reconhecido de madrugada por uma vítima que foi chamada pela equipe
da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), que estava investigando o caso.

Pela manhã, mais cinco vítimas foram localizadas e também fizeram o
reconhecimento do suspeito.

Durante interrogatório, a Delegada de Polícia Civil Michele Alves Correa disse
que ele ficou quieto, guardando seu direito em falar em juízo. Por enquanto,
nenhuma bicicleta foi recuperada. A delegada diz que as investigações continuarão
também para ver se mais pessoas estavam envolvidas com o crime.
 

 

 

 

 

 

 

 

Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PAU NO DOENTE
VÍDEO MOSTRA RAPAZ SENDO AGREDIDO POR POLICIAIS MILITARES 
DE BLUMENAU 

A comerciária Ana Scheller, 34, divulgou no seu Facebook imagens em que seu irmão
Luís Eduardo, 30, aparece sendo espancado por dois policiais militares de Santa
Catarina, em Blumenau (140 km de Florianópolis). O rapaz sofre de esquizofrenia,
segundo Ana.

O caso aconteceu em 1º de janeiro, mas as imagens só foram divulgadas nesta
quarta -feira (14). Nelas, Luis Eduardo aparece recebendo chutes e golpes com
o que parece ser uma barra de ferro. Os dois policiais também atiçam um cão
pastor contra o homem, que tenta se defender do animal.

Na legenda do vídeo, de pouco mais de um minuto, Ana postou: Olha o que alguns
PMS de Blumenau fizeram com o meu irmão, que foi diagnosticado com esquizofrenia
, à injustiça que cometeram no dia 1 de janeiro de 2015.

Até as 16h desta quarta o vídeo já tinha sido acessado 95 mil vezes.

A mãe da vítima, Inês Scheller, de 63 anos, disse que o que fizeram com uma
pessoa doente foi uma barbaridade. A família sabia do ocorrido, mas não tinha
as imagens para fazer a denúncia, até consegui-las com uma pessoa que prefere
não se identificar.

Inês disse que fez a denúncia pública, pelo Facebook da filha, para sensibilizar
as autoridades de saúde e obter ajuda para meu filho".

Ela disse que ele está nas ruas há sete meses e que não tem como encontrá-lo:

O que nós da família temos medo é que a polícia o encontre primeiro, ele é uma
pessoa de rua e ninguém tem consideração com gente assim.

A mãe disse ainda que já tentou a internação dele em vários locais, sem sucesso.

Ele não responde, não tem nenhuma conexão com as pessoas, fica difícil saber o
que aconteceu para a polícia fazer o que fez com ele.

Luis Eduardo foi diagnosticado com a doença na adolescência, mas a família
perdeu o controle sobre ele na idade adulta, depois da morte do pai, um advogado.

Fontes:
Renan Antunes de Oliveira
Do Uol, em Florianópolis
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional










Quarta-feira, 14 de janeiro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EXPERIENTE
MOTORISTA QUE MORREU EM ACIDENTE DE ÔNIBUS QUE MATOU
NOVE ERA TEMPORÁRIO MAS TINHA EXPERIÊNCIA

As nove vítimas do acidente com ônibus na BR-282, em Alfredo Wagner,
Santa Catarina, estão sendo veladas nesta segunda-feira em Carazinho, Soledade e
Passo Fundo. Nesta manhã, pelo menos oito dos 21 feridos já haviam recebido alta
dos hospitais em que estavam internados.

O motorista do ônibus da Reunidas havia sido contratado pela empresa em dezembro
de 2014. Como em outro anos, Marcos Rudimar Lopes Machado, 53 anos, complementava
o quadro de funcionários durante a temporada, época do ano que um maior número de
passageiros se deslocam ente o norte do Rio Grande do Sul  e o litoral catarinense.

Machado morava em Passo Fundo, era casado com Rebeca Maria Salleiro Machado e pai
de Thiago Salleiro Machado. Motorista experiente, ele já havia trabalhado na empresa
proprietária do ônibus em outras temporadas e, no ano passado, foi funcionário da
Bortolin Turismo, também de Passo Fundo.

— Era uma pessoa bem tranquila e muito responsável, tanto com seus colegas, quando
 em relação ao horário de trabalho. Quando fizemos os testes de seleção com ele,
destacou o seu cuidado e a sua paciência na direção. Por isso, o contratamos para
fazer o transporte escolar, para trabalhar com crianças — afirma Jeferson Osmar da
Silva, gerente da Bortolin Turismo.

De acordo com a o departamento de Recursos Humanos da Reunidas, Machado tinha curso
de direção defensiva e de manuseio de produtos perigosos. O velório do corpo de Machado
foi realizado no Memorial da Paz, em Passo Fundo.

Fontes:
RBS
por Bruna Scirea







Terça-feira, 13 de Janeiro de 2015




NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SOB INVESTIGAÇÃO
POLÍCIA INVESTIGA CAUSA DE ACIDENTE DE ÔNIBUS QUE MATOU
NOVE  PASSAGEIROS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou às 11h de segunda-feira (12)
que o ônibus que caiu de um barranco de 50 metros em Santa Catarina no
domingo (11) trafegava em uma média de 70 km/h. Depois da leitura do disco
do tacógrafo, a PRF interpretou que o coletivo variava entre 60 km/h e 80
km/h durante a viagem, velocidades compatíveis com as estradas do percurso.

Após a saída de pista, o veículo chegou a 122km/h, velocidade apontada na
colisão.

O acidente aconteceu por volta das 3h20, no km 109,8 da BR-282, em Alfredo
Wagner. Das 41 pessoas que estavam no veículo, nove morreram, dois passageiros
estão na UTI e nove seguem internados nesta segunda. O veículo saiu de Posadas
, na Argentina, às 11h30 de sábado (10) e tinha como destino Florianópolis,
com chegada prevista para 6h de domingo. A maioria dos passageiros era do Rio
Grande do Sul.

Segundo a PRF, o tacógrafo será encaminhado à Polícia Civil de Alfredo Wagner.

O responsável pelo caso, Vanderlei Kanopf, irá reunir a prova no inquérito
policial. Conforme o Kanopf, todos os sobreviventes do acidente prestarão
depoimento à Polícia Civil para colaborar com o inquérito sobre o que teria
motivado a tragédia.  A investigação ainda não tem prazo de conclusão.

Conforme Kanopf, o local onde o acidente ocorreu já foi periciado e agora o
Instituto Geral de Perícias (IGP) realiza a vistoria na carcaça do ônibus no
pátio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rancho Queimado.

Não podemos precisar quando o laudo será disponibilizado, mas o caso está com
prioridade total". O prazo legal de conclusão do inquérito é de 30 dias, mas
de acordo com a polícia, a investigação deve ser prorrogada para a coleta de
todos os depoimentos.

Ainda de acordo com o Kanopf, todas as vítimas que sobreviveram ao acidente
serão ouvidas. A previsão é que os depoimentos iniciem entre esta segunda (12)
e terça (13). "Enviaremos cartas precatórias às delegacias das cidades onde as
vítimas moram, para aquelas que já retornaram as suas residências possam dar
a sua versão. Todos serão ouvidos, inclusive os hospitalizados, reforça.

Fontes:
Globo.com







Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TRAGÉDIA COLETIVA
ACIDENTE COM ÔNIUBOS DEIXA NOVE MORTOS EM SANTA CATARINA

Um ônibus que saiu de Posadas, na Argentina, com destino a Florianópolis caiu
em uma ribanceira na BR-282, na cidade de Alfredo Wagner, na Grande Florianópolis.

O acidente aconteceu por volta das 4h deste domingo, no km 109 da rodovia. Sete
pessoas morreram no local e outras duas no Hospital Regional de São José. Entre
as vítimas está o motorista do ônibus.

Os feridos foram levados aos hospitais Nossa Senhora das Graças, em Bom Retiro,
Hospital de Alfredo Wagner, Hospital Regional de São Jose e Hospital Nossa
Senhora dos Prazeres, em Lages.

A empresa Reunidas informou que está se mobilizando para prestar assistência às
vítimas. Para os familiares que buscam informações sobre o acidente, a empresa
disponibiliza o telefone (49) 3561-5591.

O ônibus saiu da Argentina, praticamente vazio. Os primeiros passageiros ingressaram
em São Borja, já no Rio Grande do Sul. O ônibus então prosseguiu assim até Passo
Fundo, onde chegou às 21h30min de sábado, e saiu lotado com destino a Florianópolis.

A queda aconteceu em uma ribanceira na BR-282, na cidade de Alfredo Wagner, na
Grande Florianópolis. O acidente aconteceu por volta das 3h30min deste domingo,
no km 109 da rodovia.

Fontes:
Jornal ZH
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional









Domingo, 11 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

SEM EXPLICAÇÃO
PREFEITURA DE JOINVILLE CONFIRMA QUE NÃO VAI ATENDER
CONTRIBUINTES PARA TIRAR DÚVIDAS SOBRE ITPU NO PRÉDIO
CENTRAL

Aurino Miguel procurou a Central de Atendimento para obter a segunda via do
carnê, que ainda não havia chegado ao seu endereço.

O atendimento do pessoal foi ótimo, a estrutura também, comentou, confirmando
que o seu endereço está correto e que vai avaliar o valor para fazer o pagamento
à vista.

A maioria dos carnês que não são entregues apresenta problemas no endereço,
explicou o coordenador da área de Cadastro Técnico, Rafael Alves. A segunda via
do carnê também pode ser impressa por meio do site da Prefeitura.

O serviço no Expocentro ficará disponível até o dia 13 de fevereiro. Quem perder
este prazo também não terá direito a pedir revisão ou isenção. Não haverá
atendimento para o IPTU 2015 no prédio central da Prefeitura de Joinville,
segundo informou a própria prefeitura da cidade.

Desconto de 10% até quarta-feira

Os contribuintes do IPTU têm até quarta-feira, dia 7, para pagar o tributo de
2015 com desconto de 10%.

O pagamento pode ser feito em agências da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil
, Coopercred, ou em qualquer casa lotérica.

Está previsto também desconto de 8% para os pagamentos à vista até 13 de fevereiro.

Fontes:
Prefeitura de Joinville
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC











Sábado, 10 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CENTRAL DO PAGADOR
CONTRIBUINTES DO IPTU DE JOINVILLE GANHAM ESPAÇO ESPECIAL
PARA  TIRAREM DÚVIDAS SOBRE O IMPOSTO. LOCAL ESCOLHIDO É
CENTRO DE EVENTO CAU HANSEN

A Prefeitura de Joinville abriu  a Central de Atendimento para esclarecer
dúvidas sobre o IPTU, Imposto Predial e Territorial Urbano, no Centro de
Convenções Alfredo Salfer, no Centreventos Cau Hansen.

O atendimento é feito com senhas, distribuídas das 8 às 17h30, de segunda
a sexta-feira. São 21 guichês, com uma equipe de cerca de 40 servidores e
estagiários da Secretaria da Fazenda.

Para informações sobre pagamento, pedidos de revisão ou isenção do IPTU
2015, os contribuintes também podem ser atendidos nas oito subprefeituras.

A condição para se habilitar à isenção é ter rendimento familiar (soma dos
rendimentos das pessoas que residem na casa) menor ou igual a dois salários
mínimos e possuir somente um imóvel como residência.

Fontes:
Prefeitura de Joinville
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC










Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

RELATO  DIGITAL
BOLETIM DE OCORRÊNCIA PARA ACIDENTE DE TRÂNSITO SEM VÍTIMA
EM SANTA  CATARINA JÁ PODE SER FEITO PELA INTERNET

A Delegacia Eletrônica da Polícia Civil de Santa Catarina oferece um novo serviço
de boletim de ocorrência pela internet: o registro de acidente de trânsito sem
vítima. Em caso de acidentes desta modalidade, agora você pode registrar o boletim
de ocorrência acessando a página da Polícia Civil, no link Delegacia Eletrônica.

O registro é valido para acidentes ocorridos no Estado de Santa Catarina e não
possui qualquer custo ao cidadão.    

Ao acessar a opção Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito Sem Vítima, é
preciso preencher o formulário com dados do acidente, dos envolvidos e dos veículos
, sendo que, ao finalizá-lo, você recebe um número de protocolo por e-mail. Em
poucos minutos, o registro é analisado e homologado por policiais civis plantonistas
da Central de Informações de Ocorrências Policiais (CIOPOL). Finalizada a análise e
 homologação do boletim de ocorrência, o usuário recebe novo e-mail com a confirmação
do protocolo e um código de validação, permitindo a impressão do documento. 

Junto com a impressão do boletim de ocorrência, é impresso um código de validação, o
que suprime a falta de assinatura e o torna válido para efeitos legais.

É importante ressaltar que esta finalidade de registro, depois de homologada, terá os
dados disponíveis para as consultas policiais, ao contrário da antiga Delegacia
Eletrônica, apontou o Diretor de Inteligência da Polícia Civil, Antônio Alexandre Kale.

Segundo Kale, o próximo passo será migrar os atuais registros disponíveis (Perda de
documentos, Perda de objetos, Furto de celular, Denúncia identificada, Denúncia
anônima, Ameaça e Danos causados por fenômenos naturais) para a nova Delegacia
Eletrônica, processo já iniciado, e disponível no mesmo endereço para registro. 








Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LIVRES PARA VOAR
DOS 1527 PRESOS SOLTOS PARA FESTAS DE FINAL DE ANO EM
SANTA  ,CATARINA, 56 NÃO VOLTARAM. TAXA É UMA DAS MENORES
DO BRASIL

Um eventual aumento na violência pelo estado de Santa Catarina nos próximos
dias pode ter uma explicação: parte dos presos que foram soltos para passar
o fim de ano não voltaram para as cadeias do estado.

Pelo quarto ano consecutivo o Estado de Santa Catarina registra um dos
menores índices de evasão de saídas temporárias do país. Neste final de
ano, dos 1.527 presos que tiveram o benefício, apenas 56 deles não
retornaram às unidades prisionais na data prevista.

A saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execução Penal e
concedido aos presos do regime semiaberto, com bom comportamento e com
uma parcela da pena já cumprida. O beneficiado tem direito de ficar até
sete dias fora da unidade prisional, com os familiares. A Lei impõe
restrições de horários e locais que podem ser freqüentados pelo preso em
saída temporária.

Após os sete dias em convívio familiar, ele deve retornar a unidade prisional
de origem. Aquele que não regressa é considerado evadido. Dos 56 que não
retornaram às unidades prisionais, 13 já foram recapturados e os nomes dos
outros são encaminhados para o judiciário, aos serviços de inteligência dos
órgãos da Segurança Pública e para as polícias civil e militar.

Em Santa Catarina, a taxa de evasão deste ano foi de 3,6%, o que representa
um dos menores índices do país. Ao final do ano de 2011 a taxa de evasão
registrada foi de 5,7%, e em 2012 caiu para 4,5%. Neste ano o mesmo índice
se manteve se comparado ao ano passado.

O retorno voluntário do preso à unidade prisional é um fenômeno interessante
a ser observado. Mostra uma mudança de postura por parte do reeducando, uma
mudança de pensamento. Mostra que estão frutificando as políticas penitenciárias
implementadas em nosso Estado, ressalta o atual Secretário de Estado da Justiça
e Cidadania, Leandro Antônio Soares Lima.

Edição e Texto Complementar:
David Santana
Assessoria de Imprensa Deap
Departamento de Administração Prisional - Deap
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional







Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PEDIDO OFICIAL
DIRETOR DE TRÂNSITO DE BLUMENAU PEDE PACIÊNCIA PARA
MOTORISTAS. MOTIVO SÃO OBRAS DE ESGOTO REALIZADAS EM
VÁRIOS BAIRROS DA CIDADE

Nesta semana foram iniciadas obras de implantação do sistema de esgoto
em mais seis ruas de Blumenau. Os serviços realizados pela Odebrecht
Ambiental ocorrem em ruas do Centro, Garcia, Água Verde, Jardim Blumenau
e Victor Konder.

Na rua Frei Estanislau Schaette, no bairro Água Verde, por exemplo, os
trabalhos acontecem no trecho compreendido entre o  nº 2.132 e rua
Consolação, das 7h às 22h. O trânsito no local está interditado, sendo
permitida a passagem de ônibus, caminhões e veículos especiais (Ambulância
, Polícia, Seterb e moradores).

As obras no trecho devem durar até o dia 17 de março e durante o período
as ruas Ayrton Senna e Eça de Queiroz podem ser utilizadas como rotas
alternativas.

O cronograma extenso de obras começou no final do ano passado pelas ruas
John Presidente John Kennedy e Paul Hering, no Centro, e a Rua Amazonas,
no Garcia. Os trabalhos foram iniciados durante o período de férias escolares
e de menor movimentação de veículos para causar menos transtornos ao trânsito.

São obras que precisam ser efetuadas e por isso pedimos paciência e atenção
dos motoristas, ciclistas e pedestres , diz Fábio Campos da Silva, diretor
de trânsito do Seterb.

Os locais estão sinalizados e nos principais corredores em que acontecem as
obras a Guarda Municipal de Trânsito orientará o fluxo de veículos.

Fontes:
Prefeitura de Blumenau
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional







Terça-feira, 6 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

FECHADO
PESCADORES DE SANTA CATARINA BLOQUEIAM PASSAGEM DE TRANSATLÂNTICO

Pescadores estão desde essa segunda-feira, bloqueando o acesso
de barcos ao Porto de Itajaí, em Santa Catarina.

A ação é um protesto contra uma portaria de 2014 do Ministério
do Meio Ambiente (MMA) que amplia para 90 o número de espécies
de peixes consideradas em extinção. Ao todo, 130 embarcações
pesqueiras impedem o acesso de navios, incluindo um transatlântico
com 2,5 mil passageiros.

Em Itajaí, o protesto é organizado pelo Sindicato dos Armadores
e das Indústrias de Pesca de Itajaí (Sindipi) e pelo Sindicato
dos Trabalhadores da Pesca em Santa Catarina (Sintrapesca).
Segundo as entidades, as proibições impostas pelo MMA representam
35% da produção pesqueira do Brasil.

"Nós estamos no nosso direito de poder continuar a trabalhar, manter
os nossos trabalhadores na indústria, nesse setor que emprega tanto
na nossa região, mais de 60 mil postos de trabalho", afirmou o
presidente do Sindipi, Giovani Monteiro. "Está em risco o trabalho
dos pescadores, das pessoas que trabalham em estaleiros, nas
indústrias e nos fornecedores de matérias. Envolve muita gente,
prejudica o Brasil inteiro."

A principal reivindicação do movimento, além da revisão da portaria
 é a inclusão de representantes dos dois sindicatos no grupo de
trabalho para discutir a lista das espécies ameaçadas de extinção.
Entre as espécies incluídas nesta portaria estão, por exemplo, o
atum, a abrótea e o cação, amplamente comercializados.

Fontes:
Em.com.br















Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

RISCO DE VERÃO
SAÚDE ALERTA PARA PICADAS DE ANIMAIS PEÇONHENTOS DURANTE
O VERÃO

A época de calor e chuvas é quando os animais peçonhentos aparecem mais,
coincidindo com o período de plantio e colheitas agrícolas no Estado. Por
isso, aumenta o número de ocorrências de picada destes bichos. No inverno,
o número de acidentes diminui bastante. O Centro de Informações Toxicológicas
de Santa Catarina (CIT) orienta para os procedimentos em caso de pessoas
atacadas por animais peçonhentos ou de ingestão de plantas venenosas.

Os animais peçonhentos utilizam o veneno para caçar presas e, eventualmente,
 para se defender de predadores.

Os principais animais peçonhentos de importância médica encontrados em Santa
 Catarina são alguns grupos de serpentes, aranhas, escorpiões e lagartas.
Quanto à identificação de ataque, várias características podem ser observadas.

Em caso de contato com qualquer animal ou planta, acione o Centro de Informações
Toxicológicas de Santa Catarina no telefone 0800-643-5252 ou no WhatsApp pelo
telefone (48) 9902-2683. O serviço mantém plantão 24h.

Mais informação no site www.cit.sc.gov.br e e-mail cit@saude.sc.gov.brO endereço
de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o
JavaScript enabled para vê-lo. .

Fontes:
Rafael Vieira de Araujo
Assessoria de Imprensa Secom
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom










Domingo, 4 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

O NOVO DO MESMO
GOVERNADOR DE SANTA CATARINA PROMETE NÃO REPETIR MESMO
ESTILO DE  GOVERNAR SANTA CATARINA

Em seu discurso, Colombo destacou os bons indicadores da economia catarinense
, como a geração de emprego e a distribuição de renda no Estado.

Somos um Estado de produção variada, intensa, e que evolui a cada nova geração.
Santa Catarina é um exemplo para todo o país", afirmou o governador empossado.
Ressaltou, ainda, a força da agroindústria catarinense, que é líder nacional na
produção de itens como carne suína, maçã, cebola e pescados, além de ter posição
de destaque na produção de aves, leite, arroz, entre outros. Indicadores sociais
nas áreas de Educação e Saúde também foram destacados, como a menor taxa de
analfabetismo e a menor taxa de mortalidade infantil do país e o primeiro lugar
em transplante de órgãos.

O governador também falou sobre os principais programas de governo lançados no
primeiro mandato, como o Pacto por Santa Catarina, maior pacote de obras da
história do Estado, com R$ 10 bilhões em investimentos aplicados em todas as áreas.

Até o momento. foram aplicados foram aplicados 20% dos recursos totais do Pacto,
índice que deve chegar a 65% até o final de 2015. São obras como novos hospitais,
estradas, escolas e viaturas e equipamentos para órgãos de Segurança Pública.

Outro programa destacado foi o Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), que está
garantindo o repasse de R$ 600 milhões para as 295 prefeituras catarinenses.

Cada município escolheu suas obras prioritárias e o Governo do Estado garantiu
os recursos a fundo perdido, explicou o governador.

Ao mesmo tempo em que ressaltou as conquistas do primeiro mandato, Colombo
ressaltou que começa agora um novo governo, reconhecendo os desafios que tem
pela frente.

O perigo das reeleições é a tentação de fazer parecer rotina o que é algo
grandioso. Estou aqui para desmentir essa lógica e quebrar o paradigma das
reeleições. O curso natural dos novos mandatos não será obscurecido, em Santa
Catarina. O que passou, passou. Teremos novos tempos, novas iniciativas,
procuraremos novas inspirações. Quero inverter a tentação da repetição. O novo
surpreendente prevalecerá sobre o previsível. Não nos deixaremos dominar pelo
conformismo e pela ilusão de que já esgotamos nossa imaginação e competências.
Não serei o mesmo governador que fui até agora. Pretendo me superar no melhor
 e reverter erros e omissões. Esta é uma declaração pessoal e voluntária de
ruptura com o convencional e o conveniente, discursou o governador.

Fontes:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional  - Registro 0001638/SC







Sábado, 3 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

DIÁRIO DE VERÃO
FAMÍLIA DE VACARIA QUE MORREU EM ACIDENTE EM SANTA CATARINA
É ENTERRADA NO RIO GRANDE DO SUL

O enterro da família de Vacaria que morreu em acidente de trânsito na SC-285, no
 município de Timbé do Sul, em Santa Catarina, ocorre às 10h desta sexta-feira,
no Cemitério Municipal São Francisco de Assis.

Os corpos de André Luis Weber, 45 anos, Leneci de Fátima da Silva, 48, Luis
Gustavo Silva Weber, nove, e Caliandra Vitória da Silva Barbosa, 11, foram
liberados às 18h desta quinta do DML de Araranguá e chegaram às 23h em Vacaria.

O velório começou à meia-noite, nas capelas da Funerária Lovato (Av. Moreira
Paz, 1256, bairro Gaúcha).

A família passaria o Ano Novo na praia. André Luis, Leneci e o filho Luis
Gustavo costumavam ir ao Balneário Arroio do Silva. Mas pela primeira vez a
praia seria o destino da família em um Réveillon. A sobrinha do casal,
Caliandra Vitória da Silva Barbosa, 11 anos, foi convidada a viajar com a
família.

O acidente ocorreu em um trecho chamado de Serra da Rocinha. Ainda que o acidente
tenha ocorrido na quarta, somente nesta quinta o Corpo de Bombeiros conseguiu
resgatar os corpos dos dois adultos, pois o local, uma ribanceira de cerca de 500
metros, é de difícil acesso. Os corpos das duas crianças foram resgatados quarta.

Fontes:
Manuela Teixeira
O Pioneiro
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC







Sexta-feira, 2 de Janeiro de 2015



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

LIBERADO, TCHÊ
PONTE QUE LIGA SANTA CATARINA AO ESTADO DO RIO GRANDE DO
SUL FOI LIBERADA PARA OS VEÍCULOS

Está liberado o trânsito em meia pista para ônibus e vans de passeio na
ponte que liga Santa Catarina e Rio Grande do Sul entre os municípios de
Palmitos, no Oeste catarinense, e Iraí, no estado vizinho.

A ponte, que passa sobre o Rio Uruguai, é de responsabilidade do Departamento
Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e está em reformas. Por isso
, apenas carros e veículos leves tinham autorização para trafegar no local.

O trânsito de caminhões e veículos de carga continua proibido.

O secretário de Estado da Infraestrutura, João Carlos Ecker, destacou a
 liberação durante as festas de fim de ano.

Além de ser importante para as famílias da região, a ponte também é ​fundamental​
para o escoamento da produção gaúcha e catarinense.

A previsão é de que e o tráfego de caminhões seja liberado pela empresa responsável
pela reforma na segunda metade de janeiro.

Fontes:
Governo de Santa Catarina
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC









Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2015


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

PERTO DE CASA
POLÍCIA CIVIL ENCONTRA CARRO ROUBADO EM BALNEÁRIO CAMBORIÚ. VEÍCULO ESTAVA EM PALHOÇA, CHEGOU A SER CLONADO E RECEPTADOR
FOI PRESO

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais
(DEIC), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, apreendeu, no município
de Palhoça, um veículo clonado Toyota Hilux que estava com as placas JCE2309,
de Porto Alegre.

A placa verdadeira do automóvel foi identificada como MCJ8650, que possui
registro de furto em Balneário Camboriú no dia 12 de janeiro do ano passado. 

Durante a ação policial, regida pela equipe da Divisão de Furtos e Roubos de
Veículos (DFRV) da DEIC, foi preso um homem de 35 anos, que estava de posse
do veículo clonado. Os documentos do veículo Hilux apresentados pelo conduzido
eram falsos. 

Segundo as apurações, o investigado tem mais de um veículo clonado.

Os policiais localizaram estacionado nas imediações do comércio de propriedade
do conduzido o veículo Honda Civic, placas MKJ6174, o qual, segundo informações
de populares, também pertenceria ao suspeito. Este também foi identificado como
veículo clonado, sendo na realidade de placas MJP3456, com registro de roubo em
21 de novembro deste ano, na cidade catarinense de Pomerode.     

Fontes:
Polícia Civil
Texto e Edição Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC








Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2014



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CALMA
MAIS DE 1600 ANIMAIS FORAM IMUNIZADOS CONTRA A RAIVA NA 
CIDADE DE  BLUMENAU

A campanha de vacinação contra a raiva animal continua em Blumenau. O próximo
local a receber as equipes da Prefeitura Municipal será o bairro Itoupava
Central durante toda esta semana. Cerca de 500 propriedades já foram
contempladas com a medicação, totalizando 1678 animais vacinados em toda a
cidade, e os locais com maior foco da doença já tiveram o gado imunizado.

Em janeiro de 2015, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec)
trabalhará com a segunda dosagem e a vacinação dos bairros faltantes.

A recomendação da Diretoria de Desenvolvimento Rural é que os moradores
do bairro Itoupava Central mantenham o gado contido no dia da vacinação,
para facilitar o trabalho das equipes. No dia anterior à aplicação do
medicamento um responsável da Sedec passará nas ruas comunicando os
proprietários. Todos os bovinos, equinos e bubalinos serão vacinados
gratuitamente pela Prefeitura de Blumenau.

Segundo Iremar José Blum, diretor de desenvolvimento rural, a colaboração
entre proprietários de animais e equipes de vacinação é muito importante
 para o bom andamento do trabalho.

As equipes estão sendo bem recebidas  e os moradores estão mantendo os
animais contidos como foi pedido, o que ajuda bastante, conta.

Fontes:
Prefeitura de Blumenau
Mariana Campos Silva
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional

 

 



 



 

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

QUE É ISSO PIÁ
ADOLESCENTE É PEGO PELA PM DE SANTA CATARINA COM 26 MUNIÇÕES

Foi apreendido pelo Pelotão do Patrulhamento Tático (PPT)  um adolescente
de 17 anos, portando 26 munições.

A abordagem aconteceu na Rua Almirante Lamego, no bairro Progresso, após
denúncia anônima. O mesmo já possui antecedentes criminais.

As informações foram levantadas pelo Cabo Cristiano Cesaro de Oliveira,
que é auxiliar de Comunicação Social da PM de Laguna.

Fontes:
PM - SC
Cabo Cristiano Cesaro de Oliveira
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional










 
Segunda-feira, 29 de Outubro de 2014



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TEMPO FECHOU
TEMPORAIS CAUSAM PREJUÍSOS EM TODO O ESTADO DE SANTA
CATARNA

A forte chuva que caiu em todo Estado no final da tarde deste
domingo causou alagamentos, falta de energia e piorou
significativamente o trânsito. Em Florianópolis, foram mais de
15 quilômetros de congestionamento por volta das 20h no Sul da
Ilha. No Norte, a fila chegou a 10 quilômetros no mesmo horário.

Ingleses e Canavieiras registraram alagamentos em alguns pontos,
porém segundo a Defesa Civil não houve nenhum estrago maior na
cidade. Os municípios com maior precipitação foram São João
Batista, com 68 milímetros em uma hora, Alfredo Wagner, 71 mm
em três horas e Balneário Barra do Sul, 54 mm em uma hora.

Segundo informações da Defesa Civil, a previsão é de possíveis
temporais até o início da madrugada.

 
Chuva causou pequenos acidentes, como este na Beira-Mar Norte
em Florianópolis. Foto: Cristiano Estrela/ Agência RBS

O vento forte derrubou duas torres de transmissão de energia
elétrica na linha entre Itajaí e Brusque o que ocasionou falta
de luz. Por volta da das 19h15min, eram mais de 124 mil unidades
 sem energia no Estado, sendo 63 mil na região de Itajaí. O
pico foi no final da tarde, com 230 mil unidades sem energia,
sendo 110 mil na região de Itajaí.

Na BR-282, em Bocaína do Sul, a queda de árvore devido ao
temporal causou congestionamento entre os km 167 e 172. Em
Jaraguá do Sul e Corupá, diversas casas foram destelhadas.
Já em Joinville, foram registrados alagamentos e queda de
árvore.

Fontes:
RBS
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional

 

 



 

 


Domingo, 28 de Outubro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

58 MOTIVOS PARA PREOCUPAÇÃO
MORTE DE EMPRESÁRIO DE CHAPECÓ É A 58ª DE 2014.
ELE LEVOU UM TIRO NA CABEÇA

Um empresário foi morto na noite de segunda-feira (22), por
volta de 21 horas, segundo informação da PM.

O caso aconteceu em um mercado na Rua Fermina Serena Vitalli no
Loteamento Bairro Monte Castelo.

O suspeito foi até o estabelecimento armado e atirou contra o
dono do mercado, na sequencia, fugiu do local.

A vítima de 39 anos, foi socorrida mas faleceu no hospital com
um tiro na cabeça.

Esta é a 58° vítima de morte violenta em Chapecó neste ano, e o
terceiro a ser morto em 72 horas.

A Polícia investiga o caso.

Fontes:
Rádio Chapecó
Fontes:
Jornal do Brasil
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional










Sábado, 27 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VIDA DURA
SURFISTA QUE FOI CAMPEÃO MUNDIAL SE NEGA A DAR ENTREVISTA 
EM SANTA CATARINA


Campeão mundial de surfe na semana passada, Gabriel Medina foi recebido
por dezenas de fãs em Florianópolis, no início da tarde de sexta-feira,
 no aeroporto Hercílio Luz. O surfista pretende passar a virada de ano
em uma festa na Praia do Rosa, em Imbituba, onde ele foi depois do
desembarque na capital catarinense.

Na chegada a Santa Catarina, Medina não quis dar entrevista, mas foi
atencioso com as pessoas que o esperavam no aeroporto. Posou para
fotos e distribuiu autógrafos. Ele estava acompanhado do amigo Danilo
Teixeira. Depois, autografou camisetas do Projeto Escola de Natação,
Surf e Preservação da Guarda do Embaú. Em seguida, entrou num carro
para seguir a viagem.

Pouco antes de embarcar a Florianópolis, o surfista postou uma foto
em seu Instagram. Apesar da feição de sono, ele deixou transparecer
a alegria de estar saindo de férias após um ano de muito trabalho e
pressão para a conquista do WCT, no dia 19 de dezembro.

 

 

 

 


Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ESTATUTO JOVEM
COMISSÃO DE TRABALHO APROVA PROJETO QUE CRIA ESTATUTO DA JUVENTUDE

O Projeto de Lei que institui o Estatuto da Juventude (PL 286/2013) foi aprovado
por unanimidade pelos parlamentares integrantes da Comissão de Trabalho,
Administração e Serviço Público da Assembleia Legislativa de Santa Catarina em
reunião realizada na manhã desta terça-feira (18).  A proposição trata dos direitos
e dos princípios norteadores das políticas públicas voltadas às pessoas entre 15
e 29 anos.

A matéria, de autoria do deputado Carlos Chiodini (PMDB), foi aprovada pelo
colegiado com uma emenda substitutiva global apresentada pelo relator do projeto
na Comissão de Trabalho, deputado Dirceu Dresch (PT).

Incluímos na proposta um conjunto de elementos presentes no Estatuto da Juventude
nacional, sancionado em agosto de 2013, e outros elementos resultantes de debates
e reuniões que envolveram a juventude nas esferas nacional e estadual, disse. O
PL segue agora para a análise da Comissão de Direitos Humanos.

Fontes:
Ludmilla Gadotti
Agência AL
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional










Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

JÓIA RARA
POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITOS DE ROUBAR JOALHERIA

Na terça-feira, 23, a Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação
Criminal (DIC) de Joaçaba, cumpriu mandado de prisão preventiva, no município
de Campos Novos, em desfavor de um jovem de 21 anos suspeito de roubar uma
joalheria de Luzerna, no dia 4 deste mês. 

Os assaltantes levaram na ocasião aproximadamente 150 relógios das marcas:
Technos, Dumont, Condor e Champion, além de uma bandeja com 15 correntes
masculinas de plaque folheadas a ouro.  Os dois ladrões fugiram em uma
motocicleta preta. Os policiais civis iniciaram as diligências e no dia
seguinte já haviam identificado os criminosos. 

Segundo o Delegado de Polícia Civil Antonio Lucas Ferreira, continuam os
trabalhos para prender o segundo suspeito e recuperar os objetos subtraídos.

A motocicleta e as roupas usadas no roubo já foram apreendidas. A moto havia
sido emprestada aos criminosos. 

 

 






 

 

 

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

ILEGAIS
VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE BALNEÁRIO PIÇARRAS RECOLHE BARRACAS 
DE VENDEDORES AMBULANTES E INTIMA COMERCIANTES

O Departamento de Vigilância Sanitária de Balneário Piçarras fiscalizou
 todos os vendedores ambulantes e que comercializam sorvetes na orla da praia
central. Dos 32 comerciantes abordados, 15 receberam autos de intimação para
regularização das atividades. Seis deles tiveram as barracas recolhidas no
domingo,  por descumprirem o prazo de 24 horas para adequação dos espaços.

Entre as irregularidades verificadas estavam a ausência de alvará sanitário em
local visível, barraca ou tablado fora do padrão previamente combinado entre os
ambulantes e a Prefeitura e falta de bombonas de água para lavar as mãos.

O diretor de Vigilância em Saúde, Ricardo de Paula, também se deparou com casos de
ambulantes que não estavam de posse da carteira de saúde, além de ausência de lixeiras
e uniformes.

Segundo Ricardo, é expressamente proibida a venda de caipirinha, sucos naturais e
produtos alimentícios, como sanduíches naturais e saladas de frutas, pelos ambulantes.

Esses produtos só podem ser comercializados em caixas térmicas com termômetro.

Alimentos armazenados em isopores ou sem termômetros descumprem a determinação,
pois podem estar decompostos, contaminados ou com proliferação de bactérias
causadoras de doenças. A fiscalização dos ambulantes e demais comerciantes na
orla da praia de Piçarras continua em toda a temporada de verão.

Fontes:
Juvan Neto - Jornalista Profissional













Terça-feira, 23 de Dezembro de 2013


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CONTRATA-SE
TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SANTA CATARINA ABRE CONCURSO PÚBLICO
COM 32 VAGAS

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) abriu na segunda-feira (22) as
inscrições do concurso público para 32 vagas em cargos de nível médio e
superior. Os salários vão de R$ 2.258,68 a R$ 4.920,93.

No site da organizadora, é possível ver o edital (acesse o edital). Segundo
as regras do concurso, as inscrições podem ser feitas até 20 de janeiro de
2015, mas o valor da taxa não foi divulgado.

Os cargos de nível superior são para analista administrativo, analista de
sistemas, assistente social, médico, odontólogo e psicólogo. As vagas de
nível médio são para técnico judiciário auxiliar.

A carga horária para médico e odontólogo é de 20 horas semanais, enquanto
para os demais cargos é 35 horas. Para todos, além da remuneração, é previsto
auxílio alimentação de R$ 1 mil e de saúde entre R$ 100 e R$ 300, dependendo
a faixa etária.

As provas devem ocorrer em 1º de março de 2015: das 8h às 12h, para nível
médio, e das 14h30 às 18h30, cargos que exigem formação superior. Todas as
provas terão 70 questões objetivas, de múltipa escolha. Elas serão realizadas
provas Florianópolis, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau, Itajaí, Chapecó,
Canoinhas e Joaçaba.

Fontes:
G1












Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2013


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TECNOLOGIA PROFUNDA
ESTADO DE SANTA CATARINA GANHA PRIMEIRO APLICATIVO VOLTADO AO SEGMENTO DE
MERGULHO NO LITORAL

Santa Catarina ganha o primeiro aplicativo totalmente voltado à promoção e
apoio à comercialização de produtos de mergulho no Litoral. Quem fizer o
download terá acesso a uma lista de escolas, empresas e pontos de mergulho
no Estado. A ferramenta também possibilita a troca de informações entre os
usuários.

A iniciativa é do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico da Secretaria de Estado
de Turismo, Cultura e Esporte, e foi viabilizada por meio do Sebrae/SC e da
Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar). Participam as prefeituras
de Florianópolis, Porto Belo, São Francisco do Sul, Itajaí e Bombinhas.

É uma ação que se enquadra na construção dos avanços necessários ao desenvolvimento
do turismo que desejamos para Santa Catarina, afirma o secretário estadual de
Turismo, Cultura e Esporte, Filipe Mello.

Conforme o presidente da Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar),
Leandro Mané Ferrari, a elaboração do aplicativo é a primeira de uma série de
ações para divulgar os atrativos náuticos do estado.

A iniciativa faz parte do nosso planejamento 2014-2018 e está sendo operacionalizada
como fruto da cooperação entre poder público e iniciativa privada para o
desenvolvimento do turismo náutico, destaca.

A criação do aplicativo está vinculada às ações de promoção do Mar Catarina, produto
estratégico de divulgação dos atrativos relacionados ao turismo náutico no estado,
complementa o coordenador executivo do Grupo de Trabalho de Turismo Náutico da
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Álvaro Ornelas.

Para o coordenador regional do Sebrae, Wilson Sanches, o aplicativo é uma importante
ferramenta de informação ao mergulhador.

Vai facilitar a vida de quem já pratica o mergulho, bem como a dos turistas que
chegam ao estado e querem saber quais os melhores locais, destaca.

O download pode ser feito pelo link www.marcatarina.com.br\mergulho.

Já está disponível para o sistema Android, e no iOS deve entrar em operação em duas
semanas.

Fontes:
Raquel Santi
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte







Domingo, 21 de Dezembro de 2013


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

CRIME BRUTAL
JOVEM LEVA FACADAS E É ENCONTRADA SEM VIDA NA CIDADE DE
BALNEÁRIO CAMBORIÚ. CRIME OCORREU DENTRO DE UMA QUITINETE

Uma mulher de 19 anos foi encontrada morta a facadas em Balneário Camboriú.
De acordo com a Polícia Civil, Ariadne Mayla Alves da Silva tinha marcas da
agressão em diversas partes do corpo. A polícia  trabalha com a hipótese de
crime passional.

A jovem foi achada por uma amiga no início da tarde  na quitinete onde morava,
 na Rua Piauí, no bairro dos Estados. A polícia acredita que o crime tenha
ocorrido ainda na madrugada. Testemunhas, que não quiseram se identificar,
relataram que Ariadne era de Londrina (PR) e morava no local há cerca de 45 dias.

O delegado Osnei de Oliveira, responsável pela Divisão de Investigação Criminal
(DIC), informou que a polícia trabalha com a hipótese de crime passional e está
fazendo buscas pelo suspeito de ter cometido o crime. Segundo ele, o suposto
autor faria parte do círculo de relacionamentos da jovem.

Além das polícias Civil e Militar, estiveram no local o Instituto Médico Legal
e o Corpo de Bombeiros, que ajudou a retirar o corpo de dentro da casa.

Fontes:
O Sol Diário
RBS
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC








Sábado, 20 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

EM CHOQUE
ENQUANTO CAVAM BURACO PARA ENCONTRAR ARGILA, TRABALHADORES MORREM  ELETROCUTADOS EM SANTA CATARINA

Dois homens morreram eletrocutados na tarde de quarta-feira (17) em Papanduva,
no interior de Santa Catarina. O acidente aconteceu nas margens no km 64 da
BR-116.

Gildo Chagas e Leandro Kalusni estavam trabalhando no solo à procura de argila
quando o trator encostou em um fio de alta tensão.

Com a descarga elétrica, eles morreram na hora. Os corpos foram encaminhados
ao IML de Mafra.

Fontes:
R7 Notícias
Rede Record
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC









Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

RISCO TOTAL
ACIDENTE QUE MATOU TRÊS IRMÃOS CRIA ALERTA PARA RISCOS DE
ACIDENTES ELÉTRICOS DURANTE FESTA DE FINAL DE ANO

Com a chegada do Natal e o novo ano chegando, é importante que todos fiquem atentos
aos cuidados na hora de instalar lâmpadas de natal ou qualquer iluminação diferente
para deixar a casa ou a empresa ainda mais bonita para esta época do ano.

Vale lembrar que nem sempre o risco maior é deste tipo de material, como mostrou uma
tragédia que abalou o estado de Santa Catarina recentemente.

Três irmãos morreram eletrocutados em Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, em Santa
Catarina.

As vítimas Igor Medeiros, 4 anos, Vinícius, 6, e Schaiani, 14, receberam uma forte
descarga elétrica ao encostarem em uma cerca que estava energizada.

As crianças brincavam com uma bola em frente à casa em que moravam, localizada na zona
rural do município. Um fio de energia desencapado oriundo de um poço artesiano que a
família mantém no local encostou na cerca e a deixou energizada. A suspeita é de que
Igor, o caçula, tenha ido buscar a bola, encostado no arame e recebido a primeira
descarga elétrica. Vinícius, o outro garoto, tentou ajudar o irmão e também foi atingido.

Schaiani, a filha mais velha, tentou socorrer os irmãos, mas também foi eletrocutada.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Ituporanga, que realizou o atendimento, a menina estava
com um ferimento na mão, o que indica que ela provavelmente tentou mexer no fio para
salvar os irmãos. As polícias civil de Petrolândia e Ituporanga ficarão responsáveis
pela investigação.

Uma perícia inicial foi feita na noite de quinta no sítio da família.

Uma dica do Diário é sempre revisar com frequência todas as instalações elétricas
da casa, em especial as que não constumar receber visitas constantes durante o ano.

Fontes:
TV Alterosa - Minas Gerais
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional - Registro 0001638/SC









Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

MICO DA CASA
CONSTRUTORA DE CRICIÚMA É ACUSADA DE LESAR CONSUMIDORES 
EM DOIS ESTADOS BRASILEIROS

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO) cumpriu na
segunda-feira cinco mandados de busca e apreensão em sedes da empresa Criciúma
Construções para investigar práticas contra os direitos de quase 9 mil consumidores.

As diligências, cumpridas em três residências e nas duas sedes da empresa, em
Criciúma e Içara, contaram com a participação de 11 policiais de Itajaí e
Florianópolis.

Segundo as investigações, são mais de 92 imóveis atrasados em 17 cidades de Santa
Catarina e em três do Rio Grande do Sul, que foram pagos e tiveram os prazos
atrasados ou nem começaram a ser construídos. Quatro promotores trabalham no caso,
que chamou atenção pela quantidade de prazos descumpridos e compradores que não
receberam os imóveis.

— O fato que gerou o envolvimento do Ministério Público foi, sem dúvida, essa
dimensão de lesados por todo o Estado. Ocasionou, portanto, essa atuação no
âmbito civil, da ação civil pública. Isso já redundou no ajuizamento de algumas
ações civis públicas, talvez Criciúma tenha o maior número delas, e agora se
inicia a análise do ponto de vista criminal — explica o promotor Marcus Vinícius
Ribeiro de Camillo, um dos responsáveis pelo caso.

O Ministério Público instaurou 14 ações civis públicas em Criciúma, além de ter
ações em Joinville, Chapecó e Jaraguá do Sul. A análise, que antes visava os
direitos dos consumidores, agora, passa a ser criminal, para apurar violação de
delitos e quem foram os responsáveis.

Fontes:
Diário Catarinense
Kiara Domit
Edição e Texto Complementar:
Nildos dos Santos - Jornalista Profissional










Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA 

O BICHO PEGOU
POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA ACABA COM FORTE ESQUEMA DO JOGO
DO BICHO NO PLANALTO NORTE DO ESTADO

Uma operação do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado
(Gaeco) de Joinville, em parceria com a Polícia Civil de Mafra, colocou fim
a um esquema de jogo do bicho que tinha movimentações, além de Mafra, também
em Rio Negrinho, São Bento do Sul e Itaiópolis, no Planalto Norte, e também
em Rio Negro, no Paraná.

Cinco mandados de prisão temporária foram cumpridos na manhã desta terça-
feira: duas mulheres e dois homens ligados à administração dos jogos, e um
policial civil do Paraná. Segundo o delegado regional de Mafra, Rafaello
Ross, o policial repassava informações privilegiadas à quadrilha, antecipando
eventuais ações de repressão aos jogos de azar, especialmente no Paraná. Isto
porque, conforme o delegado, o escritório central do jogo ficava em Rio Negro.

—Os demais envolvidos mantinham negócios de fachada para movimentar o dinheiro
dos jogos. Dois deles são donos de casas lotéricas — conta.

Na operação desta terça, cerca de R$ 700 mil foram recolhidos pela polícia, além
de blocos de anotações, aparelhos de fax e computadores usados no esquema. Os
mandados de prisão têm prazo de cinco dias.

A suspeita é de que o esquema movimentasse entre R$ 300 e R$ 400 mil por mês.

As identidades dos envolvidos devem ser divulgadas pela polícia.

Fontes:
an.com.br
Edição e Texto Complementar:
Nildo dos Santos - Jornalista Profissional

 











Terça-feira, 16 de dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

QI DA LEI
DIRETORES DE INTELIGÊNCIA DA POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA
FAZEM TREINAMENTO ESPECIAL

A Polícia Civil, por meio de sua Diretoria de Inteligência e representantes
dos Núcleos de Inteligência espalhados pelo Estado, reúnem-se nesta terça-
feira, 16, na Acadepol, para um treinamento visando o aprimoramento técnico
de sua equipe.

O palestrante Cleber Angelo Capelari, além de ser policial civil, é físico,
pós-graduado em Inteligência Criminal e Mestre em Engenharia de Materiais.

Estes encontros são fundamentais para que a equipe esteja capacitada em todas
 as ferramentas que usamos e as que inserimos, de forma que se mantenha em
harmonia para o pronto-emprego quando necessário para podermos antecipar nossas
ações com escopo em neutralizar ações adversas", destacou o Diretor da DIPC,
Antônio Alexandre Kale.

 








 


Segunda-feira, 15 de dezembro de 2014


NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

TRANSPORTANDO VIDA
POLÍCIA CIVIL DE SANTA CATARINA REALIZA IMPORTANTE TRANSPORTE 
DE  ÓRGÃOS PARA A DOAÇÃO

Nesta segunda-feira, 15, o Serviço Aeropolicial da Polícia Civil (SAER) levou
uma equipe de médicos de Florianópolis à Lages para uma cirurgia de retirada
de órgãos.

O retorno à capital foi feito ainda nesta tarde para o transplante em três pessoas.

Os órgãos transportados foram fígado, rins e córneas. Na semana passada, o SAER
já havia feito um procedimento parecido com êxito. Os órgãos foram enviados para
o Hospital Universitário, em Florianópolis.











Domingo, 14 de dezembro de 2014



NOTÍCIAS DO DIA EM SANTA CATARINA

VIVENDO BEM
ESTUDO REVELA QUE CATARINENSE VIVEM MAIS DO QUE OUTROS
BRASILEIROS

Santa Catarina tem a maior expectativa de vida e a menor taxa de mortalidade
infantil para ambos os sexos no país.

Os dados foram publicados no Diário Oficial da União e faz parte da Tábua
Completa da Mortalidade 2013, calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia
e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, a expectativa de vida dos catarinenses é de 78,1
anos, um total de 3,2 anos a mais do que a média nacional, de 74,9 anos. Santa
Catarina também apresentou maior esperança de vida entre as mulheres (81,4 anos)
e homens (74,7 anos).

Em outras quatro unidades da Federação as mulheres também registraram maior
probabilidade de passar dos 80 anos: Espírito Santo, Distrito Federal, São
Paulo e Rio Grande do Sul.

Fontes:
G1.com.br







 
Diário de Barra Velha.com.br
Simples. Como a Verdade.

Diretor Geral- Daniel Soares
Diagramação: Uol

Contato 24 hs: diariodebarravelha@uol.com.br

Rua do Rocio - nº 355
Quinta dos Açorianos
Barra Velha - Santa Catarina - Brasil
  Site Map